Não existe valvulado de R$ 1000 feito à mão que preste.

Autor Mensagem
Drive30
Veterano
# nov/10 · Editado por: Drive30
· votar


buddy guy

Sim buddy, realmente, é triste ter que pagar tudo isso, mas fazer o que , se nos moramos no brasil. de fato é para se sentir otário mesmo como disseram ai, por isso tento sempre trazer de fora, mas nem todos tem essa opcao, ai cai nessa discursao aqui do hand made vagabundo, etc... é flórida, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come .

Edit: respondendo a sua 2 mensagem do tópico , acho que o que acabou gerando polemica tambem aqui, foi esse valor estipulado , 2000 mil , 3000 mil, acho que nao tem como precisar isso, mas a sugestao do zefonseca (veja as msgs dele nas paginas anteriores) é que tem que ter um bom senso, com 1000 reais por exemplo o cara nao vai construir um handmade seguro, nao valvulado. veja o que eu respondi na pagina anterior, fatores de producao , etc...

MauricioBahia
Moderador
# nov/10 · Editado por: MauricioBahia
· votar


Quer comprar bom e barato? Corre atrás e pega um usado! ehhe

RMafe
Veterano
# nov/10
· votar


Drive30
Parabéns, agora vc já sabe como usar a Busca.

Drive30
Veterano
# nov/10
· votar


MauricioBahia

é o que eu mais faço. hehehe , inclusive ja trouxe usado de fora e recebi ameaca de prisao na receita federal (nao sabia que nao podia na época), ta bom , eu defendendo os bons costumes aqui e fazendo isso , tentando ser malandro , hehe . mas no fim é isso , agente vai apredendo que a malandragem tem um preco, barato sai caro, enfim...

malucobeleza666
Veterano
# nov/10 · Editado por: malucobeleza666
· votar


Drive30

Cara, é que nem eu disse, essa argumentação eu até concordo se tratando de Amps de R$1000,00 ou até um pouco menos( existe, amp valvulado de handmaker decente por R$1000,00? xD). Mas Amps de R$ 2000,00 ( de um hand maker um pouco conceituado), não prestar e trazer sérios riscos para o consumidor ( desde que não seja ignorante..., tocar com o pé descalço e molhado que nem eu escutei por ae eheh) não concordo, e acho que não condiz com a realidade. É eu acho, não tenho como provar, não tenho como abrir um amp desse tipo e analisar peça por peça e falar se a mesma presta ou não,ou se foi bem construído.E acho que muitos aqui também concordam nesse ponto comigo. Valeu!!

^^

buddy guy
Veterano
# nov/10 · Editado por: buddy guy
· votar


Drive30

buddy guy

Sim buddy, realmente, é triste ter que pagar tudo isso, mas fazer o que , se nos moramos no brasil. de fato é para se sentir otário mesmo como disseram ai, por isso tento sempre trazer de fora, mas nem todos tem essa opcao, ai cai nessa discursao aqui do hand made vagabundo, etc... é flórida, se correr o bicho pega, se ficar o bicho come .



Obrigado por me responder.Entendi sua esplanação.Mas o que não estou entendendo aqui,e que não me responderam ainda,foi a questão de que todo ampli hand made que seje,que não custe 2000,3000,o cara que compra corre o risco de morrer "pregado" no ampli.Isto que eu quero saber,quer dizer que todo e qualquer hand made barato(estes que os caras só vendem a eletronica,sem gabinete,sem falante e etc),todo mundo corre o risco de morrer eletrocutado em todos eles? É esta minha pergunta !!!


Outra coisa,quanto é que tem que custar um ampli destes,destes que os caras vendem somente a eletronica com o chassis,2,3 knobs,sem falante e sem gabinete,uma valvula no pré e outra no power,quanto é que tem que custar um destes,para que digamos que a coisa preste(NA QUESTÃO DE SEGURANÇA E NÃO DA SONORIDADE)?

Drive30
Veterano
# nov/10
· votar


RMafe

nao entendi.

Drive30
Veterano
# nov/10
· votar


buddy guy
malucobeleza666

de novo galera, valor estipulado para algo 'seguro' é muito subjetivo, e isso gerou polemica e sempre vai gerar ,veja minha resposta no edit anterior.

MauricioBahia
Moderador
# nov/10
· votar


Drive30: agente vai apredendo que a malandragem tem um preco, barato sai caro, enfim...

No seu caso, quase saiu caro. hehe

Abs

buddy guy
Veterano
# nov/10
· votar


Drive30
buddy guy
malucobeleza666

de novo galera, valor estipulado para algo 'seguro' é muito subjetivo, e isso gerou polemica e sempre vai gerar ,veja minha resposta no edit anterior.



Pois é,por ser subjetivo,o próprio enunciado do tópico já começa cai na contradição.

Toquei na questão do preço,por justamente o coléga que criou o tópico(uma vez que ele mencionou "preços"),mas ele não ter cogitado o que eu cogitei até agora(na questão da simplicidade de certos projetos),como citei do ampli de 4 wats,sem gabinete,sem falante,só uma valvula no pré e outra no power,dois tres knobs só.Quanto é que tem que se pagar num destes? Esqueça a sonoridade,quero saber quanto é que tem que se pagar em uma coisa destas,para que se possa dizer que a coisa é boa e segura?

E repito novamente,do jeito que as coisas foram postas aqui,nada que custe menos de 2000,3000,além de não prestar na questão sonora,ainda não são seguras(tirando por base o próprio enunciado do tópico).

MauricioBahia
Moderador
# nov/10 · Editado por: MauricioBahia
· votar


Sincerament,e essa "hype" por valvulados também é uma coisa meio nonsense... Com se fosse a 8a. maravilha da natureza! Tem gente parece só falta vender a alma pra ter um. Menos, menos...

Fala sério... Eu sou contra "hypes" hehehe.

Del-Rei
Veterano
# nov/10
· votar


Gente, tô acompanhando o tópico desde o início, e ele cresce loucamente.

Como não entendo P#$%@# nenhuma de eletrônica, não me atrevi a escrever nada, apenas observar.


Mas óbvio que quem tem um handmade em casa vai começar a ficar com a pulga atrás da orelha.

Tenho um amp do Pedrone, de 30W, que custou cerca de R$ 2.800,00 só o cabeçote. Fora a fortuna pra importar os falantes e fazer a caixa.

Vi que um camarada aqui também postou essa dúvida, mas só o MauricioBahia comentou.

Então, será que os PHD's do assunto (carlos adolphs, nichendrix, zefonseca...) poderiam comentar se é algo seguro?
Ou se vou virar churrasco..........?


Alguém aqui já abriu um amp do Pedrone?

Pela madrugada!


Li comentários sobre menos de 4000 Reais ser torradeira chinesa.....



Um aceno de longe!!!

MMI
Veterano
# nov/10
· votar


buddy guy

Teve gente que fez alusão a amplis marshal,fender,mesa bogie e etc,na intenção de comparar com Hand Made.Já começa a treta por aí.Não há de se comparar amplis que além de anos de tradição de mercado internacional,onde eles pagam impostos caros,além de ter que pagar tufo de grana para endorser e por aí vai.Sem contar que um ampli destes não fica barato importar.
Teve gente que fez alusão a amplis marshal,fender,mesa bogie e etc,na intenção de comparar com Hand Made.Já começa a treta por aí.Não há de se comparar amplis que além de anos de tradição de mercado internacional,onde eles pagam impostos caros,além de ter que pagar tufo de grana para endorser e por aí vai.Sem contar que um ampli destes não fica barato importar.

Buddy aí que vem a questão. Já vi muitos aqui, dos consumidores, e também vi muitos de lá, os handmakers entrando nessa questão. Tanto consumidores como fabricantes querem um projeto, por exemplo, onde o clean seja baseado em Fender e o drive em Marshall ou Mesa Boogie. Então entra uma questão, como montar um amplificador desses, seria meio como um Rivera (que monta amplis de 2 canais, clean Fender e drive Marshall, geralmente) a preços módicos? Os caras fazem amps com peças conseguidos a preços menores, mas tem custos como patrocínios. Já os nacionais comprariam as peças a preços bem maiores e sem linha de produção, mas sem patrocínios. Note que se um amp inteiro vem importado, do outro lado praticamente todas as peças também vem importadas e sempre peça por peça acaba ficando mais caro unitariamente do que em conjunto, impostos os dois tem quase os mesmos. Só para exemplificar, um tio meu trabalhava na fábrica de caminhões Mercedes. Nos cálculos feitos na época, se alguém comprasse peça a peça, parafuso por parafuso para montar um caminhão, sairia por aproximadamente 3 vezes o custo de um caminhão novo.
Assim, ao que parece, para vender barato aqui é necessário abrir mão de alguma coisa. E essa coisa pode vir a ser segurança.
Quanto ao seu questionamento, talvez fosse o caso de postar uma foto e perguntar aos que entendem do que se trata aquilo.
Abç

Drive30
Veterano
# nov/10 · Editado por: Drive30
· votar


buddy guy

sua pergunta é muito boa, mas acho que foi respondida

o ze respondeu isso la atras, olha:

Uma planilha básica:
Falante Celestion 10" : Uns 200 R$ ?
2 Trafos originais dos EEUU, UK ou Canadá: R$ 600 (por baixinho, sendo otimista)
OU
2 Trafos comuns R$ 270
Duas 6V6 : R$ 120 (na Multcomercial, sem casar...ou seja, casado é mais caro)
Três 12AX7: R$ 150
Chassi R$ 100 no minimo, um básico usando chapa 22 - fora mão de obra.
4 Eletrolíticos Sprague 20uF/500V: R$ 80
Fios, terminais, isolantes, plugs: R$ 80
Potenciometros Constanta: R$ 8,80 cada, P/ um Bassman x 6 = R$ 52
(Constanta porque é o melhorzinho nacional. CTS sai a 3 Reais mais caro, cada.)

so isso ai ja passou de 1000 reais, usando o trafo mais barato possível. no caso se vc falou so 1 de pre e 1 de power, sairia uns 800, 900 reais, no minimo dos minimos, para com certeza ter um som podre e ainda com a questao de seguranca em jogo ai com esse trafo mais 'baratinho'. ou seja, menos de 1000 reais nao dá, hehe

MauricioBahia
Moderador
# nov/10 · Editado por: MauricioBahia
· votar


Del-Rei: Então, será que os PHD's do assunto (carlos adolphs, nichendrix, zefonseca...) poderiam comentar se é algo seguro?
Ou se vou virar churrasco..........?


Tópicos Relacionados:
Que música você quer que toque no seu enterro?
Música ideal para um funeral....
Musicas que vc não pode morrer sem ouvir
Resenha: 1001 Discos Para Ouvir Antes de Morrer
Dicas Sobre Churrasco

Adeus.

banhaz
Veterano
# nov/10
· votar


cara, com pedrone eu duvido que tenha esse perigo - até pq, já vi muita gente conceituada aqui louvando tanto o timbre quanto o material e a manufatura do amp...
é amp pra durar pra sempre, sério

buddy guy
Veterano
# nov/10 · Editado por: buddy guy
· votar


MMI

buddy guy

Teve gente que fez alusão a amplis marshal,fender,mesa bogie e etc,na intenção de comparar com Hand Made.Já começa a treta por aí.Não há de se comparar amplis que além de anos de tradição de mercado internacional,onde eles pagam impostos caros,além de ter que pagar tufo de grana para endorser e por aí vai.Sem contar que um ampli destes não fica barato importar.
Teve gente que fez alusão a amplis marshal,fender,mesa bogie e etc,na intenção de comparar com Hand Made.Já começa a treta por aí.Não há de se comparar amplis que além de anos de tradição de mercado internacional,onde eles pagam impostos caros,além de ter que pagar tufo de grana para endorser e por aí vai.Sem contar que um ampli destes não fica barato importar.

Buddy aí que vem a questão. Já vi muitos aqui, dos consumidores, e também vi muitos de lá, os handmakers entrando nessa questão. Tanto consumidores como fabricantes querem um projeto, por exemplo, onde o clean seja baseado em Fender e o drive em Marshall ou Mesa Boogie. Então entra uma questão, como montar um amplificador desses, seria meio como um Rivera (que monta amplis de 2 canais, clean Fender e drive Marshall, geralmente) a preços módicos? Os caras fazem amps com peças conseguidos a preços menores, mas tem custos como patrocínios. Já os nacionais comprariam as peças a preços bem maiores e sem linha de produção, mas sem patrocínios. Note que se um amp inteiro vem importado, do outro lado praticamente todas as peças também vem importadas e sempre peça por peça acaba ficando mais caro unitariamente do que em conjunto, impostos os dois tem quase os mesmos. Só para exemplificar, um tio meu trabalhava na fábrica de caminhões Mercedes. Nos cálculos feitos na época, se alguém comprasse peça a peça, parafuso por parafuso para montar um caminhão, sairia por aproximadamente 3 vezes o custo de um caminhão novo.
Assim, ao que parece, para vender barato aqui é necessário abrir mão de alguma coisa. E essa coisa pode vir a ser segurança.
Quanto ao seu questionamento, talvez fosse o caso de postar uma foto e perguntar aos que entendem do que se trata aquilo.
Abç




Entendi.



Drive30

buddy guy

sua pergunta é muito boa, mas acho que foi respondida

o ze respondeu isso la atras, olha:

Uma planilha básica:
Falante Celestion 10" : Uns 200 R$ ?
2 Trafos originais dos EEUU, UK ou Canadá: R$ 600 (por baixinho, sendo otimista)
OU
2 Trafos comuns R$ 270
Duas 6V6 : R$ 120 (na Multcomercial, sem casar...ou seja, casado é mais caro)
Três 12AX7: R$ 150
Chassi R$ 100 no minimo, um básico usando chapa 22 - fora mão de obra.
4 Eletrolíticos Sprague 20uF/500V: R$ 80
Fios, terminais, isolantes, plugs: R$ 80
Potenciometros Constanta: R$ 8,80 cada, P/ um Bassman x 6 = R$ 52
(Constanta porque é o melhorzinho nacional. CTS sai a 3 Reais mais caro, cada.)

so isso ai ja passou de 1000 reais, usando o trafo mais barato possível. no caso se vc falou so 1 de pre e 1 de power, sairia uns 800, 900 reais, no minimo dos minimos.




Pois é,no que eu comentei em partes sobre isto.Sobre o fato de uma destas valvulas citadas neste orçamento aí,que ele reportou custar 120,lá no M.L. encontra a referida valvula(nova e de origem russa),por 46,50 reais.
Muita coisa por ele não foi mencionada e do jeito que caminha a coisa aqui,abre-se espaços para generalizações.Coisa que a não podemos nos dar ao luxo por aqui.Uma por conta do compromisso com a verdade,outra a bem dos foristas que seguem o fórum e tira por base as informações postadas aqui como "via de regra" e para finalizar,a bem maior que é o nome Cifra Club e a ética.


EDIT -Outra coisa,onde é que ele arrumou esse negócio de que um pedaço de chapa dobrada de alumínio(as usadas no chassis),custarem 100 pila? Dependendo do tamanho,por aqui não pago nem 50,cortada e dobrada na hora !!!



EDIt 2 -Opa,deixa eu corrigir aqui: Ele mencionou 3 valvulas por 120,agora que fui notar que eram 3 e não somente uma valvula por 120.Falha minha nesta questão,desculpem!!

shoyoninja
Veterano
# nov/10 · Editado por: shoyoninja
· votar


Russetwolf
Cara, para um técnico com formação acadêmica, esta matéria (normas) é o fundamento de sua profissão. Se o mesmo desconhece estas, com certeza não é técnico.

O que tem a formação do técnico a ver com o amplificador. O amplificador montado não tem currículo, ou ele foi projetado e montado de acordo com as normas ou não. Se um item básico como aterramento não foi feito corretamente, então está fora da norma, ponto final.

O que mata é a corrente e não a tensão. Vc pode tomar um choque de flay back de TV 27000V e só vai furar o dedo, porque a corrente é baixa. 220V de uma tomada pode matar devido à corrente que ali circula.
Já que citou que a tensão de um valvulado pode matar, poderia nos dizer qual é a tensão e a corrente destes? É suficiente para matar ou mutilar um humano?


Como assim o que mata é corrente e não a tensão? Não existe um sem o outro. O que se usa como REFERÊNCIA para mensurar danos no corpo humano é a corrente pois a resistência do nosso corpo não é constante, e dependendo da situação, muda completamente. Por exemplo: a pele humana, quando muito úmida, tem resistência 100 vezes menor do que quando seca.

O flyback não é mortal porque sua impedância não permite, ele é incapaz de sustentar os 27000 volts com correntes um pouco maiores, o que acontece é que no momento do choque a tensão é dividida entre a resistência interna e o corpo da vítima, portanto a tensão nunca é de 27000 volts quando há o choque, é bem menor que isso, e decai rapidamente conforme é descarregado.

Os 220V de uma tomada matam APENAS quando há algum outro fator como pele úmida com água ou suor, ou perfuração da pele.

Um valvulado de média potência pode ter facilmente tensões de 400V e a fonte pode suportar fornecer durante um bom tempo bem mais de 100mA.

100mA é suficiente para causar um ataque cardíaco.

banhaz
Veterano
# nov/10
· votar


é louvavel o topico, mas percebi agora que tem gente duvidando já da qualidade de amps como o pedrone (ja vi uns 3 aqui)
o mauriciobahia ja tinha perguntado: o topico é discussao tecnica, mas o comprador é leigo, entao qual o criterio objetivo e direto que diz se um amp é ou nao é confiavel?
nao achei (a menos da minha ignorancia) uma resposta direta
e sou um cara de resultados: apesar de a intencao do zé nao ser de causar duvidas na gente, mas sim alertar aos perigos do amp mal feito, o resultado (da discussao toda, nao do post inicial apenas) foi gente achando que amp de 2000 reais é com certeza ruim e mal feito, o que coloca duvidas sobre amps de 3000, por exemplo
tem como alguem explicar pra nós leigos o critério?

Del-Rei
Veterano
# nov/10
· votar


MauricioBahia

Putz....



Um aceno de longe!!!

Del-Rei
Veterano
# nov/10
· votar


banhaz

Acho que ninguém vai explicar... haha.
Talvez a explicação não seja das melhores... Já fez teu seguro-desgarga-elétrica?



Um aceno de longe!!!

Pepe Le P
Veterano
# nov/10
· votar


Quem tiver 10 mil compra um Vibro King ou Road Star

Eu só tinha 2 e pouco então fui de Pedrone...

Mas, sem querer desmerecer esse excelente tópico de discussão, acho que o negócio é como disse certa feita um sábio:

"Shut up and play your guitar!"

shoyoninja
Veterano
# nov/10
· votar


Del-Rei
Mas não tem muito o que explicar mesmo...

Seria uma aberração querer que todo mundo que compre um ampli abra e cheque se o aterramento está ok, se não tem gambiarra na fonte, etc...

No final se resume a: "compre de quem você confia". E DESCONFIE quando a esmola é muito grande. Porque, no caso dos amplificadores valvulados, pode sair bem mais caro do que só ficar sem guitarra que nem o saudoso slashfoda. :P

Abraços

banhaz
Veterano
# nov/10
· votar


Pepe Le P
2 e pouco no pedrone?
vc pegou um simples né?
Del-Rei
eu acho que foi tanta gente falando tanta merda (vide o troll adoidado, não vou dar nome), que o zé teve suas palavras distorcidas...
já vi dezenas de topicos do pedrone, e nunca vi ninguém falar mal, por isso comprei! e a faixa de preço dele é outra beeem diferente, nao devia nem cair na discussao
agora, amp valvulado handmade abaixo de 1000 acho mesmo que só pode da merda - os argumentos do drive30 foram certeiros, inclusive os de lógica adm (eu faço economia, e ele tá 100% certo)
agora, e pra amps entre 1000 e 2000 (que entraram na discussao tambem)??
os argumentos dados pareciam levar à conclusao de que nao se pode afirmar nada sobre esses amps sem avaliar a manufatura, mas teve gente dizendo que tambem sao inseguros, quaisquer que sejam
iai?

MMI
Veterano
# nov/10
· votar


banhaz

Acho que objetivamente, para nós leigos no assunto, o que foi ensinado é que existe o tal "cap da morte". Se ele estragar, você estará ligado na tomada. No mais eu não entendi ou não saberia identificar, pois envolve qualidade de componentes, como a qualidade dos caps.

shoyoninja

Mais para te ajudar, porque para mim existe o troll...

A questão não é só morrer. Entre as queimaduras, existem vários tipos, como por calor, por radiação, química, por luz e a tal da elétrica. A mais grave é a elétrica, porque tende a ser mais profunda. A queimadura elétrica costuma ter um ponto de "entrada" e um de "saída" da corrente, ou seja onde entra a carga elétrica e onde a pessoa está "aterrada". A gravidade depende dos locais por onde essa carga elétrica passa, se for entre dois dedos da mesma mão, menos mal, mas se passa por órgãos vitais, a coisa vai piorando. Depende de muitos fatores, o inicial é a integridade da pele, umidade de quantidade de sais nela. Ultrapassando a pele, a gordura pode ajudar um pouco, mas a eletricidade vai correr por nervos (mais condutivos) e vasos sanguíneos. Isso pode causar lesões nervosas e até medulares,especialmente motoras, ou se for por vasos, ao atingir o coração pode causar parada cardíaca. No trajeto, pode causar lesões em rins, gastro-intestinais, endócrinas, metabólicas, hematológicas... Em resumo, a morte por eletricidade é só o ponto mais alto de várias lesões que a eletricidade pode causar, muitas delas podem ser seríssimas, mas não fatais.
Portanto, eletricidade e segurança ao lidar com ela é coisa séria.

buddy guy
Veterano
# nov/10
· votar


Olha pessoal,de boa?O que vejo aqui é a coisa esta descambando para generelização.Onde tudo o que é abaixo de 2000,3000 por ser hand made não presta.Acho isto complicado viu? Acho louvável este lance de alertar para questão de segurança de quem toca e tals.Mas passar a generalizar as coisas,não concordo não !!!

Marcosrcf
Veterano
# nov/10
· votar


Depois de tudo que eu li aqui (no tópico inteiro), to achando que pela minha situação financeira, o negócio é comprar um violãozinho (com cordas de nylon) e ficar de boa, fora das tomadas... bem mais seguro!

Drive30
Veterano
# nov/10
· votar


banhaz

é isso ai, pessoal ta entendendo. Cara pedrone nao tem erro, o cara nao ia fazer um negocio eletrocutador ou com timbre ruim, ja ouvi o le marc na oficina dele, é animal, e usa so coisa boa . Os dele nem entram na discursao aqui , ta fora de questao, eu só nao optei por ter um desses porque primeiro que 85 w pra mim nao tem condicao, quem acompanha meus tópicos aqui sabe o drama que eu tenho de usar um de 25 w em apartamento, tudo bem ele faz uns com menos potencia mas segundo que esperar 6 meses para ter o ampli é muito angustiante pra mim , para quem consegue segurar essa ansiedade toda, parabens hehe, eu optei por um mesa DC-2 usado , bem carinho tambem , na faixa de 2700 , 3 pau por ai , tem o som que eu sempre quis, ganho altao, timbrao e tudo , so falta gravar algo descente com o mic agora, outra questao que to apanhando.

banhaz
Veterano
# nov/10 · Editado por: banhaz
· votar


Olha pessoal,de boa?O que vejo aqui é a coisa esta descambando para generelização.Onde tudo o que é abaixo de 2000,3000 por ser hand made não presta.Acho isto complicado viu? Acho louvável este lance de alertar para questão de segurança de quem toca e tals.Mas passar a generalizar as coisas,não concordo não !!!
exato! perfeito! agora quem pode resolver esse nosso problema, e dizer o que é mesmo certo?


Depois de tudo que eu li aqui (no tópico inteiro), to achando que pela minha situação financeira, o negócio é comprar um violãozinho (com cordas de nylon) e ficar de boa, fora das tomadas... bem mais seguro!

esse é o tipo de problema que eu tava falando - as generalizacoes podem influenciar negativamente na opiniao de nós leigos, e o que fazer? (apesar de achar que esse pode ter sido um comentario só de brincadeira mesmo, o que passou pela minha cabeça foi: e agora, será que meu pedrone pode dar merda? mas logo vi que não)

será que o troll tá conseguindo destruir a reputacao do handmade valvulado nacional (de qualidade)?
por isso eu pedi uma resposta à questao do mauriciobahia (da pagina 6), direta e simples (apesar de achar difícil uma simples, hehehe)

banhaz
Veterano
# nov/10
· votar


so falta gravar algo descente com o mic agora, outra questao que to apanhando. (2)
é nóis sem microfone! hahaha

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Não existe valvulado de R$ 1000 feito à mão que preste.