Influencia da madeira no som da guitarra.

Autor Mensagem
Beto Guitar Player
Veterano
# 16/abr/19 16:42
· votar


Não sei se alguém já postou essa notícia, mas achei interessante postar.

Empresa cria guitarra indestrutível de titânio e pede que Yngwie Malmsteen teste.



Filippo14
Veterano
# 16/abr/19 22:49
· votar


Beto Guitar Player

Tinha visto isso hoje, aparentemente ele testou mesmo tocando. Arregaçou uma caixa da marshall

JJJ
Veterano
# 17/abr/19 07:38
· votar


Acho que não vai rolar ajustar o tensor disso aí, né? hehehe

JJJ
Veterano
# 17/abr/19 09:09
· votar


Mais uma guitarra diferente:



renatocaster
Moderador
# 17/abr/19 09:37
· votar


Beto Guitar Player

Muito legal o vídeo! Cá pra nós, a guitarra é horrível, mas o processo de construção é muito bacana.

Agora, e sobre o timbre, hein? Ele tocou de fato com a guitarra. E num teste cego, alguém teria sacado que ao invés de uma Fender Strat, ele tava tocando com uma guitarra de titânio? hehehe!

Beto Guitar Player
Veterano
# 17/abr/19 15:55
· votar


renatocaster

Muito legal o vídeo! Cá pra nós, a guitarra é horrível, mas o processo de construção é muito bacana.

Puts, eu não tinha noção do quão longe poderia se chegar com impressão 3d. Achava que apenas materiais como o plástico poderiam ser usados no processo. Mas você viu? Titânio... O.o

Casper
Veterano
# 12/out/19 10:57
· votar




Casper
Veterano
# 12/out/19 11:23
· votar


https://www.lavamusic.com/en/

JJJ
Veterano
# 12/out/19 11:48
· votar


Casper

Mas dá pra batucar no corpo?... hehehe

Casper
Veterano
# 12/out/19 19:18 · Editado por: Casper
· votar


Caro JJJ:

Porque não daria?

JJJ
Veterano
# 12/out/19 22:13
· votar


Casper

Dá, mas e som do batuque? Tem que ser orgânico! hehehe

Tô de zuera... mas, se esse negócio aí vingar, o lance da importância da madeira não vai valer nem pra instrumento acústico! (o que era uma ressalva frequente em todas as análises, mesmo quando a conclusão era de que a madeira não importa em picas...)

Ismah
Veterano
# domingo às 23:06
· votar


Nada novo aí... Qualquer material pode formar uma câmara oca, e ressonar... O resultado em que se chega, vai depender das propriedades do material, e consequentemente da construção...

O erro crasso é pegar um material novo, fazer como se vinha fazendo, e esperar que ele se comporte como o que já existia... Não funciona assim pra nada...
Quando o alumínio aeronáutico entrou em decadência depois da guerra fria, ele viabilizou as bicicletas com quadro de alumínio. Mas esse material tem propriedades diferentes, e aí não funcionava o design anterior...
De 10 anos para cá, ficou viável usar a fibra de carbono em larga escala. Novamente, geometria, e tudo mais ficou obsoleto...

felipe bento pereira
Membro Novato
# segunda às 10:21
· votar


não que os instrumentos feitos em madeira são os principais vilões da destruição das arvores da galaxia, mas esses materiais alternativos daqui pouco tempo serão um caminho sem volta, ecologicamente corretos e tal!!...
só não sendo igual aquela feita em titânio do Malmsten que custa mais de 25 mil dólares tá valendo!!

Buja
Veterano
# segunda às 11:02
· votar


Olha o topico ai de novo!!!

felipe bento pereira
Membro Novato
# segunda às 11:10
· votar


Olha o topico ai de novo!!!
infinito!! ahahahahahah
igual a discussão entre cd e lp qual o melhor!!! kkkkkkkkkkkk

Casper
Veterano
# ontem às 14:57
· votar


igual a discussão entre cd e lp qual o melhor!!! kkkkkkkkkkkk

Essa discussão nem existe. Som digital
é infinitamente superior em qualquer aspecto.

K2_Loureiro
Veterano
# ontem às 15:17
· votar


Gente desculpe mas tenho que falar: toda vez eu leio este tópico "Influência da guitarra no som da madeira" rsrs

felipe bento pereira
Membro Novato
# ontem às 15:30
· votar


Som digital
é infinitamente superior em qualquer aspecto.

se for flac e mp3 de 320kbps eu concordo! enfim!!...

Se não me engano não é nenhuma novidade instrumentos em fibra de carbono!
acho que não é tão simples de se encontrar, deve ser polo custo!!

T-Rodman
Veterano
# ontem às 18:36 · Editado por: T-Rodman
· votar


JJJ

Mas dá pra batucar no corpo?... hehehe



ou tem de batucar assim? rs
https://www.youtube.com/watch?v=1zOsihY56f8

makumbator
Veterano
# ontem às 19:35
· votar


Neguinho fica rindo de quem acredita em Terra plana, mas acreditam piamente em influência da madeira em instrumentos elétricos de corpos sólidos. Vai entender esse povo...

Lelo Mig
Membro
# ontem às 20:44
· votar


Cada vez que um user desenterrasse este tópico deveria pagar 200 abdominais numa cama de prego.

Buja
Veterano
# ontem às 21:51
· votar


Falou tudo Lelo Mig, e eu ainda pediria pra fazer mais 2 sessões, so pra ficar bem lembrado.

Ismah
Veterano
# ontem às 21:52
· votar


felipe bento pereira

Carbono é ainda caro, e é um material "frágil"...
Como disse acima, é usado em bicicletas topo de linha, desde os anos 90, mas popular mesmo não é ainda. Todavia, é conhecido a uns 70 anos, é um material difícil de trabalhar...

E a fragilidade é real... Se num sentido é rígido feito aço, no outro é frágil como vidro - e tende a espatifar... Além disso é necessário um cuidado especial com apertos, exigindo torquímetro para tudo - e ainda não se faz rosca direta, se faz enxertos de outro material - alumínio geralmente.

Uma bicicleta em carbono, precisa ter as partes de carbono, INTEIRAMENTE revisadas, após uma queda.

Não é incomum as quebras em provas fora de estrada (MTB e ciclocross). Nem é incomum, ter quebras que a própria pessoa não sabe o que houve. Um dia quebrou e não há relato de nada fora do normal.
Voltamos quase que ao tempo que o desafio era chegar ao fim da prova com a bicicleta... rs

A questão é que um atleta, vai lá e pega outra a custo zero (pra ele).
Enquanto o usuário final depende do seu bolso... Nem todo mundo dispõe de 25 mil para comprar outra bici...
Isso forçou o mercado intermediário, após a febre inicial, que deu um monte de abacaxis... E então passada a lua de mel, numa análise técnica, se concluiu que o carbono barato, é equivalente ao alumínio topo de linha - só que mais caro e problemático...
Do ano passado para cá, as grande empresas do ramo já anunciaram modelos intermediários, em alumínio novamente...

se for flac e mp3 de 320kbps eu concordo! enfim!!...

Veja bem, a limitação não era da tecnologia "áudio digital", mas do armazenamento e fluxo de dados, que existia na época. A gravação em digital em escala, já era equivalente a um FLAC hoje, só que comercialmente o custo era absurdo para uso doméstico... Ainda assim, sempre tiveram malucos, com grana no bolso, para bancar um troço assim...

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Influencia da madeira no som da guitarra.