Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Você é tecladista de banda católica? Compartilhe suas experiências aqui.

      Autor Mensagem
      givao
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      pow jefferson , nao sabia que era o apelido dele , hehehe , vo pega no pé dele , mais ele e muito gente boa mesmo , homem de Deus mesmo

      Jeferson Fernandes
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      givao

      Deus me livre de pegar no pé do Ironi... Nunca chamei ele de galego... Só Sr. Ironi... Só foi aqui pelo FCC.. hehehehehe...

      fábio_soul
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      Jeferson Fernandes

      Sem vergonha!!!

      hahaha

      Jeferson Fernandes
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      Galera...

      Quem aqui já ouviu o ultimo CD da Ziza Fernandes (Um pouco mais de mim).
      O que achou das "novas características". Baixo acústico (de orquestra), e bem clássico no piano, tipo a música 8 (esqueci o nome)... ?

      felipec
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      Sou Felipe, moro em Curvelo/MG, tenho 18 anos. Sempre toquei em missas e tbm em casamentos. Atualmente faço parte da Banda Profetas, em minha cidade. Comecei tocar aos 12 anos. O meu teclado PSR-140 (o primeiro) tenho até hoje, mas acompanhado de um PSR-740.
      Foi na Igreja que aprendi praticamente tudo que sei sobre música, no teclado e na voz.
      Para Deus, busco sempre o melhor, me aperfeiçoar o máximo que posso. Essa banda que participo, cada integrante busca fazer o mesmo. Toco por partitura e por ouvido tbm... Gosto de várias músicas católicas, de vários cantores. Um deles é Davidson Silva (www.davidsonsilva.com.br) da Comunidade Shalom de BH, tem técnica e unção sem igual. As músicas da CNBB tbm são mto boas, pelo menos para o teclado. Foram as primeiras que aprendi a tocar e cantar. Além do Davidson Silva, ouço tbm: Suely Façanha, Ziza Fernandes, Flavinho, Rosa de Saron, Anjos de Resgate, Irmã Glenda, Pe Fábio de Melo, entre outros.
      Ser de Deus, tocar pra Ele, fazer tudo por Ele... é algo inexplicável... a felicidade é refletida toda em nós... fico mto satisfeito pelo o q tnho feito nesses anos.

      Acesse:
      Banda Profetas

      Jeferson Fernandes
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      felipec

      Bacana amigo... Fui músico da Suely Façanha por 2 anos, Turnês De Coração a Coração e Em Tuas mãos...
      Conheci o Davidson através do Bruno Vianna (backing da minha banda), é um cara sem igual mesmo.. Muito humilde, muito de Deus....

      Eu nunca comentei aqui no FCC mas o cantor da igreja o qual tive o prazer de conhecer e tocar com ele em alguns shows, e que eu mais gosto é o Cristiano Pinheiro da Shalom Fortaleza/CE... Alguém conhece??? Esse cara não existe, canta muito, demais mesmo...

      Abraços...

      fábio_soul
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      Jeferson Fernandes

      Quem aqui já ouviu o ultimo CD da Ziza Fernandes (Um pouco mais de mim).
      O que achou das "novas características". Baixo acústico (de orquestra), e bem clássico no piano, tipo a música 8 (esqueci o nome)... ?


      Infelizmente ainda não ouvi, mas tenho muita vontade de conhecer. Mas já que tocou no assunto piano mais clássico, gostaria de ressaltar algumas coisas que ouvi e curti demais: Algumas músicas do CD novo do Flavinho ("Deixe-se amar"), como, especialmente, a música "Força pra viver", que tem um piano formidável e orquestrais lindos (Aliás, esse CD inteiro ficou ótimo em termos de arranjos e timbres, principalmente); e também, do CD "Filho do Céu" do Pe. Fábio de Melo, que tem muitas músicas com pianos muito bem feitos, e timbres lindos, além de uma produção excelente.

      São trabalhos muito interessantes de se conhecer... Paulinho de Jesus deu deu um show de produção no CD do Flavinho...

      Abraços.

      Jeferson Fernandes
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      fábio_soul
      Paulinho de Jesus

      Esse cara é demais... Levanta mesmo!!!
      Vc já ouviu o CD "O Amor não cansa e nem descansa" do Paulão e Lú??? O Paulinho arrebentou na produção dos arranjos... Eu sofro demais quanto toco em show deles, com os arranjos de pianos...

      fábio_soul
      Veterano
      # mar/08
      · votar


      Jeferson Fernandes

      Também não conheço esse CD, mas deve ser ótimo...

      tecladoprofusao
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Alguém sabe me dizer se é errado fazer aquele "fundinho de piano" durante a Oração Eucarística? A gente fez hoje (na verdade foi ontem, já passa das 1:00 hehe) e o padre adorou... E na Igreja que eu ia antes de vez em quando a gente fazia (desde o "Em verdade é justo e necessário..." até o Pai Nosso). Mas geralmente não é o que a gente vê por aí.

      Detalhe: editei um som de piano que ficou bem macio, não fica estridente. Acho que por isso deu certo.

      fernando tecladista
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      tecladoprofusao
      no tempo que eu tocava em igreja tinha padre que gostava e outros que faziam cara feia, uns achavam que a música tirava atenção, outros achavam que ajudava
      sempre tocava algum tema erudito mas daqueles bem batidos:
      jesus alegria dos homens, noturno de chopin... ou algum cantigo coisa das antigas do tipo: a barca, buscai primeiro

      agora se podia ou não acho que nem o padre sabia direito, mas uma vez ele chegou e pediu pra não fazer mais

      alias, isso de pode não pode pra coisas simples deve ser um dos motivos pelo qual eu não apareço mais (mas não é assunto pra esse tópico)

      --------------------------------------

      editei um som de piano que ficou bem macio, não fica estridente. Acho que por isso deu certo.
      fica interessante pra não chamar toda atenção pra você, as vezes eu usava no lugar de piano algum orgão leve com o release mais longo, pra dar o efeito do sustain do orgão eletronico, lembrando mais o timbre dos nacionais (ou electones yamaha) do que de hammond que é mais seco

      Jonathas Lacerda
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Alguém sabe me dizer se é errado fazer aquele "fundinho de piano" durante a Oração Eucarística? A gente fez hoje (na verdade foi ontem, já passa das 1:00 hehe) e o padre adorou... E na Igreja que eu ia antes de vez em quando a gente fazia (desde o "Em verdade é justo e necessário..." até o Pai Nosso). Mas geralmente não é o que a gente vê por aí.

      Detalhe: editei um som de piano que ficou bem macio, não fica estridente. Acho que por isso deu certo.


      Com o antigo padre de nossa paróquia, eu sempre fazia essas "BGs" e ele gostava. Antigamente, há uns anos atrás, ninguem reclamava. Mas eu recebi uma chamada ao vivo do Bispo da Arquidiocese da Paraiba em plena missa de Celebração de Crisma. Depois disso fiquei com trauma... hehehe.

      O ideal é que a própria igreja, através das dioceses promovessem cursos de liturgia para seus músicos, já que querem que eles sigam.

      Felipe_MP
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Jonathas Lacerda

      O bispo deve ter reclamado porque ele não tem esse costume, normalmente as missas eram celebradas sem instrumentos, os cantos também não tinham acompanhamento,
      acho q no caso uma música de fundo ajuda a meditar e melhora a concentração nas palavras, não deixa ficar muito massante para o povo. Mas se o Bispo falou tá falado né???

      Uma dica é o seguinte, em nossa igreja sempre antes das missas ou celebrações temos uma reunião de preparação com todos os envolvidos, e lá podemos especificar momentos em que esse fundo pode ser colocado. é interessante combinar isso para que não tenha imprevistos como esse do Bispo, pois fica feio tomar uma chamada assim né...

      Jonathas Lacerda
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Uma dica é o seguinte, em nossa igreja sempre antes das missas ou celebrações temos uma reunião de preparação com todos os envolvidos, e lá podemos especificar momentos em que esse fundo pode ser colocado. é interessante combinar isso para que não tenha imprevistos como esse do Bispo, pois fica feio tomar uma chamada assim né...

      foi exatamente depois disso q passei a me reunir com o celebrante antes da celebração... :D

      tecladoprofusao
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Mas eu recebi uma chamada ao vivo do Bispo (...)

      Já vi coisa assim acontecer. A outra banda da igreja foi tocar uma vez com um padre novo, que tinha acabado de chegar na paróquia. No meio do canto de entrada o padre virou para a banda e disse: "Pode parar agora mesmo! O que é isso? Carnaval?". Silêncio total por uns instantes e depois disso o pessoal ficou mais pianinho...

      Quero evitar e esse tipo de mico. Queria saber se esse fundo musical fere algum momento da Liturgia. Sei que depois da comunhão tem que ter silêncio, mas e antes? E durante a consagração?

      fábio_soul
      Veterano
      # mai/08 · Editado por: fábio_soul
      · votar


      Com relação ao fundo, não tenho certeza, mas creio que não seja litúrgico, mas sempre tem a questão da obediência ao celebrante... se ele pedir, aí pode ir sem medo de ser feliz... hahaha... Mas seja discreto, a atenção nunca deve ser voltada para nós.

      É mais ou menos a mesma história da questão de levantar a mão direita quando o celebrante faz a oração "Por Cristo, com Cristo e em Cristo...". Liturgicamente não é correto, mas tem padre que pede para todos estenderem as mãos no momento. Então, o que se deve fazer é obedecer.

      fábio_soul
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      E durante a consagração?

      Nessa parte eu não sei, só sei que em muitas missas que são transmitidas na Canção Nova o tecladista faz um fundo com pad nesse momento, e, diga-se de passagem, que timbre de pad, e que noção do tecladista (das vezes que me lembro).

      Felipe_MP
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Temos que levar em concideração certas coisas, a Canção Nova segue uma tendência da renovação carismática, logo não se segue os padrões antigos da Igreja Católica, mas para mim isso não é uma discurssão e sim solução, pois estará onde você se sente melhor, só não podemos querer mudar as ordens e os procedimentos da Igreja, cada uma com seus respectivos dirigentes funcionam de uma forma diferente. A minha por exemplo, é da ordem franciscana, logo não temos padres e sim Freis, e eles nunca ficam aki por muito tempo, estão sempre trocando as vezes mais de uma vez por ano, assim cada um que chega celebra diferente e agente acaba se adapitando, é claro gostando mais de uns e menos de outros.

      E durante a consagração?

      O silêncio é algo importante sim, mas em alguns lugares o povo já espera akele momento para se entregar mais e refletir.
      Não sei se está certo ou errado, mas pela minha opinião eu preifro que tenha sim durante a consagração.

      Mauro Candido
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Além de músico, também dou aulas de teologia e posso dar um toque sobre a consagração. Neste momento, nada pode tirar a atenção do milagre que está acontecendo, que é o da Transubstanciação. Onde o pão e o vinho se transformam no corpo e sangue de Jesus. Daí a necessidade do silêncio absoluto. Entretanto, pode-se cantar alguma coisa apropriada, somente após a consagração do vinho, nunca após a consagração do Pão. Mas se o padre que preside a celebração permitir, faça o fundo, pois mesmo que não seja recomendado, quem preside pode permitir ou proibir. Por muito tempo eu fiz o fundo, hoje eu não faço mais. Na minha Igreja é lamentável, que enquanto Jesus vivo está no altar, tem um monte de gente beijando o pé das imagens que tem lá. O que não é errado, só que a hora não é certa. Mas vamos devagar. uma hora o povo aprende.

      tecladoprofusao
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Mauro Candido
      Então vô fazer isso, tocar o fundo mas deixar em silêncio o momento da consagração. Valeu pela orientação.

      Na minha Igreja é lamentável, que enquanto Jesus vivo está no altar, tem um monte de gente beijando o pé das imagens que tem lá.
      Infelizmente isso acontece muito, não só na sua Igreja. Na minha atual, na que eu ia... Em todo lugar tem gente que não percebe que o principal na Igreja não são os santos mas é Jesus, que vem ao nosso encontro todo domingo. Por isso eu me sinto ofendido quando alguém muda de religião e diz que "encontrou Jesus". Claro! Ele está em toda Missa e as pessoas não prestam atenção! Se ainda fosse um momento breve, discreto, até dava pra entender, mas, com toda a ênfase que é dada à Eucaristia, só se pode dizer que é por desleixo, preguiça de prestar atenção.

      Não tô querendo causar polêmica, foi mais um desabafo.

      E é por isso que eu perguntei sobre o fundo musical. Eu respeito a Missa. Afinal é a maior festa na Igreja. E por isso não quero passar por cima da Liturgia.

      fábio_soul
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Na minha Igreja é lamentável, que enquanto Jesus vivo está no altar, tem um monte de gente beijando o pé das imagens que tem lá. O que não é errado, só que a hora não é certa. Mas vamos devagar. uma hora o povo aprende.
      Infelizmente isso acontece muito, não só na sua Igreja. Na minha atual, na que eu ia...

      E é por isso que tem muito protestante por aí (com muito respeito aos nossos irmãos evangélicos) dizendo que os católicos adoram Maria e os outros santos. É claro que é ótimo ser devoto de algum santo, afinal é um intercessor no céu por nós, mas muitas vezes as pessoas acabam confundindo as coisas, ou mesmo, por certas atitudes como essas, deixando coisas mal entendidas para quem vê de fora.

      lenno-key
      Veterano
      # mai/08 · Editado por: lenno-key
      · votar


      Ziza, Flavinho, Suely Façanha... o pessoal tá como gosto refinado por aqui hein?!
      Bem, tenho 23anos, toquei dos 14 aos 21 em um ministério de Música de minha paróquia. Fui obrigado a sair por ter que mudar de cidade para trabalhar. Pensei que ao chegar na nova localidade me encaixaria em outro minitério, porém, na primeira missa que fui cheguei um pouco mais cedo e os caras, (um guitarrista e um baixista) postados do lado esquerdo do altar, começaram a solar uma música do Charlie Brow Jr. ( aquela que era tema de malhação). Aí esta primeira impressão ficou. A cidade é pequena, daquelas que todo mundo conhece todo mundo, ninguem sabe que sou tecladista.
      Vale um recado pra quem toca em ministério de música:
      Dê o melhor de sí, afinal é para Deus que tocas;
      Oração nunca é demais;
      Aproveite cada momento ao lado dos companheiros. Eles fazem uma falta...;
      Não deixe que pequenos obstaculos, ou até pretextos, o impeça de tocar e;
      Coloque o seu coração ao tocar, sinta primeiro a música antes que ela chegue a outros ouvidos.
      EITA SAUDADE!!! t+!!!

      Scoth_Pr
      Veterano
      # mai/08 · Editado por: Scoth_Pr
      · votar


      fábio_soul

      E é por isso que tem muito protestante por aí (com muito respeito aos nossos irmãos evangélicos) dizendo que os católicos adoram Maria e os outros santos. É claro que é ótimo ser devoto de algum santo, afinal é um intercessor no céu por nós, mas muitas vezes as pessoas acabam confundindo as coisas, ou mesmo, por certas atitudes como essas, deixando coisas mal entendidas para quem vê de fora.

      Entrei aqui só pra postar esse pequeno e único comentário, já que minha intenção não é causar polêmica nem ofender ninguém aqui, que fique muito bme claro. Só tirei três passagens da bíblia, então tecnicamente não sou EU discordando desse post seu:


      1 Timóteo 2:5

      Porque há um só Deus, e um só Mediador (intercessor) entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.

      João 14:6

      Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.

      Romanos 8:34

      Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.

      Mauro Candido
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Acho melhor voltarmos a discutir as experiências dos músicos católicos, que o motivo deste tópico. Se começarmos entrar nesta questão doutrinária, isto não vai dar certo. Pessoas de outras denominações poderiam criar seus tópicos, e tentarem crescer na crença que compartilhar, que é o que nós Católicos estamos fazendo. Sem ofensa, cada um na sua. SALVE MARIA, MÃE DE DEUS IMACULADA.

      lenno-key
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      SALVE MARIA, MÃE DE DEUS IMACULADA. 2

      fábio_soul
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Scoth_Pr

      Você já orou por alguém? Se sim, então poderá entender o que os santos fazem por nós lá no céu. A diferença é que nós fazemos isso aqui na terra, e eles já estão lá com Deus.
      SALVE MARIA, MÃE DE DEUS IMACULADA. 3

      Scoth_Pr
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      fábio_soul

      Gostaria de conversar com vc sobre isso, mas aqui no fórum não é permito né.... se quiser, deixe seu msn. Acho que vi seu orkut esses dias.

      Cara, só lembrando que eu não tô a fim de criar caso, o fórum é massa e vocês são caras legais com quem eu espero manter a amizade por aqui.

      Obs: Só postei o que está na minha e na sua bíblia sobre o assunto. Se você tiver alguma coisa a mais, por favor poste aí ou a gente se fala.

      tecladoprofusao
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Consegui tocar a Missa toda só com piano!!! Só 2 timbres de piano acústico, um brilhante para glória, aclamação... e um bem suave para ato penitencial, ofertório, oração eucarística...
      Nada de piano elétrico, cordas, órgão...
      Esse é um sonho antigo hehehe... Recomendo a todos!
      Fiquem na paz.

      Jeferson Fernandes
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Quanto ao fundo musical...

      Eu normalmente uso, porque tenho afinidade com os Padres os quias presidem as missas que tenho tocado... Utilize timbres de pouco destaque, bem suaves, que apenas seja convidativo a meditação a oração, a adoração... Normalmente utilizo o mesmo refrão que será utilizado após a elevação... Mas não há uma regra.. Não é liturgico, e é um meio de oração que pode ou não ser utilizado... Depende de quem preside e da maneira que é executada... É muito importante essa intimidade com a equipe de liturgia e com o padre, para que haja unidade em todos os pontos da celebrações... Além desse fundo, muito outros "artefatos" podem ser utilizados afim de enriquecer a celebração em determinados momentos... Mas o mais importante é o que nosso amigo teologo já colocou... Jesus é o centro de tudo, e chamar a atenção com música numa celebração eucarística é muito grave... Nada pode tirar a atenção no rito eucarístico, no rito penitencial, no rito da palavra... enfim... A música é um instrumento de louvor e oração, usado para direcionar a Deus nossas orações e nosso coração... Especialmente de nós músicos, que muitas vezes nos distraímos, e não participamos com afinco da santa missa...

      Quanto à questões doutrinárias....

      Aqui não é o lugar correto pra discutir... Eu costumo exaltar um ponto... Irmãos... A quem está direcionado o seu Servir??? Somos cristãos, amamos a Deus, vivemos a palavra e evangelizamos... Isso nos bastas... Utilizar a palavra e suas interpretações pra causar alguma divisão ou questionamento jámais, até porque isso vai ferir o principal... O Amor de Deus que nos uni e nos faz servir... Até juntos, porque não!!! Com certeza irmãos protestantes divergem de nós em alguns pontos doutrinais, mas não é essa essência... A essência está em Cristo.. É óbvio que também poderia eu questionar alguns fatos doutrinais de outras denominações, até alegando algumas verdades bíblicas, mas a maior experiência que já fiz nesse ponto é: Onde há o amor de Deus, não pode haver brechas pra divisão... Testemunho que já dividi um palco com minha banda em um show cristão, para mais de 5000 pessoas, onde tocamos minha banda, Adoração e VIda (Walmir Alencar), Paulão e Lú, além do Pastor Gerson Freire, uma banda da igreja Batista muito boa e uma banda de Black que não lembro o nome (tipo Templo Soul) mas não era o Templo Soul...

      Nesse evento o Pastor Silvestre e os Padres Antonenello e Henrique conduziram uma oração de perdão entre todos que estavam lá, católicos e cirstãos de outras denominações, onde todos pediram perdão aos outros pelas pedras investidas um nos outros por questões doutrinárias... Por quantas vezes católicos perseguiram evangélicos, e evangélicos os católicos... Os padres e o pastor, fizeram esse ato público que tocou muito no meu coração... Eu tenho uma certeza ... A humanidade precisa de Jesus... E juntos podemos evangelizar muito mais que separados... Deus precisa de nossa união.. .O Espírito Santo nos conduz a viver uma unidade verdadeira...

      A Doutrina esta no íntimo... Na forma em que vivenciamos no nosso grupo... A Palavra é só uma e universal e nova a cada dia... E esse é um intrumento de evangelização em comum...

      Eu sou muito MARIANO... E em Maria eu tenho um exemplo de amor, o qual devo amar cada vez mais, e até entender o que toda a palavra só tem sentido, se filtrada no amor e na misericórdia...

      Temos que combater o mal eminente, e não o bem que não nos agrada...

      Abraços...

      fábio_soul
      Veterano
      # mai/08
      · votar


      Jeferson Fernandes

      É isso aí, sábias palavras.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Você é tecladista de banda católica? Compartilhe suas experiências aqui.

      306.116 tópicos 7.902.820 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital