Projeto Escola sem Partido

Autor Mensagem
Black Fire
Gato OT 2011
# 09/jan/19 22:08 · Editado por: Black Fire
· votar


Como não há doutrinação?, veja aqui essa pesquisa que diz que não há mesmo, ela prova que há.

Discípulo do fogo preto
Membro Novato
# 10/jan/19 05:23
· votar


O Bruno tá certo.

entamoeba
Membro Novato
# 10/jan/19 08:43 · Editado por: entamoeba
· votar


Discípulo do fogo preto
O Bruno tá certo.

Em que momento? Quando ele cita uma pesquisa que não leu? Quando tenta usar a mesma pesquisa para sustentar algo que ela não sustenta? Quando tenta disfarçar que não tinha lido
e aproveitar um recorte dos dados em uma tentativa ridícula de argumentação?

Uma dica para o Bruno, que não deve estar habituado a ler textos científicos. Quer compartilhar sem ler tudo? Ao mesmo tenha a decência de ler a conclusão.

Black Fire
Gato OT 2011
# 10/jan/19 09:05
· votar


Aliás, essa pesquisa deve estar errada, porque foi feita por acadêmicos brasileiros, logo, maconheiros que ficam em barracas em reitorias.

LeandroP
Moderador
# 10/jan/19 10:06
· votar


Ninguém assume, mas aos poucos é possível saber quem votou no Frota.

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 10:23
· votar


entamoeba
Confessa que você não tinha lido todo artigo da primeira vez que postou! kkkkkkk
Não faz o menor sentido você postar esse artigo! Não há nada nele que defenda sua posição!!!
Black Fire

Se acalmem, eu gosto que as coisas andem devagar. Tem que ser pouco a pouco.
Eu usei esta pesquisa para comprovar que não é 50 ou 60%, estamos falando de 85%, sendo que os 15% restantes ainda não estão todos definidos à direita.

A tendência é a doutrinação se tornar cada vez mais provável daqui para frente.

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 10:23
· votar


entamoeba
Confessa que você não tinha lido todo artigo da primeira vez que postou! kkkkkkk
Não faz o menor sentido você postar esse artigo! Não há nada nele que defenda sua posição!!!
Black Fire

Se acalmem, eu gosto que as coisas andem devagar. Tem que ser pouco a pouco.
Eu usei esta pesquisa para comprovar que não é 50 ou 60%, estamos falando de 85%, sendo que os 15% restantes ainda não estão todos definidos à direita.

A tendência é a doutrinação se tornar cada vez mais provável daqui para frente.

LeandroP
Moderador
# 10/jan/19 10:36
· votar


brunohardrocker
A tendência é a doutrinação se tornar cada vez mais provável daqui para frente.


Não resta dúvida. Terra plana, cor de menino e menina, cobra que fala, e mais um monte de baboseira de fundamentalista cristão.

E em vez de levar uma maçã pra professora, a fruta agora é goiaba rs

Black Fire
Gato OT 2011
# 10/jan/19 10:40
· votar


brunohardrocker
A tendência é a doutrinação se tornar cada vez mais provável daqui para frente.


Sim, baseado em uma pesquisa, postada por você mesmo como fonte, que diz que não. De novo, você tem problema, cara.

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 10:42
· votar


Tem que fazer mais um fact checking sobre o poder de interpretação do superintelectual entamoeba.

É simples povo, esqueçam a emoção por um pouco, esqueçam os nicks e se apeguem somente ao texto.

https://forum.cifraclub.com.br/forum/11/323627/p23#9340261

- O que diz o texto do meu comentario?

separando a orientação política do professor da possibilidade de doutrinação em sala, porém temos uma pesquisa estatística

O que o entamoeba e o Black Fire rasteiramente jogam para a galera?

Que eu quis provar com isso que existe doutrinação e não apenas trazer ao debate um dado estatístico sobre a orientação política.

Tá escrito lá, é só ler. Como pode vocês 2, com superpoderes de interpretação de texto, tentarem enrolar e querer vencer pelo cansaço um mero mortal como eu?

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 10:46
· votar


LeandroP
fruta agora é goiaba rs

Tu sabe que não está tendo empatia nenhuma por uma menina de 10 anos, que foi vítima de estupro e estava querendo cometer suicídio, né?
E que ela apenas tinha uma crença um pouco diferente do seu espiritismo, né?

Esse esquerdismo misturado com lição de moral politicamente correta, vai até que ponto? Até onde isso é conveniente?

Black Fire
Gato OT 2011
# 10/jan/19 10:54 · Editado por: Black Fire
· votar


brunohardrocker

separando a orientação política do professor da possibilidade de doutrinação em sala, porém temos uma pesquisa estatística


Qual metodologia pra chegar, a partir de uma pesquisa estatística sobre orientação, à conclusão de que existe efetivamente doutrinação em sala de aula, ou de que essa doutrinação é pelo menos provável? Os próprios autores da pesquisa chegaram a conclusões diversas, você, ao que tudo indica, chega à conclusão que chega baseado em metodologia nenhuma, só na vontade de validar uma opinião prévia.
Baseado nessa mesma ausência de metodologia eu poderia encontrar uma pesquisa afirmando, por exemplo, que a maioria dos professores são cristãos, e daí concluir que existe doutrinação religiosa em sala de aula.
Não é assim que a coisa funciona, cara. Você mesmo fez faculdade, eu acho, e os professores não conseguiram te ensinar rudimentos de metodologia de pesquisa, imagina então te doutrinar.

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 11:01
· votar


Black Fire

Eu estou num fórum virtual, numa discussão, eu não usei metodologia nenhuma. Eu trouxe um dado. É um dado solto, ainda. O assunto existe e está em debate.

Baseado nessa mesma ausência de metodologia eu poderia encontrar uma pesquisa afirmando, por exemplo, que a maioria dos professores são cristãos, e daí concluir que existe doutrinação religiosa em sala de aula.

Se você estivesse falando de uma disciplina como ensino religioso, talvez a comparação fizesse sentido. Mas não, estamos falando de história. Ligada diretamente à politica. A menos que o professor puxe a Biblia para cada fato histórico.

Black Fire
Gato OT 2011
# 10/jan/19 11:11
· votar


brunohardrocker

Eu estou num fórum virtual, numa discussão, eu não usei metodologia nenhuma. Eu trouxe um dado. É um dado solto, ainda. O assunto existe e está em debate.


Não cara, não é porque você está num fórum que pode jogar qualquer besteira da sua cabeça, tentar validar com pesquisas que invalidam e achar que tá tudo bem.


Se você estivesse falando de uma disciplina como ensino religioso, talvez a comparação fizesse sentido. Mas não, estamos falando de história. Ligada diretamente à politica. A menos que o professor puxe a Biblia para cada fato histórico.

Primeiro que a suposta doutrinação ocorreria, segundo as pessoas por trás da legislação que você apoia(embora não creia em resolver o problema com legislação, o que não faz nenhum sentido), em todos os âmbitos e matérias da escola, se não o projeto de lei seria História sem Partido, segundo que, de qualquer forma, a maioria dos professores de história também é cristã, logo concluo que ensinam história de forma enviesada para defender o cristianismo. A maioria também é branca, daí conclui-se que o ensino de história é etnocêntrico e, muito provavelmente, racista; também é formada por pessoas de classe média, de onde conclui-se que é elitista e anti-pobre; e podemos afirmar qualquer coisa, porque é um fórum de internet.

entamoeba
Membro Novato
# 10/jan/19 11:23 · Editado por: entamoeba
· votar


brunohardrocker

Não vou debochar, vou te ajudar!

Antes de apresentar dados soltos e fazer essa bagunça sem sentido que você faz, mostre o que você quer provar de um jeito claro! Revele quais são suas premissas e a conclusão, dessa maneira:

Premissa 1: A maioria dos professores de história é de esquerda (por exemplo).
Premissa 2: ...
Premissa 3: ...
...
Logo, conclusão:


Pode haver conclusões parciais, se for necessário:

Premissa 1:
Premissa 2:
Logo, conclusão 1:
Premissa 3:
Premissa 4:
Premissa 5:
Logo, conclusão 2:
Conclusão 1:
Conclusão 2:
Logo, conclusão 3:

Faça isso e mostre um pouco de clareza! Na pior das hipóteses, isso vai mostrar como suas ideias são tortas e precisam se reforçar.

entamoeba
Membro Novato
# 10/jan/19 11:36 · Editado por: entamoeba
· votar


brunohardrocker
Eu trouxe um dado.

Trouxe um dado e supervalorizou ele, mas não fez nenhum comentário relevante. Você precisava se explicar, já que o conjunto dos dados depunha contra o que você tem defendido, mas não fez.

Na primeira vez que você mencionou esse dado, recortou um trecho do artigo que chega a conclusões opostas às suas sem dar maiores explicações, dando a entender que o texto suportava sua posição.

Na segunda vez que menciona o texto, faz um comentário obscuro, dando a entender que o fato da maioria dos professores de história ser de esquerda seria um indício de doutrinação, o que o próprio texto questiona.

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 12:06
· votar


Black Fire
Não cara, não é porque você está num fórum que pode jogar qualquer besteira da sua cabeça, tentar validar com pesquisas que invalidam e achar que tá tudo bem.

Não é uma besteira e eu não tentei validar, tá difícil aí?

Primeiro que a suposta doutrinação ocorreria, segundo as pessoas por trás da legislação que você apoia em todos os âmbitos e matérias da escola, se não o projeto de lei seria História sem Partido

A disciplina que tem mais fama é mesma a história, mas não podemos esquecer dos professores sindicalizados, filiados a partido, que podem ser de outras disciplinas também. É muito mais facil ocorrer doutrinação numa disciplina que aborda o tema politico diretamente, do que em alguma matéria de exatas.

Minha ex professora de química no EM é vereadora, filiada ao PT, militante e atuante. Em sala e no âmbito da escola, como coordenadora, nunca a presenciei militando partidariamente. Até então estávamos no governo Lula, ainda estável, sem as turbulências que viriam nos anos seguintes. Pode ser que ela tenha mudado de atuação nesse período. Mas muito complicado puxar petismo em química. E quero acreditar que não.

(embora não creia em resolver o problema com legislação, o que não faz nenhum sentido),

Exato. Em pouco tempo passei a pensar que algum tipo de punição iria ser completamente inviável, as coisas iriam ser bem bagunçadas. Mas defendo acredito que a existência deste extremo (PL, que não vai funcionar), ajude a chamar atenção para um embate um pouco mais aqui no chão: com o acirramento dos ânimos, os pais e alunos seriam alertados, a parte acusada seria questionada e teria que se defender, a parte acusadora teria que sustentar sua acusação, o embate intelectual (que você apontou) poderia nascer daí, e nós teríamos um avanço.

segundo que, de qualquer forma, a maioria dos professores de história também é cristã, logo concluo que ensinam história de forma enviesada para defender o cristianismo. A maioria também é branca, daí conclui-se que o ensino de história é etnocêntrico e, muito provavelmente, racista; também é formada por pessoas de classe média, de onde conclui-se que é elitista e anti-pobre; e podemos afirmar qualquer coisa, porque é um fórum de internet.

Repare que qualquer um desses atos são reprováveis (fundamentalismo, racismo, discriminação de classe), e, independente da frequência que acontecem, são passíveis de punição prevista em lei.
O meu ponto não crê em punição, mas você exige frequência para que seja atestada a sua existência.
Não é um bom negócio.

LeandroP
Moderador
# 10/jan/19 12:09 · Editado por: LeandroP
· votar


brunohardrocker
Tu sabe que não está tendo empatia nenhuma por uma menina de 10 anos, que foi vítima de estupro e estava querendo cometer suicídio, né?

Sei dessa história toda. Isso dá a ela o direito de falar merda, na posição de ministra, e eu sou obrigado a concordar com ela?! Como faço com a opinião de outras mulheres que passaram por uma situação semelhante ou pior a dela e não diz essas pataquadas?

Cara, opinião dela é uma coisa. Opinião da ministra é outra. Ela quer enfiar a igreja dentro do Estado. O que mais ela pode fazer por causa do episódio trágico que aconteceu na infância? Convencer a vítima a se casar com o estuprador, ou receber uma pensão caso engravide?! Quicemidis?

E que ela apenas tinha uma crença um pouco diferente do seu espiritismo, né?


Não sei aonde você tira essas ideias malucas rs tá engraçado rs

Esse esquerdismo misturado com lição de moral politicamente correta, vai até que ponto? Até onde isso é conveniente?

Politicamente correto?!
Não foi isso que eles disseram que acabou?

Pega leve na goiaba, mano brunohardgoiaber ;)

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 12:15
· votar


entamoeba
Trouxe um dado e supervalorizou ele, mas não fez nenhum comentário relevante.

Essa foi a intenção.

Você precisava se explicar, já que o conjunto dos dados depunha contra o que você tem defendido, mas não fez. Na primeira vez que você mencionou esse dado, recortou um trecho do artigo que chega a conclusões opostas às suas sem dar maiores explicações, dando a entender que o texto suportava sua posição.

Está bem claro lá que é um recorte. Com o título, os autores e o link para o conteúdo na íntegra.

Na segunda vez que menciona o texto, faz um comentário obscuro, dando a entender que o fato da maioria dos professores de história ser de esquerda seria um indício de doutrinação, o que o próprio texto questiona.

Pra você a divisão entre um post e outro significa muito? O dado solto fai trazido para o tópico, sem direcionamento a ninguém, no post seguinte, antes do BF comentar eu dei meu parecer.

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 12:22 · Editado por: brunohardrocker
· votar


LeandroP

Então cara, a maioria dessas manchetes do Uol, Estadão, Folha, G1 e etc, estão pegando coisas que ela disse lá em 2013, 2011, em outros contextos, em outros ambientes, inclusive na igreja.

Você é de esquerda, não pode ser manipulado pela mídia capitalista opressora.

Recomento clicar nos links e ler sempre a matéria completa. E quando a notícia vier do DCM, do 247 ou Esquerda Diário, tomar mais cuidado ainda. Vai atrás do vídeo ou da fonte original antes de qualquer aceitação daquilo que o jornalista está falando.

De resto, boa sorte. Se eu dissesse o mesmo que você disse, eu seria acusado não estar batendo bem da cabeça.

LeandroP
Moderador
# 10/jan/19 12:40
· votar


brunohardrocker
Recomento clicar nos links e ler sempre a matéria completa.

Ah, tá bom! Pode deixar. Não sabia que dava pra fazer isso.

Black Fire
Gato OT 2011
# 10/jan/19 12:45
· votar


A estupidez é invencível.

LeandroP
Moderador
# 10/jan/19 12:50
· votar


Black Fire

A mutilação intelectual do povo é tão grande, que pensar criticamente, hoje, é ser petista esquerdista.

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 13:35
· votar


LeandroP

Recomendo.

brunohardrocker
Veterano
# 10/jan/19 13:35
· votar


pensar criticamente

lol

entamoeba
Membro Novato
# 10/jan/19 13:54
· votar


brunohardrocker

https://forum.cifraclub.com.br/forum/11/323627/p24#9340339

Tente isso. Vamos ver se ao menos você sabe construir um argumento.

Discípulo do fogo preto
Membro Novato
# 10/jan/19 15:31
· votar


Terra plana, cor de menino e menina, fundamentalista cristão.

Parece um sonho. E há quem diga que orar não funciona...

Pleonasmo
Membro Novato
# 10/jan/19 15:43
· votar


brunohardrocker
lol

DOTA > lol

LeandroP
Moderador
# 10/jan/19 17:29 · Editado por: LeandroP
· votar


Discípulo do fogo preto

Parece um pesadelo rs
Mano, os caras deveriam mudar logo a bandeira, então.
Em vez de "Ordem e Progresso" muda logo pra "Ordem e Conservadorismo". Só não muda cor rs

makumbator
Veterano
# 10/jan/19 19:38
· votar


LeandroP
Só não muda cor rs

Você queria ela vermelha, né malandro?

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Projeto Escola sem Partido