Centro automotivo do OT

Autor Mensagem
acabaramosnicks
Membro Novato
# 11/set/20 13:01
· votar


logicamente eles são MAIS confiáveis, por terem menos componentes.
Uma coisa é o tamanho dos componentes, outra coisa é a quantidade de componentes, e outra é a complexidade do projeto.
Geralmente motores turbo têm mais componentes do que um NA.

Obviamente como todo projeto moderno (independente de ser 3, 4, 6, 8, 10, 12 cilindros), exige manutenção adequada. Você não vai tratar um 6cil moderno de uma BMW M3 da mesma forma que um 6cil de Opala. Sendo cumprido isso, não há motivo para questionar a confiabilidade só pelo fato de ter um cilindro a mais ou a menos.

Então, daí que entra o "fator Brasil". QUem é que dá manutenção adequada nessa merda? Geralmente a manutenção de um motor turbo é mais cheia de firulas, firulas estas que o brasileiro vai negligenciar e por isto o carro turbo de fábrica vai dar mais pau do que um NA, aqui no Br.
É só pegar pra ver qualquer outro carro mais barato turbno de fabrica que já vendeu por aqui nos anos anteriores, o cara que comprava usado geralmente só se lascava. Não porque o carro é ruim ou porque o projeto é mais frágil, mas porque a manutenção é mais exigente e não tolera flexibilizações tanto quanto se espera de um NA ou bloco de ferro.

Ou seja, na prática, na vida real, eu evito carro turbo usado, pelo menos desses que pobre compra.

Aliás, falando de motores pequenos sobrealimentados...
Esse de 3 cilindros aí é bão. o 1.4 turbo da VW é bom. O mais recente 1.0 turbo é uma bosta completa.
O de 3cilindros que vem no up, colega meu do serviço tem e é só elogios, e todos os donos eram assim.
Meu pai teve um golf com o 1.4 turbo, era economico e dava um pau nervoso no golf 2.0 NA, também por causa da dupla embreagem, mas enfim...

Já o 1.0 turbo... lamentável. A teoria é que vc roda tranquilo e não gasta nada, cê dá giro e o turbo pega pressão e anda rápido. No mundo real o que acontece é que com giro baixo o carro não sobe nem lombada, o turbo pega pressão muito cedo e ele bebe mais que bezerro o tempo todo, e se forçar ele anda igual o 1.6 NA só que gastando bem mais. Talvez em brasília que é tudo plano seja diferente.

Black Fire
Gato OT 2011
# 11/set/20 14:36
· votar


Comprei um Etios 1.5, 2017, 15.000 km, eu considero ele ótimo.

Buja
Veterano
# 11/set/20 15:24
· votar


Etios 1.5

Carro bom

Black Fire
Gato OT 2011
# 11/set/20 16:32
· votar


Buja
Que bom! To meio assustado pela minha última experiência. Tanto que comprei uma garantia de 2 anos junto com o carro.

Buja
Veterano
# 11/set/20 16:45
· votar


Eu sempre ouvi relatos de que motor toyota bom.
E de fato, não é carro de gostar de oficina.

Ja andei de etios, carro leve, pequeno, espaçoso, aparenta ser economico.
Valor um pouco mais alto que o quarteto fantastico onix/hb20/ka/argo.
Minha mulher nao curte, acha feinho, mas eu acho bonitinho, especialmente no custo/beneficio.

acabaramosnicks
Membro Novato
# 11/set/20 16:59 · Editado por: acabaramosnicks
· votar


Toyota é excelente, assim como a maior parte dos asiáticos: Honda, Mitsubishi, Hyundai, etc.

Como o senso estético nesses carros é diferente, menos agressivo e tal, não cai no gosto só brasileiro, mas continua sendo um carro excelente.

Lelo Mig
Membro
# 11/set/20 17:07
· votar


acabaramosnicks

"Toyota é excelente... Honda, Mitsubishi"

São japoneses, outra coisa!

"Hyundai" ...é coreano. É um bom auto, mas não dá para comparar com as marcas acima.

Buja
Veterano
# 11/set/20 17:19
· votar


"Hyundai"

Sempre foi marca grande antes de vir pra cá. Como Mazda, Acura.
Mas acertou a receita do bolo no brasil, e ficou famosinha.
Mas nao faz carro ruim. Hyundai são bons carros, mesmo os de entrada.
Da 10x0 em qualquer fitizin, como aquele 1.0 com tablet de 10 polegada no painel.

Lelo Mig
Membro
# 11/set/20 17:39 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Buja

"Mas nao faz carro ruim."

Como eu disse é um bom auto.

Mas, não se compara aos japoneses que não se comparam aos alemães. Tanto é que os japas e os ales são bem mais caros.

Ainda que dentro da realidade brasuca um carro popular seja caro, mas ele é barato no comparativo.

Um Toyota 2020 mais barato custa uns 52 mil. Um Hyundai mais barato é uns 20 mil à menos. Ou seja, como todo japa, a Toyota não faz carro popular.


Não têm milagre e não dá prá comparar. Black Fire é burguês!

acabaramosnicks
Membro Novato
# 11/set/20 17:58
· votar


Por mais que a empresa seja de ética questionável, o produto é bom. Não conheço a fundo, mas minha madrasta teve um Tucson por 2 anos e era muito bom. Vendeu para seu irmão que ficou mais 4 anos com o carro e rodava liso. Ele vendeu para o pai, que rodou mais dois anos tranquilo.

Colega meu pegou um Elantra, gostou tanto que pegou um Azera pra mulher dele. A bola fora da marca foi o Veloster.

Aliás, perdi meu preconceito com carro coreano quando o meu melhor amigo, que é um entusiasta de autos, pegou um Kia Cerato junto com o pai para os dois botar pra bater e todos nós ficamos impressionados com a qualidade do carro.

Tem um colega aqui no serviço que tem um Cerato véio, mas veio mesmo. O cara trabalhou muitos anos de mecânico. Deu um trato no bixo em casa mesmo, agora tá tão bom que ele pega pista com o carro. Já foi pra Bahia, pro Paraguai, pro mato grosso, tudo com esse Hyundai veio.

Black Fire
Gato OT 2011
# 11/set/20 18:03
· votar


Black Fire é burguês!

Mentira! Sou um trabalhadeiro!

Buja
Veterano
# 11/set/20 18:14
· votar


Um dos palios que fui comprar, acho que meu terceiro, foi assim:

Estavamos no ano de 2014.
Cheguei na loja de autos, vi um palio 2010 (parecia carro de auto escola)
e um hyundai sedan automatico 2002 (nao sei qual era).
O hyundai completo, banco de couro, rodas legais, cambio bom, completo.
O palio pelado, so tinha vidro eletrico na dianteira.
Ambos o mesmo preço, mesma condicao de pagamento.
1000 de entrada + 24 de 500 e poucos.

Levei o palio. Falta de informacao, medo de nao achar peças, e medo de virar um elefante branco.
Hoje, com um pouco mais de conhecimento, talvez arriscaria no hyundai.

Lelo Mig
Membro
# 11/set/20 18:21 · Editado por: Lelo Mig
· votar


acabaramosnicks

O problema não é exatamente uma marca, um determinado fabricante. Todas essas grandes montadoras são renomadas, cometem alguns erros, mas no geral acertam.

Tive dois Fiats Unos, nunca deram manutenção, duraram prá caralho e para o que foram destinados, são ótimos carros. Só estou dizendo que não há milagres, não dá para comparar carro barato com carro caro e os japas e alemães não fazem carros baratos, porque não querem disputar esse mercado.

Tive Renault barato... Sandeiro e Clio. Uma bosta. Mecânica? não, nunca quebraram, nunca deram manutenção... mas o resto é lixo, parece que vai desmanchar, que é feito de papel.

Não desmanchou, cumpriram seu papel, mas é carro de 30 conto zero. E, fora da realidade nacional, porque aqui carro é muito caro, se comparar com o mercado externo.... aí ferrou, estes carros populares (pelo que custam) são tudo lixo.

Buja
Veterano
# 14/set/20 10:41
· votar


Lelo Mig

Carro frances sempre disseram que é bosta, elefante branco.
Mas nao vejo eles se arrebentarem de motor.
Pelo contrario, vejo muito peugeotzinho 206 rodando ai.
Todo moido de suspensão, lata, pintura. Mas rodando.

Penso que citroen, renault, peugeot pecam mesmo é na
robustez do conjunto de suspensão.
Vide ai relatos recentes do kwid quebrando eixo dianteiro no meio.
(tambem ne, carro esterça pra k-ceta,
se virar volante todo quase da retorno na mesma pista,
parece moto, credo!)

Mas em termos de tecnologia, beleza, espaço, curto muito
um bicho desses.

acabaramosnicks
Membro Novato
# 14/set/20 11:23
· votar


Buja
Citroen pára por qualquer coisa, tenho amigos com Citroen e o bagulho tá mais dentro da oficina do que fora dela. Já os Peugeot é isso aí que vc falou, tá moído mas tá rodando. A impressão que dá é que ele não levou em consideração as péssimas ruas do Br. Aliás, os VW da vida também tem um pouco disso, não de dar pau, mas a suspensão parece que é mais durinha como se estivesse ajustada pra uma boa posta alemã.

Os Renault eu conheço pouco, o que posso dizer é que o Sandero é bom enquanto durar. Os plásticos e borrachas dele parece que se desfazem por conta própria em dois anos no máximo.

Buja
Veterano
# 14/set/20 11:48
· votar


Carro brasileiro pra mim tinha ser o padroa americano de bom carro.
Com suspensão de atuação longa, pneus largos, motor robusto,
economico (para a proposta)

Pena que carro bom assim, é carro caro.
Mas é o que aguenta o dia a dia das pistas brasileiras.

Infelizmente carro barato é bosta aqui
Suspensão fraca, pneu fino, motor fraco, carro duro,
ar condicionado (no brasil não é luxo) que rouba potencia do motor,
tudo feito pra ser ruim e nao aguentar nada.
E ainda cai na mao de uns cupins que tem por ai,
é milagre um carrinho desses continuar firme rodando.

entamoeba
Membro Novato
# 14/set/20 13:48 · Editado por: entamoeba
· votar


Tive um Peugeot flex há alguns anos. Carrinho decente, mas quando comecei a usar etanol, o escapamento enferrujou todo! A verdade é que os caras trazem esses projetos para o Brasil e não adaptam direito ao mercado local.

Buja
peugeot pecam mesmo é na robustez do conjunto de suspensão.

A do meu estourou com 70 mil Km, mas foi barato para trocar. Vendi com 80 mil.

Buja
Veterano
# 14/set/20 14:05
· votar


A do meu estourou com 70 mil Km, mas foi barato para trocar. Vendi com 80 mil.

Se soubesse, podia ter vendido com 69 mil km!

Buja
Veterano
# 14/set/20 14:07
· votar


Carrinho decente, mas quando comecei a usar etanol, o escapamento enferrujou todo!

Da minha idea aconteceu o mesmo. Por isso, hoje, so uso gasolina.
Tudo bem, meu carro nao é flex, mas mesmo num flex futuro, nao volto a usar alcool.
Nao compensa a medio prazo.

Lelo Mig
Membro
# 14/set/20 17:08 · Editado por: Lelo Mig
· votar


entamoeba

"os caras trazem esses projetos para o Brasil e não adaptam direito ao mercado local."

Não é isso...
Este é um dos poucos temas onde você, me verão, via de regra, defendendo fabricantes.

É quase impossível vender carro bom no Brasil. Não dá, a taxação é absurda, os preços ficam impraticáveis. Então, os caras derrubam os preços no "material", os carros são uma bosta.

Entre num Peugeot 206 em qualquer lugar do mundo e num daqui... o daqui é descartável, o de lá não.

Sempre uso este argumento, mas façam o teste, quem duvida.

Vá numa concessionária e procure, por exemplo, um Audi A4 2005. Você vai encontrar um em bom estado (é meio difícil achar Audi que não foi "esmerilhado", mas suponhamos...rs) entre 25 e 35 mil reais.

Mesmo que você compre um com 100 mil kilometros, ainda assim ele será melhor que um popular zero em absolutamente TODOS os aspectos (única exceção é o consumo, afinal será um 1.8 com motor de verdade).

Melhor desempenho, melhor acabamento, melhor tecnologia, melhor segurança, mais confiável, menos manutenção, TUDO!

A única forma do brasileiro mudar a situação automobilística no Brasil é deixar de ser otário e pagar uma fortuna em carro zero.

Exemplo:

Uma nos Estados Unidos uma Hillux 2018 custa (em média) US$ 45.000, aqui a mesma Hilux custa R$ 136.000

Fazer a conversão do dólar não é correto, porque é preciso considerar o poder aquisitivo.

Ou seja, o veículo custa nos EUA, 48 salários mínimos americanos.
Aqui, custa 130 salários mínimos brazucanos.

Ou seja, nos EUA, com o equivalente a "50 mil reais" o caboclo anda de Toyota Hilux 4 x 4 semi zerada e nem pode ficar pagando de rico.

Buja
Veterano
# 14/set/20 17:51 · Editado por: Buja
· votar


A única forma do brasileiro mudar a situação automobilística no Brasil é deixar de ser otário e pagar uma fortuna em carro zero.

Tava até falando isso com minha mãe esse final de semana.
Nem mãe nem pai tem CNH. Minha irmã casou-se sem tirar CNH,
So eu tirei. Ai ela disse que não entende o porque, que segundo ela,
tirar a carteira é facil, dificil é comprar o carro.

Eu falei, ta enganada. Comprar carro no brasil é facílimo.
Eu ja comprei carro sem entrada, ganhando pouco.

Simples, aqui vende por dois pontos basicos:

1 - Financiamento é facil de tirar. Os juros, ahhh, é outra conversa.
Importante que com 1000 conto (que passa até no cartão de crédito)
voce sai da concessionaria emplacado, alienado, doc do ano pago,
dirigindo já e se bobear já com um tanque cheio.

2 - Brasileiro sempre acha que o novo é melhor. usado é coisa de pobre,
que nao teve condições. Zerinho, branquinho, brilhando, com chavinha canivete,
é o que é coisa boa, é ser bem sucedido, é fazer boa escolha.
Nisso as fabricas e concessionarias logico, trabalham pesado em cima e ganham muita grana.

Todo ano sai um carro mudado aqui e ali, mas a coluna vertebral é a mesma anos e anos a fio.
Vide ai, palio economy. O meu é 2005, e qualquer leigo confunde ele com o 2010 e até o 2015.
Tudo igual. Onix, mudou alguma coisa só agora em 2019. Desde que lembro dele, sempre foi igual.

----

Mas agora, Lelo Mig, de boa, discordo de voce num ponto apenas (que posso estar errado tambem, mas sei la)
Tipo, eu sei bem que um A4 2005 da vida (nao nem vamos tanto, vamos sei la, num corolla 2005) são powtas carros.
Bonitos, fortes, bem feitos, coisa durável. Mesmo preço de um palio novo, mais barato que um cronos, prisma.

Mas voce pega um carro otimo desses, e vai cotar seguro. Uma boa afinetada.
Vai dar uma geral nele, 2x o valor da geral do zero km.
A embreagem ta patinando por causa de 150 mil rodados no minimo, vai trocar, é preço de uma moto nova.
Bateu, bateram em voce, resbalou na quina, vai comprar o parachoque, toma um choque na hora!
Isso quando acha as peças, porque vou te falar, é um tal de "ah desse modelo tem que encomendar" que deuzo livre.
É carro pra senhor que gosta de carro é ta bem estabilizado. Tanto porque nao tem valor.
Em 2005 custava quase uma centena de reais, em 15 anos caiu 70% do valor.
Nao é carro pra 80% dos brasileiros.

Então, acaba que na hora de pegar uma bela mercedez que cabe no bolso, o cara vai de golzinho mesmo.
É ordinario, fraco, descartável a longo prazo. Mas tem peça, tem mexanico que mexe, e tem comprador.
Carro bom pra brasileiro.

Lelo Mig
Membro
# 14/set/20 19:29
· votar


Buja

"Tanto porque não tem valor.
Em 2005 custava quase uma centena de reais, em 15 anos caiu 70% do valor."


Este é o ponto! Não que ele não tenha valor, hoje ele têm o valor correto.

Quem comprou carro zero, sifudeu, carro novo não é investimento, nunca foi. Eles são supervalorizados quando zero (na verdade pelos impostos).

Quanto a manutenção, realmente você paga caro quando precisa, mas se botar na ponta do lápis o quanto quebram e o quanto são superiores em todos os sentidos, acho que acaba compensando.

acabaramosnicks
Membro Novato
# 15/set/20 09:36
· votar


Na verdade, o seguro desses carros chiques não costuma ser caro, salvo exceções, como o New Civic que nem é tão chique mas caiu no gosto de traficantes menos abastados.
Colega meu tem um boxter, o valor do seguro é menor do que do meu Polo!
Também não precisa se preocupar com os "totózinho" se vc tiver seguro.
O maior ponto aí é o consumo de combustível, óleo e pneu. Pra quem roda todos os dias isso daí dá muita diferença de um uninho pra um A4 ou coisa do tipo.
Mano, um uninho, se vc não pega pista, pode comprar pneu de remolde por 50 conto no mercado de baciada que não tem problema. O bagulho parece um pneu de bike de tão fino, aro 13 ou 14, muito barato. O preço dos 4 pneus mais alinhamento e balanceamento é um pneu de carro bom. Ou tu vai botar pneu bosta num carro bom? Nao vira...

Lelo Mig
Membro
# 15/set/20 09:59 · Editado por: Lelo Mig
· votar


acabaramosnicks

"O maior ponto aí é o consumo de combustível, óleo e pneu. Pra quem roda todos os dias isso daí dá muita diferença de um uninho pra um A4 ou coisa do tipo."

Exato! Combustível, como eu havia citado acima, até porque o A4 é um 1.8 bem robusto e pneus, lógico, um A4 usa (via de regra) um 215/55 R 16, ou seja, só um usa mais borracha que o carro popular inteiro.

Aliás, estes pneus finos merdas é um dos pontos de economia dos populares. Pneu custa caro, influi bastante no preço final, considerando todo o conjunto do sistema (rodas, panelas, discos, pontas de eixos, amortecedores, mancais e etc). Ainda que o sistema permita mudanças para aros maiores, pneus mais largos e etc, ele é pensado para enxugar custos, começa a inventar (tipo funkeiro que compra carro de 5 conto e gasta 12 em roda e pneu) e fica uma bosta, porque o carro não foi desenhado prá isso.

Buja
Veterano
# 15/set/20 11:29
· votar


Lelo Mig

Tem tambem que o carrinho 1.0 já é feito pra trabalhar sem esforçar demais.
O pneu mais largo, é mais pesado, da mais arrasto, força e consome mais o motor.

Da o cabra ainda, pega um carro seco, e mete ar condicionado.
Motor não saiu de fabrica preparado pra isso. Perde uns bons e importantes cavalos nisso.

Nao satisfeito, o cabra ainda enche o porta mala de som e vira rodando pra cima e pra baixo
levando isso. Negocio pesado, e carro nao foi feito pra ficar carregando essa carga no porta malas
o tempo todo. Consome mais, força mais o motor ainda.

Ai pra fazer economia burra (se o carro for flex), cara mete alcool e roda o ano inteiro.
Nunca joga uma gasosa, uma mistura, uma aditivada. Nada. É so alcool até ressecar tudo e furar
o escape. Ah, e falando de escape, o cara ainda troca o original por um que, não da a pressão correta
de saida. O motor sofre mais um pouco.

Se o brasileiro inteligente, pegar o 1.0, e tratar ele como 1.0, respeitando os limites inferiores que ele tem,
e levando na maciota, dura bem, nao da dor de cabeça, leva e tras de boa.
Mass né....quando mais descapitalizado o sujeito é, mais burro parece ser....ou gosta de ser ne

Buja
Veterano
# 15/set/20 11:38
· votar


Acabo de ver no olx aqui, um citroen c5 2003 inteiraço, motorzão v6 3.0, automatico por 15 pal.

Da ou nao da vontade de pegar, e ao mesmo tempo, um cagaço regaçado kkk

Lelo Mig
Membro
# 15/set/20 13:19
· votar


Buja

"Da ou nao da vontade de pegar, e ao mesmo tempo, um cagaço regaçado kkk"

Um bom carro. E acha uns zerados de véio aposentado que dedica 4 hs diárias cuidando e limpa o carro com cotonete.

Só sai de domingo com a véinha prá ir na casa da filha e quando vai no supermercado obriga a véinha a colocar um plástico no porta malas para não sujar.

O foda é que prá "dar corda" neste motorzão têm que queimar um combustível com fartura.

brunohardrocker
Veterano
# 15/set/20 14:33
· votar


citroen c5 2003 inteiraço, motorzão v6 3.0, automatico por 15 pal.

Caceta, tem louco pra tudo

Buja
Veterano
# 15/set/20 15:08
· votar


Caceta, tem louco pra tudo

To igual a voce. É um carrão, é.
Mas puts, é o cagaço de falar "enche o tanque" e mal sair da cidade, ja te que falar no outro posto "enche o tanque".
E o cagaço, do carro apagar do nada e eu pensar "vixe agora que eu estouro o limite do cartão na oficina"
E o cagaço de estar parado no sinal, e vem o zezin do uno 93 e chapa na minha traseira e fala "pow fiquei sem freio mano, to duro" e eu penso..deixa eu ligar la e ver o valor da franquia....quanto é "fica 22 mil reais senhor"

Ah bicho, é um carrão sim senhor, mas tem que meter o loco.

Lelo Mig
Membro
# 15/set/20 16:47
· votar


Buja

A gasolina pega. O 1.4 galera diz que é frouxo em subidas (é um carro pesado). O 1.6 falam bem.

Outra coisa que é comum dizerem é que a maior qualidade dele é seu maior defeito: A suspensão.

O carro é confortável prá caraio, quase imbatível, mas, dá problema de suspensão (manutenção normal, borrachas, coxins, bieletas, sensores de pressão) e aí tu deixa um rim na oficina.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Centro automotivo do OT