Centro automotivo do OT

Autor Mensagem
Les Strato
Veterano
# 04/mar/20 11:14 · Editado por: Les Strato
· votar


entamoeba

mas são feios demais!

Por ai, aquele Toyota Etios hatch de 2015/2016 era mais feio que bater em mãe, parecia herança dos desenhistas da Gurgel.

O atual também não é grandes coisa.

Buja
Veterano
# 04/mar/20 11:43 · Editado por: Buja
· votar


Toyota Etios hatch
Engraçado. Sei que é feio, mas é o carro que to mirando faz tempo.
Na minha cabeça, ja descartei hb20 e onix. Fiat nem cogitei mais.

O Etios tem um motor incrivelmente pequeno e potente, acabamento impecavel, mecanica excelente, consumo espetacular.
Leve, agil, mega silencioso, super confortavel, espaçozinho interno bacana e painel com o Q de moderno.

Beleza nessa conta passa fora.

Pensei no fit tambem
Mas é caaaaro, e pesado.
So o painel que é uma nave.

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 04/mar/20 12:09
· votar


Les Strato
acabaramosnicks

Tô considerando os japoneses mesmo. Talvez um fit ou civic com cvt. Tem o nissan sentra tb que parece bem nice e ta num preço leval devido a desvalorização por insucesso de vendas

Buja
Veterano
# 04/mar/20 12:11
· votar


nissan sentra

Esse é um carrão. Nissan é carrão.
Mas tem que comprar novo e vender novo.
É carro de 2 anos. Pega, aproveita, passa.
Senao, ou perde dinheiro no mecanico ou
perde dinheiro na venda.

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 04/mar/20 12:12
· votar


entamoeba
mas são feios demais!

Eu acho o new civic lindao

Buja
Pensei no fit tambem
Mas é caaaaro, e pesado.


fit tem que ser pré 2011/12, os mais novos n valem o que custa (se bem que isso n exclusividade do carro)

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 04/mar/20 12:13 · Editado por: Wild Bill Hickok
· votar


Buja
Pô, pelo que eu vi o motor e cambio do sentra é super confiável. Meu orçamento n me permite pegar praticamente nada acima de 09/10 (se tratando dos citados acima)

brunohardrocker
Veterano
# 04/mar/20 12:22
· votar


Nissan é carrão.
Mas tem que comprar novo e vender novo.
É carro de 2 anos. Pega, aproveita, passa.
Senao, ou perde dinheiro no mecanico ou
perde dinheiro na venda.


A maior perda de valor ocorre nos 3 primeiros anos.
Comprar novo e vender semi é perder dinheiro.

Buja
Veterano
# 04/mar/20 12:30
· votar


Wild Bill Hickok

So sei de uma coisa.
Nao vale a pena pegar fiat novo ao inves de japones antigo.

Se tenho 20 conto, pego um Fit/Etios 05 bem conservado e nao pego um punto 14.

Buja
Veterano
# 04/mar/20 12:34
· votar


brunohardrocker
Nao é comprar zero km.
Alem de perder 30% quando sai da concessionaria,
ainda joga mais 5% do valor do carro em revisoes inuteis.
Fora os recalls, que sempre tem erro de fabrica.

Digo pegar novo e vender novo,
é hoje, em 2020, pegar um 2018 com no maximo 30km rodado (30km de quem pega rodovia)
e vender em 2022 com no maximo 50km. Mecanico so vai pra trocar oleo.
Uma troca de pneu pra rodar e a outra troca já é pra vender.
Vai perder nem tanto dinheiro assim.
Mas perder dinheiro, sempre perde mesmo, inevitavel.
Negocio é perder pouco.

Lelo Mig
Membro
# 04/mar/20 12:34 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Wild Bill Hickok

Cara, prá quem já tá acostumado com os carros mais comuns do mercado, não têm erro em termos de confiança. Os carros japoneses são um passo além, estão um degrau acima de todos outros (exceção aos alemães), no quesito durabilidade e manutenção.

Porém, é claro, tem que comprar bem, porque aqui é Brasil né? Muitos proprietários desleixados se descuidam da manutenção básica/mínima e isso pode ser desastroso.

Já disse aqui uma vez: Tirando os carros de elite, esportivos grifes, muscles cars e especiais, a coisa é assim:

- Os alemães: Audi, BMW, Mercedez e Volvo (que não é alemão mas conta como), são automóveis top de linha.

- Os japoneses: Honda, Mitsubishi, Nissan, Subaru, Suzuki e Toyota, são automóveis ótimos.

O resto é bosta....kkkk

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 04/mar/20 13:39
· votar


Buja
So sei de uma coisa.
Nao vale a pena pegar fiat novo ao inves de japones antigo.


Concordo com ressalvas. Meu pai tem um palio que eu acho que é 2013 e já mandou fazer a parte superior do motor duas vezes. Mas os modelos mais antigos, até 2010, a maioria nao é problematico. Meu pai msm tinha um fire 2002 e na época rodava tranquilaço. Mas entre gastar 15k num fiat/volks/gm usado, eu sou muito mais ir num fit da vida, mesmo q precise desembolsar um pouco mais

Lelo Mig
Pois é, mais um ponto positivo pro sentra: puta carro de tiozinho, diferente do new civic kkkk
Geralmente tá bem cuidado. Msm naipe do corolla, dificil tu ver molecada pegando

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 04/mar/20 13:51 · Editado por: Wild Bill Hickok
· votar


Lelo Mig
Muitos proprietários desleixados se descuidam da manutenção básica/mínima e isso pode ser desastroso

Trabalho no ramo de autopeças e posso atestar isso, é lastimável. Nego com veículo 16 válvulas DE TRABALHO querendo fazer economia burra, colocando oleo errado, trocando correia sem trocar tensor... A maior delícia que tem é sorrir e mandar um "eu avisei" quando brota um desses levando prejuízo em motor por conta desses descuidos de mané

Buja
Veterano
# 04/mar/20 14:10
· votar


Wild Bill Hickok
Meu pai tem um palio que eu acho que é 2013 e já mandou fazer a parte superior do motor duas vezes. Mas os modelos mais antigos, até 2010, a maioria nao é problematico. Meu pai msm tinha um fire 2002 e na época rodava tranquilaço.


Eu ja estou no meu 6º fiat. Aprendi uma coisa: mecanica é barata e constante.
Nao sao carros feitos pra aguentar nem o basico do dia-a-dia. São carros feitos
baratos, pra compra barato, vender barato, ter mecanica barata.

No fim, é um barato que sai caro. O valor alto que se paga num bom carro, é mais barato, que o valor barato da fiat + mecanico.

Muitos proprietários desleixados se descuidam da manutenção básica/mínima e isso pode ser desastroso

Infelizmente, porco tem e aos montes. Mas é so sair dos baratinhos, ou dos carros de boy,
e ja começa a nao ver tanta praga assim. Um exemplo, é o corsinha hatch e o corsinha sedan.

Corsinha é carro bom, da era legal que a chevrolet resolveu concorrer com uno, gol e fiestinha,
e fazer um carrinho bom de briga. Mas tem um monte de corsinha sambado por ai.
Mas o sedan nao. Os que tem, vivem na cera. E tem boa mecanica.
É um carrinho entre 10-12 mil muito legal de pegar.

Lelo Mig
Membro
# 04/mar/20 14:17
· votar


Wild Bill Hickok

"Trabalho no ramo de autopeças e posso atestar isso..."

Pois é. Nesse ponto é questão cultural mesmo.

Brasileiro sempre acha que é tudo besteira só prá levarem sua grana e que o Wandicleisson disse que não precisa nada disso, basta amarrar com um arame que fica show.

entamoeba
Membro Novato
# 04/mar/20 14:46
· votar


Carro usado no Brasil é complicado, porque o pessoal compra na emoção e depois se toca que não tem grana para fazer a manutenção correta. Depois dos 50 mil quilômetros, só levam na oficina quando algo quebrar. Se o sujeito fez a troca de óleo certinha, tá no lucro.

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 04/mar/20 15:02 · Editado por: Wild Bill Hickok
· votar


Lelo Mig
Wandicleisson disse que não precisa nada disso, basta amarrar com um arame que fica show.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk é exatamente por aí. Tem os 2 extremos do idiota, esse aí e o do "o Jordinelson disse q tem que ser a arruela original de 3000 reais da concessionaria pq o carro nao aceita outra"

Buja
Veterano
# 04/mar/20 15:14 · Editado por: Buja
· votar


Carro nao tem segredo. (falo de usadinhos, que eu sempre tive)

Começa com uma boa compra.
Carro de mulher nao é sinonimo de carro bom. As vezes, é fumo, e ja vi muito.
Carro bom tambem nao é km rodado. É cuidado.
Dono chato é dificil de comprar carro dele. E nao vende barato.
Esse é carro bom de comprar.

Depois da boa compra, de procedencia, vem-lhe uma bela duma revisao.
Troca tudo que está desgastado (funciona mas ta desgastado)
Limpa e relubrifica tudo que puder. Revisa toda a eletrica.
Troca pneus, realinha, balanceia.
Por fim, trocas todos os fluidos e filtros.
Num carro popular, coloca 2.0 - 2,5k ai.

Todo dia, confere agua, oleo e pneu.
Agua do reservatorio de parabrisa tambem. Sempre atento ao painel.
Jamais deixa o carro abaixar menos de 1/4 de tanque.
Ta pra baixo de 1/4? Bote cinquentinha no posto.
A nao ser que o tanque de combustivel do seu carro esteja limpinho e o combustivel que voce use seja de extrema qualidade e limpeza, nao
terá qualquer problema em andar sempre proximo a reserva, ja que a
bomba puxa o combustivel sempre no fundo do reservatorio.

Toda semana, calibra pneu, inclusive step. Olhe o pneu tanto por fora quanto pela parte interna.
Lavagem sempre, cera periodicamente. Evitar deixar exposto ao tempo, so quando nao tem jeito mesmo.
Fritar no sol dia inteiro, e pegar sereno a noite é veneno pra pintura a medio-prazo.
Nao lave motor, so limpe os plasticos, exterior de mangueiras visiveis e tampas.
Aspire o carro. Limpe as entradas e saidas de ar. Bate um tira-grilo nas portas.

Dai, de 3 em 3 meses (pra um carro usadinho), troca oleo e filtros.
Mas se voce usa oleo recomendado pelo manual, ele vai durar até 6 meses, mesmo em condicoes desfavoraveis.
Confere o oleo de direcao.
Nao espere dar kilometragem. Troque (mas se voce usa oleo recomendado pelo manual, ele vai durar até 6 meses, mesmo em condicoes desfavoraveis.
).
Boa limpeza no ar condicionado, recheck dos sistemas, alinhamento.
6 meses de rodagem, revisão basica. 1 ano, revisao completa.
Vai viajar, recheck. Entre dois e tres anos, troque bateria.
Rodou 30 mil pra cima? Troca correia.

Apareceu barulhinho, toc-toc, nhec-nhec, vá olhar.
Carro rodou mais de 100 mil, nao mude o oleo.
Carro com 150 mil, nao mude o oleo.
Carro com 200 mil pra cima, nao mude o oleo.

Isso gasta dinheiro? Gasta.
Mas tbm tem um carro que se precisar,
da até pra levar a mulher do vizinho parindo pra maternidade
de madrugada, debaixo de temporal, sem esquentar com nada.
Tem carro confiavel.

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 04/mar/20 15:23 · Editado por: Wild Bill Hickok
· votar


Carro rodou mais de 100 mil, mude pra um oleo pouquinho mais espesso.

Isso aí é bem controverso viu. Se tratando dos carros que usam oleo sintetico 5w30 (maioria hoje em dia), nem cogite essa ideia.

Buja
Veterano
# 04/mar/20 15:46
· votar


Mas carro que usa oleo puramente sintetico é so carro mais novo, nao?
Prum carro desses mais novo rodar mais de 100 mil, so se for uber.

Les Strato
Veterano
# 04/mar/20 16:00
· votar


Buja

Tem muito mito no meio desse texto todo ai

Dono chato é dificil de comprar carro dele. E nao vende barato.
Esse é carro bom de comprar.


Super comum nego mandar dar aquela polida no carro, deixar reluzindo, dar um tapa de leve no que tem por fazer e pedir preço alto na venda, ninguém quer perder dinheiro. Agora, se vai dar bomba na mão do cara que pegar, é loteria.

Vendedor chato se acha até em revenda de carro usado, e olha que esses ai adoram passar um bomba relógio adiante.

Jamais deixa o carro abaixar menos de 1/4 de tanque.
Ta pra baixo de 1/4? Bote cinquentinha no posto.


Tirando o risco óbvio de ficar sem combustível ou o marcador estar meio bugado e dar aquele susto, não tem problemas em rodar com o carro perto da reserva, fiz uma postagem a uns anos atras por aqui falando disso, visto que a bomba de combustível pesca o combustível lá do fundão de qualquer forma, se estiver com tanque sujão, vai se incomodar até com ele cheio.

Agora, pra quem usa extremamente pouco o carro, sempre é recomendável gastar boa parte do tanque antes de encher de novo, visto que combustível tem prazo de validade de alguns meses.

Dai, de 3 em 3 meses (pra um carro usadinho), troca oleo e filtros.

Capricho ao extremo e sem necessidade, um óleo sintético, mesmo usado nas condições mais tenebrosas possíveis, leva pelo menos meio ano pra deteriorar a ponto de precisar trocar, e mesmo que o caboclo opte por um semissintético para baratear, o mesmo também leva tranquilo por mais de 3 meses, em condições ruins de uso.

Caso o óleo esteja contaminando muito com apenas 3 meses de uso, o problema possivelmente é motor com borra, ai precisa fazer limpeza, não ficar trocando óleo igual louco.

Carro com 150 mil, 20w50. Carro com 200 mil pra cima, 20w60.

Dica quase criminosa essa ai, se fizer isso num motor que se recomenda 5w30 de fábrica, pode esperar que logo logo vai abrir o bico, por pura negligência, por favor colega, edite essa dica de mecânica boca de porco, pois tem gente que acredita. Outra, 20w60 não se põe nem no fuscão com mais de 400.000km.

Oléo é SEMPRE O RECOMENDADO NO MANUAL, se trocar certinho e tiver sempre em dia as manutenções, pode virar 150 mil km tranquilo, que não vai baixar muito. Tenho um Astra que está quase passando os 150.000km, e desde os 80 000km quando peguei, foi sempre 5w30 como recomenda o manual, não tenho problemas com óleo baixando.

Por fim, se depois de muita quilometragem o óleo do carro baixar mais do que o permitido pelo manual (observe que tem item que trata disso por la), significa que o motor precisa de reparo pra voltar as condições ideais de operação. Aumentar viscosidade de óleo é medida paliativa que muitas vezes só vem a piorar a situação, pois as vezes o que era só um anel de segmento sem vedação, acaba virando um dano permanente em uma peça que pelo aumento da viscosidade, parou de receber a lubrificação correta.

Buja
Veterano
# 04/mar/20 16:28
· votar


Les Strato

por favor colega, edite essa dica de mecânica boca de porco, pois tem gente que acredita.
Editei

Lelo Mig
Membro
# 04/mar/20 16:37
· votar


Buja

Tu tá um gambiarreiro ducaraio, hein?

Daqui a pouco escreve coisas do tipo:

Se tiver batendo muito, mete 2 ou 3 bananas verdes, com casca e tudo no cabeçote e passa prá frente...Durante umas 2 - 3 horas o motor fica com som de zerado!

kkkkkk

Buja
Veterano
# 04/mar/20 17:09
· votar


Lelo Mig

hahaha.....editar, editei, mais cada um com sua experiencia.
Pra quem pega o carro 0 km e casa com ele, é manual mesmo,
e quando ele desgasta, ehhh...vida util ne...desgastou.

Mas a maioria compra carro usado, 4º ou 5º dono, é sem manual mesmo.
Nao leva em revisao em concessionaria.
O dono original que comprou zero, so levou até 30 km.
Depois so no mecanico de confianca.

E quando voce pega, com 80, 100, 130, 185 rodado,
sua opcao é revisar, trocar o estragado, entender do seu carro,
e cuidar do melhor jeito que pode.
Nao da pra confiar em um monte de coisa.
La se sabe se os outros donos, seguiram fielmente manual,
e o carro que marca 150 mil rodado, ja não está cansado pra 300 mil?
Prefiro exagerar pelo melhor, e ser mais 'fresco' nesses casos.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Centro automotivo do OT