David Gilmour anuncia que venderá todas suas guitarras, incluindo a Black Strat!

Autor Mensagem
MatheusMX
Veterano
# 05/fev/19 23:29
· votar


Ismah
kkkk
Por esses motivos que a Beyonce freta logo 7 (sete) Boeings 747 cargueiros e uma frota de mais de 70 caminhões.

https://www.bbc.com/news/business-39926895

Ismah
Veterano
# 06/fev/19 08:39
· votar


Agora saia na rua e pergunte quem é quem... Há muito mais pessoas dispostas a pagar para assistir Beyoncé...
Outro fator, é que indiferente o que "ela" leve, tudo é praticamente de efeito visual. E caso for, é substituível sem grandes perdas... Não posso substituir tão facilmente uma guitarra, devido a questão legal das madeiras, muita gente teve que trocar o setup por isso...

MMI
Veterano
# 06/fev/19 11:19
· votar


Impressionante a logística que estes grandes artistas demandam nas turnês. Essa da Beyoncé achei incrível. Sabia que Heathrow é ponto central de logística de grandes eventos mundiais por ter a facilidade de envio quase imediato por vôos para o mundo todo. Mas não imaginava que uma turnê chegava a este ponto.

Por outro lado, sei que fabricantes e as empresas de transporte tem atualmente orientado aos músicos NÃO viajarem com instrumentos com Brazilian Rosewood e marfim, por exemplo, pois há o risco de serem confiscados seguindo leis internacionais. O Paul Reed Smith fez guitarras para o Santana com Indian Rosewood para ele não atravessar fronteiras mais. A Collings recomenda não levar seus instrumentos com jacarandá brasileiro. A recomendação inclui, inclusive instrumentos vintage - Gibson, Fender etc.

Só para ilustrar sobre o Santana, como curiosidade:

For the Corazón sessions, Santana teamed his Boogie with a Dumble amp and a Bludotone Universal Tone head. “Those three give me the head tones, chest tones and bass tones,” he notes. “I use three amps not to be louder but to be correct with the three dimensions of highs, middles and lows.”

Plugged into these amps, most of the time, were two salmon-colored PRS custom Santana model guitars: one with a Brazilian rosewood fingerboard from 2006 and another with an Indian rosewood fingerboard from 2013. The latter guitar was made for a tour of Europe, where there’s a ban on Brazilian rosewood, an endangered tonewood. The Indian rosewood yields a slightly brighter tone, according to longtime Santana guitar tech Ed Adair. The guitar from ’06 is called Salmon, and the ’13 model Son of Salmon.



lamas92
Membro Novato
# 06/fev/19 15:14
· votar


MMI
Por outro lado, sei que fabricantes e as empresas de transporte tem atualmente orientado aos músicos NÃO viajarem com instrumentos com Brazilian Rosewood e marfim, por exemplo, pois há o risco de serem confiscados seguindo leis internacionais. O Paul Reed Smith fez guitarras para o Santana com Indian Rosewood para ele não atravessar fronteiras mais. A Collings recomenda não levar seus instrumentos com jacarandá brasileiro. A recomendação inclui, inclusive instrumentos vintage - Gibson, Fender etc.

Fico imaginando os caras olhando guitarras e encrencando por causa da madeira da escala... Tem que ser muito mal amado pra ser chato desse jeito...

felipe bento pereira
Membro Novato
# 07/fev/19 09:14
· votar


Fico imaginando os caras olhando guitarras e encrencando por causa da madeira da escala... Tem que ser muito mal amado pra ser chato desse jeito...

se for de boa procedência poderia ter um certificado pra que eles possam apresentar em suas viagens!! MAS!!! por mais que as fiscalizares estejam "mais rígidas" hoje, sem terá aquela remessa adquirida no mercado negro!!

mas isso é novidade pra mim! será que o Gilmour já teve algum instrumento confiscado??

Will Bejar
Veterano
# 08/fev/19 00:07
· votar


Ismah
Snakepit
Não foi esse o meu ponto. Eu quero dizer que o cara muito provavelmente vai usar muitas dessas guitarras uma vez e olhe lá. Se eu ganhasse tanta guitarra assim, já saia leiloando tudo, vendendo, e fazendo churrasco com uma partezinha dessa grana. Se ele tivesse umas 50, vá lá... 140!? Muita coisa e pra que? Só pra ter?
Por isso citei meu exemplo, que mesmo pobre, prefiro ter menos (mesmo sem ter tido aquele invesrimento).

Hoje, tenho só uma e tô estudando ter mais uma diferença de reserva... Mas sempre que penso nisso, avalio a real necessidade...rs

Ismah
Veterano
# 10/fev/19 03:06 · Editado por: Ismah
· votar


felipe bento pereira

Não, mas pela paz, pela boa imagem, quem é encarregado da produção de estrada deve prezar por isso. Tão bem como por seguir as leis do país de destino. Fugir disso, pode pegar muito mal!
Rammstein queimou seu filme em 99 no Brazil, bem antes de ser quem são hoje, e ainda tem dificuldade de entrar no nosso mercado.

Will Bejar
Se eu ganhasse tanta guitarra assim, já saia leiloando tudo, vendendo, e fazendo churrasco com uma partezinha dessa grana.

Pois é, mas é aquela coisa... Tu vai juntando cacareco ao longo do tempo, e jogando no quartinho dos fundos... Quando vai ver, tem milhares de coisas por lá...

Will Bejar
Veterano
# 14/fev/19 13:06
· votar


Ismah
Hahahahah... Comigo não funciona... Mesmo antes de assistir "Minimalismo : a documentary about the important things"

Eu sempre preferi ter menos coisas que uso mais, a ter mais coisas que nunca uso. E isso vai de roupas, tênis e sapatos, instrumentos, compras do mês e etc...
Eu tinha um monte de camisas de times de futebol pra jogar minha bolinha de final de semana, acabei doando tudo e fiquei com 3 que agora tb uso para serviços de jardinagem e manutenção... Kkkkkkkk

Mas, voltando às guitarras, hj que já tenho minha casa e um ano legal, eu teria no máximo 3 guitarras.

Ismah
Veterano
# 14/fev/19 18:28
· votar


A questão é que a coisa não é tão proporcional assim... Eu não tenho uma casa tão grande assim, mas são dois pisos e sem comunicação interna. Honestamente, tem semanas que não entro no andar de baixo, mais que para tirar a bike "da garagem"... Imagine quem mora numa mansão, onde dá pra se perder dentro...

lamas92
Membro Novato
# 15/fev/19 10:06
· votar


Ismah
Muito cuidado. Mesmo que o Joãozinho queira, trasportar 10 guitarras numa viagem aérea não é tão simples, e já tem algum tempo...


Falando isso eu só lembro do Brian May pagando passagem na primeira classe só pra levar a sua Red Special com segurança...
Também, se tratando da história daquela guitarra e com a grana que ele tem, eu faria o mesmo...
(Aliás, acho que essa é uma das guitarras mais icônicas já produzidas)

Fugitivo
Veterano
# 29/mar/19 20:44
· votar


Primeiro vai ter essa exposição antes do leilão.



Fugitivo
Veterano
# 20/jun/19 11:15
· votar


Está chegando a hora . . .

http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/v/instrumentos -de-ex-guitarrista-do-pink-floyd-vao-a-leilao-em-nova-york/7705891/

Beto Guitar Player
Veterano
# 21/jun/19 07:54
· votar


Tour virtual das guitarras de David Gilmour.

felipe bento pereira
Membro Novato
# 21/jun/19 08:48
· votar


http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/t/edicao-das-1 8h/v/guitarras-de-david-gilmour-batem-recorde-em-leilao-em-ny/7708162/

já está é batendo recorde!!

Lelo Mig
Membro
# 21/jun/19 18:07
· votar


Foi um sucesso absoluto...

JJJ
Veterano
# 21/jun/19 18:43
· votar


Por quanto saiu a Black Strat?

Lelo Mig
Membro
# 21/jun/19 20:15
· votar


JJJ

"Por quanto saiu a Black Strat?"

3,9 Milhões de Dólares!

JJJ
Veterano
# 21/jun/19 21:16
· votar


Lelo Mig

Caráio! Sério?!?!

Acho que é tipo recorde mundial...

Lelo Mig
Membro
# 21/jun/19 22:02
· votar


JJJ

"Acho que é tipo recorde mundial..."

Sim...

https://artesonora.pt/breves/leilao-guitarras-david-gilmour-pink-floyd -black-strat-vendida-39-milhoes-de-dolares/

Casper
Veterano
# 24/jun/19 11:58
· votar


Meus dois cents:

1) Quem tem esse dinheiro provavelmente não sabe
nem segurar o instrumento, vai parar provavelmente
dentro de uma redoma ou nas mãos de algum filho do cara;

2) Se sabe tocar e acha que vai chegar perto
do Gilmour pior ainda. É Só uma stratocaster
usada. O mágico era o Gilmour, não o instrumento.

Buja
Veterano
# 24/jun/19 12:09
· votar


Tem muita gente que 3,9 mi dolars é dinheiro de pinga.
Cara compra pra ter onde gastar.

Lelo Mig
Membro
# 24/jun/19 13:09
· votar


Casper

Ninguém compra um instrumento musical por este preço, nem para si, muito menos para o "filhinho". Isso é investimento.

Daqui 6 anos Dark Side Of The Moon fará 50 anos. The Wall fará 40 anos em novembro próximo.

Não importa o modelo, marca.... poderia ser uma Tonante. Gilmour gravou ambos os álbuns com ela. Essa guitarra já valerá em novembro 10% à mais do que foi paga.

Sem contar que Gilmour é uma lenda e esta com 73 anos... daqui 20 anos essa guitarra não tem mais preço.

felipe bento pereira
Membro Novato
# 24/jun/19 15:48
· votar


nas entrevistas que eu li, o pensamento de Gilmour era que elas ainda fossem usadas pra gravar novas musicas, albuns, shows!!... apesar de parecer loucura comprar um instrumento por milhões de dólares pra continuar usando, faz algum sentido!
eu as colocaria na capa do disco e gravaria com uma normal!! hahahaha
pelo menos no marketing eu ia detonar!!!

Lelo Mig
Membro
# 24/jun/19 16:53
· votar


felipe bento pereira

Acontece que os poucos músicos no mundo com bala suficiente para comprar um instrumento destes (Bono Vox, Paul McCartney, Mick Jagger, Elton John... e mais uns 50 no mundo todo) não o fariam.

Quem compra estas coisas é empresários ou instituições como investimento... no máximo colocam na mão de algum músico para exibição, como acontece com os Stradivarius.

makumbator
Veterano
# 24/jun/19 17:07
· votar


Lelo Mig
no máximo colocam na mão de algum músico para exibição, como acontece com os Stradivarius.

É, mas a maioria dos Stradivarius, Guarneri e semelhantes estão na mão de músicos de verdade, sendo tocados. Poucos são os que ficam trancados em um museu. São comprados por instituições pois é quase impossível um músico normal ter grana pra comprar um. Ao contrário dessas guitarras do GIlmour, que vão ficar mofando em uma redoma de acrílico na casa ou cofre de alguém.

Lelo Mig
Membro
# 24/jun/19 17:13 · Editado por: Lelo Mig
· votar


makumbator

Não dá para comparar com um Stradivarius.

Uma Black Strat até melhor, compra por 5 mil dólares nas Casas Massachussets em 60 vezes sem juros e ainda ganha uma correia de brinde.

makumbator
Veterano
# 24/jun/19 17:15
· votar


Lelo Mig
Não dá para comparar um Stradivarius com essa Black Strat.

Claro! A comparação foi só pela questão de leilão. O que vale mesmo é o Gilmour, não a guitarra dele.

JJJ
Veterano
# 24/jun/19 18:16
· votar


Eu só acho que uma coisa dessas caia melhor num museu, ao invés de estar na sala de um milionário qualquer...

O lado bom é que, às vezes, ao morrer, eles acabam doando pra algum museu.

makumbator
Veterano
# 24/jun/19 18:22 · Editado por: makumbator
· votar


JJJ
O lado bom é que, às vezes, ao morrer, eles acabam doando pra algum museu.

Milionário mesmo nem tem nada no próprio nome. Legalmente é como se eles nem morressem. Tudo fica em um fundo trust pra pagar menos imposto e no nome do cara mesmo não tem é nada. Quando ele morre continua tudo igual, a diferença é que o fundo passa ser regido por outro trustee principal.

lamas92
Membro Novato
# 25/jun/19 15:29
· votar


Além do valor monetário, fico imaginando qual é a graça de ter uma raridade dessas e não usar... (já que o valor é o próprio Gilmore)

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a David Gilmour anuncia que venderá todas suas guitarras, incluindo a Black Strat!