Música exportada soando diferente de quando está na DAW

Autor Mensagem
Pah_harket
Veterano
# jul/15


Estou com o projeto aberto na DAW e ouço o som em certa qualidade. Mixo e 'masterizo' de acordo com este som. Chego ao ponto onde quero que a música soe e então termino o trabalho.
Dei um render em Mp3. Ok. Quando fui abrir no WMP ou qualquer outro player do computador (até mesmo upado no SoundCloud), a música soa diferente. Fica mais grave, mais embolada, bem menos nítida.
Pensei que seria a redução de qualidade natural do Mp3. Ok. Dei um render então em WAV 24, que teoricamente deveria soar identico. Mas o erro persistiu da mesma forma. O som fora da DAW ainda estava estranho.
Pensei que mesmo renderizando em WAV poderia ter uma modificação, então tive a ideia de comparar as duas formas (projeto e exportada).

Aí vem a parte curiosa: quando importo essas tracks exportadas (tanto em WAV quanto MP3) para dentro da DAW, o som volta a ficar correto como no projeto.

Alguém aí sabe o que pode estar causando isso? Não faço a menor ideia.

Estou utilizando o Reaper.

Valeu.

Lelo Mig
Membro
# jul/15 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Pah_harket

A reprodução dentro da DAW não é exatamente um arquivo de audio (mp3, wav ou etc)....ela tem um formato próprio, da própria DAW.

Desta feita, em melhor ou pior qualidade, ao transformar num arquivo de áudio existirá sempre uma conversão.

A melhor maneira de resolver este problema é "compor" um sinal sonoro simples (não uma música complexa, apenas uma referência sonora) e observar o que e quanto muda ao converter.

Desta forma, por comparativo, você consegue equalizar de uma forma que, mesmo que não fique ideal dentro da Daw, fique ideal convertido.

É trabalhoso, mas sempre, mesmo em equalização "não virtual", é ideal trabalhar "por comparativo" com algum referencial guia.

JJJ
Veterano
# jul/15 · Editado por: JJJ
· votar


Pode ser que algum processamento de plugin não esteja sendo renderizado.

Eu não conheço direito o Reaper, mas no Sonar (que é a DAW que estou mais acostumado), na hora de passar pra wav (ou mp3), tem várias escolhas para decidir o que vai ser renderizado (exemplo: tracks com "mute", efeitos, envelopes, etc), além da decisão do formato, resolução e dithering. Ou seja: muita coisa pode mudar!

RafaelBernatto
Veterano
# jul/15
· votar


Pah_harket

Verifique se você adicionou algum plugin de monitoramento...
(Menu "View">>"Monitoring FX")(Se você tiver dois projetos abertos pode acessar do botão que fica no canto superior direto de mesmo nome)

makumbator
Veterano
# jul/15
· votar


Pah_harket

Além do que já comentaram (observar cuidadosamente se há algum plugin ou processamento na saída da DAW) veja se o seu WMP está com equalizador ou outros efeitos ligados (reforça de graves, etc...).

Ismah
Veterano
# jul/15
· votar


E a própria conversão pode trazer problemas. A diferença entre um arquivo mp3 de 128Kbps pra um 320Kbps é enorme. No primeiro os agudos acima de 14KHz se perdem completamente (e é impossível recuperar).

Num wav vs um mp3 (independente da qualidade) é berrante.

makumbator
Veterano
# jul/15
· votar


Ismah

Mas depois ele disse que mixou em wav, e não em mp3. Deve ser outra coisa, ou algo dentro da DAW ou ainda algo no media player (equalizador ligador, por exemplo).

Adler3x3
Veterano
# jul/15
· votar


Quando se exporta da DAW para qualquer formato de áudio ocorre perda de qualidade.

E se for ouvir no windows media player pior ainda, um dos piores player que existe.
Tudo voltado da Microsoft para o áudio deixa a desejar.

Ismah
Veterano
# ago/15
· votar


Adler3x3

Qual player sugere?

Adler3x3
Veterano
# ago/15 · Editado por: Adler3x3
· votar


Ismah

Tem vários livres e pagos.
Free - Winamp, AIMP. tem dezenas, todos melhores que WMP.
O Windows Média Player esta ligado ao sistema operacional, bem dizer faz parte, e esta sujeito a muitos problemas, entre os quais se desregula sozinho.
Se você joga um Game, fica sujeito a interferências, assim como outros usos.
Assim quando produzir algo numa DAW o melhor mesmo é escutar num bom Editor de Áudio, que tenha até recursos para Masterizar.
O Real Player versão Windows também dá problemas, é outro que por estar ligado ao sistema operacional (mac) , que na versão windows afeta negativamente outros programas de áudio. (como por exemplo o Sonar, o Pro Tools, Finale, e só Deus sabe mais o que.
Claro depois para avaliar melhor as virtudes e problemas das gravações é bom escutar em diferentes players, inclusive o WMP. (mas tem que configurar de novo).
E o Windows tem um série de problemas de despejos de memória e outras inconveniências, e assim é bom depois de certo tempo, reinicializar a máquina, pois o Windows é inconstante, e o seu sistema de arquivos sujeito a dar muitos erros.
Pode reparar a medida que você vai trabalhando num projeto o sistema vai se degradando, e chega num ponto que tem que reiniciar.

E na DAW sempre o som fica melhor porque é um sistema voltado a produção de áudio, trabalha em 32 bits flutuante, tem melhores efeitos e tudo é mais apurado.
E quando abre o aquivo wav por exemplo faz primeiro uma conversão para o seu formato nativo, e quando exporta é feita outra conversão e aqui se perde qualidade.
Os outros players são mero reprodutores sem muito refino.
E tem também o problema dos Drives de Áudio do Windows que vivem dando problemas., se você não usa o Asio é problema na certa.
E a DAW trabalha de forma diferente nos arquivos Wav (que é um padrão da microsoft/IBM antigo que tem limitações e já esta ultrapassado.
Quando você abre um arquivo wav na DAW como foi dito é feita uma conversão, não é mais aquele "wav" que esta tocando, e sim um outro formato superior.
Por isto que num Mac e num Linux acaba soando melhor pois tem melhores sistemas operacionais, melhores sistemas de arquivos.
O OGG é o melhor sistema de arquivos livre de áudio, muito mais avançado que os do windows, e o formato AIF do Mac é muito melhor que o Wav.
Não é a toa que o sistema preferido dos grandes produtores é o Mac.

Wade
Membro Novato
# ago/15
· votar


Não é problema de conversão:

quando importo essas tracks exportadas (tanto em WAV quanto MP3) para dentro da DAW, o som volta a ficar correto como no projeto

_____________________

Também não era questão de equalização no player, pois, como relatado, até se upasse a música no Soundcloud ou Youtube e desse play, ela ainda estaria distorcida.

Na verdade, o problema foi resolvido com a atualização para o Windows 10. Então creio que era alguma coisa com o driver de audio ou do próprio Windows 8.1 (anterior).

Ismah
Veterano
# ago/15
· votar


Adler3x3

Valeu :)

RafaelBernatto
Veterano
# ago/15
· votar


Ismah

I ♥ Winamp, de preferência o Lite :)

Ismah
Veterano
# jun/16
· votar




Wade
Membro Novato
# jun/16
· votar


Não tinha a ver com nada disso que o Lisciel disse porque:

quando importo essas tracks exportadas (tanto em WAV quanto MP3) para dentro da DAW, o som volta a ficar correto como no projeto

Ismah
Veterano
# jun/16
· votar


Wade

Também não respondi ao autor do tópico de um ano atrás, mas complementei a informação do tópico. :)

Wade
Membro Novato
# jun/16
· votar


Ismah
Ah sim.

Ah, o tópico foi "meu" mesmo. Eu pedi à Pah na época pra criar porque já tinha criado um no mesmo dia :D

Del-Rei
Veterano
# jun/16 · Editado por: Del-Rei
· votar


Wade
Engraçado eu sempre tive essa sensação, mesmo usando Mac. Mas até então achava que podia ser psicológica, haha.

Mas pode ser a diferença da placa de som também. No Reaper eu uso uma interface externa.

Nunca experimentei jogar o arquivo novamente pro DAW e comparar.
Farei isso.

Um aceno de longe!!!

Ismah
Veterano
# jun/16
· votar


Inverte a fase do arquivo que tu já sabe se tem diferença ou não... Percebi que existem erros de renderização, alguns picos que renderizam uma vez e depois não, por isso eu exporto sempre três vezes pra comparar A, B, e C

Del-Rei
Veterano
# jun/16
· votar


RafaelBernatto
I ♥ Winamp, de preferência o Lite :)

Cara, uma das minhas frustrações no Mac é justamente não ter o Winamp. Muito triste. Até tem uma versão pra Mac, mas é uma bosta.

Engraçado, migrar pro Mac foi um período difícil, rs. Por incrível que pareça.
Fiquei irritado várias vezes, cheguei a instalar o Boot Camp e passei umas semanas só usando o Windows, rsrs... Depois, com calma, fui me adaptando e hoje só uso o Windows no trabalho, porque sou obrigado, rs.

Um aceno de longe!!!

Ismah
Veterano
# jun/16
· votar


Del-Rei

A diferença entre Mac e Linux de Android e Windows (ou Ruindows) é que não é algo banal...

Windows é a plataforma majoritária entre usuários. Basta rodar música, filme, joguinho, navegador, Skype (alguém ainda usa?) e Office, está ótimo. Nenhuma outra função é vital para um usuário comum.
A partir do momento que se passa para um uso mais intensivo, com objetivo específico, como criação e manipulação de mídia (áudio, vídeo, e imagem), gerenciamento de dados, etc a plataforma Mac se mostra superior pela estabilidade.

Tanto faz para um usuário comum se a música levou 5ms ou 500ms para começar a tocar, se há discrepância de 15ms entre áudio/vídeo e a time line mas para quem vai manipular é vital...

É possível ter o mesmo desempenho de um Mac com Windows, mas ambos são voltados para mercados diferentes: Mac para uso profissional, e Windows para acessibilidade, tanto que o Windows é chamado geralmente de PC (Personal Computer). Mas um Windows com desempenho de Mac, custa o mesmo que um Mac, e isso nunca foi o objetivo do Gates. Se dependesse de mim ter um Mac, ainda estaria desenhando circuitos no papel e caneta, cortando fitas e filmes com lâminas Gilette. rs

Windows na verdade é pensado para ser fácil e intuitivo de usar, enquanto Linux e Mac exigem um grau básico de conhecimento em programação e linhas de comando. Operar o Windows pelo prompt é do carvalho também, e deixa ele muito estável, uma experiência legal é o jogo Hacknet, mas até se aprender a abrir um programa, conectar à internet, vai algum tempo... Legal do jogo é a opção de que existem vários caminhos. Acho que o Linux BlackCat (voltado para pen test) é assim.

Voltando... Porém dar uma ferramenta pra quem não sabe usar corretamente, acaba em burradas, e acidentes... Quem domina a ferramenta e quer se aproveitar, tem várias formas de fazer isso... Vírus, antí-virus, ferramentas "milagrosas" que prometem isso ou aquilo na máquina, o próprio histórico que o Windows tem , é uma ferramenta auxilia usuários comuns, mas atrapalha avançados por deixar o sistema lento após um período.

O boom do iPhone se deu porque conseguiu realizar coisas que antes eram ainda falíveis, ineficientes e/ou difíceis para usuários comuns, em outras plataformas digitais. Isso num celular, sendo que antes muitas dessas funções eram exclusivas dos PC's.
O Gates sentiu isso, e até hoje praticamente todo aplicativo para WindowsPhone é desenvolvido pela própria Microsoft/Nokia, como os para iOS pela Apple. Isso restringe diversas possibilidades, mas torna a plataforma mais estável.
N'outro extremo, o Android é ótimo, qualquer um, contanto que saiba, pode programar, e reprogramar (root user) o SO inteiro, mas isso mobiliza pessoas má intencionadas e pessoas que supõe que saibam o que estão fazendo (eu rs) e gera app's de má qualidade, com erros, danos ao aparelho etc...

Wade
Membro Novato
# nov/16
· votar


Upando.

Tive o mesmo problema novamente. Na DAW uma maravilha e o bounce uma merda, com uma compressão horrenda que eu não coloquei.

Agora, já com mais experiencia, desconfiei de duas coisas e fiz os ajustes necessários pra elas e o problema foi resolvido.

Os procedimentos foram:

1 - Exportar em WAV primeiro e converter em MP3 depois em vez de já exportar o projeto direto pra MP3;

2 - Exportar o WAV na mesma bitrate do projeto na DAW;

3 - Exportar em tempo real e não nos modos "full-speed offline" da vida.

Qual dos procedimentos resolveu (ou se todos), não sei. Mas resolveu.

Fica ae o registro.

Adler3x3
Veterano
# nov/16
· votar


Bem tudo isto é relativo.

Muito embora até se use as técnicas corretas, o problema as vezes volta a aparecer.

O que é um indicativo de que em alguma parte do processo tem algo errado.

Ismah
Veterano
# nov/16
· votar


Wade

Se não me engano, já te sugeri em outros momentos um dither - o Waves é ótimo...! Ele tende a remover ou minimizar ao menos esses erros...

http://forum.soundonsound.com.br/forum/archive/index.php/t-197.html

Erros como os citados, de compressão está atrelado a menor bit depth, e a mudança de timbre, ao "clock" do projeto... 44.1KHz, já cumpre o que se definiu (acho que foi Fourier), sobre sinais digitais: precisa-se ao menos ter o dobro da frequência máxima a ser atingida, logo se consegue ir até 22.05KHz... Mas... Existem harmônicas inaudíveis, que modificam o som acima disso, e quanto maior o clock, mais plano é o extremo superior do espectro...

Dá pano pra manga, mas não é teu caso... Use o dithering e seja feliz, ele dá uma ajuda grande...

shoyoninja
Veterano
# nov/16
· votar


Nunca vi isso. Qual DAW Wade?

Wade
Membro Novato
# nov/16
· votar


Ismah
Ah sim, liguei o dither do Ozone também. Esqueci de mencionar nos procedimentos.

shoyoninja
Reaper e Studio One.

MauricioBahia
Moderador
# nov/16 · Editado por: MauricioBahia
· votar


Wade

Você baixou a versão mais recente do Lame Mp3 pro seu Sistema Operacional e colocou na pasta indicada pelo Reaper? Tem a versão pra Windows 64 e 32 bit por exemplo. O local indicado, caso seu Windows for 64 bits fica assim: C:\Arquivos de Programas\REAPER (x64)\lame_enc64.dll

Onde baixar o Lame Mp3 Encoder:
http://aegiscorp.free.fr/lame/

Boa sorte!

Ps. Era assim, num passado recente, para exportar em MP3 direto do Reaper. Não sei agora...
Se vacilar, seu arquivo Lame instalado não tá 100%... será?

Ismah
Veterano
# nov/16
· votar


Wade
Ah sim, liguei o dither do Ozone também. Esqueci de mencionar nos procedimentos.

Então pode ser erro do codec mesmo! Bahia te deu a letra.

PS Só pra lembrar, não gosto do iZotope rsrs

shoyoninja
Veterano
# nov/16
· votar


Wade
Vc consegue mandar um exemplo disso? Com e sem o problema?

Wade
Membro Novato
# nov/16
· votar


O mais esquisito de tudo é que parece ser um problema de REPRODUÇÃO. Já que se eu importar a música problemática de volta pra DAW ela soa corretamente como deveria.

Ou seja. Não é como se o arquivo tivesse "danificado" permanentemente. Ele só não se comporta como deveria FORA da DAW. Mas esse mesmo arquivo fica perfeito se reproduzido dentro dela.

MauricioBahia
Não creio que seja o lame. Porque depois percebi que até exportando em WAV dava esse problema.

shoyoninja
Vou tentar.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Música exportada soando diferente de quando está na DAW