Sepultura e Angra no trio elétrico

Autor Mensagem
Ismah
Veterano
# fev/16 · Editado por: Ismah
· votar


To vendo o circo pegar fogo e pouca gente com um pingo de realidade nas palavras... Eu não dei opinião, o que é raro eu fazer. Acho que chegou a hora...

Acho que tem sim que tocar até em velório. Talvez 10 na multidão ouviram pela primeira vez, e se identificaram. Não to dizendo que é assim que se converte o abadá em sobretudo preto, mas é MÍDIA, MARKETING, necessários para a banda ter chance no mercado.

Não é tocando em cima bar que vamos ter rock no mainstream. Fã de rock tá parecendo com os malas da música erudita, que tem que pular sete ondas antes de ouvir Beethowen....

Eu comemoro pra caramba quando a Dinamite Joe (banda que trabalho) consegue uma nota numa Revista Caras, consegue uma aparição em TV etc. E serei o primeiro a tentar colocar eles em cima de um trio, no carnaval 2017 aqui Caxias, junto com o DeRos (rsrs)

O Lelo Mig diz coisas, que se dependesse de mim, ele vira o tour manager da banda.

Tá cheio de banda de Metal gringa vindo tocar no Brasil, em buteco, prá 300 pessoas. E olha que têm banda que bate ponto aqui 2-3 vezes por ano...

Na Europa, norte principalmente, banda de metal melódico é tipo sertaneja aqui: balança um pinheiro nevado, caem duas, três...

Galera como Nighwish e Dream Theater vem tocar por preços bem simbólicos no país, para públicos de menos de 500 pessoas. Triste ilusão de quem acha que as bandas sempre movimentam milhares de pessoas, nunca foi assim... Isso só acontece em shows com muito trabalho de marketing, ou feiras/festivais que já atraem pessoas por si só.

Uma prova é o show do Pantera onde o Phill é acusado de racismo. Se olhar, tem choradas 200 pessoas no bar.

Banda do naipe do Stratovarius, se bobear, tá fazendo até baile de formatura.

Precisam fazer no mínimo 10 shows em casa noturna aqui no país, para valer a pena, e fazer diferença no caixa da banda. Os caras precisam de um valor X mensal para viver, e geralmente não vem só de uma banda (porque não tem todo mês turnê), procurando um pouco tu vê que cada músico toca geralmente em 2 ou 3 bandas e projetos. Ciscando um pouco aqui, um pouco ali, dá pra viver bem.

Claro, tocar no exterior gera mídia local, e no país de origem etc... Acaba compensando nesses outros lados mais, do que no bolso.

Tem que entrar na cabeça do povo que tocar em casas noturnas, é diferente de fazer show.
Shows como os dos Stones, são organizados com muita antecedência. É feito um puta trabalho de marketing (que envolve $$$ investida)... Nem todos vão arriscar numa banda que pode não se pagar, mesmo quem tem a grana na mão pra isso, não faria porque não é NEGÓCIO.

Wade
E o Krisiun é bem sucedido porque foram fazer carreira onde se dá atenção pro tipo de música que eles fazem: fora do Brasil.

Não se iluda que lá fora a vida é mais fácil. Japão, oriente médio pra Ásia, tem sim um mercado maior pra metal, com mais ouvintes e tal. Mas nenhum lugar no mundo vai ser FÁCIL.

WoA? RiR? Não se iluda velho, isso não é cotidiano. Opinião trás todo ano quase Nighwish, Epica, Dream Theater... Não chega a mil pessoas toda a vez. E nem sei se traria, porque a casa não comporta.

Julia Hardy
Veterano
# fev/16
· votar


Ismah

Falou tudo. Se surgir a oportunidade de tocar num evento grande, tem que ir mesmo. Só acho que tem que manter o pé no chão. Pantera chegar a ser número 1 na Billboard e, agora, não leva 200 pessoas num show.

Wade
Membro Novato
# fev/16
· votar


Ismah
Você tem um orgasmo toda vez que vê um post meu e vem "rebater", né? Confessa aí.

Até mesmo quando não há o que rebater, tu inventa haha. Se me mostrar onde eu disse que lá fora era fácil, ganha um limão. Valendo!

Julia Hardy
http://i.imgur.com/75GGSUc.jpg

nichendrix
Veterano
# fev/16
· votar


O negócio degradou, daqui a pouco é hora da foto do tião... kkkkkk

Ismah
Veterano
# fev/16
· votar


Wade

E espera que eu te ignore? Não quando tu tá no meu tópico, falando de forma fantasiosa do que é o show bussines... Pior que isso só caras que vem falar em fazer arte e sucesso com ela...

Ismah
Veterano
# fev/16
· votar


Carnaval metal - Putaria, cachaça e satanás \m/



Lelo Mig
Membro
# fev/16
· votar


Acho que houve uma certa confusão, um equívoco com relação a interpretação de texto. O que eu e mais alguns aqui estamos discutindo, não é o fato do Angra e Sepultura, poderem ou deverem estar num trio elétrico.

Mas, a grande contradição, com a postura "true metal", que muito destas próprias bandas tinham ou têm. Metaleiro é meio prepotente... se acha superior.

Metaleiro acha que Carlinhos Brown não poderia estar no The Voice, porque não é cantor, que cantor de verdade é o André Mattos.

Mas, é graças ao Carlinhos Brown, (que foi rechaçado no Rock´n´Rio), que algumas bandas de metal foram ao carnaval.

Talvez a grande diferença esteja no fato que Carlinhos Brown é preto, foi favelado, passou fome e deve ter tomado muita porrada e sofrido preconceitos... ou seja, é bem diferente de filhinho da vovó, criado a todinho, que faz cara de mal e pinta de revoltado. Por isso, Carlinhos tem maior facilidade de passar por cima, ou talvez seja mais inteligente que os metaleiros, já que de certa forma, isso pode ser um tapa com luva de pelica no público metal que o hostilizou.

Sejamos honesto, se há uma coisa que sempre foi unanimidade no metal são os bunda moles... tanto é que sempre foram saco de pancada dos punks.

Problema algum dizerem: Olha, fomos ao carnaval prá pegar umas garotas, aparecer na TV, faturar uma grana!

Mas não! Os caras precisam fazer discurso em "prol do metal", ou achar justificativas plausíveis para tal ato, como se metal fosse alguma coisa séria que merecesse alguma atenção especial. Repito, metal é apenas mais um gênero como outro qualquer e além do mais esta morto, como tantos outros.

Eu gosto bastante de rock progressivo e psicodelia, estilos que estão mortos há 30 anos... fazer o que? Deixar de gostar?

De boa, gostar é compreensível. Mas alguém com mais de 15 anos achar que metal é superior, melhor tocado, mais difícil, que fez algo de relevante pela música e etc... melhor procurar crescer.

Aposto que nenhum axezeiro se impressionou com a performance metal, na verdade, tão cagando e andando pro metal.

Quem curte metal de fato, deveria estar preocupado com a incapacidade, devido a vaidade, deste estilo se organizar, de organizar eventos em torno de si, ao invés de comer as migalhas do axé.

Porque uma coisa é fato, nunca ouvi um axezeiro falar mal de outro axezeiro... mas banda de metal foder com outra banda de metal...

Se têm uma coisa que o Metal aprendeu com o progressivo é a megalomania e a arte de dar tiro no pé!

Cup Noodles
Veterano
# fev/16 · Editado por: Cup Noodles
· votar


eu achei ótima essa iniciativa de tocarem em um trio elétrico.
acho que quem não gostou.. foram os "troozão" que acham que metal é uma religião... e que isso é um "pecado".

rock já é pouco difundido em nosso país.. se não tivermos alternativas assim pra ajudar a divulgar... daqui uns dias não teremos mais bandas.




ah... o Rafael Bittencourt gravou um vídeo (desabafo) falando sobre a repercussão de terem tocado em um trio elétrico no carnaval.


https://www.facebook.com/RBittencourtOn/videos/10153459580212333/

Julia Hardy
Veterano
# fev/16
· votar


Wade

Maracujina dá sono, né bitch?

Julia Hardy
Veterano
# fev/16 · Editado por: Julia Hardy
· votar


Lelo Mig

Tão problematizando muito as coisas. Os caras não devem nada a ninguém. Muito menos a esse publicuzinho do metal. Eu mesma já cantei em outro tópico que os punks dão um pau nos metaleiros em termos de união e organização. Por exemplo: um monte de banda punk/hc gravando CD e colocando pra baixar de graça e os metaleiros com o discurso "headbanger que é headbanger não baixa, compra". Ora, gimme a break, bitch. Os tontos que me criticaram por causa do Krisiun são outros exemplos desse tipo de atitude imbecil.

Os caras foram lá, tocaram pra uma multidão num evento transmitido pra todo o país, se divertiram e pronto. Agora, transformar isso num acontecimento, posar de mártir da causa e outras bobagens. Ora, vai se catar.

Wade
Membro Novato
# fev/16
· votar


Ih, ah lá. Ficou irritadinha haha. Pensei: "deve estar de TPM". Mas se ignorar a razão e cair em falácia a cada 3 palavras for tpm, a dela dura o mês inteiro.

Ismah
Não fuja da raia quereno dar uma de gostosão. Quote onde eu disse que lá fora era fácil.

Mais fácil que =/= fácil

Vocês tem sérios problemas de interpretação e seguir lógica simples. Ou é só o ego clamando por atenção.

Lelo Mig
Membro
# fev/16
· votar


Cup Noodles

Vi o vídeo que você postou depois de escrever meu texto.....a similaridade de minha opinião com o que o Raphael disse ficou por conta do acaso.

Julia Hardy
Veterano
# fev/16 · Editado por: Julia Hardy
· votar


Kkk o tonto vai continuar no passivo-agressivo. Acabou a maracujina kkkk Não se preocupe com a tpm. Não é pro seu bico msm kkk Sorry

Disse que carreira internacional é mais fácil, sim. Sem contar a lorota das bandas da cidade dele. Ele tem alzheimer ou é só mentiroso mesmo.

Julia Hardy
Veterano
# fev/16
· votar


Texto bacana comentando o "desabafo" do vocalista do Shaman, mais uma banda que faz um puta "sucesso" no Japão e por aqui nem tanto.

http://googleweblight.com/?lite_url=http://blogs.estadao.com.br/combat e_rock/chega-de-choradeira-no-metal-nacional/&ei=nXC_2V5H&lc=pt-BR&gei d=10&s=1&m=544&ts=1455293248&sig=ALL1Aj6pWutaG1BRDTyHUE-Jz7u00iProQ

Wade
Membro Novato
# fev/16 · Editado por: Wade
· votar


carreira internacional é mais fácil

E é.

Só que sua mente limitada não consegue compreender que "mais fácil que" é diferente de "fácil".

Raciocínio lógico deveria ser componente curricular do ensino fundamental.

Julia Hardy
Veterano
# fev/16
· votar


Concordaria se voce soubesse do que está falando. Era a segunda opção mesmo.

Wade
Membro Novato
# fev/16
· votar


Eu: "O ser humano respira oxigênio"
Tiazona: "NÃO!11!!!1!! ALOKA 1!1 NÓS RESPIRA BATATA FRITA!"
Eu: "Não, nós respiramos oxigênio."
Tiazona: "Não!!! Vose não sabe do que tá falando!!!! Hurr durr seu tonto, bobo, boboca...! Hurr durr"
Eu: "Tá..."

Fcc...

makumbator
Veterano
# fev/16 · Editado por: makumbator
· votar


Wade
Eu: "O ser humano respira oxigênio"

Pequeno adendo:

Eu respiro ar (a menos que eu esteja internado em um hospital e com máscara de oxigênio). O oxigênio nem é o gás mais presente no ar, então o mais correto poderia ser: "eu respiro nitrogênio".

Mas podem voltar a discutir aí que estou acompanhando tudo. Na verdade esse lance do ar nem altera o raciocínio de seu post (que até concordo). Só estou sendo chato mesmo! Hahaha!

nichendrix
Veterano
# fev/16 · Editado por: nichendrix
· votar


Julia Hardy
Wade

Está na hora de vocês dois concordarem em discordar. Além da discussão não ter mais nada a ver com o tópico faz tempo, isso está ficando repetitivo pra caralh*.

Lelo Mig
Isso cai naquilo que o Marty Friedman falou, que em algum momento o metal começou a se levar a sério demais e deixou de ser divertido, aí o publico mais geral largou de mão e o estilo estagnou.

Lelo Mig
Membro
# fev/16
· votar


makumbator

"eu respiro nitrogênio"

Isso é subjetivo! Em Pequim os caras respiram Monóxido de Carbono.

E, em alguns elevadores e buzões a presença de gás sulfídrico mais butano é alta.

Wade
Membro Novato
# fev/16 · Editado por: Wade
· votar


makumbator
Você é um chato legal, não conta haha. E está certo, com "respirar" me referia, erroneamente, ao processo celular vital, não ao ato de inalar. Tenho que corrigir a analogia.

FELIZ NATAL
Veterano
# fev/16
· votar


Julia Hardy
Wade


dÊem as mãos, eu sei que vcs se amam

Julia Hardy
Veterano
# fev/16 · Editado por: Julia Hardy
· votar


O rapaz falou groselha e entrou no passivo-agressivo. Não é minha culpa se ele não sabe do que está falando. All we need is just a little patience.

nichendrix

O mocinho ressuscitou a peleja. Não yo.

entamoeba
Membro Novato
# fev/16 · Editado por: entamoeba
· votar


nichendrix
"depois que vi [Babymetal] nunca mais consegui imaginar Power Metal sem ficar imaginando menininhas fazendo coreografias das paquitas."

Não há maneira mais adequada de se compreender o Power Metal!

A arte só progride quando há a transgressão e a ruptura com um cânone estético já estabelecido, pra isso acontecer é necessário experimentações que são incoerentes dentro desse cânone e naturalmente para cada experiência que dá certo, centenas tem que dar errado. Esse é o processo natural da arte.

Mas não discordo disso. O que me incomoda é a forma com a qual a ruptura está acontecendo em casos como o apresentado pelo tópico - forma que não tem relação nenhuma com a arte. Não tem nada de transgressor naquilo, é só a manifestação da bundamolice em sua expressão máxima!

nichendrix
Veterano
# fev/16
· votar


Julia Hardy

Bom, pra brigar são precisos dois, se um tiver brigando sozinho, tem que chama o hospício ou então tinha mofo no que fumou... kkkkkkkk

entamoeba
Não há maneira mais adequada de se compreender o Power Metal!

É por aí, eu nunca consegui gostar de fato de Power Metal, Speed Metal e Metal sinfônico, meu lance sempre foi Trash, Death e Doom. Mas não nego, no dia que vi as menininhas lá fazendo coreografia num show delas com o Dragon Force, aí Power Metal começou a fazer todo o sentido do mundo, sem coregrafia, fica incompleto... kkkkkkkkk

Mas não discordo disso. O que me incomoda é a forma com a qual a ruptura está acontecendo em casos como o apresentado pelo tópico - forma que não tem relação nenhuma com a arte. Não tem nada de transgressor naquilo, é só a manifestação da bundamolice em sua expressão máxima!

Pra cada tentativa de algo dar certo, centenas tem que dar errado... kkkkkkk

E como diz o Lelo Mig e o Ismah, pagando bem...

Julia Hardy
Veterano
# fev/16
· votar


nichendrix

Acabou a maracujina. Mas, já passou.

makumbator
Veterano
# fev/16
· votar


Julia Hardy
Wade

Vocês brigam igual a marido e mulher. tem certeza que não são casados? hahah!

nichendrix
entamoeba

E o Ladybay? Já curtiram também? É mais pop que Babymetal, mas tem suas guitarrinhas djent pesadinhas e gutural.

https://www.youtube.com/watch?v=M8-vje-bq9c


Julia Hardy
Veterano
# fev/16
· votar


Post do Felipe Andreoli sobre o evento: https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=10154086013966677&id=18160 4971676

Wade
Membro Novato
# fev/16
· votar


tem certeza que não são casados? hahah!

Inteligência é uma das coisas que mais me atrai em uma mulher. Então...jamais :D

_________________________

Voltando ao assunto, espero que ano que vem toquem no trio com guitarra baiana.



Aliás, ia ser épico uma dobradinha do Angra com Armandinho.

Julia Hardy
Veterano
# fev/16 · Editado por: Julia Hardy
· votar


makumbator

As pessoas são atraídas pelo que não tem.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Sepultura e Angra no trio elétrico