Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Novo Roland BK-9

      Autor Mensagem
      Leo Vaz
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      André Luiz Keys

      Apenas para citar que a linha BK é desenvolvida na italia pela mesma equipe que desenvolvia o G-70 por exemplo...

      A equipe tá com mal de Alzheimer ou tá de sacanagem mesmo? Brincadeiras à parte Andre, vi que vc é, provavelmente, o especialista de produtos da Roland. Tá certo, tem que defender a empresa que vc trabalha mesmo. Mas, a minha opinião é que a Roland mudou seu modelo comercial, deixando um mega Gap em uma área em que seus consumidores são, ou melhor, eram fieis, que é a dos arranger workstations refinados, passando a virar concorrente da Yamaha, na linha Psr. Me resta dizer que a Korg agora ta praticamente sozinha nessa, Tyros geralmente não agrada essa turma que faz baile com teclado, nem todos os hobbistas. O povo só não parou de comprar Roland, talvez, pq ainda tenha muito Style brasileiro na praça, coisa que não se vê pra Korg. Essa sim, na década de 90, foi uma grande sacada do Sr. Roland Brasil, em parceria, salvo engano com o Paulo, programador dos styles, que depois foi pra Yamaha, programar o B50, né isso?

      Leo Vaz
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Aliás André, o B50 foi uma grande jogada! Um teclado mediano, na época, com kit de bateria e timbres sampleados no Brasil. pq a Roland não faz uma coisa assim? Aí sim, acredito que até um BK desses aí venderia bem. É o perfil do teclado que a turma do baile procura... Vamos ser francos? É uma vergonha o sample internacional de cuíca, por exemplo. Parece um cachorro rouco. O B50 arrasava nesses samples.

      Rick Pac
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Leo Vaz
      Acho que os teclados arranjadores poderiam ter um perfil customizável parecido com os Clavia A Roland faz equipamentos com recursos engessados.

      Edson Caetano
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      A gente certamente não faz parte da equipe de Research and Development da Roland... dados e numerous são palpáveis, e a Roland apavora em vendas... em todos os segmentos

      Então o que mais importa?
      vender ou se preocupar com fãNATICOS hehe

      Olha é assim, a Korg está indo em uma direção, Roland em Outra, Yamaha em Outra, e muitas outras correndo por fora, mas o usuário não quer saber de um milhão de sinteses, programaçoes mil, o cara quer o timbre e o que mais for na mão e paga por isso

      Eu como comerciante, certamente criaria uma maquina que se paga por timbre e ritmo, online, e vejam, disse isso primeiro a muito tempo, logo teclado vai ser customizavel e validado on line, o que quiser a distancia de uns cliques e algumas dilmas a menos

      Como já acontece com os teclados mais tops e VSTs tops, instrumentos virtuais custam em media 0,50 cents de dolar por timbre, por preset, é um só, pra que programar se posso pagar por isso, e as empresas já sacaram

      O BK9 para mim é até feio, mas vai vender horrores, e mais barato do que a concorrencia vai fazer barulho...

      Berg Varela
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: Berg Varela
      · votar


      Leo Vaz
      A discrepância, meu caro, vem da sua resposta no próximo parágrafo: componentes de áudio da melhor qualidades, filtros, Compressores, Masterizadores e Equalizadores e conversores AD/DA TOP.

      [opinião] Quer um Arranjador Roland bom? Compre um G70 usado, ou contente-se com algo pior... Ponto


      Eu não entendi a sua primeira colocação,pensei que estava sendo bem claro,o porque da discrepância de preço,eu é que disse o porque!

      Sobre sua opinião eu tenho um ROLAND G-70 V3+SRG-01 fabricado em 2009,(um dos últimos seriais) e um E-80 V2+SRG-01+SRX-96 fabricado em 2010.

      Eu quero que a Roland continue com a serie "G" pelo motivo de manutenção,pois os meus teclados já começam a tangenciar o processo de descontinuação e preciso renovar os equipamento pois,são equipamentos de trabalho,que funcionam de terça a domingo e uma hora ou outra eles precisam de manutenção,como um potenciômetro que quebra,um botão que não funciona.

      Já tentei ir para os KORGs,são ótimos teclados,mas não tive o saco de fazer tudo de novo,já usei EMC Styles Works atualizado com os mapas do PA 3X pro,mas o resultado era que nos Roland os styles ficavam sempre melhor,mesmo com muita edição num PA 2X Pro e PA-800,só conseguia um resultado satisfatório quando fazia no próprio teclado.

      e outra,eu não estou defendendo o BK-9 não,quem tem de fazer isso é o André que trabalha lá.

      A Roland só vai me agradar quando lançar a serie "G" de volta com tudo de TOP que tem direito sem cortar custo,Visor gigante de 10" Touch-screen,Botões de atalhos do G-70,teclas do G-70(as melhores,maiores e profundas que já toquei),VOCALIZER VP-7,timbres supernatural do JUPITER-80,orgãos do VK-8,Sanfonas do V-ACORDION FR-7,piano do RD-700GX,SYNTH do V-SYNTH GT,EPs e Metais das placas ARXs,baterias do V-DRUMS TD-30K,sistema de MIDI CONTROL do A800 pro,256 voice de polifonia,processador de 2 núcleos,6 MFX para os styles e 4 MFXs para 4 UPPER,2 LOWER e M.BASS,6 VARIATION por styles,2 novos SLOTs de EXPANSÃO,SISTEMA de edição de efeitos e masterização do V-MIXER,USB com Pen driver,com performance,styles,songs,MP3s ILIMITADOS,HD SSD de 256 giga para SAMPLES e LOOPs,saidas OUT CANNOM Balanceadas,1 saída metronome para o baterista e 4 saídas individuais para customizar,com versões 61,76 e 88 teclas.

      Não precisa colocar todos os os timbres dos equipamentos citados ,só os melhores e os relevantes.

      A tecnologia estar ai,não estou inventando nada é só reunir a mesma equipe que fez o G-70 e colocar tudo numa carcaça elegante parecida com a do FANTOM-G e pronto,não teria nada parecido no mercado.

      e se quiser dou até o nome: THE GRAND-G ,muito melhor que BK,GW,PRELUDE

      Pode colocar entre R$12,00000 e $15,000,00 que pago.

      Mauro Candido
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Como um fiel usuário de teclados arranjadores, sempre tive roland desde o E86. Quando eu escutei o G70 pela 1ª vez fiquei bastante impressionado, principalmente pelo timbre de bateria, que para mim é o que interessa em teclados arranjadores. Há vários anos troquei o G70 pelo recém lançado Tyros2, depois peguei o Tyros3, e sempre com vontade de ter um roland de novo. No começo do ano passado comprei um Juno Stage e um GW8. O juno eu ainda fiquei até o final do ano, mas o GW não durou 2 meses. Simplesmente ridículo. As amostras dos kits de baterias chega ser um desrespeito com o tecladista, enfim, quando vendi, pensei, ufa, me livrei. Estava ouvindo agora as demos oficiais da roland: https://soundcloud.com/rolandcom/sets/bk-9-backing-keyboard-sound , apesar de ter gostado, não vi nada demais, lembrando do meu antigo G70, ainda mais depois de ver o preço sugerido de R$8.500,00. Pelo visto vou continuar cada vez mais dentro da Korg. Agora que vai animar muita tia velha por aí e tiozão metido a cantor, isso vai...

      Berg Varela
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: Berg Varela
      · votar


      Mauro Candido

      GW não durou 2 meses

      O meu GW-8 durou 6 meses.

      Realmente aqueles Kits de baterias eram sem peso mesmo eram para ter deixado pelo menos os kits dos modelos anteriores idem aos modelos da KORG,já salvava o teclado,pois nos arranjadores o principal timbre é a bateria e depois vem o baixo.

      mas dos timbres eu cheguei gostar sim.

      Leo Vaz
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Edson Caetano

      Talvez vc tenha razão, no final são só números. Somos só um bando de hobbistas desejando que a "montadora" continue a produzir veículos exclusivos, quando o que da dinheiro é a produção em serie né?

      Bom, que a Roland seja bem feliz com o seu BK9 e cia, e seu "novo" mercado, mas, eu não quero nem ver.

      Leo Vaz
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: Leo Vaz
      · votar


      Rick Pac
      Acho que os teclados arranjadores poderiam ter um perfil customizável

      A Korg é a que mais se aproxima disso. A minha mãe é doida com o tal Roland G70. É o que mais me irrita, pq não consigo fazer ela comprar nada mais atual. Eu já pesquisei muito esses BKs pra ela, mas, nao da! Só no fone de ouvido. Ligou em ampli, eles somem, ficam magrinhos.

      Eu até tentei ajudar fazendo ela comprar um Korg Pa 500. Mas, ela não gostou. Não tem os ritmos que ela gosta. Encostou o teclado, novinho. Depois vendeu baratinho...

      O que falta em todos esses teclados arranjadores, voltando à sua discussão, são timbres multilayers (combis). Assim eles se aproximariam mais dos workstations. Mas os styles comem boa parte dos recursos, incluindo as layers. Uma saída seria, além de alta polifonia, pelo menos 32 partes multitimbrais.

      Uma ótima tb seria cortar a gordura no seguinte aspecto: saída pra karaoke, vocalist... É meio newbe demais para um equipamento desse porte, independente de ser arranjador...

      Outra coisa, nivelamento timbral: Nunca da pra comparar a timbragem de igual pra igual no synth top e no arranjador por mais caro que seja este ultimo, é a minha percepção. O i3, saiu na época do 01/w, e não dava pressão. O g800, na mesma época do xp80, e, novamente, nao dava pressão...

      O i3 era um 01/w, com timbragem pior, e sem Combi.

      Quem podia entrar na briga é a Kurzweil...

      Agora, por outro lado, se faz muita coisa com os synths atuais.
      Mas, estou um pouco desatualizado. O amigo Edson tem um Kronos, e acho que da pra fazer bastante coisa em real time, controlando com acordes, com ele, né Edson?

      No Kurzweil, tem muita coisa pronta com o disparo de um ritmo na primeira tecla, baixo livre nas 2 primeiras oitavas, uma combi de n layers nas oitavas sobrantes. Salvo engano, o Mox6 tb tem isso. Agora, só coisa atual. Nao tem styles antigos, tipo bolero, essas coisas. Nem brasileiros. É uma outra proposta.

      elnobre
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Entre as várias opiniões postadas, notei que a questão da bateria dos teclados roland foi mencionada. Já possuí 3 rolands e na minha opinião todos deixaram a desejar quando o assunto era batera, o alpha-1, exr-7s e roland e-50. Passei mais tempo com o e-50 por que os outros timbres eram bons.
      Mas, digam aí, qual teclado arranjadro Roland tem som de bateria que legal e que não seja um G-70 por que, nesse caso, o preço é pra quem tem dinheiro mesmo. hehehehe

      elnobre
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      As demos do bk5 impressionam, mas nada como testar o teclado pra ter uma opinião consolidada. Só não entendi muito bem o porque dos dois visores. Deve ser algo mais "layout" do que funcional. O que chamou a atenção nesse modelo novo, que nem chegou ao Brasil, pelo menos que eu esteja sabendo, é a quantidade de timbres e ritmos. O carinha vem turbinado. Lembrando de minha experiência com o exr-7s, 76 teclas é bem legal, se acompanhadas de bons timbres e recursos, dão um "tcham" a mais na apresentação, a chamada presença. Alguém discorda? Quanto ao preço, eu arrisco que chega ao brasil entre 4 e 5 mil reais.

      Edson Caetano
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Leo Vaz
      Eu não sei porque ainda não lançaram um arranjer workstation, porque é assim nos arranjadores tops tem milhares de ferramentas mas sempre voltadas ao one Man band e os Works tem igualmente milhares de ferramentas voltadas a produção

      De maneira mais complexa o dono de um Work faz as vezes de um arranjador se quiser, mas não da maneira clássica com botões de start fill ending, e este tem de tudo e mais um pouco para ação em tempo real

      Nào toco na noite como os colegas, então ao invés de ritmos, prefiro seqüênciar ao meu gosto, por isso talvez tanto batemos na tecla do que cada um quer de seu teclado

      Certamente a Roland não é tola a vente que é inocente achando que ela esta de bobeira, o mercado nào quer nada complexo, nada de editar, ler manual, quero colocar na tomada dar play e que a magica aconteça

      É isso, é coisa destes anos 2000, certamente o BK9 pode até nao emplacar nos clássicos da empresa, mas vai vender, o peso do nome é muito forte e o equipamento não deve ser nada ruim

      fernando tecladista
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      o mercado nào quer nada complexo, nada de editar

      nessa todo mundo toca igual a todo mundo

      Leo Vaz
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      fernando tecladista

      Igual ao pessoal que certa vez foi me mostrar um multitrack rolando no Kronos. Me perguntaram: nao é o máximo? Olhe o som disso! Disse o vendedor...

      Pensei comigo: o Nuendo faz isso desde que o Pentium só tinha um digito. Nao entendi a grande sacada...

      O que acontece, é que se valora a fidelidade com o original, e aí, acaba-se tocando o original copiado e acha o máximo. Compre um Mp3 player então, oras....

      Edson Caetano
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      fernando tecladista
      Leo Vaz
      Mas MP3 não tem graça, tem que rolar do key hehe
      Te falar que tem muita gente dublando por aí, patético, e os timbres estão sendo copiados na cara de pau, díficil ver gente criando (tirando os hardcore users como a gente)

      Leo Vaz
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: Leo Vaz
      · votar


      Kkkkkkk

      Edson Caetano

      Tem gente copiado timbre com a execução e tudo (track 1)! O resto (?) ele faz ao vivo, hehehe.

      Aproveitando, vc viu meu comentário lá na sala de bate papo?

      Mauro Candido
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Recurso interessante:





      NEMESYS
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Parabéns para este senhor que está demonstrando esta que é uma das funções mais brilhantes que este novo teclado Roland BK -9 apresenta.

      Os melhores videos de teclados, sem dúvida, são os da Yamaha!

      A Roland precisa montar uns videos melhores, exibindo mais recursos. Parar com essa mania de lançar um teclado e pôr o tecladista pra tocar ritmos do tempo antigo, inclusive o mesmo style do teclado antigo. Eles "ficam" perpetuando essa "múmias do egito" eletrônicas como Ritmos de Charleston, Dixie.

      A turma em si quer ouvir Ritmos Latinos: BOLERO, SAMBA, MAMBO e Ritmos mais modernos como ETHNIC, POP HOUSE, FUNK.

      NEMESYS
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: NEMESYS
      · votar


      Senti falta dos botões PADs pra gente disparar samples & Loops. E essa linha BK, no BK 5, por exemplo, tem tanta, mas tanta coisa boa!!! de baterias e timbres que chega a ser um pouco triste por termos de montar uma série de performances se quisermos disparar alguns desses ao vivo.

      Centenas de sonidos latinos:
      Ûuh do Mambo, Aaaaaaaaarrrrrrrrrrrrr, uma voz de um senhor mexicano que diz "Uno, Dos, Tres, Cuatro.
      Vários jogos de Percursão
      Chimbals e Pratos
      e vários disparos de efeitos,

      Ou seja DRUM KITS Nota 10!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      DuduXP
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      NEMESYS
      Centenas de sonidos latinos:
      Ûuh do Mambo, Aaaaaaaaarrrrrrrrrrrrr, uma voz de um senhhor mexicano que diz "Uno, Dos, Tres, Cuatro.
      Vários jogos de Percursão
      Chimbals e Pratos
      e vários disparos de efeitos,

      Essas coisas eu tinha no meu Juno Stage, isso não é novidade.

      Berg Varela
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Centenas de sonidos latinos:
      Ûuh do Mambo, Aaaaaaaaarrrrrrrrrrrrr, uma voz de um senhhor mexicano que diz "Uno, Dos, Tres, Cuatro.
      Vários jogos de Percursão
      Chimbals e Pratos
      e vários disparos de efeitos,


      O finado E-50 também tinha.

      NEMESYS
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: NEMESYS
      · votar


      Hahahahaha...

      Okokokok...
      Mas no meu VA-7 não tinha isso não!
      Tinha outras coisas interessantes e que também se repetem no E50, Junos, etc
      e nos BKs...

      Mas não tinha ninguém gritando o 'Ûuh' do Mambo, além de outros sonidos latinos.

      Mas nos sites de download para teclados, achei alguns samples variphrase interessantes como: Brasilsilsil... e alguns latinos que disparavam algumas frases do tipo: 'éres muy calyente' que mais pareciam as antigas fitas cassetes desgastadas 'chorando'

      André Luiz Keys
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      NEMESYS
      Senti falta dos botões PADs pra gente disparar samples & Loops
      Isso é resolvido com o recurso AUDIO KEY demonstrado nos vídeos acima.

      Além dos loops longos, pode-se disparar frases curtas como efeitos, etc.

      Berg Varela
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      André Luiz Keys

      Quando é que vai sair o manual em PDF do BK-9 ,pois a palheta de timbres e baterias descrita no manual é muito importante para minhas conclusões finais,

      Pode ser inglês mesmo.

      Mauro Candido
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      O manual em inglês já está disponível:
      http://www.roland.com/support/article/?q=manuals&p=BK-9

      Berg Varela
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Mauro Candido

      Valeu Mauro.

      Berg Varela
      Veterano
      # abr/13 · Editado por: Berg Varela
      · votar


      Algumas curiosidades das baterias do BK-9 segundo o manual em PDF.

      Num arranjador,as baterias e percussões(a cozinha)é um item dos mais importantes,até mais do que aquele piano super,cool,mega,hiper de certos teclados.

      As vezes quase esquecidos por sintetistas e tecladista de bandas,esses timbres de baterias e baixos é que vão ditar a qualidade,peso do seu trabalho,gravações,perante ao publico ou ouvintes.

      (BATERIAS)

      As 2 primeiras baterias do BK-9,o pedal(REG KICK 1),mas a caixa (REG.SNR 1),o cimbal(REG.CHH 1) e os tons(STUDIOT) é o mesmo da placa SRG-01,tem uma caixa nova chamada (TY RIM) na variação.

      StandardNew1
      StandardNew2

      RoomNew-Essa Bateria é uma mesclagem das bateria do GW-8 TY e WD,com uma caixa nova chamada de(MAPLE SNR) na variação,o cimbal e o outro pedal igual a das 2 de cima.

      Obs: Essas 3 bateria não são as mesma do JUPITER-80,mas tem alguns instrumentos iguais.

      As próximas 10 são encontradas no GW-8/PRELUDE/SONICCELL/JUNO-STAGE:

      Rock Kit 1
      Rock Kit 2
      HipHop Kit 1
      R&B Kit
      HiFi R&B Kit
      Machine Kit1
      Machine Kit2
      House Kit.
      Nu Technica.
      Percussion

      AS PRÓXIMAS 3 SÃO ESPECIAS PARA MIM,TIRADAS DA PLACA DE EXP SRG-01 DO G-70.

      StudioX Kit1-Tirada do FANTOM-X com destaque para o pedal (HUSH KICK) e caixa(TITAN SNR)(T.Snr RS)e cimbal (Reg.CHH 1) e os tons (STUDIOT).

      StudioX Kit2-Tirada do FANTOM-X é uma variação do StudioX KIT1 com destaque para caixa que é diferente(BR.SNR).

      Essas duas na minha opinião,são as melhores baterias que eu tive oportunidade de gravar e compor styles,a maioria dos instrumentos,são as que compões os kits do JUPITER-80

      SRX STUDIO-Tirada da placa SRX-03 Studio SRX,dispensa comentários,simplesmente perfeita e estar na SRG-01.

      As próximas 7 são as principais baterias no GW-8/PRELUDE/SONICCELL/JUNO-STAGE:

      WD Std Kit
      LD Std Kit
      TY Std Kit
      Kit-Euro:POP
      StandardKit1
      StandardKit2
      StandardKit3


      As próximas 6 são as principais baterias do E-50/60,as "NEW".

      New Pop
      New Rock
      New Brush Pop
      New Folk
      New Pop Perc
      NewPBrshPerc


      Obs:As "NEW" são as principais baterias do BK-5 Também,mas tem as 7 ai de cima do GW-8/PRELUDE na Drum List.

      Obs:O E-80 contem as baterias "NEW",mas as principais são as "V".
      O G-70 não tem as "NEW"as baterias principais são as "V".

      As baterias seguintes são tiradas dos modelos G-70,E-80,E-50/60,BK-5,BK-7m,G-800,E-96,G-1000,VA-76.

      Brush
      Brush 2
      Brush 2 L/R
      Jazz
      Jazz L/R
      Standard 1
      Standard 2
      Standard L/R
      Room
      Room L/R
      Hip Pop
      Jungle
      Techno
      House
      Power
      Electronic
      909 808 Kit
      TR-606
      TR-707
      TR-808
      TR-909
      Dance
      CR-78
      Orchestra
      Ethnic.


      As baterias seguintes são especificas dos modelos:

      Multi Drum somente BK-9,BK-5,BK-7m
      LatinDrmKit GW-8 Latin Collections
      Latin Menu1 GW-8 Latin Collections
      Latin Menu2 GW-8 Latin Collections
      Latin Menu3 GW-8 Latin Collections
      IndiaDrmKit GW-8 Asian Collections
      MidEastDrKit GW-8 European Collections
      Asia Menu GW-8 Asian Collection
      India Menu GW-8 Asian Colection
      IndoMix 1 E-80,E-50/60,G-70
      IndoMix 2 E-80,E-50/60,G-70
      IndoMix 3 E-80,E-50/60,G-70
      IndoMix 4 somente BK-9,BK-5,BK-7m
      Or. R&B E-80,G-70
      Or. Techno E-80,G-70
      Oriental 1 GW-8 Chinese Collections
      Oriental 2 GW-8 Chinese Collections
      Oriental 3 GW-8 Chinese Collections,E-80,G,70
      Oriental 4 GW-8 Chinese Collections,E-80,G,70
      Greek 1 somente BK-9,BK-5,BK-7m
      Greek 2 somente BK-9,BK-5,BK-7m
      SFX BK-5,BK7m,E-80,E-50/60,G-70

      SFX 2 E-80,G-70
      Rhythm FX E-80,G-70
      Rhythm FX 2 E-80,G-70
      Rhythm FX 3 E-80,G-70
      Kick&Snare E-80,G-70
      Kick&Snare2 E-80,G-70
      Asia E-80,G-70
      Gamelan 1 E-80,G-70
      Gamelan 2 E-80,G-70
      Cymbal&Claps E-80,G-70
      CM-64/32L. G-1000

      As Baterias "V" (G-70,E-80) não tem no BK-9.

      V-POP 1
      V-R&B
      V-FIESTA
      V-ROCK 1
      V-ROCK 2
      V-JAZZBRUSH
      V-VOXDRUM


      Faltou também as outras 3 baterias da placa SRG-01
      São ótimas e uma pena o BK-9 não ter essas aqui também.

      FS Standard
      FS Rock
      VA Standard
      essa aqui vai fazer falta.

      Lembrando que o BK-9 tem Tem EQ por peça da bateria.

      Mauro Candido
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      obrigado Berg Varela pelo resumo. Tendo em vista que o especialista da marca disse que vem com algumas coisas a mais do que o restante da linha BK, e com tudo que eu vi no manual, 5 conto nesse teclado tá bem pago.

      Rogertronics
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      A solução que encontrei para isso tudo foi:
      Fantom G, com samples do Motif XS (a maioria timbres acústicos), samples de bateria das SRX 07 e 08 e do XS -- conectado a um BK 7m.

      O detalhe é colocar o BK no modo Computer/ Sequencer, direcionar os canais para 8 canais do Fantom, e ainda sobram 8 canais para fazer splits e layers (tipo no modo LIVE)

      O saco é reprogramar os styles no sonar, mudar os bancos para os bancos USER e Preset do FG e converter o arquivo .mid do style no Style Converter do GW8

      Fica perfeito.

      André Luiz Keys
      Veterano
      # abr/13
      · votar


      Rogertronics

      Belo setup. Esse fim de semana usei um BK-7m em um evento que toquei sozinho e foi fantastico. Só elogios pro som desse pequenininho.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Novo Roland BK-9

      306.403 tópicos 7.907.115 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital