G.A.S dos 500 talkeis liberados para saque das contas do FGTS

Autor Mensagem
Buja
Veterano
# 31/jul/19 16:26 · Editado por: Buja
· votar


Del-Rei

Nao discordo de voce meu caro. Nem defendo a gonvernancia. Pelo contrario, estou a par de tudo isso.
Haja visto, que essa discursão toda no forum, é porque temos algum esclarecimento para falar e saber sobre isso.

Mas estou do lado dos 90 e cacetada % dos outros que não sabem nada.
Imagina, 90 e bordoada brasileiros, que estão de CLT a menos de 2 salarios, nao tem qualquer esclarecimento sobre isso.

O sonho deles é "trabalhar duro", igual pai ensinou que homem deve ser, comprar seu apto MRV 38m² dividido em 360 meses, pra chamar de seu, e queimar uma costela no fim de semana assistindo o estadual, com os amigos. E só.

Imagina esse cara, que ganha 2 salario, passar a ganhar 2 salarios + 8%, que nao vai melhorar a vida dele em nada, e no final de 20 anos, ao ser dispensado, perceber que 8% acumulados poderia ter feito uma diferença gigantesca na vida dele.

Ahh, mas o burro foi ele! Porque nao guardou os 8%? Justamente, por causa do aperto do dia a dia quem vive com 2 salarios ou menos, e tem aluguel, 2 mininos e tudo pra segurar nas costas. Esse cara nunca vai conseguir guardar 8% da renda por 20 anos. Nem com juros compostos, nem sem juro nenhum.

Se eles tivesse alguém com uma arma na cabeça dele todo fim do mes, mandando ele guardar 8% do dinheiro debaixo do colchão, e aos final de 20 anos devolvesse pra ele, ele iria idolatrar esse cara.

É isso que o governo faz. Claro, extorquindo até nao poder mais. Fazendo o cara de idiota. Almoço de graça nunca existiu. Nem governo bonzinho. Mas é um dos unicos planos que realmente faz jus ao nome: Fundo de Garantia de Tempo de Serviço. Querendo ou nao, essa arma na cabeça é o que salva essa gente toda no fim da vida, que depende de acerto, FGTS, e INSS pra comprar remedio.

Del-Rei
Veterano
# 31/jul/19 18:35 · Editado por: Del-Rei
· votar


Buja
Por todos os supostos benefícios que possa haver, ainda sou contra - pelo menos considerando o conhecimento que eu tenho sobre o assunto. Talvez tenham outros fatores que eu desconheça.

e aos final de 20 anos devolvesse pra ele, ele iria idolatrar esse cara.

Grandes coisas, Buja. O cara que nunca teve planejamento financeiro vai pegar esse dindin de torrar. Até porque possivelmente vai estar recebendo auxílio desemprego em paralelo. Vai mudar nada na qualidade de vida do cara.

Um aceno de longe!!!

HortaRates
Membro
# 31/jul/19 18:43
· votar


Del-Rei
Acho que se pá 1% das pessoas tem planejamento financeiro. O resto, seja rico, seja pobre, vive de salário em salário. Não é só aqui. A maioria dos americanos não têm $1000 dólares pra cobrir uma eventual emergência. https://www.cnbc.com/2019/01/23/most-americans-dont-have-the-savings-t o-cover-a-1000-emergency.html

Nesse sentido, eu acho a retenção do FGTS legal. Todo mundo que eu conheço que comprou imóvel só conseguiu dar a entrada por causa do FGTS. Agora, pra mim, eu preferia grana na mão.

Del-Rei
Veterano
# 01/ago/19 01:12
· votar


HortaRates
Todo mundo que eu conheço que comprou imóvel só conseguiu dar a entrada por causa do FGTS.

Cara, detesto ser o malvadão da história, mas quem não tem planejamento financeiro não deveria ter seu próprio imóvel, simples assim.

Não cabe ao Estado esse pseudo papel paternalista (que de paternalista não tem nada, visto que é muito útil ao governo confiscar essa grana do trabalhador, mas o Estado finge que a preocupação com o trabalhador é a principal razão do FGTS).

É muito surreal dar ao Estado o direito de fazer escolhas pelo trabalhador. É tão surreal quanto achar que o Estado cubano tem o direito de escolher sobre a liberdade de seu povo e mantê-los presos naquela ilha (óbvio que são situações distintas, mas tudo decorre de um poder excessivo do Estado).

Estado tem que se preocupar com saúde, segurança, educação, transportes, infra-estrutura nas cidades... Quer que o cara aprenda a guardar dinheiro? Ensine, escola está aí pra isso.

Um aceno de longe!!!

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 08:16
· votar


Del-Rei
Não é questão de ser malvadão, mas infelizmente parece que você não tem a menor noção da realidade. Sem ofensas.
O que você falou, em teoria, é lindo. Na prática, não tem a menor chance de funcionar.

Não é realista você esperar que uma pessoa que ganhe 2 salários mínimos e sustenta uma família de 4 pessoas ou mais vai ter planejamento financeiro. Você pode até falar "ah mas deveria ter". Só que realidade e a estatística vão chegar com um porrete e dar na sua cabeça. E essa é a realidade de 80~90% da população.

Não dá pra trabalhar com o que "deveria ser", fazer leis sobre "como as pessoas deveriam se comportar" e governar baseado no "como eu acho que tem que ser". As coisas tem que ser feitas baseadas na realidade, senão não funcionam.

Quer que o cara aprenda a guardar dinheiro? Ensine, escola está aí pra isso.
Mais uma vez... Você tem noção da realidade? Já entrou em uma escola pública?

LeandroP
Moderador
# 01/ago/19 08:21
· votar


Em suma, o FGTS foi uma contrapartida à supressão de um direito trabalhista, que era a Estabilidade Decenal.

Buja
Veterano
# 01/ago/19 08:54
· votar


Mas uma vez, concordo com o Del-Rei. É assim mesmo que deveria ser. Nao tem estado bonzinho. 8% retido lá, faz eles giragem a grana e render juros. Mas o juros nao é repassado ao funcionario. Logo, eles so ganham. Ninguem é besta.

Mas o Horta ta certo. Eu tenho algum planejamento financeiro HOJE, aos 32 anos. Nao tive antes porque pai nao ensinou e escola tambem nao. E pai nao aprendeu porque nem escola ele teve.

Entao, dos 16 aos 32 so joguei dinheiro no lixo.
Nao, perai, alguns reais foram jogados em guitarras!
Mas o resto, so nos burgers kings da vida, que ja defequei faz anos.

É isso que o brasileiro faz. Pega dinheiro, ve a lavadora dando pt, corre nas casas bahia e compra em 12x no carnê.
Dai, a conta aperta, começa a ficar estressado, pega bico fim de semana e
vira madrugada. Fica cansado, nao rende no emprego, é mandado embora.
Pega o FGTS, e quita tudo.

Essa é a realidade. Se nao fosse, nao dava filas em frente a CEF.
Se pelo menos 40% da populacao fosse esclarecida financeiramente, o Brasil era pais de primeiro mundo, com certeza absoluta.
Nao o é, nao é so por causa da corrupção. A maior parte é falta de educação.

E escola ta ai pra isso. É verdade. Que escola ????
Essa que a gente faz até o ensino médio?

renatocaster
Moderador
# 01/ago/19 10:19
· votar


Sobre essa questão de poder usar o saldo do FGTS para financiar imóvel, eu acho que vou na contramão não só da galera daqui, mas sim da grande maioria da população como um todo. Não tenho fetiche algum em ter meu "imóvel próprio" nesses moldes de financiamento pela Caixa.

Buja
Veterano
# 01/ago/19 10:45
· votar


renatocaster

Eu tambem nao. Ja morei em 2 aptos alugados tipo mrv, e digo: aquilo jamais vale mais do que 50 mil.
Sao minisculos, frageis, nao tem bloqueio nenhum contra barulho, e eles vem bem stock assim, pra ficar bom tem que colocar mais muitos mils nele.
Trocar piso, janelas, portas, pia, banheiro, acabamento geral, e eletrica.
Tudo vem bem ruinzinho e fraquinho.

De fato, até cheguei a comprar 1 na planta, e vendi quanto tava quase pronto. Bom que nao precisei colcoar o FGTS na jogada, porque era so depois da chave na mao. So paguei entrada mesmo, parcelada, e vendi tambem ganhando uma beiradinha atoa.

Nao vale a pena mesmo. Mas as pessoas compram porque as vezes é uma forma de investir em algo, ou até pra ter algo, ja que comprar lote, material e pedreiro nao ta mole mesmo.

BrotherCrow
Membro Novato
# 01/ago/19 11:01
· votar


Buja
Nao o é, nao é so por causa da corrupção. A maior parte é falta de educação.
Concordo em parte. Educação financeira é sempre bom, mas não tem educação financeira que possa salvar o cara que não ganha o suficiente pro básico.

A renda per capita do brasileiro é, na média, uns 1400 reais. Já acho punk alguém sustentar uma família com isso. Mas aí é a MÉDIA. Tem gente que ganha muito mais e tem gente que ganha muito menos, inclusive variando muito de um estado pra outro. O salário mínimo de mil reais não é o suficiente pra viver razoavelmente bem sem se endividar.

Até ano retrasado eu pagava 4 mil por mês só de escola pra minha filha. E isso porque eu acho que investir em educação é essencial, ou seja, não estou torrando com besteira. Pensar que tem gente sustentando família com 25% disso me dá um aperto no coração. Não acho que educação financeira resolve nesses casos (obviamente ajuda, mas resolver?).

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 11:01
· votar


Buja
A maioria das pessoas acredita que pagar aluguel é "jogar dinheiro fora", que tá pagando "mas não tá adquirindo patrimônio", e cai no conto do financiamento.
Aí compra um AP, paga com parcelas caras em 30 anos, e no final acaba pagando 3 apartamentos.
Enquanto se tivesse morado de aluguel num AP de mesmo padrão, e investido a diferença entre a parcela do financiamento e o aluguel, poderia ter o dinheiro pra compraram o mesmo AP a vista em 20 anos.

LeandroP
Moderador
# 01/ago/19 11:15
· votar


HortaRates
Aí compra um AP, paga com parcelas caras em 30 anos, e no final acaba pagando 3 apartamentos.

Você sabe quanto custa uma parcela e o aluguel do mesmo apartamento?

Buja
Veterano
# 01/ago/19 11:15 · Editado por: Buja
· votar


BrotherCrow

Realmente me da um aperto. Mas sabe....vivem!
Pai é pedreiro e mãe domestica, acho que ambos nunca ganharam juntos mais do que 2 mil em poder de compra. Criaram 2 filhos, colegio publico, e todo aperto que se sabe que é.

Eu e minha irmã começamos a trabalhar cedo, aos 12 faziamos algo. Eu vendia tapete que a irmã da igreja fazia. Vendia a 10 reais, ela tirava 8 e eu dois. Minha irmã limpava as casas com mae depois da escola. Mae tirava
100, ela tirava 10. Ganhava bem mais que eu hahaha.

Tanto porque arroz e feijao nunca faltou, mas nao tinha pra comprar aquele nokia 3310 que eu tanto queria, nem aquela calça jeans legal que minha irma queria.

Fizemos 16, fomos para o mercado, como a maioria faz mesmo.
E dai pra frente, nos bancamos, crescemos, casamos, vida que segue.
Hoje pai e mae juntos ganham os mesmos 2 mil em poder de compra, e ja fizeram 2 viagens internacionais, fora as aqui dentro.

As familias vivem assim, é no aperto mesmo. Mas antigamente nao existia facil fatura de cartao de credito, tv a cabo, telefone com 4g, carro era mais raro, plano de saude era sus mesmo, casa mesmo que 3 comodos, mas era propria, nao aluguel. Coca cola so final de semana com parentes. De resto era limonada mesmo. Acho que muito por causa disso que antigamente se vivia com pouco e se fazia muito.

Buja
Veterano
# 01/ago/19 11:17
· votar


HortaRates

É a inteligente que muitos nao tem, ou o sistema faz com que nao seja facil ver isso. Hoje com a midia digital, ta se ficando mais esclarecido isso.
Acho que daqui uns 10 anos, esse negocio de booooom imobiliario vai cair bastante.

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 11:43
· votar


LeandroP
Sim. Pegando o apartamento que eu alugo para morar como exemplo, o aluguel custa x. A parcela do financiamento, jogando o valor do AP pra uma estimativa muito otimista, é 1,5x, simulando online.

Buja
Veterano
# 01/ago/19 11:48 · Editado por: Buja
· votar


Tipo, voce compra um apto de 200 mil.
Vai pagar 300mil. 1,5x segundo o Horta.
Em 30 anos, parcelas de 834,00.
Com juros, sem falar que se joga FGTS em cima como entrada, que so serve pra engordar o bolso da construtora, parcelas de 1000.

O mesmo apto voce paga 500 ao mes de aluguel.
Com outros 500 voce, juntando em 20 anos tem 120mil + juros em cima.
Dê isso de entrada num apto + FGTS engordado de 20 anos, e o compra quase que a vista.

Em 20 anos, terá um apto quitado, ou inves de 30 anos.

Del-Rei
Veterano
# 01/ago/19 12:43
· votar


HortaRates
O que você falou, em teoria, é lindo. Na prática, não tem a menor chance de funcionar.

Não tem porque o Estado não quer.
Simples assim.


Mais uma vez... Você tem noção da realidade?

Claro que tenho. O mesmo Estado que não dá saúde nem educação, depois quer dar uma de bonzinho e dizer que criou um fundo de reserva pro cara (sendo que o próprio Estado usa e abusa desse fundo de reserva e não aplica nenhuma correção monetária decente... rs).

É o governo que não ensina a pescar, mas pra fingir que é bonzinho chega com uma sardinha magrela de esmola. Isso é uma piada.


Já entrou em uma escola pública?

Até meu ginásio (8ª série) estudei em escola pública perto de casa. Mas acredito que há 25 anos atrás a coisas era um pouco menos pior que hoje.

Não é questão de discutir realidade, mas sim a postura do governo quanto a isso. Daqui a 20 anos vamos estar discutindo os mesmos "direitos" trabalhistas, enquanto os trabalhadores vão continuar na merda. Nada muda.

E não estou falando de Bolsonaro, Temer, Dilma, Lula, FHC.... Isso sempre foi assim.

Um aceno de longe!!!

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 13:02
· votar


Del-Rei
Eu não entendi não. Como assim "porque o Estado não quer"?
O que o Estado poderia fazer pra dar saúde e educação de qualidade pra todos?
Eu não acho que é falta de vontade, é falta de dinheiro. Nosso PIB per capita é RIDÍCULO. Dado a limitação de recursos que temos, a abrangência do nosso sistema de saúde e educação é excepcional.
O Estado infelizmente não pode cagar dinheiro e nem dobrar o PIB de um dia pro outro. E todos os governos até agora tentaram, de alguma forma, tentar aumentar o PIB. Pouquíssimos conseguiram.

Buja
Veterano
# 01/ago/19 13:05
· votar


HortaRates

Isso vem de uma cascata de laaaaaaaaaaaaaaa nao sei quantas decadas atras. Roubo e corrupcao em cima de roubo e corrupcao. Nao tem governo que hoje, numa gestão de 4 anos, consiga resolver o que vem de decadas.
Por isso, o PIB é baixo e falta grana. É o meu ver.

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 13:14
· votar


Buja
Galera gosta muito de botar toda a culpa em roubo e corrupção. Ok, é um problemão e sempre teve aqui atrapalhando, mas acho que, no geral, o pessoal não tem muita noção de escala.
O nosso PIB foi de 1,8 TRILHÃO de dólares em 2018. Por mais que roubem e roubem, é muita grana pra fazer um dente roubando.
O nosso problema é a educação deficitária. E é querer resolver os problemas de agora sem pensar no futuro.
Se 50 anos atrás começassem a investir 10x mais em educação, hoje seríamos um país de primeiro mundo. É a minha opinião.

Del-Rei
Veterano
# 01/ago/19 13:19
· votar


HortaRates
O que o Estado poderia fazer pra dar saúde e educação de qualidade pra todos?

Cara, eu te juro que fiquei meio pasmo com essa sua pergunta.


O Estado infelizmente não pode cagar dinheiro

Sobre essa afirmação, a gente pode desenvolver um mega debate, mas preciso saber se você gostaria de começar a falar dos desvios bilionários decorrente de corrupção, dos desperdícios decorrentes de péssimas gestões, ou órgãos e cargos criados pra apadrinhamento.... Porque somando isso tudo aí, já resolve muita coisa.

Um aceno de longe!!!

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 13:32
· votar


Del-Rei
Leia meu comentário acima.
Mesmo que tivéssemos o governo mais eficiente e não houvesse corrupção nenhuma, isso dificilmente faria muita diferença no nosso PIB.
O problema não é so gastarmos muito, mas também é que geramos muito, muito pouco. Não adianta economizar, ainda vai ser pouca grana pra gastar em infraestrutura pro tamanho de população que temos.
Nos últimos anos todo mundo caiu no conto "a corrupção é o maior problema do Brasil". E isso serviu a muita gente que hoje é poderosa. Mas é uma mentira. O maior problema do Brasil é a falta de investimento em educação.

Del-Rei
Veterano
# 01/ago/19 13:54
· votar


HortaRates
O maior problema do Brasil é a falta de investimento em educação.

Ué.
E você acha que se a corrupção fosse minimamente moderada (esperar 100% honesto é utopia) não teria dinheiro pra investir forte em educação? Cara, o montante de desvio de dinheiro público está na casa do bilhão por ano - B I L H Ã O . A gente é um país MUITO rico, embora você não acredite, cara. Mas aplicamos de forma ridícula o dinheiro.

É muito cômodo pro governo dizer que não há dinheiro e assim passa a impressão de que não tem como resolver os problemas. Lindo.

O problema não é so gastarmos muito, mas também é que geramos muito, muito pouco.

É por isso que eu fico puto quando o governo inventa de priorizar políticas sociais tipo cotas em universidades. Não adianta bosta nenhuma, é uma medida meramente eleitoreira. Na prática não muda a quantidade de empregos gerados. Aí o cara sai da faculdade com um diploma e não tem emprego.... Maneiro.

O que gera emprego é a fomentação da indústria interna, incentivo ao empreendedorismo... Mas o que o governo faz é sempre o inverso, cada vez menos incentivo a alguém tentar abrir um negócio e gerar empregos. Tem que ter estômago pra entrar nessa hoje em dia.


Um aceno de longe!!!

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 14:09
· votar


Del-Rei
A gente é um país rico. Em termos absolutos isso é verdade. O problema é que quando pega essa grana e divide entre essa população imensa, sobra muito pouco pra cada um.
A corrupção tá na casa do bilhão por ano... Sabe qual a diferença que 1 bilhão faz na nossa economia e na nossa infraestrutura em um ano? NENHUMA.
É o equivalente a achar que se você economizar mais 50 reais por ano vai te ajudar a comprar uma Ferrari. É cômico

Você falar que medidas sociais são apenas eleitoreiras é um absurdo. Faz toda a diferença pras pessoas que precisam. Tenho amigos que foram os PRIMEIROS negros em 20 anos de um curso em uma federal por causa da cota. E eles eram os melhores alunos. Pimenta no c* dos outros é refresco, não é mesmo?

BrotherCrow
Membro Novato
# 01/ago/19 14:11
· votar


HortaRates
O nosso problema é a educação deficitária. E é querer resolver os problemas de agora sem pensar no futuro.
Se 50 anos atrás começassem a investir 10x mais em educação, hoje seríamos um país de primeiro mundo. É a minha opinião.

O Brasil investe mais em educação do que a maioria dos países de primeiro mundo (em porcentagem do PIB). Mais do que França, Japão, Canadá, EUA, Reino Unido...
Educação não se resolve jogando dinheiro no problema. Tem que haver conscientização, e aplicar o dinheiro direito.

LeandroP
Moderador
# 01/ago/19 14:12
· votar


Buja
O mesmo apto voce paga 500 ao mes de aluguel.

Aonde tem apto de 500/mês de aluguel?

Não estou querendo dizer que não exista. Pode ser que exista mesmo.

Na minha cidade, uma casa com quarto/cozinha/banheiro, sem acabamento e sem garagem, na periferia da periferia é no mínimo 1000 por mês.

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 14:22 · Editado por: HortaRates
· votar


BrotherCrow
O Brasil investe mais. Mas números absolutos não importa. O que importa é o investimento PER CAPTA. TODOS esses países que você falou tem a população MUITO menor que a nossa. O Japão que é o maiorzinho tem um pouco mais da metade da nossa população.
Além disso, o Brasil passou a aumentar o investimento em educação recentemente. E já voltou a diminuir. Isso são medidas que só dão efeito em longo prazo.

BrotherCrow
Membro Novato
# 01/ago/19 14:42
· votar


HortaRates
O Brasil investe mais. Mas números absolutos não importa.
Não são números absolutos, é em porcentagem do PIB. Mas sim, concordo que o investimento per capita fica prejudicado na conta final .

O meu ponto é que o investimento em educação no Brasil precisa ser repensado e reestruturado pra ser mais eficiente. Principalmente na educação fundamental. Aqui nos EUA tem ensino fundamental de qualidade, grátis, super difundido... mas se quiser fazer faculdade tem que pagar, e é caro pra cacete. Não estou dizendo que esse modelo é o ideal (o povo sofre pra pagar as dívidas de faculdade), mas acho que o Brasil devia priorizar mais o ensino fundamental.

Buja
Veterano
# 01/ago/19 14:53 · Editado por: Buja
· votar


LeandroP
Aonde tem apto de 500/mês de aluguel?

Onde eu morei a 4 meses atras.
Apto da MRV, 2 quartos, vaga na garagem. 500 aluguel, 200 condominio.
Mas nas nossas contas aqui, condominio nao entra porque tanto alugado como proprio, a gente tem que pagar.

Na minha cidade, uma casa com quarto/cozinha/banheiro, sem acabamento e sem garagem, na periferia da periferia é no mínimo 1000 por mês.


Mas casa aqui tambem é caro. Pode ser até barração.
Mas apto nao é tao caro assim.

Hoje, onde moro pago 1000 por mes (com condominio!).
Agua quente em todas as torneiras inclusive no chuveiro, Gas imbutido, 1 vaga de carro e 1 de moto em garagem coberta, elevador e servico de apto (que inclui o cara da guarita pegar sua pizza no portaria e levar no seu apto, e pegar o lixo da sua porta todo dia de manha e levar para a lixeira.)

HortaRates
Membro
# 01/ago/19 14:59
· votar


BrotherCrow
Eu concordo plenamente. Investimos muito no ensino superior se compararmos com o ensino básico.
Mas eu acho que é o investimento no ensino básico que tem que aumentar, e não diminuir o investimento no superior.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a G.A.S dos 500 talkeis liberados para saque das contas do FGTS