Gibson põe à venda o imóvel da sua famosa fábrica em Memphis/TN

Autor Mensagem
Lelo Mig
Membro
# out/17
· votar


JJJ

O MMI ta no leilão.

Del-Rei
Veterano
# out/17
· votar


JJJ
Cara, a primeira pessoa quem pensei quando criei o tópico foi o MMI.


Realmente eu me pergunto o que houve de errado com a Gibson. Acho que meteu os pés pelas mãos. Possivelmente, pra contornar alguma situação financeira capenga, resolveu agradar a todos e começou a atirar pra tudo que é lado, criando modelos esdrúxulos, e tenho a impressão que em meio a essa loucura, o controle de qualidade foi deixado em segundo plano.

Muitas reclamações recentes sobre as guitarras de 2016 pra cá. E aquele papo da guitarra com headstock rachado no site.... Eu não cheguei a ver isso, apenas notícias. Não sei se é verdade ou boato...

Um aceno de longe!!!

Lelo Mig
Membro
# out/17
· votar


Del-Rei

Na boa, com todo o respeito e não chamando nossos colegas de mentirosos, mas eu não posso acreditar que uma empresa tradicional e quase secular como a Gibson iria colocar guitarra com headstock rachado no site. Na boa, isso é lenda ou site hackeado.

Se for real, então passou da hora de falir.

renatocaster
Moderador
# out/17 · Editado por: renatocaster
· votar


Nos anos 70 e 80 o grupo (Norlin) que detinha a marca Gibson quase a levou à falência por má gestão dos negócios, algo parecido com o que a Fender passou com a era CBS. Inclusive, foi nesse tempo aí que surgiu a Heritage Guitars.

No período da Norlin eles mudaram de Kalamazoo para Nashville, e foi aí que começou o declínio na qualidade. Pesquise no ebay por "Gibson Norlin era" que vc achará coisas bizarras desse período. Eis aqui um exemplo, hehehe.

Acho que a "crise" atual é diferente dessa do período da Norlin. Vejo mais essas mudanças como uma forma de se readequar ao mercado. Mas apesar de tudo, eles tem vacilado um pouco no controle da qualidade sim. Não é difícil encontrar por aí relatos que evidenciam isso.

JulianoF.
Membro Novato
# out/17
· votar


Lelo Mig
Era real, semana passada, a foto da parte de trás LP Traditional, estava com uma marca estranha para caramba no headstock.

Na real, o que aconteceu, foi que colocaram a foto crua, antes do photoshop, então a iluminação estava bem estranha, talvez nem fosse rachadura, mas basta parecer, para ser, nestes tempos de justiceiros de rede sociais.

Casper
Veterano
# out/17
· votar


O fato é que o mundo tem mais guitarras
em circulação que pessoas interessadas
em utilizar esse instrumentos. O que é
um problema enorme para os fabricantes,
certamente...

Buja
Veterano
# out/17
· votar


E tambem, complementando o que o véio Casper disse
e tambem já dito, guitarras, mesmo as mais simples, são um
bem até bem durável. Uma guitarrinha de menos de 1000 reais
pode durar décadas.

Imagina o cara que investiu numa Gibson em 2000 e descobre
que a cada ano que passa, a guitarra fica mais macia, melhor
e no caminho pra se tornar vintage, e portanto, mais cara?
Hmmm....desconfio que um mercado assim possa ser sustentável.

MMI
Veterano
# out/17
· votar


Poxa, eu estava quieto aqui, achei que não tinha nada a acrescentar... kkkkkk

Essa notícia já era bastante especulada há um bom tempo. Cheguei a ouvir falar no fechamento da fábrica de Nashville, mas aí não acreditei mesmo.

Eu já estive nesta fábrica, talvez tenha ido ali uma meia dúzia de vezes quando passei por lá, era irresistível. É numa área central, um pouco degradada, mas um tanto turística, em plena Beale Street - a rua dos bares e apresentações das bandas (e que bandas!), onde B.B. King começou a carreira (ali teve um programa de rádio onde era o Blues Boy King, por exemplo, e para onde foi ao largar os campos de algodão) e onde abriu um dos seus primeiros bares da rede atual. Enfim, é uma quadra inteira, bem grande, numa área central importante, para uma produção pequena. Imagino que de fato seja uma planta cara.

Dito isto, estamos falando de um grande conglomerado de instrumentos musicais, não só guitarras Gibson. Isso em um país que teoricamente tem as melhores faculdades de "Business" do mundo. Mais ainda, eles tem os números do negócio. O que eu acho? Pouco importa, eles devem estar certos e com razões concretas, mas vou guardar com carinho a lembrança de ter ido lá. Acredito muito mais nisso do que nos "pitacos" que vejo, com teorias conspiratórias. Falir? Ainda não...

Buja
Veterano
# out/17
· votar


MMI
Falir? Ainda não...
Concordo.

Falir é um termo meio pesado. Até hoje já vi alguns nomes falirem, mas nao as empresas. As vezes é so questão de negocios, como tudo sempre é, um jogo...

Del-Rei
Veterano
# out/17 · Editado por: Del-Rei
· votar


Lelo Mig
JulianoF.
Eu continuo com minhas dúvidas... Pra uma foto ser publicada no site é um procedimento que passa por uma quantidade razoável de pessoas... E todas elas teriam deixado passar uma rachadura...?

Você mesmo viu, no site, JulianoF.?

renatocaster
Hehehehe.
Li algo a respeito dessa gestão Norlin, e pelo que dizem, foi uma época punk, rsrs.


Vejo mais essas mudanças como uma forma de se readequar ao mercado.

Sem entrar na questão do controle de qualidade, acho que essa readequação ao mercado tem resultado em algumas coisas bizarras. Tipo essas tais Custom's “Axcess” Les Paul.


MMI
Pô, pensei que você fosse discorrer um tratado sobre a situação atual da empresa, como nomes no ventilador e tudo... rsrsrs.
Eu pretendia, em algum momento da vida, conhecer essa fábrica. Mas acho que não vai rolar. Também não acho que vá falir, e espero que essa fase passe. Já li relatos de gente dizendo que as linhas de 2016/2017 estão praticamente todas comprometidas e nunca sei se estes relatos são verdadeiros ou exagerados.

Um aceno de longe!!!

renatocaster
Moderador
# out/17
· votar


Del-Rei

Sem entrar na questão do controle de qualidade, acho que essa readequação ao mercado tem resultado em algumas coisas bizarras. Tipo essas tais Custom's “Axcess” Les Paul.

Pô, rsrsrs...eu sou suspeito pra falar, pq eu me amarro em guitarra com visual assim, ferragens pretas e cores fluorescentes, meio "cheguei", hehehe.

Isso me parece a Gibson querendo competir com as "superstrats" de outras marcas. Tem uma coisa daquele visual mais oitentista voltando à moda, então acho que é mais nesse sentido.

Só que tipo, é uma estratégia meio arriscada, pois normalmente os fãs de Les Paul são mais conservadores. Les Paul com Floyd Rose não chega a ser uma novidade, mas com esse visual mais chamativo é bem controverso.

JulianoF.
Membro Novato
# out/17
· votar


Del-Rei
Você mesmo viu, no site, JulianoF.?

Sim, vi o tópico no TGP, e abri o site eu mesmo, e estava lá a foto.
Como eu disse, é uma foto não tratada, então talvez nem seja uma quebra, só uma luz estranha.

https://www.gearnews.com/gibson-les-paul-traditional-2018-now-pre-crac ked-headstocks/

Aqui tem a foto, mas está ampliada, no site era menor.

Delson
Veterano
# out/17
· votar


renatocaster
Les Paul com Floyd Rose
HERESIA

Buja
Veterano
# out/17
· votar


http://www.tommyguitars.com/i//DSC00166.JPG

renatocaster
Moderador
# out/17 · Editado por: renatocaster
· votar


Delson

Bom, aí vc já tá mexendo com o Titio Lifeson, então não vou nem me meter, rsrsrs

Ordinaire
Membro Novato
# out/17
· votar


Del-Rei
JulianoF.

Eu também gostaria de acreditar que é só um efeito de luz e tals, mas depois disso aqui https://www.gearnews.com/gibson-les-paul-standard-chipped-damaged-site / fica difícil....

Buja
Veterano
# out/17
· votar


https://www.gearnews.com/gibson-les-paul-traditional-2018-now-pre-crac ked-headstocks/

NeoRamza
Veterano
# out/17
· votar


renatocaster
Bom, aí vc já tá mexendo com o Titio Lifeson, então não vou nem me meter, rsrsrs

Só ele pode, mais ninguém.

Del-Rei
Veterano
# out/17
· votar


JulianoF.
Buja
Entendi...
Parece até montagem isso, porque nitidamente a tarraxa está cobrindo parte do serial, o que deixa a situação pior ainda. Se não tiver sido hackeado o site, a coisa deve estar mesmo braba.

Ordinaire
O site da Gibson tá fora há um tempo já.
Esse modelo tem na Guitar Center com fotos normais.
http://www.guitarcenter.com/Gibson-Custom/2017-Limited-Run-Les-Paul-St andard-Plain-Top-Electric-Guitar-Oxford-Gray-Cream-Pickguard-150000014 1518.gc


renatocaster
normalmente os fãs de Les Paul são mais conservadores

Tipo eu, rsrsrs.

Um aceno de longe!!!

Buja
Veterano
# out/17
· votar


Esse modelo tem na Guitar Center com fotos normais.
Guitarra cor de cimento...curti nao, mas minha esposa iria ficar louca pra colocar na parede hehe

Del-Rei
Veterano
# out/17
· votar


Buja
Hehehe.
Também não curti.
Curti menos ainda o preço... $4.8K!! - Fora aqueles impostinhos locais.

Mas aquele hardcase marrom com a parte interna rosa é lindão, hehe.

Um aceno de longe!!!

Buja
Veterano
# out/17
· votar


Del-Rei
Eh mesmo, hardcase lindão o/

makumbator
Veterano
# out/17 · Editado por: makumbator
· votar


Não sei se merece um tópico a parte, mas a parte de eletrônicos musicais e áudio da Carvin fechou as portas esse mês (então não fabricarão mais amps, pedais, mics, PAs, potências, falantes, etc...). Resta ainda a outra parte, dos instrumentos musicais propriamente ditos (que no fundo era outra empresa, pois haviam se separado):

https://www.guitarworld.com/gear/carvin-audio-closes-factory-will-liqu idate-assets#.Wd2DJqPSp3Q.facebook

Aqui a promoção de 25% de desconto pra limpar o estoque:

https://carvinaudio.com/pages/guitar-amplifiers

MMI
Veterano
# out/17
· votar


Del-Rei

Nomes não tenho... Acho que o Sr. Henry Juszkiewicz de bobo não tem nada, apesar das críticas que se acha na internet. O cara salvou a Gibson, virou um conglomerado que atua em vários ramos do mercado musical. Acho, realmente, que ali deve ser um local caro para pouca produção - isso que é uma quadra inteira, como falei. Não tenho os números e as possibilidades de juntar essa planta com a de Nashville ou de Montana.

Entram questões empresariais aí também... Essa foto do headstock quebrado, por exemplo. Pelo jeito aconteceu, mas vai saber, está fora do ar, não sei se foi alguma cag@da de fotógrafo e equipe, se foi hacker, se foi sacanagem, sabotagem... Sei lá. O fato é que tem muita coisa envolvida que foge da minha análise, eu realmente não sei, tem muita coisa envolvida. Sei que se a questão é administrativa, lá é a terra de Harvard, Columbia, MIT, UCLA, Berkeley... Tem muita gente brilhante, boa, que sabe muito ali. Pelo menos a maioria dos caras que eu conheço que passaram por lá, são fora da curva. Um deles está lá agora, já é milionário antes dos 30 anos por iniciativa própria (não é papai não...). Então tem gente muito capaz para assessorar um conglomerado como a Gibson. Acho que se esta decisão foi tomada, está muito bem pensada.

Talvez abram a visitação outra fábrica, junto com uma loja de fábrica. Acho que sua visita ainda tem uma esperança... Se bem que visitar luthiers e fábricas é bacana, tem muitos outros lugares e pessoas que se pode aproveitar até mais, mas sem a mítica do logotipo Gibson. Hoje mesmo um luthier me mandou um vídeo com um Buckeye Burl maravilhoso, coisa que você não vai ver numa visita a Gibson. Então tem possibilidades e questões envolvidas, estão muito fora do nosso alcance discutir.

Tive a honra de tomar uma brejo com você. Assim como você conheci outros daqui que não são mais um nick. Assim, um amigo, que também é usuário daqui, está em contato e conversando bastante com a Gibson. Ele está fazendo um projeto customizado na Gibson CS, escolheu madeiras, tipo, formas, trastes... Ele me adiantou algumas coisas dessa decisão de fechar a fábrica, além de discutir o projeto que é muito legal. Bem à distância, estou acompanhando esta empreitada e opinando, parece que este ano ainda vai sair. Isso eu acho excepcional, o cara realizando o sonho de Gibson dele. Com certeza está sendo atendido e a Gibson atenderá muitos outros sonhos ainda.

Abç

NeoRamza
Veterano
# out/17
· votar


MMI
Aí que tá. A Gibson realmente é uma baita marca, mas isso é meio restrito à CS na minha opinião. As linha USA é outra coisa completamente diferente, apesar do mesmo nome. Apesar do mesmo logo Gibson nos headstocks, Gibson USA tá longe (muito longe) de Gibson CS. Eu já vi muita bizarrice na linha USA, inclusive fui vítima de uma. A meu ver a Gibson USA é bem mais ou menos, e entrega muitas coisas desapontadoras em relação ao valor. Na minha experiência (que é pequena, confesso), muitas outras marcas entregam guitarras muito melhores pelo mesmo preço, como PRS e Ibanez por exemplo, e até mesmo Fender, e isso pra não citar marcas menores e luthierias.

MMI
Veterano
# out/17 · Editado por: MMI
· votar


NeoRamza

Inclusive CS. Este amigo que está fazendo o projeto pegou uma reissue com defeito. Já vi várias CS estranhas...

Algumas coisas não deviam acontecer em nenhum caso. Só que se você for pensar em "defeitinhos" de fabricação, não pense em pegar como modelo nenhuma guitarra da década de 50. Vishhhh... kkkkkkk

Aí te pergunto... O ideal é CNC? Ou bizarrices? Não sei te responder. kkkkkkk

renatocaster
Moderador
# out/17 · Editado por: renatocaster
· votar


makumbator

a parte de eletrônicos musicais e áudio da Carvin fechou as portas esse mês (então não fabricarão mais amps, pedais, mics, PAs, potências, falantes, etc...).

É uma pena, pelo menos na parte de amps, que eu conheço um pouco mais, era bem forte. Tem muita coisa legal, acho que o mais conhecido é daquela linha Legacy do Steve Vai. Inclusive ele vinha usando amps da Carvin há muitos anos.

Que coisa! O.o

JJJ
Veterano
# out/17
· votar


Pra mim, o tiro de morte foi esse:

A coisa mais feia em termos de guitarra, dos últimos tempos.

Les Paul deu três voltas no túmulo, quando viu isso lá de cima...

renatocaster
Moderador
# out/17
· votar


JJJ

Pra mim, o tiro de morte foi esse:

A coisa mais feia em termos de guitarra, dos últimos tempos.


Esse verde abacate ficou ó....uma "buesta", kkkkkk...

Del-Rei
Veterano
# out/17
· votar


makumbator
Não sei se merece um tópico a parte, mas a parte de eletrônicos musicais e áudio da Carvin fechou as portas esse mês (então não fabricarão mais amps, pedais, mics, PAs, potências, falantes, etc...).


Acabei de receber um email da ProGuitarShop.
Nem acreditei:

"To our valued customers,
It is with a heavy heart that I share with you the news that I am winding down the ProGuitarShop retail operation. While closing the business was a difficult decision, I am pleased to announce that the PGS and Tone Report legacy, built by my late husband Aaron, will continue.

Reverb.com and Andy Martin have partnered to carry the torch, continuing to support and produce the PGS and Tone Report content you’ve all grown to love. Andy will keep producing videos, and you can expect fresh articles on new and vintage pedals, as well as so much more.

Starting Oct. 27th, remaining inventory can be found in the ProGuitarShop Warehouse Sale on Reverb.

I want to personally thank every one of you for supporting the community we’ve built over the years. We couldn’t have done it without you, and I’m so happy to know there are many more exciting years ahead.

As always, play ‘til your fingers bleed,

Kelly Miller"


Um aceno de longe!!!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Gibson põe à venda o imóvel da sua famosa fábrica em Memphis/TN