Ponte trêmolo estilo "Strato" - qual?

Autor Mensagem
Penta_Blues
Moderador
# jul/07 · Editado por: Penta_Blues
· votar


Boa tarde!!!

crocodigo
Essa eh a parte a q me rferi como "pedacinho da chapinha de metal dobrada pra cima"
Imaginei que fosse isso, só que não são todos assim "dobrados"...rs
Cara, isso se chama saddle, ou os famosos "carrinhos". A influência deles é apenas sobre a altura das cordas e sobre a regulagem das oitavas da guitarra. Os saddles não vão alterar a tensão das cordas já que estas apenas repousam sobre eles. No entanto, as molas que se localizam na ponte (atrás do corpo da guitarra, por baixo de uma tampa que existe lá) estarão exercendo tensão sobre a ponte e não sobre os saddles e, portanto, sofrerá e exercerá influência diferente no equilíbrio da ponte caso existam ou não existam cordas instaladas na guitarra.

pq o q provoca o "estica/afroxa" das cordas eh o "vai-e-vem" desse pedacinho pra cima,
Acho que vc está enganado, meu camarada.
O que provoca o "estica/afrouxa" é a ponte como um todo não os saddles. Repare que ao usar a alavanca a base da ponte, e consequentemente os saddles que estão em cima desta base, se move e não apenas os saddles.
Valeu!!!

crocodigo
Veterano
# jul/07
· votar


Penta_Blues

Meu, deixa quieto. Eu não to sabendo explicar direito...

Karlay
Veterano
# jul/07
· votar


Que tal fazermos uma lista das pontes de qualidade existentes no mercado?

crocodigo
Veterano
# jul/07
· votar


Karlay

ok. vou começar com uma: ponte do rio q cai

UGO_RJ
Veterano
# jul/07 · Editado por: UGO_RJ
· votar


GAMMOTH

cara, apenas trave a ponte para ela só ir pra frente, pronto

GAMMOTH
Veterano
# jul/07
· votar


crocodigo: Eu entendí o que você uis dizer, mas não tem nada a ver, uhuahah! Aquela chapinha não entorta nem a pau!

Penta_Blues: Acho que você não entendeu direito. Eu vou MANDAR FAZER uma guitar. A partir desse momento, posso imaginar que uma dessas Wilkinson flutuantes pode ser montada num corpo sendo que, na posição horizontal correta de funcionamento, ela se recoste no corpo e as molas não atuem mais, ou atuem apenas mantendo ela nessa posição.

Num trêmolo normal, é mais ou menos isso que acontece. As molas, muito mais tensionadas, não servem para compensar os 46 kgf (em cordas 0.010" essa é a resultante, 46 kilos). A ponte fica recaída na madeira do corpo, transferindo as vibrações com mais eficiência. Quando acionada a ponte, as molas puxam ela de volta para o lugar, até recostar denovo no corpo. E ela fica assim travadona. Será que fui "técnico demais", euehue! (brincadeira, crocodigo). Então, quando uma corda estoura, não tem diferença na entonação.

Foi aquela a "adaptação" que pensei, mas acho muita gambiarra. Vou falar com uns luthiers por aí para saber qual seria a melhor solução de trêmolo padrão strato no mercado...

Penta_Blues
Moderador
# jul/07 · Editado por: Penta_Blues
· votar


Boa tarde!!!

GAMMOTH
Cara, entendi sim. Acho que não me fiz claro. Deixa eu tentar falar de outra maneira...rs

posso imaginar que uma dessas Wilkinson flutuantes pode ser montada num corpo sendo que, na posição horizontal correta de funcionamento, ela se recoste no corpo
Se a ponte é flutuante, na posição horizontal correta de funcionamento ela não recosta sobre o corpo da guitarra, ou seja, ela fica desencostada pra consequentemente ficar "flutuando". Se estiver encostada no corpo da guitarra não estará obviamente flutuando e portanto desregulada já que as molas estão mais tensionadas que as cordas e por isso puxando a ponte para a guitarra.
O que acho que pode haver é um "afundamento" maior dos pivôs da ponte para que o encaixe deste com a base da ponte fique no mesmo nível do corpo da guitarra, fazendo com que esta permaneça nivelada e encostada na guitarra, mas isso é só uma sugestão. Vê com seu luthier o que ele acha.

as molas não atuem mais, ou atuem apenas mantendo ela nessa posição.
Pode ter certeza que as molas estão atuando. Caso contrário a tensão das cordas "levantaria" a ponte.

Quando acionada a ponte, as molas puxam ela de volta para o lugar, até recostar denovo no corpo. E ela fica assim travadona.
Quase isso. Entendi seu raciocínio, mas veja que as molas da ponte só puxam a mesma de volta para o corpo da guitarra quando vc deixar de acionar a alavanca e não enquanto esta estiver acionada.

Então, quando uma corda estoura, não tem diferença na entonação.
De novo é quase isso...rs
Se estivermos falando de ponte com trêmulo dormente (aqueles encostados no corpo da guitarra) é certo que uma corda estourando não faz difderença porque a tensão das molas puxaria as cordas para trás e não iriam a lugar nenhum pois a base da ponte não tem mais pra onde ir já que está encostada no corpo da guitarra.
Agora, em se falando de ponte flutuante a mesma ainda não está encostada no corpo da guitarra. Pegando o seu exemplo, um encordoamento que oferece uma tensão de 46 Kgf com as 06 cordas instaladas precisará de molas que exerçam 46 Kgf de tensão contrária para equilibrar a ponte. Ora, se uma das cordas arrebentar não haverá mais 46 Kgf de tensão nas cordas mas ainda haverá os 46 Kgf das molas e, portanto, ao arrebentar uma corda, a ponte irá ao encontro do corpo da guitarra já que as molas estarão com maior tensão.
Quando as molas puxarem a ponte para trás, esticarão mais as cordas e corda mais esticada significa...
Exato! Desafinação...rs
Portanto, na minha opinião, corda arrebentada em ponte flutuante dá diferença na entonação.

Valeu!!!

crocodigo
Veterano
# jul/07
· votar


GAMMOTH

Meu, nem vc, nem o Penta Blues entenderam o q eu quis dizer....

Pra falar a verdade, nem eu entendi o q eu quis dizer... aheoauheuoaheuoh

Soh sei q isso aqui tá um festival de explicações longas e cansativas de ler....

Soh eu sei me expressar corretamente aqui.... Vcs ficam aí falando "saddle", "headstock", "sustain"... Pra mim eh carrinho, chapinha, ponta, sonzinho e sonzão....


ahoehauoehauoheuoaheoauhuohea

T-head
Veterano
# jul/07 · Editado por: T-head
· votar


GAMMOTH
Penta_Blues
crocodigo

Acho q entendi o âmago da discussão: se um trêmolo flutuante (com 2 pivôs) pode "ser usado" como dormente.
Estive pensando aqui e acho q eh perfeitamente possível. Se o corpo não tiver um "back box" (cavidade que fica atrás da ponte para que ela se projete para trás - entendeu assim crocodigo, rs) e se abaixarmos os dois pivôs até a altura da madeira, de modo que a ponte fique rente ao corpo, sem ficar inclinada, acho q se consegue usá-la como ponte dormente.
Desse modo, se uma corda arrebentar, não se perderá afinação e a ponte não se moverá, já q está encostada na madeira.

O único problema seria um possível trastejamento, já q os dois pivôs, assim como os saddles, regulam a altura das cordas. Mas acho q só os saddles já chegam numa altura confortável.

crocodigo
Veterano
# jul/07
· votar


T-head


oh o cara me tirando..... haeuohaehaohae

pra mim se descerem os dois pivôs os alas tem q voltar pra ajudar na marcação...

e tenho dito.

Penta_Blues
Moderador
# jul/07
· votar


Boa noite!!!

T-head
Acho q entendi o âmago da discussão: se um trêmolo flutuante (com 2 pivôs) pode "ser usado" como dormente.
Concordo contigo, meu camarada! Inclusive porque a sua sugestão tb é a minha...rsrsrs

crocodigo
pra mim se descerem os dois pivôs os alas tem q voltar pra ajudar na marcação...
E ainda dizem que vc não sabe o que significa "técnico"...rsrsrsrs

Valeu!!!

crocodigo
Veterano
# jul/07
· votar


Penta_Blues

pra vc ver neh... eu sou o próprio técnico!!!

GAMMOTH
Veterano
# jul/07
· votar


Penta_Blues: Mas essa sugestão tua é exatamente o que eu estava pensando!

O que acho que pode haver é um "afundamento" maior dos pivôs da ponte para que o encaixe deste com a base da ponte fique no mesmo nível do corpo da guitarra, fazendo com que esta permaneça nivelada e encostada na guitarra, mas isso é só uma sugestão.

Não apenas afundando os pivôs, mas também fazendo o que o T-head escreveu, de que o buraco onde vai a ponte seja projetado para que ela se recoste no corpo. Mas, como eu disse, é gambiarra, ehehe! Cara, vamos encerrar porque o melhor a fazer é perguntar ao luthier e ir de tremolo básico mesmo, da melhor qualidade e tals!

Valeu aê, galera, heheh! Um dia eu invento uma ponte bem lôca que flutua, afina sozinha, troca corda sozinha e vcs tudo compram de mim a idéia, beleza? Huahueahuaeh!

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Ponte trêmolo estilo "Strato" - qual?