A patacoada do livre-arbítrio e suas implicações

Autor Mensagem
Skider
Veterano
# 29/out/19 14:59
· votar


Lelo Mig
Porque o fato de nós ateus não acreditarmos incomoda tanto vocês?

Não se dê tanta importância, cara.

entamoeba
Membro Novato
# 29/out/19 15:02
· votar


Os argumentos a favor do livre-arbítrio seguem basicamente a fórmula abaixo:

P1) Se admitirmos que o livre-arbítrio não existe, teremos consequências desagradáveis;

P1) Não queremos ter que lidar com consequências desagradáveis;

C) Portanto, livre-arbítrio existe.

É tipo:

P1) Se o exame estiver correto, estou doente;

P2) Não quero estar doente;

C) Portanto, o exame está errado.

Zebreiro
Veterano
# 29/out/19 15:18
· votar


Caralho, quanto nego caindo em bait de 5a série

HAHAHAHA

Zebreiro
Veterano
# 29/out/19 15:19
· votar


entamoeba
De quem?

Exato. Prove que alguém existe antes de tudo

Zebreiro
Veterano
# 29/out/19 15:19
· votar


Lelo Mig
nós ateus não acreditarmos

Isso é agnóstico

JJJ
Veterano
# 29/out/19 16:52
· votar


Lelo Mig
entamoeba
Porque o fato de nós ateus não acreditarmos incomoda tanto vocês?

Zebreiro
Isso é agnóstico

Pois é... ia falar sobre isso... Há uma certa confusão aí. Até onde eu entendo, o agnóstico não cultua nenhum deus porque assume que não sabe se ele existe e, caso exista, não sabe qual é o(s) "certo(s)". Já o ateu não é um descrente.. ele é crente na inexistência de qualquer divindade.

Sinceramente, acho que o que incomoda (pelo menos pra mim) é essa certeza da não-existência... É tão radical quanto a crença dos fundamentalistas de qualquer religião, aos meus olhos. Como alguém pode ter essa certeza, a menos que tenha morrido, visto o outro lado, e voltado pra afirmar categoricamente?

Já o agnosticismo, eu até entendo. Na verdade, acho que todos que não são fundamentalistas tem uma pitada de agnóstico, no sentido de não ter total certeza sobre as coisas divinas. Já disse aqui, sou católico, acredito que haja uma força criadora, acredito que Jesus tenha vindo em nome dessa força. Mas... certezas absolutas? Sobre algo tão distante e etéreo? Não as tenho, infelizmente. Se isso me levará ao inferno, lamento, mas não sou hipócrita, assumo que tenho dúvidas, assumo minha ignorância. Poderia mentir pra mim mesmo, mas não consigo.

Lelo Mig
Membro
# 29/out/19 18:06 · Editado por: Lelo Mig
· votar


JJJ

"Até onde eu entendo... ele é crente na inexistência de qualquer divindade."

Entende incorretamente. É compreensível esta confusão porque não há nada mais chato do que ateu praticante. E eles ajudaram a fundamentar essa ideia errônea de "crença na inexistência". Mas é equivocada em muitos casos e no meu.

Muitas pessoas têm a impressão equivocada de que o agnosticismo e o ateísmo são mutuamente exclusivos, porém, o “não saber” não exclui necessariamente o “não acredito”. Um agnóstico pode ser ateísta ou teísta. O ateísta não acredita na existência de um deus. O teísta admite a possibilidade de existência de um deus, mas não consegue provar sua existência e não o concebe enquanto não provarem.

Nem todo ateu é cético; exceto quanto a existência de um Deus, na qual questiona e argumenta quanto a sua inexistência e expõem as falhas históricas e a lógica por trás da religião.

Não acreditar na existência de deuses e seres sobrenaturais não significa acreditar na inexistência. Não se "acredita" no que não existe, ignora-se até que a existência ou algum sinal de prova seja um fato concreto.

Eu, particularmente, apenas para situar, sou um ateu mezzo cético/mezzo mussarela. Não acredito em nada sobrenatural e costumo balizar pelo que a ciência explica. O que a ciência não explica, não preciso de religião, espero o dia que a ciência irá explicar.

Prá mim fato de algumas coisas não terem explicação não há tornam sobrenaturais ou obra de divindades sobrenaturais.

Zebreiro
Veterano
# 29/out/19 18:46 · Editado por: Zebreiro
· votar


O que a ciência não explica, não preciso de religião, espero o dia que a ciência irá explicar.

Pronto, temos um homem de fé.

Imagina só o dia que ele descobrir que o desconhecido pela ciência aumenta a cada dia de forma exponencial.

HAHAHAHA

entamoeba
Membro Novato
# 29/out/19 19:05 · Editado por: entamoeba
· votar


Ser ateu não é uma condição minha, é um rótulo que me põe em virtude da crença dos outros. Não existe palavra equivalente específica para aqueles que não creem em mula sem cabeça, isso, porque ninguém crê em mula sem cabeça.

Por isso, não gosto de me definir como ateu, nem mesmo como agnóstico.

Ser ateu é muito mais um lugar na política e na cultura do que uma postura ontológica.

Lelo Mig
Membro
# 29/out/19 19:11 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Zebreiro

"Imagina só o dia que ele descobrir que o desconhecido pela ciência aumenta a cada dia de forma exponencial. HAHAHAHA"

Só você sabia disso? Puxa, como você é inteligentinho!

Por conta dessa revelação vou recorrer ao sobrenatural... vou na missa da 18:00 hs, na igreja aqui perto, e já volto.

JJJ
Veterano
# 29/out/19 21:38 · Editado por: JJJ
· votar


Lelo Mig

Caraca, Lelão...

Resumindo a ópera: a questão é... Você nega a possibilidade de existência de Deus ou coisa que O valha? Se sim, és ateu.

Lelo Mig
Membro
# 29/out/19 22:11 · Editado por: Lelo Mig
· votar


JJJ

"Se sim, és ateu."

Todo mundo é ateu em certo grau.

Você acredita em Odin? em Djin? em Anúbis? em Chronos? em Tiamat? em Oxóssi? em Krishna? em Quetzalcóatl? em Tupã?... poderia citar mais de mil.

A diferença é que a maioria crê em um Deus e ignora os demais. Eu ignoro todos.

"Você nega a possibilidade de existência de Deus ou coisa que O valha?"

Não nego a possibilidade de existência. Eu não acredito em Disco Voador. Não pela possibilidade (ou impossibilidade) de existência, mas porque não existe nenhuma ocorrência crível para que eu aceite como "existente". Não vou acreditar em alienígena por mais que eu ache o Alien o Oitavo Passageiro um filme do caralho, ou porque eu gostaria que existisse.

Para ficar bem claro, digamos que:

"Não existe nenhum indício ou evidência plausível que me faça conceber a possibilidade da existência de qualquer ser, coisa ou manifestação sobrenatural."

Eu respeito e de certa forma até admiro o sentimento fé (definição clássica: considerar como sendo verdade sem qualquer tipo de prova, pela absoluta confiança que se deposita na ideia ou fonte de transmissão).

Mas não tenho e prá mim não faz sentido.


Obs: E não tenho problema algum com religião. Vou em missa de sétimo dia ou casamento, casei na igreja católica porque era importante prá minha ex, meu filho foi batizado, comemoro Natal, acho a festa bonita e as comidas gostosas, como Ovo de Páscoa.

Só me incomoda quando querem me converter ou acham absurdo eu não acreditar.

Prá ser sincero no mundo real, a menos que necessário, nem falo que sou ateu. Existe um preconceito do caralho, você nem imagina. É um saco!

Zebreiro
Veterano
# 30/out/19 07:04
· votar


Ser ateu não é uma condição minha, é um rótulo que me põe em virtude da crença dos outros. Não existe palavra equivalente específica para aqueles que não creem em mula sem cabeça, isso, porque ninguém crê em mula sem cabeça.

Por isso, não gosto de me definir como ateu, nem mesmo como agnóstico.

Ser ateu é muito mais um lugar na política e na cultura do que uma postura ontológica.


Resumo: mimimi sou adolescente

Por conta dessa revelação vou recorrer ao sobrenatural... vou na missa da 18:00 hs, na igreja aqui perto, e já volto.

Mais provável encontrar explicação lá do que nos cientistas que fazem 01 pergunta e voltam com outras 20 depois de um tempo

JJJ
Veterano
# 30/out/19 08:48 · Editado por: JJJ
· votar


Lelo Mig

Todo mundo é ateu em certo grau.
Você acredita em Odin? em Djin? em Anúbis? em Chronos? em Tiamat? em Oxóssi? em Krishna? em Quetzalcóatl? em Tupã?... poderia citar mais de mil.


Você está mudando o significado da palavra pra se encaixar no seu perfil... Basta acreditar em um (ou vários) pra não ser ateu.

Mais que isso. Basta apenas não negar a possibilidade de que exista um (ou vários) pra não ser ateu.

Ateu nega a possibilidade da existência de qualquer tipo (seja qual for) de deus (ou deuses ou força criadora, etc).

Prá ser sincero no mundo real, a menos que necessário, nem falo que sou ateu.

Diga que é agnóstico. A maioria nem sabe o que é isso... (e eu acho que é isso que você é, pelo que escreveu até aqui: um agnóstico ateísta).

JJJ
Veterano
# 30/out/19 08:49
· votar


Do pai dos burros 2.0 (google):

"Significado de Ateu

adjetivo. Que nega a existência de Deus ou de quaisquer outras divindades. [Por Extensão] Descrente; que não acredita em nada. ... substantivo masculino Indivíduo ateu: o ateu nega a existência de Deus ou de deuses. Etimologia (origem da palavra ateu)."

Zebreiro
Veterano
# 30/out/19 09:51
· votar


JJJ

Vc vai perder seu tempo com essa laia?

JJJ
Veterano
# 30/out/19 10:28
· votar


Zebreiro

O OT já é perda de tempo mesmo.

entamoeba
Membro Novato
# 30/out/19 10:43
· votar


Zebreiro
Resumo: mimimi sou adolescente

Bait de 5° série?

Lelo Mig
Membro
# 30/out/19 12:39 · Editado por: Lelo Mig
· votar


JJJ

"Você está mudando o significado da palavra pra se encaixar no seu perfil... Basta acreditar em um (ou vários) pra não ser ateu."

Desta feita, basta não acreditar em nenhum para ser ateu. Meu caso.

"Diga que é agnóstico. A maioria nem sabe o que é isso..."

Não tenho problema nenhum com o ateísmo não, meu amigo, acho agnóstico uma coisa meio genérica, sem posicionamento, em cima do muro. Eu não acredito em divindades e em sobrenatural. Coloquei aquela obs, apenas para dizer que o preconceito é forte, a grande massa é ignorante e não teme em se manifestar, como você pode perceber na colocação seguinte "Vc vai perder seu tempo com essa laia?".

Abraço.

Zebreiro
Veterano
# 30/out/19 13:17
· votar


Saiu pela tangente like a Ayrton Senna

Discípulo do fogo preto
Membro Novato
# 30/out/19 16:26
· votar


Cabe aqui também



Jonas Kahnwald
Membro Novato
# 01/nov/19 17:06
· votar


definição clássica: considerar como sendo verdade sem qualquer tipo de prova, pela absoluta confiança que se deposita na ideia ou fonte de transmissão

Onde, quando e por que se convencionou que essa é a definição "clássica" de fé?

Zebreiro
Veterano
# 01/nov/19 17:38 · Editado por: Zebreiro
· votar


Porque nego acha sinais da sua fé a partir dela, saí metendo o loko para provar que os sinais estão certos e falha miseravelmente

Depois de muito charlatanismo se decidiu:

fé = a priori que independe de fatos

Ninguém mais está disposto a ver nego provando a fé empiricamente, todo mundo está de saco cheio dessa porra.

Então se chegou nessa definição, por pura falta de paciência com nego chato pra caraleo que te acorda domingo de manhã

entamoeba
Membro Novato
# 01/nov/19 17:46
· votar


fé = a priori

Crenças a priori são compatíveis com desconfiança, fé não.

Zebreiro
Veterano
# 01/nov/19 17:47
· votar


não necessariamente

Jonas Kahnwald
Membro Novato
# 01/nov/19 18:46
· votar


Crenças a priori são compatíveis com desconfiança, fé não.


na verdade o entamoeba está correto nesse ponto, ter dúvidas de algo evidenciaria a sua falta de fé nisso

o "sallqantay" está pior até nas trollagens

Lelo Mig
Membro
# 01/nov/19 19:04 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Jonas Kahnwald

Todas as palavras tem uma definição. Quase todas possuem variáveis a partir de uma "célula principal".

Não fui eu que inventou a palavra fé.

Ela vêm do latim "fide" que é relativo a fidelidade. No sentido religioso, significa:
Ter fé em: ter confiança em; acreditar.

Você não têm fé que a energia elétrica dá choque, você sabe. Ou, caso não saiba, pode acreditar porque alguém em que tenha fé te falou. Mas não saberá, exatamente, o que é sentir um choque elétrico.

Jonas Kahnwald
Membro Novato
# 01/nov/19 19:18
· votar


Ela vêm do latim "fide"
em grego, o termo traduzido como fé, é 'pistis' (transliterado), só para lembrar que parte da bíblia foi escrita originalmente em grego, e foi essa palavra em específico que foi traduzida posteriormente para o latim como 'fide'

Ter fé em: ter confiança em; acreditar.
'confiar' e 'acreditar' são termos relacionados mas não sinônimos de fé
fé está mais para uma firme confiança, que só o é devido a demonstrações evidentes de que virá o que se espera.

Como você pode depositar fé em algo de que não ouviu falar? Em algo que nunca viu nenhuma evidência de que pode ser verdade? Como você pode ter a firme confiança de que não há Deus?

Lelo Mig
Membro
# 01/nov/19 19:27 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Jonas Kahnwald

Eu não tenho a firme confiança que não há Deus. Você que têm que exista um.

Eu, pelo contrário, não vejo evidência alguma que me leve a crer na existência de sobrenatural e não fé que não exista, é diferente.

Você têm fé que Krishna exista? Pois é, os hindús têm.

Obs: corrigindo: Não disse em lugar algum que se têm fé em algo que nunca se ouviu falar.

Jonas Kahnwald
Membro Novato
# 01/nov/19 19:39
· votar


Lelo Mig
Sim, eu tenho a firme confiança de que há um Deus. Mas não a tenho por nada, ou pq meus pais me disseram, ou pq é uma muleta emocional acreditar num Deus que pode ouvir orações.
Eu tenho essa fé porque não vejo como é possível:
1) um livro ser escrito por 40 pessoas diferentes, de épocas diferentes (mais de 1000 anos de diferença), de formações completamente diferentes, e ainda ser coerente consigo mesmo
2) um planeta como a Terra, com a inclinação perfeita, a distancia perfeita para o Sol, o tamanho perfeito, enfim, ter todas as condições necessárias para a vida
3) toda a biodiversidade existente, cada característica complexa de cada animal que parece ser exatamente o que ele precisa para viver...
4)a adaptabilidade do corpo humano, a impressionante capacidade do nosso cérebro, a forma como nossas células se renovam...

etc etc etc
não é a toa que a bíblia diz que a própria criação evidencia a glória de Deus

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a A patacoada do livre-arbítrio e suas implicações