Um duvida sobre Atenuador, LoadBox e Dummy Loads

Autor Mensagem
Del-Rei
Veterano
# 23/jan/19 16:08
· votar


makumbator
É, depois eu vi que dava pra desabilitar o gabinete. Mas não cheguei a testar com IR. Qual plugin você utiliza pra carregar os IR? Já testei alguns mas atualmente uso o Voxengo, que é grátis.

EduJazz
Ismah
Eu sou meio tosco, então divido o processo de gravação em duas formas. Uma buscando mais diversão durante o processo e outra buscando melhor resultado. O bom é quando dá pra juntar os dois.

Em termos de gravação, eu sou viciado em brincar com microfonação. Diversão pra mim é isso, mesmo que os resultado não seja o melhor.

De uns tempos pra cá eu me acertei com o isobox e tenho obtido resultado muito melhor do que meu som em linha.

Agora... Violão.... Eu já tive mais disposição pra gravar. Um tempo atrás comprei alguns microfones, dentre eles o que eu mais gostava era o AKG P420. Mas violão era mais complicado porque precisava de tratamento do ambiente, que eu não tenho. Então captava muito latido de cachorro, vizinho gritando, buzina.... Acabei deixando um pouco de lado e vendi os mics. Hoje só tenho os dois que ficam dentro do isobox.

Um aceno de longe!!!

MMI
Veterano
# 23/jan/19 16:13
· votar


Del-Rei

Mas o que chega a me irritar, é que às vezes parece que tentam passar a ideia de que ter boa qualidade com amplitubes da vida (ou outros plugins desses) é algo plug n play, quando na verdade não é.

Não acho que seja mesmo.

Na verdade, muita gente aqui aprendeu como eu: um set, com uma guitarra na mão, um ou outro pedal e um amp - e vamos girar botão para fazer sair som. No virtual são simulações, 500 pedais, 500 amplificadores, 500 gabinetes, 500 formas de microfonar e assim vai, sendo que cada um tem seus botões que se pode mexer. Eu me perco. Minha forma de lidar é pegar um preset e a partir dele mexer um pouco num ou outro parâmetro. Acaba não sendo o ideal para mim, apesar de entender que o problema deve estar em mim, meus métodos, minhas expectativas. Mas plug n play não é, aliás são poucos os amplificadores reais que chegam perto de ser.

A questão é que, penso que você também entra no meu caso, já mexeu em alguma coisa real. Eu já tenho (e tive) alguns amps. Tenho um bom set, guitarra, pedais, amps, gabinetes, microfones etc. Achei alguns caminhos para tirar som disso, com alguma dificuldade. Acaba que não me dá ânimo e paciência para ao invés de ligar meu equipo, começar a baixar softwares para escolher equipos virtuais e começar do zero até tirar algum som que preste. Meu caminho melhor hoje seria tirar som de onde já comecei a aprender a timbrar, nem que seja plugar meus amps em linha na interface. Se não tivesse todo o equipo que tenho, talvez fosse o caso de partir para o virtual. Cai no que eu disse acima, eu achei legal o atenuador do Pedrone, mas agora não vou me desfazer do meu importado que me supre bem para comprar um dele. Para que, se funciona assim com o que já tenho?

Ismah

São parâmetros demais, pra mim conseguir ajustar antes de saturar ou ouvido...

Essa é minha dificuldade e que não me anima batalhar essas coisas novas.

makumbator
Veterano
# 23/jan/19 16:28 · Editado por: makumbator
· votar


Del-Rei
Qual plugin você utiliza pra carregar os IR?

Algumas vezes uso um plugin da Kuassa só pra carregar os IR (ele é pra guitarra, mas dá pra desligar a parte de amp e caixa proprietária e ficar só com o IR loader incluso nele), e às vezes uso o software da Two note também ( tanto o wall of sound sozinho quanto o IR blendIR pra depois exportar para o Torpedo).

Se você gosta de complicação e poder mexer e refinar trocentas coisas talvez o melhor seja usar o IR blendIR pra carregar e editar seus IR e depois de satisfeito você exporta o resultado para o plugin da wall of sound (ou mesmo para o seu torpedo em hardware).

https://www.two-notes.com/en/blendir

Mas tem muitos outros grátis (ou não) pra fazer isso, como esse da Voxengo. O importante é o loader ser estável e compatível com sua DAW e arquitetura de bits. Realmente seria mais prático já ter no plugin, como o Reaxis da própria Mercuriall. Eu perguntei isso pra eles faz algum tempo e disseram que planejam colocar o IR loader nas novas versões dos outros plugins.

EduJazz
Veterano
# 24/jan/19 09:37
· votar


Del-Rei

Cara, eu to usando o Pulse, da Lancaster Audio. Ele é free, e funciona muito bem por aqui...

Filippo14
Veterano
# 24/jan/19 09:50
· votar


Caras, estive lendo esse tópico, mas acabei não participando muito.

Tenho o do Pedrone, assumo que já queimou, mas ele mesmo me atendeu super bem e resolveu o problema. Sinto que o som perde muito sinal quando uso ele no mais baixo possivel, o problema é que somente nesse volume um amp de 100w-50w começa a ficar usável sem que você perca a audição.

Um atenuador reativo, diferente desse que é resistivo, tende a perder menos som?

Outro ponto, o MMI comentou de usar simulação de caixa com o amp em linha. Qual a abordagem que vocês usam para isso, porque tenho tanto o Ark da Darta Effects como tento usar algumas caixas da Two Notes e o som não é nem perto do que é o original.

De fato, prefiro esse caminho por saber como funciona meu amp e pedais,o que me toma muito menos tempo para chegar em algo satisfatório que plugins, me encaixando no mesmo caso que o MMI comentou.

Tem algum macete, dica ou de fato, muito dificil de chegar perto? Sinto o som ainda muito plástico

Abs

Del-Rei
Veterano
# 25/jan/19 01:58
· votar


Olhem que interessante. Lançado na NAMM essa semana, tem a ver com o assunto do tópico

Suhr PT15 IR
Reactive load e impulse responses!
Achei interessante...



MMI
De fato não tenho mais tempo nem paciência pra desbravar essas aventuras digitais. Diferente das válvulas, o digital não é algo que me anima a investir tempo de explorando. Você está certo, depois de conhecer o equipamento real e sentir satisfação com o resultado, fica sem muita emoção encarar a infinidade de opções do digital, principalmente porque não é plug n play.

makumbator
Saquei. Não conheço esse BlendIR e vou dar uma olhada. Mas a verdade é que eu hoje fujo de complicação, haha. Mas vou olhar só pra dar uma sacada do que trata. Com o Voxengo eu estou bem satisfeito mas fico me perguntando se faz diferença sonora usar um plugin diferente pra carregar os IR. Acredito que não, mas é uma curiosidade.

EduJazz
Opa! Valeu, Edu.
Depois vou dar uma testada nesse também. Bom saber, obrigado pela indicação!!

Um aceno de longe!!!

Ismah
Veterano
# 25/jan/19 03:04
· votar


Interessante é essa tele da "imagem do vídeo"... rsrs

EduJazz
Veterano
# 25/jan/19 10:01 · Editado por: EduJazz
· votar


Del-Rei

Vi esse amp, e realmente achei a proposta genial. Pensa comigo, que amp desse tamanho tem tantos recursos: três canais, IR e Load Box embutidos... pena que, como tudo que é da Suhr, vai ficar caro até na gringa.

Outra coisa que foi lançada agora e tem (muito) a ver com o tópico foi isso aqui:



Esse, por ser Boss, acho que vem num preço mais competitivo do que os demais... e o fato de ter efeitos é, pra mim, uma mão na roda genial, principalmente pro palco. Excelente lançamento.

Edit: é... salgadinho o preço divulgado: https://www.andertons.co.uk/boss/boss-tube-amp-expander-load-box

Agora, um que não tem a ver com o tópico, mas que eu achei MEGA, ULTRA, MASTER GENIAL foi esse aqui:



Esse, eu tendo a oportunidade de ir pra gringa, abraço com muita tranquilidade.

SteveRayMorse
Veterano
# 26/jan/19 14:40
· votar


Filippo14

Cara, infelizmente não vai ficar igual quando você toca na caixa até por questões físicas mesmo, mas é possível sim conseguir ótimos resultados. É questão de achar o IR que funciona pra vc. Eu tenho o ARK do darta tbm e é bem legal pelo preço e proposta, mas longe do que os IRs podem fazer (os bons IRs obviamente). Eu me achei em alguns da TwoNotes e da Celestium mesmo. Com o passar dos anos até investi nesses simuladores tipo pedal e etc.

O que achei melhor pra tocar com o amp foi o Iconoclast mas atualmente também tenho também o Bluguitar Bluebox pq ele tem o pass throught entre power e caixa e tem uns IRs bem legais nele, o ruim é que ele não importa.

Enfim, considerando que eu também uso o loadbox do Pedrone, acho que dá pra tirar uns sons bem legais pra tocar em linha. Aliás, como não tenho saco, equipamento e nem espaço pra microfones e etc, a melhor solução são esses simuladores, mas de repente vc se dá melhor com os mics.

SteveRayMorse
Veterano
# 26/jan/19 14:41
· votar


EduJazz

Também pirei nesse da BOSS, mas o preço foi um balde de água fria. Se for fazer um comparativo, a GT-1000 que custa menos que esse Waza tá sendo vendida aqui na faixa dos R$7200,00 e R$7500,00. Então só imagina né.

MMI
Veterano
# 27/jan/19 20:41
· votar


Filippo14

Um "achismo" de quem compartilha com as suas dificuldades...

O som de fato não vai ser nem perto do que você imagina com seu gabinete mesmo. Dificilmente será. Talvez nossa frustração apareça porque gostaríamos de simplesmente desplugar nossos falantes e botar em linha, tendo o mesmo som, sem ter trabalho nenhum. Não é assim... Muito pelo contrário, é meio como "esquecer" aquele som do amp e começar de novo para achar algo na outra forma, em linha. Ainda assim, é diferente, não vai dar "soco no peito".

EduJazz

Não posta esse negócio da Boss não, cara.. Maldade... Caro e legal pra caramba! kkkkkkk

SteveRayMorse
Veterano
# 07/fev/19 00:00
· votar


Ae...O Miranda lançou o dele

https://tmiranda.com/shop/amplificadores-valvulados/atenuador_potencia _amplificador_valvulado/

Del-Rei
Veterano
# 07/fev/19 23:41
· votar


SteveRayMorse
Legal.
Parece ser interessante.
Se seguir o padrão dos amps, esse atenuador deve ser muito bom.

Um aceno de longe!!!

Ramsay
Veterano
# 08/fev/19 02:13 · Editado por: Ramsay
· votar


Ae...O Miranda lançou o dele
https://tmiranda.com/shop/amplificadores-valvulados/atenuador_potencia _amplificador_valvulado/

Preço bem salgado para a realidade nacional. Por um pouco mais, compra-se coisa importada bem melhor...

O atenuador do Pedrone custa 720 Reais o que ainda é muito caro para um produto feito com resistores de potência e/ou algum(s) indutor(es), sendo até honestos, mas, nada que se compare a um Weber ou a um Ultimate.

Filippo14
Veterano
# 08/fev/19 09:22
· votar


SteveRayMorse
Boas dicas, vou conferir esses outros IRs. Eu de fato estava usando os da Two Notes mesmo. Vou checar esses ai

Ando usando mais o Ark para ravar em linha e ter um som bom para guardar ideias, gravar guias e tal, mas para usar no dia a dia mesmo é mais dificil, principalmente para som limpo na minha opinião, mas ele ainda tem um som beeeem legal para a proposta.

Pior que eu não me dou tao bem com mics tambem, acho um saco achar a posição, em geral eu sofro para tirar o som que eu estou ouvindo tambem. Percebi que sempre encontro sons mais legais com condensadores, pq para mim um sm57 da vida soa muito magro e sem vida, sei la, dificuldade dos amadores hahahaa

MMI

É, então. O ponto é justamente esse, tem que rebobinar e refazer tudo, mas como no virtual são infinitas possibilidades, eu me perco muito, aprendi a mexer no fisico e sofro bastante no virtual, mesmo sendo novo

Abs,

Filippo14
Veterano
# 08/fev/19 09:25
· votar


Ramsay

De fato, achei salgado mesmo, maaas parece mais robusto e com mais opções que o do Pedrone. Se bem que o novo do Pedrone vem com cab simulator, mas esse body e impendance podem auxiliar na flexibilidade e timbre do produto mais do que esse cab simulator. Só não sei se vale a diferença de 280 reais

Abs

francisco2004
Veterano
# 08/fev/19 19:17
· votar


Achei interessante a proposta da Weber, só não sei se ele casa bem com o simulador de cabinet do DAW, já que parte do serviço de simular a dinâmica dos falantes é feito pelo Micro Mass/Mini Mass. Eu quero um desses mais para poder gravar de madrugada. Geralmente uso o meu Dr. Drive (com válvulas EHX) ligado na interface, mas o resultado ainda soa "magro", embora no mix não fique tão feio... mas eu imagino que podia enganar melhor.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Um duvida sobre Atenuador, LoadBox e Dummy Loads