Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      【FIXO】 Lutheria e Equipamentos - Tópico Oficial de Perguntas ao Bertola e Seiji

      Autor Mensagem
      busterchair
      Veterano
      # 21/jun/18 13:11
      · votar


      A minha guitarra tem uma ponte Gibraltar II e parece ser bem simples de regular. Baixei o manual no site da Ibanez (meia página) e basicamente é uma chave para alterar a altura do saddle (cada saddle tem 2 locais para mexer) e outra para movimentar o saddle.
      Estou notando um pouco de trastejamento, principalmente nas primeiras casas e e algumas cordas.
      A guitarra é nova e sei q deveria/poderia levá-la para regular em um luthier, mas me pareceu simples. Há algum perigo em mexer? Obrigado.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 21/jun/18 17:00
      · votar


      busterchair
      Há algum perigo em mexer? Obrigado.
      Você sabe se ela precisa de regulagem de tensor? Aposto que sim...
      Você sabe se ela precisa de um "rebatimento" de trastes? É possível que sim...
      Portanto, recomendo firmemente que a leve a um luthier habilitado.
      Abç

      busterchair
      Veterano
      # 21/jun/18 22:29 · Editado por: busterchair
      · votar


      Mauricio Luiz Bertola
      É uma Ibanez Prestige. Ela veio regulada mas como disse, senti um pouco de trastejamento.
      Mas vou seguir seu conselho e levar sim!! Não vou me aventurar!
      Não sei se aqui é o lugar correto, me perdoem se não for, mas alguma recomendação de luthier na baixada santista?
      Valeu!

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 21/jun/18 23:06
      · votar


      busterchair
      Ela veio regulada
      Esse é o problema... Onde? Como? Por quem?
      Vou te perguntar uma coisa: O trastejamento aparece no amp?
      Se não aparece... Não é trastejamento.
      Se aparece... Aí sim há necessidade de verificação. Principalmente em se tratando de uma guitarra cara...
      Abç

      makumbator
      Veterano
      # 21/jun/18 23:45 · Editado por: makumbator
      · votar


      busterchair

      Complementando o que o Bertola já comentou, a regulagem de fábrica (mesmo em top de uma marca, como é a Prestige para a Ibanez) é algo feito segundo um padrão médio. A regulagem final deve levar em conta a sua pegada, o estilo que você toca, a espessura das cordas que escolher usar, o clima da sua região etc...por isso só levando você mesmo ao luthier e conversando com ele pra ele entender o que você pretende. E depois que pegar da regulagem você precisa experimentar de novo pra ver se precisa de algum ajuste fino.

      Eu tenho um baixo Ibanez prestige, e apesar de ter vindo com regulagem bastante boa, também levei para luthier após a compra (e olha que eu sei fazer a regulagem básica de baixo e guitarra, pois aprendi com luthier. Entretanto, principalmente na primeira regulagem prefiro levar em um profissional).

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 22/jun/18 00:14
      · votar


      makumbator
      Uma das abordagens que um bom luthier utiliza é exatamente essa que vc citou, algo bem abrangente que é baseado em uma série de parâmetros.
      Abç

      busterchair
      Veterano
      # 22/jun/18 13:58
      · votar


      Boa galera, concordo com vcs.
      Vou te perguntar uma coisa: O trastejamento aparece no amp?
      Não, talvez bem pouco, mas eh bem imperceptível.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 22/jun/18 17:45
      · votar


      busterchair
      Não,
      Então não há trastejamento algum...
      Abç

      Ramsay
      Veterano
      # 22/jun/18 23:50
      · votar


      Não, talvez bem pouco, mas eh bem imperceptível.
      busterchair
      É isso mesmo?? Pra mim trastejamento ou existe ou não existe.
      Esse "bem pouco" indica que existe algum trastejamento e que vc deverá regular a guitarra.

      Estou notando um pouco de trastejamento, principalmente nas primeiras casas e e algumas cordas.
      Se o possível trastejamento ocorre principalmente nas primeiras casas, então, o braço está côncavo e vc tem que mexer no tensor da guitarra.

      Para fazer isso, afrouxe as cordas, tire a capa do tensor, e usando a chave apropriada que vem na guitarra gire o tensor no sentido horário em 1/4 de volta.
      Aguarde uma meia hora para o braço acentar, reafine a guitarra e veja se o trastejamento parou. Se não parou, gire em mais 1/4 de volta no sentido horário o que deverá resolver.
      Ou seja, não precisa levar a guitarra a um luthier para um problema que vc próprio pode resolver, simples assim...

      Em tempo, nunca mexa nos parafusos dos saddles pq a altura de fábrica deles, ainda mais em guitarras de ponta como as Prestige, são precisos e calibrados em acordo com a altura e tipo dos captadores.
      Espero ter ajudado.

      DuarteGuitar
      Membro Novato
      # 23/jun/18 11:06 · Editado por: DuarteGuitar
      · votar


      Bertola, boa tarde. Meu nome é Arthur Duarte, é preciso de sua ajuda, estou apavorado. Tenho quatro guitarras, todas stratocasters. Ficam em suportes de parede no meu quarto. Durante a noite, eu uso ar condicionado, alguns dias quando acordo e abro a porta, a umidade do ar condensa em tudo que é coisa no quarto, e algumas vezes as guitarras ficam úmidas, como vidro de carro em dia de chuva. Tenho muito medo de que isso possa danifica-las, já que não tenho condições de comprar outras (comprei todas usadas num valor baixo). Depois de quanto tempo posso saber se houve algum dano? É imediato? Demora meses? Da pra levar legal assim? Fico preocupado porque a ESCALA não é envernizada em nenhuma das 4. Desculpa o desespero, e obrigado!

      busterchair
      Veterano
      # 23/jun/18 13:17
      · votar


      Ramsay
      Obrigado pelas dicas mas prefiro não me arriscar. Pelo valor do instrumento o ajuste em um luthier vale a pena!

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 23/jun/18 16:42 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
      · votar


      DuarteGuitar
      guitarras ficam úmidas
      Mal sinal...
      Pode causar danos no braço e fungos, além de oxidações, inclusive nos potenciômetros...
      Abç

      DuarteGuitar
      Membro Novato
      # 23/jun/18 16:55
      · votar


      Danos de que tipo no braço? Seriam reversíveis?

      DuarteGuitar
      Membro Novato
      # 23/jun/18 16:55
      · votar


      Danos de que tipo no braço? Seriam reversíveis?

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 23/jun/18 17:00
      · votar


      DuarteGuitar
      Empeno e fungos (que é reversível), e torção (que quase não é).
      Abç

      DuarteGuitar
      Membro Novato
      # 23/jun/18 17:23
      · votar


      O que devo fazer? Secar com secador? Evitar uso excessivo do ar?

      DuarteGuitar
      Membro Novato
      # 23/jun/18 17:29
      · votar


      E como saber se já houve danos?

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 23/jun/18 19:32
      · votar


      DuarteGuitar
      O que devo fazer? Secar com secador? Evitar uso excessivo do ar?
      Manter as guitarras secas, dentro dos seus respectivos cases e com pacotinho de sílica gel.
      E como saber se já houve danos?
      Consultando seu luthier...
      Abç

      jardelcneves
      Membro Novato
      # 25/jun/18 15:49
      · votar


      Boa tarde

      Alguém por acaso poderia me dizer, quais as melhores opções de madeiras pro corpo da guitarra (superstrato) que vai ser usada para hard rock / metal?

      Filippo14
      Veterano
      # 25/jun/18 16:08
      · votar


      jardelcneves

      Eu sou meio cético em relação a espécie de madeira influenciar no som, mas uma configuração muito comum é basswood para os corpos e maple para os braços.

      Superstratos são os bichos mais versateis em montagem que existe. Já vi corpo de basswood, mogno, alder, maple.... Não encanaria com isso não

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 25/jun/18 16:58
      · votar


      jardelcneves
      Isso não existe.
      As diferenças timbrísticas proporcionadas por madeiras distintas existe mas é sutíl. Mais vale a timbragem que o músico faz com as 3 peças mais essenciais: Seus dedos, seus ouvidos e seu amp.
      Abç

      jardelcneves
      Membro Novato
      # 26/jun/18 17:12
      · votar


      Mais uma duvida... sobre o bloco da ponte, vou comprar uma ponte gotoh, o tamanho do bloco interfere alguma coisa na sonoridade? (guitarra superstrato)

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 26/jun/18 21:03
      · votar


      jardelcneves
      Sim, e significativamente. Quanto maior, mais denso e pesado o bloco, melhor. Usa-se 5 molas originalmente.
      Abç

      DanielMendes
      Membro Novato
      # 29/jun/18 13:43
      · votar


      Bertola, tenho um suporte de parede pra minha strato, só que ele é um pouco mais largo. O headstock da minha strato é, naturalmente, curvo, de modo que ela fica "inclinada" enquanto pendurada, como mostra a foto. Há algum perigo de empenar?

      Foto: Foto (Headstock)

      É possível que o braço da guitarra empene PRA BAIXO ou PRA CIMA?

      Buja
      Veterano
      # 29/jun/18 14:03
      · votar


      DanielMendes
      Sobre empenar, só o Bertola como luthier mesmo para lhe responder.

      Mas sobre o suporte, voce pode inclinar ele um pouco pra ficar tipo assim:

      https://i.ytimg.com/vi/GxYHqEEtnY0/maxresdefault.jpg

      Assim o headstock nao fica "torto"

      DanielMendes
      Membro Novato
      # 29/jun/18 14:13
      · votar


      Olá Buja,

      A questão é que o suporte já está parafusado, não teria como fazer isso. Muito obrigado mano, vou esperar o Mauricio Luiz Bertola dizer se há problemas!

      Paz e bem.

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 29/jun/18 18:07
      · votar


      DanielMendes
      Estou no meu escritório na universidade, e o sistema aqui barra esses sites de foto.
      Se o "gancho" não for móvel (como esse que o Buja colocou) ,de modo a girar quando vc coloca a guitarra, evite, pois pode sim forçar o braço.
      Abç

      TucaMayer
      Membro Novato
      # 01/jul/18 11:30
      · votar


      Mestre Mauricio Luiz Bertola, muito bom domingo. Tenho uma dúvida importante:

      A minha strato é uma SX SST62, e notei ontem antes de trocar as cordas que as distâncias da mizinha para a borda inferior da escala (logo abaixo da corda) e da mizona até a borda superior da escala são um pouco diferentes (maior entre a mizinha e a borda inferior). Isso é normal? Pode ser algum problema? Se sim, qual? É exatamente como nessa foto:

      Foto

      Obrigado!

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # 01/jul/18 12:30
      · votar


      TucaMayer
      Não é problema algum, desde que não atrapalhe a tocabilidade ou, ao tocar, a corda não fique saindo do braço.
      Abç

      IAL
      Membro Novato
      # 01/jul/18 18:56
      · votar


      Olá. Gostaria de saber qual é regulagem correta da ponte da Jazzmaster? Ou seja qual a altura ideal da ponte para o corpo e qual a altura ideal de cada corda? E só isso eliminaria o buzz?

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a 【FIXO】 Lutheria e Equipamentos - Tópico Oficial de Perguntas ao Bertola e Seiji

      305.563 tópicos 7.892.392 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital