O que as pessoas tem ouvido Nov/19

Autor Mensagem
Ismah
Veterano
# 19/nov/19 21:11 · Editado por: Ismah


Já existe esse tópico, mas acho que é mais bacana que seja um tópico mensal... Dá pra congelar as conversas daquele mês... Não me importo de fazer o "boletim informativo"...
Também mudei o formato de pesquisa, algumas músicas se repetem, pois é baseado no ranking de execuções...

Rádios - Internacional

Shawn Mendes ft. Camila Cabello - Señorita - pop/folk/eletro
https://youtu.be/Pkh8UtuejGw
Achei a música mais honesta da lista... E tem um baita BABADO: supostamente ELA se declarou pra ELE, quatro dias atrás...

Lewis Capaldi - Someone you loved - pop/r'n'b/soul (blue-eyed soul kkk)
https://youtu.be/bCuhuePlP8o

Lil Nas X ft. Billy Ray Cyrus - Old town road - blues/rap/country
https://www.youtube.com/watch?v=w2Ov5jzm3j8

Sebastián Yatra ft Isabela Moner - My Only One (No Hay Nadie Más) - pop/latino/folk
https://youtu.be/Y82H_pgqKdY

Sam Smith ft Normani - Dancing with a stranger
https://www.youtube.com/watch?v=av5JD1dfj_c

Ed Sheeran ft. Justin Bieber - I don't care
https://www.youtube.com/watch?v=y83x7MgzWOA

Maroon 5 ft Cardi B - A girl like you - pop/soul/rock
https://youtu.be/aJOTlE1K90k

Billie Eilish ft. Justin Bieber - Bad Guy - pop/soul/eletro

Pedro Capó ft Alicia Keys ft Farruko - pop
https://youtu.be/2pnXjQCegVc

Marshmello ft. Bastille - Happier - pop/rap
https://youtu.be/m7Bc3pLyij0

Post Malone - Circles - eletro/pop
https://youtu.be/wXhTHyIgQ_U

Ed Sheeran ft Camila Cabello - South of the border - pop/soul/latino
https://youtu.be/UPOT2tgY9QQ

Daddy Yankee ft. Snow - Con Calma - reggaeton/latino
https://youtu.be/DiItGE3eAyQ

Maroon 5 - Memories - pop/soul/rock
https://youtu.be/qZjYggYSzc8

Anuel AA ft. Daddy Yankee ft. Karol G ft. Ozuna ft. J Balvin - China - reggaeton/latino
https://youtu.be/0VR3dfZf9Yg

Rádios - NACIONAL

Wesley Safadão - Dois lados - Forró
https://youtu.be/ZlKbVfL2cUk

Anitta ft Marília Mendonça - Some que ele vem atrás - pop/funk
https://youtu.be/B9Zj3ydFh9g

Melim - Gelo - pop/folk/MPB
https://youtu.be/gxrwP81P2zQ

Léo Santana ft Anitta - Contatinho - axé
https://youtu.be/yyY6z02GqTQ

Xand Avião ft Gusttavo Lima - Algo mais (amante) - forró
https://youtu.be/6Bc5gLGeI20

Xand Avião - Casal raíz - forró
https://youtu.be/_oeEkRW514A

Victor Kley ft Samuel Rosa (Skank) - A tal canção pra lua - pop/folk/reggae
https://youtu.be/NZiSh_SkHBQ

Iza - Brisa - pop/black/reggae
https://youtu.be/0J8nAzl2bv4

Anavitória ft Victor Kley - Pupila - pop/folk/reggae
https://youtu.be/9Sk7RQtSl5g

Iza - Meu talismã - pop/black/reggae
https://youtu.be/TXtXUGxWATw

Wesley Safadão - Igual ela só uma - forró/arrocha
https://youtu.be/g61RF3IrD1Q

Sorriso Maroto - Reprise (ao vivo) - pop/samba/pagode
https://youtu.be/iQT3S7_JcPo

Dilsinho ft Sorriso Maroto - Pouco a pouco (ao vivo) - samba/pagode
https://youtu.be/bpEDpJlJqpA

Melim - Ouvi dizer - pop/folk/MPB
https://youtu.be/vaXCSYva2FM

Thiaguinho - Deixa tudo como tá - samba/pagode
https://youtu.be/fX-pB-s52LY

Velvete
Veterano
# 19/nov/19 21:31
· votar


ft. é massa

Casper
Veterano
# 19/nov/19 21:38 · Editado por: Casper
· votar


Daddy Yankee ft. Snow : O original é infinitamente melhor:

https://www.youtube.com/watch?v=TSffz_bl6zo

Ismah
Veterano
# 19/nov/19 22:29
· votar


Nas novas listas, só vai o que não está listado ainda...

YouTube - Internacional

Tones and I - Dance monkey - pop/reggae/eletrônico
https://youtu.be/q0hyYWKXF0Q

Selena Gomez - Lose you to love me - pop/romântica
https://youtu.be/zlJDTxahav0

Camilo Echeverry ft Pedro Capó - Tutu - reggaeton/latino
https://youtu.be/5AkDqm-cEgg

Dua Lipa - Don't start now - pop/eletrônico
https://youtu.be/oygrmJFKYZY

Tainy ft Anuel AA ft Ozuna - Adicto - reggaeton/latino
https://youtu.be/58u-zkDLNPg

Pedro Capó ft Farruko - Calma (remix) - dub/reggaeton/latino/pop
https://youtu.be/1_zgKRBrT0Y

Y2K ft bbno$ - Lalala - rap/hip hop
https://youtu.be/N2Y2vQ-1m7M

Selena Gomez -Look at her now - pop/eletrônico/hip hop
https://youtu.be/8u-_64S7plI

Post Malone ft Swae Lee - Sunflower (Spider-Man: Into the Spider) - rap/hip-hop/pop
https://youtu.be/ApXoWvfEYVU

Ed Sheeran - Shape Of You - pop/soul/hip hop
https://youtu.be/JGwWNGJdvx8

Aqui entraria Despacito, do Luis Fonsi ft Daddy Yanke, mas essa é bem conhecida. Teve 25 mi de novos views, o que me levou a ver que a música tem bizarros 6 (bi) 533 (mi) 852 (mil) 159 visualizações... Praticamente, um view por ser humano que anda nesse planeta.
Acredito que a contagem seja por IP ou conta - mais provável...

Marshmello ft Anne-Marie - Friends - pop/rap/hip hop
https://youtu.be/CY8E6N5Nzec

Imagine Dragons - Believer - pop/rock/folk
https://youtu.be/7wtfhZwyrcc

DJ Snake ft. Selena Gomez ft. Ozuna ft. Cardi B - Taki Taki - reggaeton/rhumba/black
https://youtu.be/ixkoVwKQaJg

Becky G ft Myke Towers - Dollar - reggaeton/rap/black/latino
https://youtu.be/ngJwy17OiAM

YouTube - NACIONAL

Dadá Boladão ft Tati Zaqui ft. Oik - Surtada (remix) - funk/brega funk/rap
https://youtu.be/vhPhZbO7OXE

Ludmilla ft Léo Santana - Invocada (DVD ao vivo) - funk/rumba/axé
https://youtu.be/vvM7xlivbNQ

Grupo Pixote - Nem de graça (DVD ao vivo) - samba/pagode
https://youtu.be/QxamVP2dJCA

Matuê - Kenny G
https://youtu.be/b-PhvPKgWjY

Pablo VIttar ft Psirico - Parabéns - pop/eletro/reggaeton
https://youtu.be/RAQmKOsonhc

Mc Bola ft Mc Magal - Positividade - funk
https://youtu.be/TT2-_L06FKc

Avicii - Wake Me Up - eletrônica
https://youtu.be/IcrbM1l_BoI

Dilsinho - Péssimo negócio (ao vivo) - samba/pagode
https://youtu.be/4uQi5XvGI1M

MC G15 ft MC Livinho - Ela Vem - funk
https://youtu.be/Sn0wA_ERHVU

MC JottaPê ft MC M10 ft DJ RD - Sentou e gostou - funk/trap
https://youtu.be/p86_Aj8x014

Lexa ft Pedro Sampaio - Chama ela - funk/rap
https://youtu.be/2PwmfC4daA0

MC Fioti - Bum Bum Tam Tam - funk
https://youtu.be/_P7S2lKif-A

Dynho Alves - Malemolência - funk
https://youtu.be/_7urWiVOLcc

Avicii - Waiting for love - pop/eletrônica
https://youtu.be/-ncIVUXZla8

Tribo da Periferia ft Marília Mendonça - Conspiração - hip hop/rap
https://youtu.be/qRtxGsGRxsk

Vitão ft Anitta - Complicado - rap/hip hop/black
https://youtu.be/PfMmVgwgB20

Ferrugem - Até que enfim - samba/pagode
https://youtu.be/th7s_5fvIOQ

Melin - Meu abrigo - pop/reggae/folk
https://youtu.be/gUpGTRR4Tt4

Midian Lima - Não pare - pop/balada/gospel
https://youtu.be/dANcAGydlsM

Saia Rodada - Bebe vem me procurar (?) - forró/arrocha/reggaeton
https://youtu.be/7dKdvqmR8FA

Ismah
Veterano
# 19/nov/19 22:31
· votar


Casper
Vídeo indisponível...

Lelo Mig
Membro
# 19/nov/19 22:51
· votar


Só Bosta!

makumbator
Veterano
# 19/nov/19 23:59
· votar


Velvete
ft. é massa

O maior artista dos novos tempos é esse tal de featuring. O cara está em todos os novos álbuns e faz colaboração com todo mundo! É sem dúvida meu artista favorito!

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 20/nov/19 00:33
· votar


Não ouço nada disso...
E ignoro tais listas...

Ismah
Veterano
# 20/nov/19 01:25
· votar


Acredito que a relevância delas, é diretamente proporcional a sua independência da música como ofício. Estou postando por mera curiosidade, pois continuo vendo distorções da realidade a todo canto que olho, quanto a repertório...

É mais uma curiosidade mesmo, pra colocar uma referência do que talvez venha escrito no guardanapo... rs

Casper
Veterano
# 20/nov/19 08:22 · Editado por: Casper
· votar


Caro Ismah:

Corrigido.


OBS:

Avicii - não foi esse cara que ficou bebaaasssoooo,
teve um acidente (sozinho) com a garrafa de vinho
e sangrou até morrer?

E eu achando que ele iria morrer de Acidente Vascular Cerebral...

Ismah
Veterano
# 20/nov/19 12:53
· votar


Até onde sei, foi suicídio e de um jeito bem cruel... Aliás mais um caso, entre os famosos da música...

vinibassplayer
Veterano
# 20/nov/19 12:56
· votar


Velvete
ft. é massa


faz sucesso e tá em todas as paradas, esse é bão msm

Lelo Mig
Membro
# 20/nov/19 12:58
· votar


makumbator

"O maior artista dos novos tempos é esse tal de featuring."

Se os Beatles, segundo John Lennon, foram mais populares que Jesus, esse tal de Featuring colocou Jesus, Beatles, Alá, Odin e etc, tudo no bolso.

TendTudo
Membro Novato
# 20/nov/19 14:50
· votar


Lelo Mig
Pow Lelo volta a tocar guitarra

DuBarzinho
Membro Novato
# 20/nov/19 21:34
· votar


Melim - Gelo - pop/folk/MPB
https://youtu.be/gxrwP81P2zQ

Quando eu ouço essa música não sei nem explicar direito o que sinto só sei que é extremamente ruim.

Velvete
Veterano
# 20/nov/19 21:47
· votar


Rapazes,

Já perceberam, faz tempo, que essa galera faz sucesso um escorado no outro né?

Vcs já fizeram um exercício de anacronismo e pensaram: “novo single dos Stones ft. Frank Sinatra!” Ou melhor ainda: “Não percam! Marvin Gaye ft. Tammi Terrell”. Seria louco essa estratégia...

Lelo Mig
Membro
# 20/nov/19 22:45
· votar


Velvete

Beatles ft. Elvis Presley? Janis Joplin ft. Jimi Hendrix?

... gostei da ideia. Dá prá voltar uns 50 anos atrás?

Velvete
Veterano
# 20/nov/19 23:16
· votar


Lelo Mig
Dá não... estamos na danação eterna...

Julia Hardy
Veterano
# 21/nov/19 15:18
· votar


Brasil é uma bosta mesmo

Del-Rei
Veterano
# 21/nov/19 15:43
· votar


Tirando a parte nacional dessa lista (diante de tudo nacional que já ouvi, passei a ter preconceito mesmo, e forte, então desisti de continuar tentando) eu conheço e gosto de algumas coisas, principalmente a parte pop.

Embora eu goste de pop, percebo que o rock tem estado cada vez mais distante. Não sei se isso é reversível, mas o momento atual é desfavorável pra rock.

Ironicamente, a banda rock mais recente que vi chegar no mainstream foi aquele cover descarado de Led Zeppelin... A tal Greta Van Fleet.

Realmente eu me pergunto qual o motivo do rock estar mal das pernas. Talvez o momento tenha passado, sei lá, e venha a se tornar um gênero de nicho como Jazz..... Embora no Brasil seja mais evidente a derrocada roqueira, isso é uma realidade no mundo todo.

Eu juraria que no Brasil tem público pra rock, até porque quando tem shows (Foo Fighters, Pearl Jam, Guns, Black Sabbath...), eles enchem. Mas não sei por que a indústria musical não investe nesse espaço.

Um aceno de longe!!!

entamoeba
Membro Novato
# 21/nov/19 16:51
· votar


Essa Iza é um belo produto. Foda é o baixo nível da produção do pop nacional.

O pop gringo também vai mal faz tempo. Essa porra de Beyoncé, desde aquele Destiny's Child, vem cagando tudo.

Se de um lado, tem esse R&B de merda, do outro tem umas bostas pasteurizadas, tipo baladinha de violão, ou clones de Coldplay.

entamoeba
Membro Novato
# 21/nov/19 16:54
· votar


DuBarzinho
Melim - Gelo - pop/folk/MPB
Quando eu ouço essa música não sei nem explicar direito o que sinto só sei que é extremamente ruim.


Gente sem graça não deveria fazer música.

Ismah
Veterano
# 21/nov/19 17:46
· votar


Del-Rei
não sei por que a indústria musical não investe nesse espaço.

Porque juntar 600 mil pessoas em 10 shows é mole. Só que isso ainda representa um verdadeiro nada, junto aos 210 mi que nós somos. É pra os restantes que se produz música, e por uma sequência de fatos, que o rock teve ascensão no passado. Sugiro o filme "Somos tão jovens", que conta a história do Renato Russo, mas como estereótipo de uma geração inteira.

Ismah
Veterano
# 21/nov/19 18:00
· votar


O que eu reparo, é que hoje estão ascendidos principalmente gêneros de origem totalmente ou parcialmente, negra. Feita por negros e que branquelo não teve vez.

Enquanto o jazz, blues e o rock, de origem negra total ou parcial, foram realmente popularizados pelos brancos. O jazz chegou ao ponto de ter o movimento "black face", onde brancos se pintavam como estereótipos de negros, para cantar músicas de origem negra. Em parte, a segregação racial que era comum nos States, em parte a oportunidade de brancos lucrarem usando do que já existia. "The jazz singer" é a prova material sobre isso.

A bola da vez vem do funk, rap, hip hop, soul, R&B, disco/eletrônica, "funk carioca"(batidão), reggae e todas as variantes. Todos tem em comum uma valorização mais do ritmo, que da harmonia - algo praticamente europeu.

Apesar de querer propôr o debate, acho interessante esses pontos, e meio deslocada algumas visões. Estamos abertos a novas ligações, e novas tendências até por volta dos 18. Sendo que dos que conheço, todos já estão bem longe dessa idade.

Del-Rei
Veterano
# 21/nov/19 18:19
· votar


Ismah
Porque juntar 600 mil pessoas em 10 shows é mole. Só que isso ainda representa um verdadeiro nada, junto aos 210 mi que nós somos.

Mas isso é consequência da falta de investimento/espaço que o rock sofre, e não a causa da escassez.... A coisa é simples: dinheiro gera dinheiro. Se injetassem na produção de rock a grana que injetam no sertanejo, o retorno de público seria diferente.

Hoje o rock vive do passado... Deliberadamente foi deixado de lado e a razão disso eu tento descobrir há anos.

Um aceno de longe!!!

Ismah
Veterano
# 21/nov/19 21:44
· votar


Talvez porque quem esteja disposto a investir em música, gostava de sertanejo.
Pessoalmente, não tenho vivência em faculdade nesse período, mas parece que a história de uma maioria das duplas, das que deram o start na coisa toda, remonta a mesmo enquadramento... O cara que foi do campo pra cidade, cursar alguma faculdade. Então, começou a tocar em barzinho, ali em meados de 2000...
Não dá pra saber por que, mas eles oparam por tocar sertanejo. Dá pra pensar em várias possibilidades. E também por motivo desconhecido, o ritmo pegou.

Faz certo sentido pelo lado técnico...
Depois da morte de N músicos do cenário rock, era esperado que o mercado se retraísse. E foi o que aconteceu, há um certo hiato no país entre fins de 80 e meados de 90. O rock foi parar no interior do país.
TALVEZ isso possa ter influído surgir o serta-country no centro-oeste, que tinha uma base do modão de viola e música pantaneira, com o lado pop que vinha do country americano dos anos anteriores. Zezé e Luciano, Leandro e Leonardo, e por aí vai...
Talvez pela lentidão que a informação circulava na época, tivemos o axé acontecendo em paralelo no nordeste, e o pagode no sudeste.
Aqui no sul, é que ainda rodavam as bandas locais, mas que ainda assim, tem um certo hiato. A conta que eu faço é a mesma, um artista de fora, vem uma vez ou outra aqui, então há um valor maior nele. Se ele não vem, as bandas locais tem menor valor agregado, e maior dificuldade de reunir público. Isso é válido pra qualquer banda, de qualquer região...

Nos meados de 90 pra começo de 2000, rolou uma reação das gravadoras e selos, ao hiato do rock - e a consequente perda de espaço na mídia (aka queda nas vendas = menos grana entrando). Surgiram novos selos, e lançaram bandas como CPM22, Raimundos, Graforréia Xilarmônica, Júpiter Maçã (ou Júpiter Apple), Kleidermann, Little Quail and The Mad Birds, Maskavo...

Isso deu um nova geração de ídolos, e coincide com a popularização dos CD's - piratas principalmente rsrs - assim como, com o início da popularização da internet, e dos home estúdios. Pelos novos meios de gravação e comercialização, é que nasceram novas bandas e artistas.

Até que em 2005, o rock puxou pra um lado BEM pop romântico, com um ar mais bobinho e inocente.
Estava no auge Marjorie Estiano, Pity, CPM22, CBJr, Detonautas, Skank, Frejat, Jota Quest, LS Jack, Felipe Dylon - o menino prodígio anos anteriores, com seu primeiro álbum, descoberto pela EMI e que explodiu com Musa do verão - um som acústico, pop, e jovem.

Nessas duas gerações, muita coisa já herdou o ar mais brega-romântico dos movimentos anteriores. Todas eram músicas mais voltadas para jovens, o que até então era algo um pouco menos claro.
Se pegar uma letra do CBJr ou do Raimundos, dá pra ver nitidamente que é um papo "mais cabeça", ao lado de algo inocente e bobo como da Pity ou do Dylon.
Ao meu ver, é a primeira vez que temos no BR, músicas feitas por adolescentes, para outros adolescentes. Deduzo que talvez esteja ligado, a resistência dos mais velhos, em usar a internet para coisas fúteis... Como divulgar e ouvir música, conhecer novas bandas...

Nos meados de 2006-9, brilhou o emocore nacional, como evolução do que veio antes. Um som mais cru, não tão pesado como duas gerações, mas ainda elétrico, e com a mesma ideia brega-românticas-bobas nas letras.
Agora porém, já temos os adolescentes da geração anterior, que cresceram e tornaram-se jovens - quase adultos. E estes passaram a escrever letras e fazer música, voltada para os novos jovens. Este período teve o boom de NX Zero, Fresno, For Fun, Hevo 84, Strike e por aí vai.
Acredito que um dos objetivos das gravadoras, ao abrir porta pra essas bandas, era distanciar a ideia do rockeiro com um drogado. Já se via que a internet não iria perdoar falhas. Era o músico soltar um peido torto, que virava notícia, queimava o cara e a banda por tabela... Um passo acredito eu, para tentar salvar as gravadoras que estavam se afundando.

Nesse período, a música eletrônica também ganha um certo espaço. As raves começam a fazer muito sucesso, pois são festas jovens, mas distanciam a ideia (ao menos) de uso de drogas que o rock carregava - ainda herdado dos anos 90.

No fim desse período até meados de 2012, rolou um boom de shows acústicos. Creio que motivado pela nova leva de Acústicos MTV, e uma grande fatia tem shows acústicos nessa época. Foi uma onda, e não tenho ideia do que motivado, se não foi a MTV.

Isso trouxe um ar mais folk pro cenário mainstream nacional, e talvez aí que tenha se aberto algumas portas. Tanto para o sertanejo, quanto para o que hoje chamamos de nova MPB.
Se pegar artistas do sertanejo dessa época - César Menotti e Fabiano, Fernando e Sorocaba, Victor e Léo (estes nunca abandonaram o ar jazzy-folk), João Bosco e Vinícius (velhos de guerra já), Grupo Tradição - eles tem uma forte valorização do acústico. Mas não é nada parecido com hoje. Atualmente rolou uma eletrificação geral nos shows.

E aí a coisa aconteceu com todas essas gerações... Surgiu um artista de extremo sucesso, e isso alavancou outros artistas e bandas menores, por tabela.
A questão é que o sertanejo fez o que o rock fez, se re-alimentando. E o rock morreu na casca...

Veja bem, no meio dos anos 90, o finado Miranda convenceu a Warner e os Titãs, a lançarem o selo Banguela records. Isso que trouxe o rock a tona novamente - e isso é relativamente fácil, tem vários dados que apontam que é um dos gêneros mais populares no mundo.
O rock, quando perdeu espaço, já não tinha quem investisse - as gravadoras estavam falidas e as bandas estavam curtindo a grana que ganharam. E não deve ter sido pouca grana, foi o momento que a internet teve seu valor máximo, era auge de todos os sites ligados ao CifraClub. Surgia também o fenômeno do YouTube, e do streaming, que deu uma sobrevida para as bandas, sem precisar gerar e vender discos novos.
E está assim até hoje, os grandes artistas sentados num trono de ouro, sem interesse em alavancar novas bandas. O cenário de bandas novas, se refugiou no meio alternativo, como a própria internet. Ao ponto que temos bandas daqui, como a Nervosa, que tem turnê internacional, mas não sei se fizeram alguma turnê pelo país já.

Enquanto isso, o sertanejo tá mais pra um startup ainda. A maioria dos artistas, está realimentando a máquina. E vão apostar no que eles gostam, e o que pode somar pra carreira deles - rock, não somaria muito pra eles.

Lelo Mig
Membro
# 21/nov/19 23:07
· votar


Vou repetir, em partes, o que já escrevi num outro tópico:

O Rock tá em baixa, tanto nacional como internacional, já faz um tempo.

Foi predominante por 5 décadas, se esgotou.

Independente de bandas novas serem boas ou ruins, quase sem exceção, não há mais bandas capazes de surpreender. Tudo têm um Q de "já ouvi isso antes". Tá igual a guria que todo mundo já comeu.

Além disso a geração atual, diferente da minha (não tô falando melhor ou pior, tô falando diferente) não consome música como um "produto artístico", consome como entretenimento.

Então, qualquer coisa que toque de fundo para tomar umas cervejas, dançar e arranjar alguém prá fazer sexo tá valendo.

E quem faz, não quer dizer nada, quer apenas ganhar uma grana e se divertir.

Lelo Mig
Membro
# 21/nov/19 23:12 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Del-Rei

"Mas isso é consequência da falta de investimento..."

Cara, os tempos são outros. Marília Mendonça até outro dia passava fome e gravava videos no Youtube. Mesmo sendo gordinha, bem feinha pros padrões ditadores de moda e cantando como se estivesse com uma rola na boca, sabe-se lá porque agradou e estourou.

Prá que investir em alguém e arriscar dar errado? Ninguém mais investe em nada. Quem investiria em Marília Mendonça a não ser ela mesma?

Ainda que ache ela uma merda, fico feliz dela ter alcançado seus sonhos. Mas, se dependesse de alguém apostar nela, tava passando fome até hoje.

O Show Business pode ter sido de melhor qualidade, um dia, mas lógica nunca teve.

Antes haviam os milhões das gravadoras prá torrar à vontade, hoje não têm mais este aporte por trás.

Beto Guitar Player
Veterano
# 22/nov/19 08:34
· votar


Só Bosta!²

renatocaster
Moderador
# 22/nov/19 08:42
· votar


Ismah

Já existe esse tópico, mas acho que é mais bacana que seja um tópico mensal... Dá pra congelar as conversas daquele mês... Não me importo de fazer o "boletim informativo"...

Achei legal a ideia, apoio!

Você não pode enviar mensagens, pois este tópico está fechado.
 

Tópicos relacionados a O que as pessoas tem ouvido Nov/19