Atonalismo é a Era das Trevas? escuridão?

Autor Mensagem
TendTudo
Membro Novato
# 20/fev/19 05:28


não vejo outro modo a que ter ser necessário estudar harmonia.

Beto Guitar Player
Veterano
# 20/fev/19 08:24
· votar


Atonalismo é a Era das Trevas? escuridão?


Ótima sacada. É tipo O Mágico de Oz antes de chegar na estrada dos tijolos amarelos, saca?

Casper
Veterano
# 20/fev/19 08:28
· votar


"Sempre faço o que não consigo fazer para aprender o que não sei. "
Pablo Ruiz Picasso

TendTudo
Membro Novato
# 20/fev/19 10:02
· votar


Beto Guitar Player
Casper
O passado vos condenais

Casper
Veterano
# 20/fev/19 11:29
· votar


O passado e o futuro não existem.
Temo apenas o presente.

TendTudo
Membro Novato
# 20/fev/19 14:05
· votar


Falem sério o que acham de tonalidade na música.
Ora bolas

vinibassplayer
Veterano
# 20/fev/19 14:19
· votar


explica direito a pergunta ai mano, nao entendi

TendTudo
Membro Novato
# 20/fev/19 14:45
· votar


vinibassplayer
Tô falando que Era das Trevas na música é falta de estudar harmonia.
Por isto, faz se música atonal de ouvido sem estudar harmonia e isto acarreta na má qualidade dos ouvintes que não querem sons estranhos.

Casper
Veterano
# 21/fev/19 09:25
· votar


Caro TendTudo:

Por acaso o senhor acha que todo músico
atonal não conhece harmonia?

Schoenberg, Stockhausen, Prokofiev,
Stravinsky, Bartók...

Eles não sabiam nada sobre o assunto?

vinibassplayer
Veterano
# 21/fev/19 14:36
· votar


uma coisa é o kra nao ter ouvido, nao saber tocar nada e usar as msmas 4 notas, mas esse aí nao vai fazer nada "atonal", vai, no maximo, fazer um rock com 4 notas do jeito mais meloso e chato possivel...
Os exemplos do Casper, tão muuuito além de qualquer teoria, já passaram desse ponto e nao precisam se prender mais a ela, e com certeza sabem e entendem tudo q eles tao compondo, por mais atonal q seja pros nossos ouvidos simples.... a maioria tinha ouvido absoluto ou no minimo extremamente bem treinado e sensivel

TendTudo
Membro Novato
# 21/fev/19 15:12
· votar


vinibassplayer
Sem desmerecer a matemática por traz da composição destes cara ae...digo que música tonal é o que sempre fez a cabeça dos artistas.

makumbator
Veterano
# 21/fev/19 15:23 · Editado por: makumbator
· votar


TendTudo

Schoenberg é provavelmente o cara mais completo em harmonia que viveu no século XX. O livro de harmonia dele põe a maioria dos demais no chinelo. Ah, e ele era um artista de verdade, além de ser um professor, escritor e acadêmico.

TendTudo
Membro Novato
# 21/fev/19 15:39
· votar


makumbator
Tu é suspeito pra falar dele
Considero quem faz dodecafonismo

Casper
Veterano
# 22/fev/19 14:43
· votar


Caro TendTudo:

Vou fazer um paralelo tosco entre Schoenberg
e Picasso, para o senhor entender.

Antes de desenvolver seu estilo, Pablo Diego
José Francisco de Paula Juan Nepomuceno
María de los Remedios Cipriano de la Santísima
Trinidad Ruiz y Picasso (vulgo Picasso) dominava
completamente as técnicas de pintura e desenho
de sua época. Não satisfeito com os caminhos
convencionais, reaprendeu a sua arte, criando
seu estilo genial e inconfundível.

Schoenberg na música fez a mesma coisa.
Obviamente ele (como Picasso) dominava
toda teoria de sua arte na sua época como
poucos.

É preciso cultura para cuspir na estrutura.

TendTudo
Membro Novato
# 22/fev/19 15:35
· votar


Cultura ou determinação?

TendTudo
Membro Novato
# 22/fev/19 15:53
· votar


Mozart só lia partitura e não estudou nada de teoria

makumbator
Veterano
# 22/fev/19 16:06
· votar


TendTudo
Mozart só lia partitura e não estudou nada de teoria

Você está completamente enganado. Ele estudou bastante harmonia e música em geral desde criança, primeiro com o pai (que também era compositor) e depois com vários professores (Martini, Manzuoli e também Johann Christian Bach, um dos filhos de Johann Sebastian Bach). Com o Martini ele estudou unicamente contraponto, então Mozart não apenas estudava de maneira constante como específica.

Ele estudou a vida inteira.

TendTudo
Membro Novato
# 22/fev/19 16:29
· votar


mas a diferença é que estudava na prática, vistos seu número aumentado da obra de qualidade e quantificada.

makumbator
Veterano
# 22/fev/19 16:38
· votar


TendTudo

Ele estudava da maneira tradicional na época, que não era só de prática, e sim lendo tratados e livros sobre música, fazendo exercícios (o estudo de contraponto por exemplo ainda hoje é calcado em exercícios curtos), analisando música (ouvindo e lendo partituras), consultando instrumentistas, cantores (Manzuoli por exemplo era um castrato professor de canto, e com ele Mozart aprendeu não apenas as técnicas e limites da voz, mas também a parte expressiva), etc...

Sem o estudo ele não teria sido nem perto do gênio que se tornou. Eu li várias obras sobre a vida do Mozart (e não apenas sobre os aspectos muscais) e posso te garantir que o cara estudava teoria.

TendTudo
Membro Novato
# 22/fev/19 16:45
· votar


sim, makumba, mas a diferença dos métodos de estudo....
primeiro, a obra do cara é ruim, porque quebra as bases da igreja, depois da filosofia, depois da arte, depois da ciência, até recomeçar o ciclo...o gospel existe porque?
qual a referência de ídolo?

makumbator
Veterano
# 22/fev/19 17:10 · Editado por: makumbator
· votar


TendTudo
primeiro, a obra do cara é ruim

Obra de quem? do Mozart?

Qual a relação de gospel com atonalismo? Nenhuma.

TendTudo
Membro Novato
# 22/fev/19 17:43
· votar


tu tá editando o meu post...de boa, entendo, mas religião, guerras, corruptos, criam os mitos, como Mozart e tal, Picasso, mas a paranóia de Beethoven e de Da Vinci, explicado o arquétipo de gênio em Freud e Jung, como arte superior a técnica e essa paranóia...de viver um dia de cada vez desfaz os mitos, criando a arte como lição de vida, presos a recalques, porém livres de projeções, assim como Picasso as tinha em relação a Da Vinci, da projeção de Mozart a tocar para a realeza e talz, sei lá...
boa noite vou dormir vou dar um mix agora pra não mijar na cama depois hehe

Casper
Veterano
# 22/fev/19 18:23 · Editado por: Casper
· votar


Caro TendTudo:

Mozart só lia partitura e não estudou nada de teoria.

...primeiro, a obra do cara é ruim...

O senhor merece 23 chibatadas pela heresia.







makumbator
Veterano
# 22/fev/19 18:25 · Editado por: makumbator
· votar


TendTudo
mas religião, guerras, corruptos, criam os mitos, como Mozart

Só se for enquanto criança e bem depois da morte. Pois na vida adulta Mozart estava mais para um ferrado (ainda que genial), que foi demitido do único emprego que tinha. Emprego esse que era meia boca e não condizia com as capacidades musicais de Mozart. E foi demitido com justiça, pois ele faltava ao serviço que deveria prover para viajar para Viena.

mas a paranóia de Beethoven e de Da Vinci, explicado o arquétipo de gênio em Freud e Jung, como arte superior a técnica e essa paranóia...

Isso é gerador de lero lero?

da projeção de Mozart a tocar para a realeza e talz, sei lá...

Mozart adulto não queria tocar para a realeza. Ao contrário, ele queria ser um artista urbano sem nobres mecenas por trás (algo que o Beethoven conseguiu parcialmente na geração seguinte). Apesar de ter sido um gênio, Mozart não conseguiu romper com os costumes sociais e arranjos de trabalho para músicos de sua época.

MMI
Veterano
# 22/fev/19 19:47
· votar


É o lado negro



Ismah
Veterano
# 23/fev/19 13:43
· votar


Casper
É preciso cultura para cuspir na estrutura.

"É preciso cacife, para mijar no poste!"

fernando tecladista
Veterano
# 23/fev/19 17:09
· votar


Tô falando que Era das Trevas na música é falta de estudar harmonia.
Por isto, faz se música atonal de ouvido sem estudar harmonia e isto acarreta na má qualidade dos ouvintes que não querem sons estranhos.



uma bateria de escola de samba
pra quem gosta aquilo é lindo, mas pode ficar só no batuque sem melodia e sem harmonia, e quem está ouvindo está achando lindo

a música ocidental toda bonitinha, certinha, estruturada...
pode soar fora de tom para algum canto do ocidente

Insufferable Bear
Membro
# 23/fev/19 17:26
· votar


TendTudo
Você precisa usar mais drogas.

Insufferable Bear
Membro
# 23/fev/19 17:59
· votar




isso é brilhante. Nada haver com trevas.

TendTudo
Membro Novato
# 24/fev/19 06:59
· votar


fernando tecladista
bom...nem por isso ficaremos com a cabeça nas nuvens com os pés no chão :)

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Atonalismo é a Era das Trevas? escuridão?