Roqueiros do fórum: vocês trocariam o gosto vs não gosto, por melhores condições de trabalho?

Autor Mensagem
Lelo Mig
Membro
# fev/16
· votar


ogner

" Aquela "mecanicidade, a falta de tesao, a falta de amor com q a coisa se trasnformou.."

Engraçado, comigo era diferente quando fiz baile e estas coisas... Algumas músicas/estilos eu não gostava, mas tinha prazer em tocar...

Meu problema, profissionalmente, foi o autoral. Eu tentei sobreviver, conseguir alguns sucesso com o autoral, minhas composições e da banda, toquei profissionalmente muito tempo para "bancar" o autoral... quando não deu mais para acreditar....desisti.

AtalaBukas
Membro Novato
# fev/16
· votar


Lelo Mig
Engraçado, comigo era diferente quando fiz baile e estas coisas... Algumas músicas/estilos eu não gostava, mas tinha prazer em tocar...

Comigo funciona dessa forma também.

André Perucci
abandonei a faculdade de música porque percebi que não consigo suportar nem de leve músicas que não gosto, então prefiro manter a música como um hobby tocando/estudando apenas o que eu quero...

O cerne da questão do tópico está aí. Pra quem não gosta de outro estilo de música a não ser rock, sobreviver com música é um sacrilégio, porque em todo momento você terá de "abrir mão" dos seus gostos para entender outras culturas e outros modos de pensar a música.

Coloco a questão: guitarristas como Jimi Hendrix, Ritchie Blackmore, David Gilmour, Malmsteen, Santana, quais são as influências e ideias desses sujeitos? Alguém sabe suas referências, o tipo de som que eles queriam atingir, o que estudavam? Só para refletir. Tenho certeza que eles não era somente roqueiros, e sim músicos, no sentido literal da palavra.

André Perucci
Veterano
# fev/16
· votar


AtalaBukas
O cerne da questão do tópico está aí. Pra quem não gosta de outro estilo de música a não ser rock, sobreviver com música é um sacrilégio, porque em todo momento você terá de "abrir mão" dos seus gostos para entender outras culturas e outros modos de pensar a música.

Cara, não sei se to te levando a mal, mas não é caso de entender e sim apreciar e se sentir bem com aquilo. Assim como eu entender tudo sobre Rugby e Futebol Americano, saber a história de ambos e todas as regras, saber jogar ambos e apenas gostar/praticar de Rugby. Eu entendo bastante de jazz até porque estudei o mesmo por um bom tempo, aprendi a executar muitas coisas e simplesmente não suporto...

ogner
Se eu fosse musico profissional, teria grandes probemas com isso tb! Alguns estilos simplesmente nao suporto! Aehsuehua!

Tenho um grande amigo musico profissa, q teve q trabalhar em banda de baile durante mais de 6 meses pq pagava relativamente bem. Ate hoje ele relata q foi uma das piores experiencias. Aquela "mecanicidade, a falta de tesao, a falta de amor com q a coisa se trasnformou, sobretudo na profissao q ele mais ama!

Apenas relatando!
:)


Pois é, exatamente... já ganhei dinheiro fazendo trampos avulsos em que não gostava nem um pouco e cada música que eu tocava meu estômago se revirava, genuína vontade de vomitar. Nem o reconhecimento/satisfação do público presente na hora bastava pro ego, dou meus parabéns pra quem consegue

entamoeba
Membro Novato
# fev/16
· votar


André Perucci
Pois é, exatamente... já ganhei dinheiro fazendo trampos avulsos em que não gostava nem um pouco e cada música que eu tocava meu estômago se revirava, genuína vontade de vomitar.

Fico feliz de saber que tem gente que se sente assim.

UnderDog
Membro Novato
# fev/16
· votar


Coloco a questão: guitarristas como Jimi Hendrix, Ritchie Blackmore, David Gilmour, Malmsteen, Santana, quais são as influências e ideias desses sujeitos? Alguém sabe suas referências, o tipo de som que eles queriam atingir, o que estudavam? Só para refletir. Tenho certeza que eles não era somente roqueiros, e sim músicos, no sentido literal da palavra.

Todos eles transformaram o estilo que estudavam em rock, eles podiam até gostar do que estudavam, mas sua real paixão era o rock, pois caso contrario Malmsteen por exemplo, seria um pianista alá Bach, invés de um rockeiro com guitarras distorcidas e agressivas tocando musica erudita.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# fev/16
· votar


Jimi Hendrix sempre foi um bluseiro e influenciado pelo Rythm & Blues, Gilmour foi influenciado pela surf music e Santana pelo blues e pelos mariachis. Creio que se eles fossem jovens hoje seriam influenciados por mais outras coisas...

Ismah
Veterano
# fev/16
· votar


ogner
André Perucci
Nem o reconhecimento/satisfação do público presente na hora bastava pro ego

Mentira d'ocês, só faltou cerveja e groupies kkk

UnderDog

Senta lá totó... Malmsteen é muito mais influenciado (nem que inconcientemente) pelo Manitas de Plata e Gipsy Kings do que por qualquer banda de rock, ele é quase pioneiro no seu trabalho

MMI
Veterano
# fev/16
· votar


Talvez pela visão de alguns Randy Rhoads não era roqueiro...

André Perucci
Veterano
# fev/16
· votar


Ismah
Mentira d'ocês, só faltou cerveja e groupies kkk


Se você tá dizendo que faltou cerveja e groupies então ok

UnderDog
Membro Novato
# fev/16 · Editado por: UnderDog
· votar


Ismah

Onde que eu falei que Malmsteen foi influenciado por alguma banda ou artista de rock?????????

Eu disse que se analisar as composições dele, é bem nítido que ele estudou erudito, e muito provável que escuta bastante Johann Sebastian Bach (1685 - 1750) não é os Bach do mundo do rock não, e se ele não gostasse da sonoridade rock era provável que fosse APENAS um músico erudito ou outra coisa, ao invés de misturar/"transformar" em rock oque ele aprendeu.
Você é muito mais inteligente que eu pra entender oque eu escrevi, só prestar mais atenção. Au Au!

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# fev/16
· votar


UnderDog

Cara, ser 'roqueiro' não faz parte do código do DNA. O malmsteen fez uma parada inédita, certo, existe tantos músicos eruditos por ai, qual a surpresa de ele ter a ideia de tocar as melodias com a guitarra distorcida?

Não quer dizer que ele tem células de 'roqueiro' no corpo.

UnderDog
Membro Novato
# fev/16 · Editado por: UnderDog
· votar


Wuju Wu Yi

Até pode ser, mas se ele não gostasse de rock(a ponto de não suportar tocar) talvez não faria, pois ele é um artista e toca oque gosta. Existem tantos estilos músicas por ai, deve ter até coisas desconhecidas...
Imagina que louco tocar erudito com country caipira, ou com Reggae? Ou Rap? Ou com o Olodum?

Ismah
Veterano
# fev/16
· votar


Na viola não só vi, como tem orquestra disso.

UnderDog
Membro Novato
# fev/16
· votar


Ismah

Arruma um link pra mim, quero conhecer deve ser daora.

Jube
Veterano
# fev/16
· votar


Eu que sou hobbysta sério e roqueiro tive que abandonar a cabeça quadrada do rock e me abrir a outros estilos. No lugar de comprar um amp novo, comprei um violão melhorzinho e depois disso tenho muito mais oportunidades de tocar.

Lelo Mig
Membro
# fev/16
· votar


Jube

"mais oportunidades de tocar."

Esta frase resume bem muitas coisas.

Prá quem gosta de palco, de tocar ao vivo, do mundo real, conhecer e tocar com músicos reais e ter experiências diversas, quanto mais oportunidade melhor. E oportunidade, aqui, é sinônimo de diversificação.

Ismah
Veterano
# fev/16
· votar


UnderDog
https://www.youtube.com/watch?v=IhW9D9u0Ack

Lelo Mig
Membro
# fev/16 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Ismah

Meio "boqueta" essa orquestra aí, hein?.....kkkkk


Moderno, bom é isso aqui:

Bonita, gostosa, toca bagaray e faz um sertanejão decente!



UnderDog
Membro Novato
# fev/16
· votar


Ismah

Obrigado!!

Lelo Mig
Como eu queria que ela tocasse na minha Viola.... \o/ e depois me "Viola"-se

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# fev/16
· votar


Lelo Mig
Pódiscrê!

makumbator
Veterano
# fev/16
· votar


Lelo Mig
Meio "boqueta" essa orquestra aí, hein?.....kkkkk

Horrível! Instrumentos absurdamente desafinados, expressão ruim e vacilante no tempo (também, olha a regência do cara...mais errado impossível).

Já a "sua" Bruna foi show de bola! Hahahah!

fernando tecladista
Veterano
# fev/16
· votar


Simples

Monte uma banda pra ganhar dinheiro e venda a alma tocando o que é moda
Monte outra banda onde voce toca o que gosta cover ou autoral, e toque com ela algumas vezes no ano, mas se sinta realizado musicalmente

Ismah
Veterano
# fev/16 · Editado por: Ismah
· votar


Lelo Mig

Era um exemplo de orquestra de violas executando música erudita. Foi o primeiro pelo melhor (postando do celular no 3G). A ideia foi lançada, dali para ser bom ou não é outra história...

Mas já que não agradou aquele, vou tentar me redimir...

https://www.youtube.com/watch?v=w7I2vWPUESE

Julia Hardy
Veterano
# mar/16
· votar


É um desperdício. Mas, como dizem, pagando bem...

Por que só roqueiros e não jazzeiros, blueseiros, bosseiros, sombreiros ou etc? Até orquestras se prestam a tocar repertório popularesco pra agradar a "plebe".

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# mar/16
· votar


Julia Hardy

Por que só roqueiros e não jazzeiros, blueseiros, bosseiros, sombreiros ou etc? Até orquestras se prestam a tocar repertório popularesco pra agradar a "plebe".

Você já respondeu. hehe

Entre o restante da galera é algo comum. Quem costuma vestir a roupa do 'o resto é lixo' é o roqueiro. Acho que foi por isso.

Julia Hardy
Veterano
# mar/16 · Editado por: Julia Hardy
· votar


Wuju Wu Yi

Generalizar é feio. As pessoas mais caretas em matéria de musica que eu conheço não consomem nada que não tenha no cardápio. Isso inclui rock/metal.

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# mar/16 · Editado por: Wuju Wu Yi
· votar


Julia Hardy

Generalizo só pra passar a ideia rs, claro que cada caso é um caso. É só pra dar uma leve pincelada na maior parcela.

O caretismo precede o gênero que a pessoa gosta. hehehe O cara quando tem 'pré-disposição' a ser careta/fechado, vai ser independente do que ele ouvir. Tem até gente que só escuta funk.

Julia Hardy
Veterano
# mar/16
· votar


Wuju Wu Yi

Por isso, eu disse em matéria de musica.

Wuju Wu Yi
Membro Novato
# mar/16
· votar


Julia Hardy

Quando trata-se de música e músicos acho que o vilão é o purismo. Quando o cara quer tocar uma coisa só. Só rock, só jazz, só blues, só erudita, etc..

Quando o cara começa a se interessar por bastante coisa, e tocar bastante coisa, ele tende a ser alguém com abordagem diversa, se aventurando em um monte de coisas tanto pra tocar quanto pra ouvir.

Ai quem fica em uma coisa só segue o caminho oposto, e fica preso naquilo de certa forma.

Ai se perguntar o que faz a pessoa ir por um ou por outro caminho, eu não sei ao certo, também estou tentando entender. Talvez tenha a ver com cultura, educação, não sei. Acho válido uns palpites. hehe

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# mar/16
· votar


Wuju Wu Yi
Cara, eu só toco rock...
Todas as minhas bandas só tocavam (e tocam) rock...
Tanto arranjos de músicas "dos outros", como nossas (inclusive minhas mesmo...), são rock e blues, com "pitadas" de MPB...
Não me interesso por tocar outras coisas (outras, eu nem competência tenho!), e meus camaradas também não.
Isso não me faz falta, nem tampouco me torna incapaz (como já deves ter percebido...) de apreciar e ouvir, a maior parte dos estilos musicais...
Acho que é uma opção pessoal (e dos outros também)...
Abç

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Roqueiros do fórum: vocês trocariam o gosto vs não gosto, por melhores condições de trabalho?