De onde vem a idolatria por bandas estrangeiras ?

Autor Mensagem
Edson Caetano
Veterano
# out/11 · Editado por: Edson Caetano
· votar


Aliás estou vendo panico na tv agora, nada mais brasileiro do que isso, e aí que Acha do humorismo

Headstock invertido
Veterano
# out/11
· votar


Não seria muito mais legal ver nossas crianças todas com camisetas do super saci-pererê brincando nas escolas do que com a camiseta do Spyder-man?

Puta que pariu.

Headstock invertido
Veterano
# out/11
· votar


Vou sair desse tópico.

viniciusra
Veterano
# out/11
· votar


Headstock invertido

Simbora.

Quem postar depois de mim é bobo e feio.

Crazy Slash
Veterano
# out/11
· votar


Eu sou bobo e feio /:

makumbator
Veterano
# out/11 · Editado por: makumbator
· votar


Osvaldojr
Percebeu bem amigão, de cada 10 posts, 8 são de metalica e companhia limitada....
Depois aparecem pseud-ncaionalistas que querem distocer a realidade dos fatos...
Muito bem à vc por perceber a estranha realidade dos nossos jovens musicos...


Ué, o FCC agora é amostragem para toda a população brasileira? Ou o número de usuários subiu assustadoramente ou morrerram milhões de brasileiros nos últimos dias...

O Brasil é um pouco maior que o público do FCC.

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


Ah, tava esquecendo da MTV...

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


A invasão cultural
A presença norte-americana no Brasil foi além dos gabinetes de ministros e dos acordos econômicos. Assim como no século passado a Inglaterra e a França ditavam o comportamento e o bom gosto cultural, a partir dos anos de 1950 o modelo norte-americano foi o molde a ser seguido
A exportação vem pelas telas

Hollywood foi um dos maiores agentes de divulgação dos produtos norte-americanos. A explosão do comportamento da juventude – que teve James Dean como símbolo e, posteriormente, Elvis Presley – também chegou às grandes cidades brasileiras. A euforia norte-americana coincidiu com o entusiasmo brasileiro, manifestado com a posse do presidente Juscelino Kubitschek, que prometera fazer o País crescer 50 anos em apenas 5.
A televisão forma a aldeia global

A popularização dos veículos de comunicação foi aos poucos ampliando o contato das populações mais distantes com a cultura produzida nas capitais e no exterior. A partir de 1965, os seriados norte-americanos "Bat Masterson", "Rin-Tin-Tin", "Os Intocáveis", "Papai Sabe Tudo" tornaram-se referências da população. Na música, no cinema e na moda, o fenômeno repetiu-se. Isso tudo apesar das diferenças culturais e das incontáveis críticas que essa dominação recebeu e ainda recebe, não só no Brasil, mas em vários países do mundo
Na década de 1990, a facilidade de acesso à Internet encurtou ainda mais as distâncias entre os povos, reduzindo o mundo a uma pequena aldeia global.
A grande questão, hoje, ainda não foi respondida: é ou não é possível viver em um mundo de isolamento e preservação cultural? Ou até que ponto a incorporação indiscriminada do estilo de vida norte-americano ameaça a integridade da cultura de um povo? A única certeza é que, com o advento da Internet, o planeta de fato entrou na era da globalização
Enquanto no Brasil os sucessivos governos sempre buscaram o alinhamento com a potência internacional dominante do momento, em outros países da América Latina a ascensão de governantes não-alinhados levou, em várias épocas, à intervenção armada. Foi o caso da Guatemala, onde a United Fruit Company possuía vastas plantações, ferrovias e portos. Por isso, os sucessivos governos liberais, a partir de 1944, tornaram-se incômodos e ameaçadores. A deposição do presidente Jacobo Arbenz, em 1954, mostrou que os EUA não estavam dispostos a permitir nenhuma experiência de reforma agrária e proteção aos trabalhadores em seu quintal. O golpe foi liderado pelo general Castillo Armas – com o apoio de bombardeiros pilotados por soldados da Força Aérea dos Estados Unidos – e legitimado pela OEA. O governo instalado em seguida garantiu os interesses norte-americanos no país.
( Texto extraido da internet ) -Autor Desconhecido

Nickname_SCUM
Veterano
# out/11
· votar


Sendo assim vamos escutar só Kayowas do Sepultura

Pea quem não sabe é aquela que tem os indios xavantes...

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


Sendo assim vamos escutar só Kayowas do Sepultura

Pea quem não sabe é aquela que tem os indios xavantes...

Temos que nos conscientizar e ficarmos alertas quanto à nossa cultura, é isso que a maioria não entende.

Nickname_SCUM
Veterano
# out/11
· votar


Temos que nos conscientizar e ficarmos alertas quanto à nossa cultura

Nesse ponto vc tá coberto de razão. Não acho que vc deva fechar os olhos para o que ven de fora, mas vc não deve esquecer suas raízes.

Tudo demais é veneno

Marcelo Bico
Veterano
# out/11
· votar


Osvaldojr
Cara, andei por fora deste tópico por alguns dias e agora tenho que parabenizá-lo, voce coloriu o tópico com tons humorísticos. Não sei de onde você tira esses exemplos de Axl Rose, biografia do Elton John e camisa do Spider Man, mas te garanto que as suas fontes de pesquisa não são representativas da realidade do país, véio.
Não conheço ninguém que tenha poster do Axl gordinho na parede e ninguém do meu meio musical tem a biografia do Elton John na cabeceira.
Você até tem razão em sugerir que a política tomou as rédeas e determinou direções nos meios artísticos. Mas o único período em que isso aconteceu de fato durou trinta anos, e o que tivemos foi a obrigação de ter que engolir bosta nacional em detrimento de arte estrangeira que supostamente conteria mensagens subversivas. Exatamente o oposto do que voce disse.
Lembra do barulho que a esquerda festiva fazia quando o Tropicalismo resolveu misturar MPB com guitarra elétrica? Isso é patrulhamento nos meio musical, cara. Isso é ditadura de esquerda. Você é a favor de ditadura, esteja ela virada para onde estiver? Parece que te agrada o tolhimento de liberdade de escolha, véio. Deixa a criança escolher entre o Batman ou o Super-Saci-Pererê.
Você acha que uma criança adoraria um ícone nacional como, por exemplo, o Boi da Cara Preta? Aquele ser sobrenatural com quem a mamãe ameaça toda noite - "pega essa criança que tem medo de careta" ?? Porra, eu morria de medo desse bicho, cara!
Tem agora um movimento que tá querendo colocar o funk carioca numa categoria de manifestação sócio-cultural. Realmente, tem dimensões para tal. Mas você colocaria a sua filhinha de dois anos em uma aula de dança "na boquinha da garrafa" ? Cultura brasileira também tem lixo, parceiro.

Deixa cada um gostar do que é melhor para si.

Você trocou as bolas, a sua visão tá meio truncada nesse bolo aí.

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


Lembra do barulho que a esquerda festiva fazia quando o Tropicalismo resolveu misturar MPB com guitarra elétrica? Isso é patrulhamento nos meio musical, cara. Isso é ditadura de esquerda. Você é a favor de ditadura, esteja ela virada para onde estiver? Parece que te agrada o tolhimento de liberdade de escolha, véio. Deixa a criança escolher entre o Batman ou o Super-Saci-Pererê.

Liberdade de escolha em primeiro lugar, muito bem lembrado do tropicalismo, não se esqueça que era uma ditadura militar, e havia censura.Hj não há censura , ainda bem né, mas não estou convencido que a "liberdade de escolha" por bandas internacionais ainda é somente uma escolha. Eu acho que é falta de patriotismo cultural, apenas isso.

Marcelo Bico
Veterano
# out/11
· votar


Osvaldojr
Bicho, eu entendi a sua opinião, voce acha que não existe patriotismo cultural. Entendi isso aí e aceito como sendo sua opinião. Só acho que o patriotismo tem que ser uma opção, e não uma obrigação, entende?
Realmente seria maravilhoso para o país se eu ignorasse o MAc Donalds e só comesse carne de bode, se eu cagasse para os Stones e ouvisse o Roupa Nova... mas mesmo tendo a consciência de que parte do meu dinheirinho tá indo prá fora do país em forma de royalties, eu prefiro ter a liberdade de escolha, sacou?

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11
· votar


Osvaldojr
Eu acho que é falta de patriotismo cultural, apenas isso.

O que seria a falta de patriotismo cultural?
Me forçar a ouvir mais as músicas nacionais, ao invés das internacionais que eu prefira, só por ser patriota?

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


O que seria a falta de patriotismo cultural?Me forçar a ouvir mais as músicas nacionais, ao invés das internacionais que eu prefira, só por ser patriota?


Eu entendo assim, os estrangeiros inventaram o dico de vinil, o cd, o dvd player, as câmeras profissionais, as estações de TV e rádio, ou seja, a mídia é deles...existe uma palavra chamada "manipulação de massas "....eles usam isso, até aí ok, foram eles que inventaram e eles detem todo o aparato tecnolócico/eletrônoco....é isso tbm.

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


Pra quem não sabe, o Brasil tinha um complexo de estudios cinematográficos chamado Estudio Vera Cruz, onde o Mazzaropi filmava, foi fechado por não ter incentivo governamental, vcs acham isso bonito?
Imagina o Zé do Caixão filmando um filme dele nos estúdios da Warner Bros, em Hollywood, com toda aquela infraestrutura e colocando efeitos digitais do George Lucas no filme dele? Iria ficar melhor que Avatar....é isso....
O que falta talvez pras bandas nacionais é tecnologia e saber usar as ferramentas, mas isso é post pra outro tópico que abrirei em breve.

Marcelo Bico
Veterano
# out/11
· votar


Osvaldojr
Cara, mas a manipulação de massas, quando envolve aspectos culturais, passa longe de ter relação com as mídias disponíveis e quem as inventou!!
Se fosse assim, aqui no Brasil nem entrariam empresas estrangeiras de aviação, pois o cara que inventou o avião nasceu no Brasil !

Die Kunst der Fuge
Veterano
# out/11
· votar


Osvaldojr

Você não fala coisa com coisa, você fala de "patriotismo cultural" eu te pergunto sobre isso e você me responde sobre tecnologia, assim não dá...

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


Realmente seria maravilhoso para o país se eu ignorasse o MAc Donalds e só comesse carne de bode, se eu cagasse para os Stones e ouvisse o Roupa Nova... mas mesmo tendo a consciência de que parte do meu dinheirinho tá indo prá fora do país em forma de royalties, eu prefiro ter a liberdade de escolha, sacou?


MacBode, hahahahahahaha, perfeito....

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


Você não fala coisa com coisa, você fala de "patriotismo cultural" eu te pergunto sobre isso e você me responde sobre tecnologia, assim não dá...

Eu acho que quem detém a tecnologia, detem a mídia.
Por consequencia, haverá mais divulgação/projeção da sua obra cultural.
Imagina o Restart tocando no mesmo equipamento do ACDC....

Marcelo Bico
Veterano
# out/11
· votar


Osvaldojr
Sim, eu conheço os filmes do Mazzaropi feitos nos estúdios Vera Cruz. NOs anos 50 e 60, oBrasil produzia um número considerável de filmes, mas de qualidade duvidosa. Por que é que voce acha que o cinema nacional não arrecadava tanto quanto os filmes estrangeiros? Porque são piores, cara.
Nos anos 70 havia incentivo governamental para a produção de filmes. E aí, o que saía de bom? Salvo raríssimas exceções, o cinema vivia de pornochanchadas de gosto duvidoso.
O incentivo continuou nos anos 80, época de Xuxa e Trapalhões. Na sua opinião, algum desses filmes é digno de estar no mesmo patamar de Stanley Kubrick, Clint EAstwood, Spielberg, Costa Gravas e mais um monte de diretores que não cabem aqui?
Putz, quem sabe fazer cinema é europeu e americano. Nós ainda estamos engatinhando.

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


Se fosse assim, aqui no Brasil nem entrariam empresas estrangeiras de aviação, pois o cara que inventou o avião nasceu no Brasil !


Os gregos inventaram a música, isso não quer dizer que deveria existir apenas musicas gregas.
Nos dias de hj , os meios de comunicação estão estritamente relacionados com divulgação cultural, isto é fato.

Osvaldojr
Veterano
# out/11
· votar


O incentivo continuou nos anos 80, época de Xuxa e Trapalhões. Na sua opinião, algum desses filmes é digno de estar no mesmo patamar de Stanley Kubrick, Clint EAstwood, Spielberg, Costa Gravas e mais um monte de diretores que não cabem aqui?Putz, quem sabe fazer cinema é europeu e americano. Nós ainda estamos engatinhando.


Mas se usarmos a mesma tecnologia do Avatar no filme do Ze do Caixão iria ficar igual ou melhor.

Marcelo Bico
Veterano
# out/11
· votar


Imagina o Restart tocando no mesmo equipamento do ACDC

Seria música ruim porém bem produzida. Mais ou menos como encarar uma mulher feia prá caceta, mas com bolsinha Louis Vitton e vestindo Chanel. Bem produzida, mas ainda assim não dá prá pegar.

Will Bejar
Veterano
# out/11
· votar


http://ladimurfi.files.wordpress.com/2011/09/tumblr_lixw081mse1qdl41d. jpg

Nickname_SCUM
Veterano
# out/11
· votar


Will Bejar

Se não gostou do que se discute no tópico, fecha ele e vai pra outro.

Simples assim ...

Osvaldojr
Veterano
# nov/11
· votar


simples, é só ver os posts aqui do cifraclub e contar quantos são de bandas estrangeiras e quantos são de bandas necionais.

Will Bejar
Veterano
# nov/11
· votar


Nickname_SCUM
Tô gostando... tá bem engraçado... mesmo que não tivesse, tenho o direito de não fechar. Simples assim...
Aliás, concordo quando vc diz: Nesse ponto vc tá coberto de razão. Não acho que vc deva fechar os olhos para o que ven de fora, mas vc não deve esquecer suas raízes.
Não sei pq vc ficou nervosinho, nunca direcionei (exceto agora) algo à vc... só quero ver até onde vai o criador do tópico com sua ideia.

Abç

Edson Caetano
Veterano
# nov/11 · Editado por: Edson Caetano
· votar


Osvaldojr
Você acha que os filmes do Mojica em HD / 3D / Efeitos Especiais de última, ficariam melhor do que as grandes produções, mesmo as boas nacionais, ou você esqueceu que o cinema nacional tá levando muita gente ao cinema, tá tirando uma da minha cara, os filmes dele é trash, qué isso

E você acha que os produtores nacionais que fazem enlatados como o Restart, fornece equipamento meia boca para eles ??? tá enganado, a mulecada toca só com material top, não perdem em nada para o AC//DC exceto o talento, ou vai me dizer que se eu tiver um equipamento igual ao deles eu vou tocar melhor

Adoro o Brasil, não saio daqui por nada, mas o que você sugere é retrocesso, em um mundo cada vez mais globalizado, você que que a gente se feche em nosso ninho e vire a cara para os "importados", deveria começar já a desligar a internet, o vilão do mal

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a De onde vem a idolatria por bandas estrangeiras ?