Piano Fritz Dobbert 110 (2000) ou Essenfelder (1991)?

    Autor Mensagem
    PianoP
    Membro Novato
    # 07/mar/20 15:29


    Boa tarde pessoal,

    Faço aula de piano há cerca de três anos, porém já estudo teclado há dez.. Gostaria de comprar um piano de entrada, na faixa de valor de cinco mil, que não me dê muito trabalho com relação a manutenção. Procuro algo que não seja muito velho, mas que de preferência tenha a melhor qualidade possível.

    Sei que os pianos importados (das marcas renomadas) são sem dúvida superiores e que fica difícil compará-los com um piano nacional em muitos casos. Um piano muito mais caro, por mais que seja de qualidade, não é o que eu procuro no momento.

    Nas minhas pesquisas encontrei dois pianos que me despertaram interesse. Um Fritz Dobbert anos 2000, modelo 110 e um piano Essenfelder 1991, que não consegui averiguar de fato o modelo. O Essenfelder está com pouco uso, sendo que, segundo o vendedor, está "parado" há vários anos. Estes dois pianos não são de loja, mas de particulares.

    Gostaria de saber a opinião de vocês sobre qual dos dois pianos escolher e se são de marca/ano de boa qualidade.

    Se for o caso, gostaria também de opiniões sobre pianos para comprar que se enquadrem na faixa de valor a qual estou disposto a pagar.

    Desde já agradeço!

    johnxx3
    Membro Novato
    # 08/mar/20 00:10
    · votar


    PianoP
    O Essenfelder está com pouco uso, sendo que, segundo o vendedor, está "parado" há vários anos.

    Nao sei qual o estado de cada piano mas só no que disse, de um piano estar parado há muitos anos, caia fora, grande perigo, procure no google tal explicação e se assustará. É claro que piano também excessivamente usado (maltratado) de forma imprópria, é também motivo de fuga.

    Neste site tem mais de 20 paginas que explica muita coisa sobre pianos e poderá achar mais no google.

    http://lojasdepianos.com.br/

    PianoP
    Membro Novato
    # 08/mar/20 15:28
    · votar


    Obrigado johnxx3, realmente não sabia que estar parado há bastante tempo poderia ser tão ruim assim. Mas em certo sentido já estava meio desconfiado que isso poderia não ser coisa boa.

    Estou olhando o conteúdo deste site. Ele é realmente cheio de informações.

    Estou interessado neste Fritz Dobbert de 2000, mas não sei se os pianos mais novos da Fritz Dobbert têm boa qualidade. Toquei há uns meses em um 114 (acho), um modelo pequeno. Achei o som dele meio apagado. O piano que eu faço aulas, um Meister, me pareceu melhor do que ele em termos de som e em peso das teclas (mais pesadas).

    Com relação ao Fritz Dobbert, você saberia dizer se os modelos dos anos 2000 são bons? Vi em um fórum (acho que por aqui mesmo) que a melhor "safra" é a dos anos 70. Não sei se é verdade.

    johnxx3
    Membro Novato
    # 08/mar/20 23:28 · Editado por: johnxx3
    · votar


    Não sou o melhor daqui pra falar de pianos acústicos (tem muito expert aqui que pode dar aula sobre eles), não é minha praia, pois adoro teclados SP por serem leves e portáteis além de HOJE tais tops de mercado serem muito, mais muito superiores em qualidade sonora e teclas que os de média a baixa qualidade (populares) por terem sons reais dos melhores pianos do mundo (samples do Steinway, Bosendorfer, yamaha CFX e C7, etc), é claro, fugindo ao gosto particular de se ter um acústico real em casa, apesar dos "milhares de problemas" que se ganham com eles. Mas vamos lá, no que eu puder te ajudar:

    Sobe o Meister, já se falou algo dele aqui, mas poderá pesquisar mais em buscas daqui, pois parece ser da própria FD, pouco posso falar dele. Sobre o FD, toquei num zerinho de 150cm hoje feito na China pra baratear, e é muito fraquinho mesmo, contra pouco melhor os maiores como o de 180cm com mecanismo do martelo alemão, mas os antigos parecem ser um pouco melhor, pois os atuais ainda tem algumas peças chinesas pra baratear e nao sei quais, mas tem. Poderá aprender um pouco mais com um mestre em pianos. A FD realmente não é essas coisas (as mortinha Piano Br e Essenfelder eram melhores, mas digamos, a nivel internacional, uns 10% melhores, no chute). Mas com todo respeito as tuas condições financeiras, de só poder pagar uns R$ 5mil (U$ 1mil), desculpe falar, te respeitando, mas não dá pra comprar nada de qualidade, nem um bom SP top sampleado (falo de qualidade). Amigo, te dou conselho de "amigo", sem puxar sardinha pro meu gosto em SP, mas te poupando de problemas: passadas décadas das falidas fabricas de pianos, com exceção da FD, só vai achar defunto em pianos (Br, lembre disso), com raríssimos pianos destes ainda em boa conservação, onde um dono destes bons deve ter pago fortunas pra os manter assim, e nunca aceitará valor baixo por eles, coisa de colecionador, de 1 piano desses em cada 10mil anunciados. Esses sim te recomendaria, mas os demais, pedem e choram pra que voce gaste e muito neles. Pergunto: vai comprar um desses pra tocar ou gastar? É claro, é pra aprender e esquecer problemas. O problema é que na maioria, mais voce vai gastar que aprender. Vai de voce, absolutamente pessoal, ninguém pode falar por voce. Perceba que ate agora nada falei de marca, ou minha preferência, nada e nem vou falar, mas sim apenas de se valer a pena, qualidade, reparos e dor de cabeça, que é o que vem antes do gosto, da marca, preferência, satisfação, etc. Conselho: não vá muito por marca (nesse valor, nem vai achar algo bom), vá na conservação e futuros problemas a ter, aqueles que impedirão de tocar (ou tocar bem). Se eu falasse algo, te diria uma marca de SP top, mas mesmo assim seriam mais caros do que o que voce tem, do dobro a 4X mais (ou um médio sem gravações reais, com patches mas razoável, que aí achará usados no teu preço, mas nao os citarei, deixo pra outros). boa sorte. abç

      Você não pode enviar mensagens, pois este tópico está fechado.
       

      Tópicos relacionados a Piano Fritz Dobbert 110 (2000) ou Essenfelder (1991)?