Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Dicas e BTs para Estudo de Modos Gregos

      Autor Mensagem
      ALF is back
      Veterano
      # abr/12 · Editado por: ALF is back


      Prólogo I: Este material é recomendado para todos que já sabem alguma coisa sobre harmonia e improvisação e o q é um campo harmonico, pelo menos!
      Sim, vcs tem q ter em mente q é necessário decorar as notas do braço!

      Prólogo II: Infelizmente, vcs terão q engolir o 4shared pedindo o login! rs...façam login nessa B**** de site logo q é mais facil! o soundcloud é otimo mas da uns erros e nao terminam de upar os arquivos as vezes!

      (agora sim)

      Fala, galera!
      Tem um tempo q tava preparando esse material pra postar aqui pra ajudar com os modos gregos...mas tava com preguiça de editar as imagens no fotochópi...ai resolvi fazer isso agora a noite e até q foi rapido! rs

      Antes de mais nada, os modos gregos NÂO SÃO APENAS UMA FORMA FÁCIL DE DECORAR A ESCALA NATURAL! Já ouvi isso de um aluno dps de um bom tempo q eu ja tinha passado os modos pra ele....foi broxante! kkkk
      As vezes um iniciante ve as escalinhas dos modos purai e pensam q é apenas uma escala jogada e q uma música em C, por exemplo, pode ter a melodia (ou o solo, improviso, etc...) em C jônio, D dório, E frígio, F lídio, G mixo, A eólio ou B lócrio, que tudo isso vai soar da mesma forma e q essas nomenclaturas é tudo frescura.
      Pois nao é nao!
      E alguns sabem disso, mas continuam sem saber usar...alguns decoraram todos os modos mas tbm nao sabem aplicar.
      Espero por todo mundo pra tocas modos gregos com esse tópico!

      Sobre as imagens q preparei:
      Extrai do Guitar Pro as escalas em cada modo. Vocês verão uma escala cheia de notas e TODAS elas fazem parte do modo em questão, mas estará destacado apenas o trecho característico q facilita a memorização do modo e, nesse trecho destacado, colori algumas notas pra ajudar no improviso. Todo bom solo precisa de repouso, seja em um bend ou em um vibrato ou slide ou tudo isso junto ou sei la o q mais...o solo precisa respirar! e as cores q coloquei representa o "risco" de seu repouso dar certo. Em verde, vc estará na tônica e o risco é 0 de ter prolemas de incompatibilidade com a harmonia! Na verdade, se vc procurar bem, achará exemplos em q até isso será exceção! mas pra essa BT essas regras valerão! Amarelo, algo diferente, são as terças e quintas (q completam a tríade dos acordes). Em algumas ocasiões o repouso nessas notas pode ficar estranho. Vermelho, efeito exótico. São as sétimas (q completam as tétrades). Se quiser, tente! mas pode dar errado! rs...as outras notas q nao estão pintadas tbm podem ser usadas como repouso dependendo da ocasião, mas pra vcs começarem, nao usem! Em alguns modos existem algumas notas chamadas avoid notes (notas evitadas) q dificilmente dará um bom resultado numa impro....mas isso nao será abordado nesse tópico. Isso aqui é pra por voces pra usarem os modos!

      Bom, a lição de casa é o seguinte: preparei 2 BTs pra vcs. Ambas em 90 bpm.
      A primeira, está no tom C. Cada acorde dela tocará 8 compassos 4/4. Terá a sequencia: C7M, Dm7, Em7, F7M, G7, Am7 e Bø (meio diminuto, caso esse caracter especial não sair...rs)

      Eis o link da BT I do estudo

      Quando a BT estiver em C7M, vcs usarão essa escala (C jônio)

      Quando a BT estiver em Dm7, vcs usarão essa escala (D dório)
      Reparem q o C jônio continua ali na escala, só q nao está destacado! Isso pq a moda agora é Dm7! vcs vão solar pensando no D como tônica, e trará junto com isso a tétrade toda dele pra pensar nos repousos. Isso caracteriza cada modo grego! vc está no tom C, mas, quando em dório (nesse exemplo), pensa no segundo grau do campo harmonico como tônica!

      quando a BT estiver em Em7, vcs usarão essa escala (E frígio)

      Quando a BT estiver em F7M, vcs usarão essa escala (F lídio)

      Quando a BT estiver em G7, vcs usarão essa escala (G mixolídio)

      Quando a BT estiver em Am7, vcs usarão essa escala (A eólio)

      Quando a BT estiver em Bø, vcs usarão essa escala (B lócrio)

      dica: sempre q der os 8 compassos (talvez vcs tenha q rodar as BTs mais de uma vez pra notar), já corram pra sua "nova tônica"...isso ajudará a criar o efeito do novo modo!
      lembrando q vcs podem usar qualquer nota q estiver nessas imagens! eu colori só as q estão nos trechos destacados, mas, por exemplo, um G amarelo, será amarelo em qualquer região do braço!

      dps de "conhecerem" como soa cada modo (e tenho ctza q vcs vão pensar: nossa gostei mais desse, ou daquele...[particularmente, acho o lídio lindo!]), vcs vão fazer agora algo mais impactante!
      A BTII é quase o mesmo esquema....90 bpm, 4/4. Só que ela muderá de tom....terá 7 tons, cada um pra vc brincar com um modo
      A BT passará nos 7 modos gregos do C, e cada modo terá 8 compassos, com um piano fazendo uma melodia carcaterística para rapidamente trazer a tona o novo modo...
      edit: apesar de eu ter criado essas melodias em cada modo, vcs nao precisam desenvolver o improviso em cima delas...elas só servem pra deixar evidente q um novo modo entrou!

      ficará nessa sequencia:

      C Jônio

      C Dório

      C Frígio

      C Lídio

      C Mixolídio

      C Eólio

      C Lócrio

      dps q entenderem bem o sentido da coisa, vão gostar mais de brincar na BT II...rs

      po acho q era só isso q tinha pra falar...isso aqui é o básico pra por vcs pra tocar os modos aplicando nas musicas! tem mta informação sobre os modos e espero poder fazer novos topicos mais avançados no futuro...
      se alguem notar algum erro, principalmente nos links (pq ficou uma zona as minhas abas no navegador kkkk) me avisem!

      stroudcastle
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Parabéns cara, ótimo tópico, vou dar uma estuda nisso depois com mais calma.

      ALF is back
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Ah esqueci de falar...mas como não é tão importante, nao vou torrar um edit caso precise...rs

      para os q ja manjam bem os modos mas querem ver do q se trata esse tópico, sugiro q vão direto pra BT II!

      Leomju
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      ALF is back
      Muito bom cara... vai ajudar muita gente!

      ricolb
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      ALF is back
      Belo tópico, parabéns. Eu como você amo o modo Lídio, ah! O som da quarta aumentada...
      Na BTII é que a sonoridade dos modos aparece realmente e fica evidenciada para o iniciante e intermediário e aí a gente passa a perceber a intenção sonora que cada modo imprime sobre determinada harmonia. ABÇS!

      ALF is back
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      ricolb
      pode crer! So de rolar a BT2 e ouvir ja da pra notar as caracteristicas de cada modo!

      DioDisciple
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      ALF is back

      Que tópico foda cara, parabéns mesmo! Vou estudar isso ai, tava precisando mesmo!

      renatocaster
      Moderador
      # abr/12
      · votar


      ALF is back

      Parabéns pelo tópico. Acho que ficou bem explicativo, pra quem quer entender os conceitos básicos dos modos na teoria e na prática.

      Eu mesmo ainda não entendo muito bem como funciona na prática esse lance dos modos, se vc juntar tudo que é relacionado a modos gregos, as vezes fica complicado de entender porque dão abordagens diferentes ao assunto.

      Abs

      leomanji
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      ALF is back
      cara vo começar a estudar agora véii!!
      gosto muito de escalas,
      e vc como sempre ajudando de mais veii vlw!!!

      clebergf
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      ALF is back

      Que maravilha de tópico cara.
      Logo mais começo a estudar eles... :D
      Parabéns!!!

      ALF is back
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      renatocaster
      no começo a gente tende a usar os modos de forma simples...se a musica ta em C...vamo no C jonio! é o instinto de um iniciante...mas dps começamos a nos aventurar mais numas coisas diferentes e ai sim começamos a notar os progressos...essas BTs são o basico do basico! nenhuma musica fica num acorde só como estão essas BTs pra cada modo...quando pegamos uma musica cheia de acordes a coisa começa a complicar...mas é aí q fica legal! ^^

      LeandroP
      Moderador
      # abr/12
      · votar


      ALF is back

      Excelente tópico! Parabéns!!!

      renatocaster
      Moderador
      # abr/12
      · votar


      ALF is back

      quando pegamos uma musica cheia de acordes a coisa começa a complicar...mas é aí q fica legal! ^^

      Então, a manha de aplicar os modos na prática é essa, em função do acorde que está sendo tocado em questão. Não é igual vc pegar uma penta e tocar no tom, ou no tom relativo menor, ou usar a escala diatônica.

      Agora usando os modos, dependendo do acorde em questão, vc tem que saber usar pra caracterizar o som de cada modo.

      Abs

      Thyago_Trajano
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      ALF is back
      Material riquíssimo cara! Caiu como uma luva para mim, que estou tentando mudar minha sonoridade! Pois apesar de tocar há tanto tempo, nunca consegui sair das pentas, assim como, PASME, nunca consegui entender direito esse lance de modos gregos!

      Mas seu texto está bem explicadinho, e muito didático...eu estudarei, e com certeza vai me ajudar pra cacete!

      obrigado e abraços

      ALF is back
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      Pois apesar de tocar há tanto tempo, nunca consegui sair das pentas, assim como, PASME, nunca consegui entender direito esse lance de modos gregos!
      Thyago_Trajano
      Sei q tem mta gente nessa situação sua cara! é disso q eu to falando...nao estou pasmo nao! a aplicação dos modos nao é tao simples de entender pra quem ta acostumado a improvisar só na penta como o renatocaster falou!

      ALF is back
      Veterano
      # abr/12
      · votar


      umpi

      Thyago_Trajano
      Veterano
      # mai/12
      · votar




      Thyago_Trajano
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      ALF is back
      Cara...eu estudando aqui, acabei achando esse vídeo aí acima no Y2B que me ajudou também..

      Mas surgiu uma dúvida; digamos que a base esteja em Dó, eu já entendi como tocar o C Jônio, mas, digamos que eu queira tocar mixolídio, que é o 5º grau...o shape da escala é o mesmo!

      Então o que vai mudar? Qual a diferença entre tocar um G Mixolidio e um C jonio? A diferença está apenas na nota tonante, que inicia a escala e nos repousos!?

      abraços

      LeandroP
      Moderador
      # mai/12
      · votar


      Thyago_Trajano

      G mixolídio e C jônio possuem as mesmas notas, mas como as tônicas são diferentes, os intervalos serão diferentes também. Procure analisar os intervalos em relação a tônica, e as diferenças entre um modo e outro vão aparecer.

      C jônio:
      C, D, E, F, G, A, B
      T, 2, 3, 4, 5, 6, 7M

      G mixolídio:
      G, A, B, C, D, E, F
      T, 2, 3, 4, 5, 6, 7

      Então, independente da tônica, podemos afirmar que o modo jônio é uma escala maior com 7a maior, e que o modo mixolídio é uma escala maior com 7a menor.

      Se você fosse montar um acorde de 4 notas com os dois modos, um seria X7M e o outro X7.

      clebergf
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      Thyago_Trajano

      Cara ainda não estou estudando os modos, mas pelo pouco q eu já li e escutei na maioria das vezes as pessoas se perdem exatamente por se prender as notas e aos shapes, mas o que vale realmente são os intervalos com relação a tônica...
      Faz um teste, toca a escala de C jônio, começando pelo C e a de G mixolídio começando pelo G e veja como elas irão soar diferentes, cada uma tem uma característica...

      Thyago_Trajano
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      LeandroP
      hum...não tinha visto por esse lado! Então ocorre essa coincidência, de ser a mesma nota, pelo fato do c.h. de Dó não possuir acidentes!?

      Só pra ver se eu entendi...

      Digamos, um C mixolidio seria:
      C, D, E, F, G, A, Bb?

      abraços

      clebergf
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      Thyago_Trajano

      O legal é pensar nos modos assim:

      Jônio - TTSTTTS - 2M 3M 4J 5J 6M 7M

      Dórico - TSTTTST - 2M 3m 4J 5J 6M 7m

      Frígio - STTTSTT - 2m 3m 4J 5J 6m 7m

      Lídio - TTTSTTS - 2M 3M 4aum 5J 6M 7M

      Mixolídio - TTSTTST-2M 3M 4J 5J 6M 7m

      Eólio - TSTTSTT -2M 3m 4J 5J 6m 7m

      Lócrio - STTSTTT -2m 3m 4J 5dim 6m 7m


      Corrige ae galera se está algo errado....xD

      Thyago_Trajano
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      clebergf
      Muito obrigado cara...estava mesmo procurando por isso! Realmente como você me falou no outro post...não quero cair no erro de decorar apenas os shapes e desenhos...

      Vou procurar me guiar pelos intervalos...

      abraços

      ALF is back
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      Thyago_Trajano
      isso aí...o q manda são os intervalos...
      na pratica rola uma coisa interessante...se vc sola em G mixo no C, talvez nao soe como mixo...mesmo vc enfatizando os G da escala...pq o G é a 5ª de C...vai parecer q vc ta solando em C jonio mas repousando nas quintas

      agora...se vc repousar nos G e nos F (7 menor), vc estará enfatizando bem o G7...e aí pensa só...F é a 4ª de C...é uma avoid note do modo jonio...da uma baguncinha legal...uma dissonância interessante em algumas ocasiões...tenta aí!

      ALF is back
      Veterano
      # mai/12 · Editado por: ALF is back
      · votar


      duplo :S

      edit: aproveitando o posto duplo...

      jonio e mixo possuem os mesmos intervalos...ambas escalas são maiores...mas diferem na 7, onde jonio é 7M e mixo tem um bemol nela

      LeandroP
      Moderador
      # mai/12
      · votar


      Thyago_Trajano
      Só pra ver se eu entendi...

      Digamos, um C mixolidio seria:
      C, D, E, F, G, A, Bb?


      Não seria... É!

      Pegou o espírito da coisa... Legal quando isso acontece ;)

      Msess
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      Terá a sequencia: C7M, Dm7, Em7, F7M, G7, Am7 e Bø

      flw to indo tocar bateria

      Ir0N_M4N
      Veterano
      # mai/12 · Editado por: Ir0N_M4N
      · votar


      Muito bom o tópico! Parabéns cara, bem organizado e tá bem legal a explicação :)

      Não sei se isso ajuda alguém aí (só complementando), mas eu tinha uma tabelinha aqui, pera aí ...
      Tá aqui (não tenho certeza q esteja 100%, mas deem uma conferida ai, hehe):
      T = Tônica;
      m = Menor;
      M = Maior;
      + = aumentada;
      - = diminuta;
      TABELA / Intervalos

      ALF is back
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      Ir0N_M4N
      cara bem legal essa tabela...ela mostra as notas em semitons e fica bem evidente os intervalos característicos de cada modo!
      uma particularidade, notem os modos lídio e lócrio, ambos tem uma nota 4+/ 5-...mas a sonoridade q isso causa é completamente diferente um do outro! isso por causa da quarta q no lócrio é justa

      Thyago_Trajano
      Veterano
      # mai/12
      · votar


      ALF is back
      Não sei se minha pergunta é idiota, mas...uma quarta aumentada é a mesma coisa que uma quinta bemonizada?

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Dicas e BTs para Estudo de Modos Gregos

      306.403 tópicos 7.907.115 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital