Vamos brincar de equalizar?

Autor Mensagem
has4
Veterano
# jun/10
· votar


maravilhosas dicas. boA!

makumbator
Veterano
# jun/10
· votar


Minow
The Root Of All Evil

Acho que não se deve mudar o volume da BT da jam, DESDE que o organizador tenha o bom senso de não fazer a mix da base à maneira do Rick "clipping" Rubin, com o volume socado e comprimido exageradamente.

Temos que proporcionar margem de manobra a quem sola. O solista não pode se ver sem saída(uma vez que ele não pode baixar o volume da mesma ao mixar, e também não deve clipar a base, o que ocorreria se simplesmente aumentasse o volume do solo).

Na mix final de todos os solos, se o organizador quiser dar uma comprimida extra, para subir o volume geral(de maneira comedida), aí sim acho válido. Mas é claro que a BT tem que ter uma margem de vários
db.



Leblues
o que mais canso de ouvir é nego falando que meu solo ficou baixo na JAM, mas é claro que ficou baixo, dentro de 5 solos estourando em cima da mix

Nesse contexto de vários solos estourando e apenas um ou outro bem colocado, enquanto ouvintes somos todos levados a achar que o errado é quem posicionou seu solo de maneira equilibrada, quando deveria ser o contrário...

GTotti

Eu discordo, pois o solo de uma jam é uma espécie de composição rápida(seja improvisada ou estudada), em que a base deve servir de inspiração ao solista. O solo pode e deve comentar, dialogar, algumas vezes contrapor, em outras concordar e imitar a base. Mas se não ouvimos a base, como vamos analisar essas características?

Eu vejo a jam como uma parceria minha com o(s) autor(es) da base. Não é apenas a minha idéia, mas o meu comentário a partir da idéia de outros. E a mix final da jam é a sequência do que cada participante construiu com os autores daquela BT.

Até porque, senão for assim, poderíamos suprimir toda e qualquer base mais elaborada, colocando apenas um metrônomo e uma cama simples de strings com o som de cada acorde, para meramente demonstrar a harmonia para se solar.

Mas para mim a base tem que ser mais que isso, tem que ter frases, motivos, dinâmica e tudo o mais que a torna musical.

The Root Of All Evil
Veterano
# jun/10
· votar


makumbator
para meramente demonstrar a harmonia para se solar.

Quando é assim é que a Jam lota :P

The Root Of All Evil
Veterano
# jun/10
· votar


makumbator
O solo pode e deve comentar, dialogar, algumas vezes contrapor

O solo do Casper nesta última Jam ai que saiu, a Espanca-Blues é um ótimo exemplo disso.

makumbator
Veterano
# jun/10
· votar


The Root Of All Evil

Quando é assim é que a Jam lota :P

Hashsah! Tenho um método com CD, do John Patitucci mais ou menos assim. Soa uma caminha de strings vinda das profundezas, aí a gente escuta o John cantando um teminha básico na voz(sempre legal e criativo, por sinal), e logo depois ela sola e desenvolve o tema no baixo de 6 cordas(mais legal e mais criativo). Só quando termina o improviso o tal acordezinho para de soar! E então entra outro...hahsasah!

No contexto de um método de escalas para improvisação(que é o assunto tratado), realmente funciona, pois foca no som puro do acorde e suas relações escalares. Mas fora isso, é foda BT assim!!! Hhehe!

The Root Of All Evil
Veterano
# jun/10
· votar


makumbator

Tenho 2 cds do Adam Hurst, que é um violoncelista que toca música cigana, celta, etc...

As músicas dos 2 cds dele são assim:

Começa uma nota sendo sustentada e ela fica sustentada durante a música inteira.
Ai ele fica mandando lá as melodias no cello.

O que muda de uma música pra outra é a nota que fica sustentada e o título (to exagerando, mas é basicamente isso uahauhau)

makumbator
Veterano
# jun/10
· votar


The Root Of All Evil

Hsahsah!!!

Will Bejar
Veterano
# jun/10 · Editado por: Will Bejar
· votar


makumbator
Rick "clipping" Rubin
hehehehehe...pode crer!!!

EDIT: exceto pelo Blood Sugar Sex Magik...

GTotti
Veterano
# jun/10
· votar


Calma...

eu n quis disse que concordo em deixar a guitarra Lá no ALTO... só um pouquinho.

Até pq na minha otica, a ideia das jams n é fazer uma "musica" em conjunto... pode até ser.
mas acredito que para muitos que mandam solos pra jam, querem é ouvir sobre a execução/técnica, pegada etc.

por isso acho que nao faz mal deixar a guita um pouquinho mais elevada.

Mas lógico que quem já tem um certo domínio no instrumento vai querer deixar a gravação o mais "profissional" possível. =)


Resumindo...
Lógico que é mt mais agradavel ouvir tudo bem mixado, mas acho interessante deixar o volume da guita um pouco mais alto nas jams

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Vamos brincar de equalizar?