Seguro de instrumentos: Existe ?!

Autor Mensagem
MauricioBahia
Moderador
# mai/10
· votar


Andei procurando no Google e não achei qualquer seguradora especializada em instrumentos musicais.... Alguém conhece?

As2P
Veterano
# mai/10
· votar


Já procurei seguro também, mas como o Belloni disse, também só achei para o caso de roubo dentro da sua casa, ou seja, no caso de arrombamento. Para eventos externo eu nem achei, mas o Belloni disse aí em cima que é 10% do valor, então, inviável!





É que creio que muitas pessoas usem de má fé com as asseguradoras em geral aqui no brasil, por isso que eles fazem esse tipo de seguro que da aquela "cobertura"...cheios de clausulas e letras miudas...

Bereta
Veterano
# mai/10
· votar


MauricioBahia

Trabalho em banco, com seguros tb, e nunca ouvi falar de um seguro específico para tanto. Porém, existem diversas modalidades de seguros personalizados que se enquadrariam para tanto, mas são, além de caros, burocráticos até a alma. O que eu fiz? Parcialmente eu resolvi meu problema enquanto meus instrumentos estão em casa. O seguro da residência cobre o valor do meu equipamento, pelo menos por enquanto =), além de ser super barato. Já é alguma coisa!

jimmy vandrake
Veterano
# mai/10
· votar


Já tentei fazer várias vezes o seguro residencial com cobertura para os instrumentos. Infelizmente nunca consegui. As seguradoras cobrem muitas coisas como TV, DVD, micro ondas, enfim uma porrada de coisas, falou em guitarra, não cobre.

Raizen
Veterano
# mai/10
· votar


MauricioBahia
Mapfre.

Mas, até onde eu sei. Não compensa. è mais fácil você depositar em uma conta 500 reais todo o mês e você mesmo fazer o seguro.

Bereta
Veterano
# mai/10
· votar


jimmy vandrake

Furto não cobre? Danos elétricos? Fala sério! O meu cobre furto de qualquer objeto dentro da residência, além de danos em equipamentos eletrônicos causados por pane na rede elétrica.

MMI
Veterano
# mai/10
· votar


MauricioBahia

O melhor é fazer seguro para residência mesmo. Depende da cidade e da região que você mora, tem que incluir seguro contra furto/roubo que é a parte mais cara do seguro. Aí você coloca o valor que quiser. O grande problema é que a maioria das seguradoras pedem nota fiscal (imagine você e seus produtos do Ebay), comprovação do bem, em caso de sinistro. Pelo menos aqui em SP, as lojas muitas vezes não dão nota, o que complica muito. Algumas poucas seguradoras não fazem essa exigência. Algumas avaliam o bem, ou seja, dizem que seu equipamento roubado (televisão, por exemplo) vale metade do novo por "x" anos de uso. Mas tem seguradora que não faz esse tipo de coisa nem pede nota do equipamento, mas tem que ter comprovação, como fotos etc. Por isso minha casa é toda fotografada, mesas, cadeiras... Faça uma pesquisa com seu corretor, explique bem que tem solução bem em conta (o meu além de corretor é advogado, conhece bem a área). Mas para quando sair de casa, aí é por sua conta e risco.
Abç

makumbator
Veterano
# mai/10
· votar


MauricioBahia

Eu nunca vi seguro para instrumentos de menor valor. Apenas coisa realmente cara. Por exemplo, o violinista Maxim Vengerov usa um Stradivarius(cedido por uma fundação que o detém, para uso por toda sua vida profissional), esse violino tem seguro, pois o cara viaja com ele pelo mundo. O mesmo ocorre com vários instrumentos do mesmo quilate.

Também é comum ter seguro para transporte de pianos.

ricardopaulob
Veterano
# mai/10
· votar


Não vale a pena mesmo..

Uma vez fiz um seguro para meu notebook, fiz as contas e com as mensalidades pagas em um ano eu compraria um melhor.. Acho que o melhor seguro é depositar a grana em uma conta e se precisar usa...

Fernando de almeida
Veterano
# jan/17 · Editado por: Fernando de almeida
· votar


Cor cof cof . Tópico antigo ...

Mas a aí, alguma novidade? Existe um seguro desse hoje????

Del-Rei
Veterano
# jan/17
· votar


Sempre achamos que não vale à pena... Aí, acontece isso:

http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/cidades/noticia/2017/01/musico -pede-ajuda-para-recuperar-instrumentos-musicais-roubados-em-bento-gon calves-9304090.html

Esse camarada é o PEMAMETAL, aqui do FCC.

Acho que foi quarta-feira passada... Os ladrões deixaram só uma cama e um sofá. O resto todo foi levado... Imagina o drama:

"Meus instrumentos eram os bens mais valiosos. São instrumentos muito específicos e fáceis de serem identificados, dificilmente haverá outro igual na região. Se vc ver algum destes instrumentos pela região por favor me avise e ligue para a polícia. Eu estou imediatamente fazendo um BO. Repassem e compartilhem para chegar nas lojas de instrumento da região. Não há muitos lugares para os bandidos repassarem os instrumentos" diz a mensagem.

Os seguintes itens foram roubados:

Gibson Les Paul Zakk Wylde - Ano 2010 - Número de Série ZW 1559
Gibson Les Paul Custom - modificada com captadores EMG - Ano 2010 - Número de série 000277
Gibson Les Paul 1959 Reissue - Ano 2008

Amplificadores:Marshall JCM 800 2203 - Ano 1983
Marshall JCM 800 2203ZW - Ano 2007
Marshall BluesbreakerCaixa 1960B - Modificada com Com 2 falantes G12T-75 (da década de 80) e 2 Falantes EVM12L. (200 watts cada)


Um aceno de longe!!!

RobsonCosta
Veterano
# jan/17
· votar


Triste isso.

Minhas guitarras são seguradas. Se tiverem interesse posto aqui a corretora.

Fernando de almeida
Veterano
# jan/17
· votar


RobsonCosta

Minhas guitarras são seguradas. Se tiverem interesse posto aqui a corretora.

POR FAVOR MANO ... Posta aí ...

RobsonCosta
Veterano
# jan/17 · Editado por: RobsonCosta
· votar


www.costaemirandaseguros.com.br

Passa para o corporate@costaemirandaseguros.com.br, ele é o dono, ele vai direcionar para um responsavel. Pessoal 110% honesto e do bem.

Fala que foi o Robson Costa que indicou.

Abs

MMI
Veterano
# jan/17 · Editado por: MMI
· votar


RobsonCosta

Minhas coisas estão com outro tipo de seguro atualmente.

Poderia passar dados do seguro em si (seguradora, valores, necessidade de NF etc.)? A corretora de outra cidade não é bem o que eu e alguns outros aqui precisam...

Só sei do seguro BB.

RobsonCosta
Veterano
# jan/17
· votar


E o que tenho, e o que pediram. E sim, a corretora pode ser de outra cidade, sem problemas.

Minhas guitas nao tem nota. E o valor esta minha casa toda.

Nada melhor que vcs falarem com um profissional.

RobsonCosta
Veterano
# jan/17
· votar


Ah, qto a seguradora, depende muito.

Por isso e bom falar com o corretor. Ele vai ver a necessidade e verificar as melhores seguradoras.

Passem um email pra ele sem compromisso com as duvidas. Muito mais facil.

CAIO_SROSA
Membro Novato
# fev/17
· votar


Falai ai Pessoal,
Acho esse tema mto relevante, ainda mais com o aumento da violencia e etc...e ficamos até com medo de comprar um instrumento novo...a gente rala compra o baixo (no meu caso kkk) parcelado e vem uns doido e leva, ficamos só com a parcela kkkk...a um tempo a trás pesquisei sobre o tema, mas só achei o seguro especifico lá fora...

olhando um pouco na internet achei essa pesquisa aqui...
http://pesquisa.guits.com.br


parece ser bacana é uma empresa que vai entrar com seguro no Brasil, me cadastrei vamo ver o dá kkkk

Andy-zn
Membro Novato
# 26/ago/18 14:16
· votar


Sim, existe seguro para instrumento musical, apesar de não ser tão conhecido como seguro de carros por exemplo pois não é muito difundido.

Se precisar de ajuda com isso entre em contato comigo pois sou corretor de seguros.

Segue meu site caso necessite de algo:

https://useseguro.com/

Ficarei feliz em ajudar.

CorretorLeandro
Membro Novato
# 16/jan/19 21:13
· votar


Boa noite! Sou músico e corretor de Seguros, e trabalho com seguro para instrumentos musicais.
Cordas, Eletrônicos, Sopro e Percussão.
Quem tiver interesse, entre em contato.

leandro.vlxconsultoria@gmail.com

fontes_rio
Veterano
# 17/jan/19 11:23
· votar


O seguro é interessante para quem tem banda e usa o instrumento tocando nas noitadas.
Tenho amigos que me chamaram para montar banda, mas recusei, pois não arrisco expor minhas guitarras nas ruas, principalmente sendo no RJ.
Se fosse tocar, usaria uma bem baratinha, mas aí é chato tendo guitarras boas em casa.

ejames
Membro Novato
# 17/jan/19 13:40
· votar


fontes_rio
Cada um é cada um, mas eu sinceramente não vejo sentido em ter apenas instrumentos desse nível se a preocupação chega ao ponto de te impedir de entrar em bandas e usar o instrumento para o que ele foi feito...

usaria uma bem baratinha, mas aí é chato tendo guitarras boas em casa.
O que não falta no mercado atualmente são opções de instrumentos acessíveis e de boa qualidade. Se esse é realmente o motivo que te impede, acho que você tá dando bobeira.

Ismah
Veterano
# 20/jan/19 16:21
· votar


Meus 10 centavos...

Seguro total, de algo específico é caríssimo geralmente. Fui fazer da bike, e custava 3,6 mil por ano. Compensa para uma bike de 60 mil reais, mas não para a minha.
Convém incluir estes equipamentos no seguro residencial. Pra mim custou 40 reais a mais no ano, o que é justificável. Infelizmente, o seguro só cobre furto e roubo, quando no específico, geralmente também há cobertura para danos, acidentes, etc...

O caso do fontes_rio pode ser relativo... Ter um V8 na garagem é legal, mas não é um carro pro dia-a-dia... É barulhento, gasta, exige muito do condutor...
Digamos que ele tenha uma guitarra de 7mil. Só vejo como justificável sair de casa com ela, pra ganhar 5% disso... Será que a banda pode pagar isso?

fontes_rio
Veterano
# 21/jan/19 09:36
· votar


Pois é Ismah.
Hoje em dia se eu fosse tocar seria apenas pelo prazer, nem penso no retorno financeiro, pios é muito pequeno.
Todos sabem da realidade do Rio de Janeiro. Aqui não dá nem para sair à noite, imagina ficar dando mole na madrugada.
De guitarras eu tenho uma Ibanez Jem 77 FP 2 floral japonesa, uma ibanez prestige RG 2550 Z japonesa, uma LP Music Maker e uma Fender Stratocaster USA.
Sinceramente, não tenho coragem de botar nenhuma delas na rua.
Só saem de casa para uma visita ao Luthier.
Já toquei em banda por 10 anos, quando morava na região dos lagos. Muito show de rua, virada de ano na praia, trio elétrico...etc.
Bons tempos.

Ismah
Veterano
# 23/jan/19 01:11
· votar


Cada caso, é um caso. Tenho conhecidos, que moram aí, e ainda se arriscam nas rodas de samba e choro, com instrumentos que custam todas tuas guitarras juntas... Outros que pedalam suas bikes 30 mil noite a dentro... É muito particular de cada um, saber até onde o financeiro e/ou a coragem te deixam arriscar.

fontes_rio
Veterano
# 23/jan/19 09:09
· votar


Sim, eu acredito, mas a exposição ao risco é grande.
Lembra do caso do médico que foi esfaqueado enquanto pedalava na Lagoa? Perdeu a vida por causa de uma bike.
Tenho um filho de 01 aninho para cuidar.
Acho que ficamos mais cautelosos (medrosos mesmo) depois que temos filhos.
Lembro que, quando ia para Cabo Frio, chegava a botar 190 km/h no HB20, fazendo curvas a 150 km/h. O carro chegava a sair de lado. Tinha que usar a pista inteira.
Hoje em dia não passo de 110 km/h.
Se o moleque estiver no carro então...nem pensar.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Seguro de instrumentos: Existe ?!