Longas Sessões de Home Studio, ensaios, gravações como se preparar

    Autor Mensagem
    Adler3x3
    Veterano
    # mai/16 · Editado por: Adler3x3


    Bem estou criando este tópico, e começo reproduzindo o que me aconteceu recentemente, que postei num outro tópico sobre um caso de morte súbita de um baterista, que faleceu quando tocava a terceira música na apresentação da banda:
    Fiz a seguinte nota:
    Outro dia estava no meu escritório (um pouco de home studio), e estava gravando e mexendo no teclado, lá pelas quatro da manhã, junto com a DAW e outros programas, fiquei com sede, e em vez de tomar água, tomei uma cerveja, estava fazendo isto desde as 18:00 horas do dia anterior.
    Quando dei o primeiro gole, a cerveja explodiu dentro de mim, e quase caí, quase perdi os sentidos, fui devagar cambaleando até a cozinha, e depois para a sala e deitei por alguns minutos, e depois fui comer e beber água.
    Não sei o que ocorreu, mas acho que a pressão e a glicemia baixaram demais, num instante só, não pude medir pois estava muito tonto e sem coordenação para conferir com os aparelhos, e também achei melhor ficar quietinho, e não pedir ajuda.
    Mas fica o alerta para os excessos da vida, depois que me alimentei melhorei, e pude voltar e desligar tudo e ir dormir, meio tonto mas bom.

    Bem o meu problema foi que fiquei mais de 10 horas numa sessão de home studio, e neste período cometi o erro de não me alimentar, normalmente me alimento, seja a meia noite, duas hora, mas neste dia exagerei e fiquei direto.
    O curioso é que estava me sentindo bem, tudo normal, mesmo depois de tantas horas, só estava com uma terrível sede, e fui escolher uma boa cerveja no meu depósito.

    Porque no fórum home studio, por que foi aqui o que aconteceu comigo.
    De um lado estava o teclado, em frente o computador e monitores de áudio, do outro lado a mesa em L, mais um teclado, o que evitou que eu cai-se no chão, e foi abrupto, tomei um gole da cerveja, que era das boas, uma especial, uma pilsen meio artesanal de Santa Catarina, muito apreciada, que não lembro o nome era a última desta marca, e como estava com o estômago vazio me deu um mal súbito.

    Comentem a respeito, como devemos saber conduzir estas longas sessões madrugadas adentro, seja no home studio, seja na internet ou outro passatempo, muitos daqui fazem isto com certa frequência.
    E muita gente passa horas e horas no home studio e esquece de outras coisas.

    makumbator
    Veterano
    # mai/16 · Editado por: makumbator
    · votar


    Adler3x3
    tomei um gole da cerveja, que era das boas, uma especial, uma pilsen meio artesanal de Santa Catarina, muito apreciada

    Tá perdoado. Talvez só tenha sobrevivido por conta disso! hhaha!


    Mas falando sério, é fácil ficar horas e horas imersos no mundo da música e esquecer de qualquer outra coisa. Já fiz isso sem querer várias vezes. Não é lá muito saudável. Realmente não sei como evitar isso, pois se por um lado é importante fazer pausas, por outro isso pode cortar o fluxo criativo.

    Jabijirous
    Veterano
    # mai/16
    · votar


    Adler3x3
    Fazia isso todo dia, digo beber, hoje fico só no homestudio que é barato e produtivo kkkkkkkkkkkkkkk

    makumbator
    Veterano
    # mai/16
    · votar


    Jabijirous
    Fazia isso todo dia, digo beber, hoje fico só no homestudio que é barato e produtivo kkkkkkkkkkkkkkk


    O pior dos cenários seria ir pro homestudio e ficar só bebendo...hahaha!

    Adler3x3
    Veterano
    # mai/16 · Editado por: Adler3x3
    · votar


    Makumbator
    escreveu:
    Realmente não sei como evitar isso, pois se por um lado é importante fazer pausas, por outro isso pode cortar o fluxo criativo.

    Pois é, também não sei, só sei que estava tão ligado ao processo criativo que esqueci até de comer, e no meu estado de consciência expandido pela música, me deixe levar e nem percebi o tempo passar, só sei que quanto me dei conta eram 4 da madruga.
    Acho que daqui para frente quando for ter sessões mais longas, vou deixar o despertador do celular programado para a cada duas horas fazer um intervalo.
    Sempre tive este meu lado meio boêmio e madrugador, e esta foi a primeira vez que passei mal, e serve de alerta, os maus súbitos são um problema grave e real, indica que algo esta errado, trabalhar é bom, mas em excesso pode nos prejudicar, e em casos extremos pode levar a falência dos órgãos do corpo, de um minuto para o outro entra em colapso.
    O que eu fiz para me recuperar, foi a respiração controlada, a primeira reação, foi calma, respire, calma respire, calma respire, herança de um certo aprendizado da Yoga, que me tirou da situação, o nosso principal alimento é o oxigênio que irriga o nosso cérebro, e aí o cérebro vai buscar uma melhor solução, do que simplesmente se desligar e causar o desmaio (nunca desmaiei, mas cheguei perto disto) para preservar os órgãos internos,mas principalmente a alimentação que me deu o vigor de volta, e sempre beber água, nestes casos aprendi que não se deve usar bebida alcoólica, estômago vazio + bebida com álcool = problemas.

    Jabijirous
    Veterano
    # mai/16
    · votar


    Adler3x3

    Olha, na época da faculdade eu resolvi tomar umas cervejas e depois fazer exercício de contraponto. Pela primeira vez o professor mandou eu estudar harmonia, nem preciso dizer que fiquei puto kkkk

    Depois desse dia eu separei as coisas. Não consigo e beber e compor.

    Ismah
    Veterano
    # mai/16
    · votar


    Adler3x3

    Bom, eu já passei dias contínuos acordado, em função de trabalho, mas tento comer ao menos de 8/8horas, nem que seja um "Xis mondongo" (xis/hamburguer de camundongo - no sentido de sujo/duvidoso).

    A bebida, quando a empreitada é longa eu evito nos primeiros dias. Não sou especialista, mas dado que uma cerveja artesanal, que é naturalmente forte - acho que se era uma bock ou stout seria pior - mesmo pilsen, ainda assim, num estômago vazio cai bem mal. E não é nem alcool, mas os cereais puros, e a ausência de milho que deixa a cerveja "leve", bem comum nas comerciais nacionais
    .
    Pra te ser sincero, aqui, minha região, é uma região cervejeira, as artesanais são bem populares. Para os "de fora", uma artesanal cai como um destilado. Pra nós locais, que somos mais acostumados, ela cai bem mal num despreparado estômago - descobri o resultado disso com Red Label (whisky) no sábado (7) rs

    Bem, some a isso que eu sou um rapaz de 21, e meus amigos não passam muito de 30, porém, o senhor já é um bom pouco mais velho. E passamos mal conforme a situação.

    Como evitar? Bom, eu sigo a regra que trouxe dos tempos de estúdio: 3 takes e um intervalo, pra banheiro, uma bolachinha, algo fora daquilo. Em tempos de mix/master contador regressivo de 30min para o intervalo.

    JJJ
    Veterano
    # mai/16
    · votar


    Adler3x3
    quatro da manhã [...] tomei uma cerveja [...] fazendo isto desde as 18:00 horas do dia anterior.
    mais de 10 horas numa sessão [sem] me alimentar,
    Comentem a respeito.

    Agradeça por estar vivo. A gente chega numa certa idade e tem que se adaptar a certas coisas e torná-las regras inflexíveis... Dormir direito, por exemplo.

    Outro dia, quase morri quando meu coração foi a umas 8000 bpm porque, depois de ter passado a noite em claro, me estressei por uma série de motivos que não vem ao caso aqui. Achei que ia empacotar. Por sorte, tinha uns comprimidos de passiflora e aspirinas infantis comigo. Tomei dois de cada e consegui me acalmar.

    A cabeça ainda é animada ("18 til I die", como diz Brian Adams), mas o corpo já não é mais o mesmo... temos que respeitar essa regra da natureza, cara... Se cuida!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Longas Sessões de Home Studio, ensaios, gravações como se preparar