A "capivara" de Paulo Guedes

Autor Mensagem
brunohardrocker
Veterano
# 11/fev/20 12:32
· votar


O serviço público, como um todo, é muito mais eficiente que o privado. Veja quanta gente que existe na iniciativa privada fazendo serviço porcaria, produzindo e vendendo bugiganga inútil, fingindo que produz porque precisa consumir. O serviço público, por mais ineficiente que seja, é bem direcionado! Ele visa atender problemas sociais!

Que delírio.

Lelo Mig
Membro
# 11/fev/20 13:30
· votar


entamoeba

"PCC é iniciativa privada!"

E é altamente eficiente dentro de seu segmento.

"Onde eu trabalhei, era regra."

Não sei onde você trabalhou. Te garanto que na educação (repito, há exceções) não é.

entamoeba
Membro Novato
# 11/fev/20 13:49
· votar


Lelo Mig
Não sei onde você trabalhou.

Em uma universidade.

makumbator
Veterano
# 11/fev/20 13:52 · Editado por: makumbator
· votar


Lelo Mig

PCC está mais para parceria público-privada.

entamoeba

O serviço público, como um todo, é muito mais eficiente que o privado.

Já começou a experimentar o lança perfume antes do carnaval?

entamoeba
Membro Novato
# 11/fev/20 14:10
· votar


makumbator
Já começou a experimentar o lança perfume antes do carnaval?

Qual a utilidade social de uma manicure? de um flanelinha? de uma fábrica de cigarros? Se você for pensar nos serviços tipicamente privados, verá que a maior parte deles é uma merda! Pura futilidade! Gasto desnecessário de recursos (humanos e naturais).

O Estado é melhor consumidor do que os indivíduos, porque gera demandas mais relevantes (na área de infraestrutura urbana, por exemplo, comprando o asfalto, manilhas de esgoto, postes etc.), e é melhor em alocar o esforço dos seus empregados, porque geralmente os emprega em serviços relevantes, como na educação, na saúde, no saneamento básico, na segurança etc.

Nossa direita que é burrinha demais! Carente por heróis do dia a dia, precisa mirar no empresário de sucesso para ter sua ereção.

makumbator
Veterano
# 11/fev/20 14:15
· votar


entamoeba

Então o senhor acha que o Bolsonaro seria um ótimo CEO de uma empresa? Acha que no serviço privado alguém como ele alcançaria tal posto e se manteria?

Qual a utilidade social de uma manicure?

Já ouviu falar em mulher? Pra elas isso é BEM importante.


de um flanelinha? de uma fábrica de cigarros?

Tem muito mais na iniciativa privada que isso, né.

entamoeba
Membro Novato
# 11/fev/20 14:17
· votar


makumbator
Tem muito mais na iniciativa privada que isso, né.

Na hora de criticar os serviços públicos, não vejo essa condescendência.

makumbator
Veterano
# 11/fev/20 14:23 · Editado por: makumbator
· votar


entamoeba
Na hora de criticar os serviços públicos, não vejo essa condescendência.

Eu não digo (ao menos seriamente) que todo o serviço público é um lixo. Mas a maioria é. Já até contei em outros tópicos experiências boas com atendimento e serviço público. Mas foram exceções em um universo que varia do mediano ao ruim.

Mas, volto a perguntar:

Então o senhor acha que o Bolsonaro seria um ótimo CEO de uma empresa? Acha que no serviço privado alguém como ele alcançaria tal posto e se manteria?

entamoeba
Membro Novato
# 11/fev/20 14:28
· votar


makumbator
Então o senhor acha que o Bolsonaro seria um ótimo CEO de uma empresa?

Não votei no Bolsonaro, votei no Ciro. Talvez o Ciro pudesse vir a ser um CEO razoável, ainda que as características da gestão pública sejam distintas das da gestão privada - vide a merda de "gestor" que é o Dória.

Na gestão privada, a sociopatia é uma virtude, na pública, é um pecado mortal!

Quem deveria considerar o Bolsonaro para CEO é quem votou nele! O Velho FDP da Havan deveria considerar contratá-lo depois que essa tragédia de governo acabar.

makumbator
Veterano
# 11/fev/20 14:33
· votar


entamoeba
Na gestão privada, a sociopatia é uma virtude

Nisso eu concordo com você. E acho até bonito que essas pessoas (sociopatas) possam se integrar e trazer riquezas para o mundo (nem que o mundo seja apenas o grupo de acionistas). Não é ironia minha.

O Velho FDP da Havan deveria considerar contratá-lo depois que essa tragédia de governo acabar.

Não, o Bolsolino que crie a sua própria Havan. Tá achando que empresa é governo pra ficar com essas molezas?

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 11/fev/20 14:39
· votar


JJJ
Essa discussão da estabilidade sempre tem que ser relativizada com o seguinte fato: funcionário público não tem FGTS.

Isso parece ruim pra vc?

Silspiders
Membro Novato
# 11/fev/20 14:40
· votar


É desigual, apenas.

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 11/fev/20 14:50
· votar


Qual a utilidade social de uma manicure? de um flanelinha? de uma fábrica de cigarros? Se você for pensar nos serviços tipicamente privados, verá que a maior parte deles é uma merda! Pura futilidade! Gasto desnecessário de recursos (humanos e naturais).

O Estado é melhor consumidor do que os indivíduos, porque gera demandas mais relevantes (na área de infraestrutura urbana, por exemplo, comprando o asfalto, manilhas de esgoto, postes etc.), e é melhor em alocar o esforço dos seus empregados, porque geralmente os emprega em serviços relevantes, como na educação, na saúde, no saneamento básico, na segurança etc.


Que raciocínio esquizofrenico da porra, achei q só ia ler esse tipo de bobagem no twitter. Tu é melhor que isso entamoeba

Lelo Mig
Membro
# 11/fev/20 15:17 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Um minuto e pouco dedicado ao nosso amigo entamoeba que está especialmente rebelde hoje:

Não Existe Califórnia Brasileira
Distúrbio Mental

Onde esta me ajude a procurar
Me ajude a procurar
A Califórnia Brasileira, Brasileira
Não existe Califórnia Brasileira
Não existe Califórnia Brasileira
Não! Califórnia Brasileira
Não tudo isso , besteira
Não Califórnia Brasileira!
Propaganda mentirosa da Burguesia Dominante!
Pra trazer mão de obra barata do imigrante retirante
Meio de exploração
Para os que vem de fora
Não existe Califórnia Brasileira





-Dan
Veterano
# 11/fev/20 15:35
· votar


Lelo Mig
entamoeba

É por isso que testemunho, cientificamente, é evidencia anedótica,

Suas experiencias pessoais se anulam e nada agregam pra representar a realidade.

Pra bradar sobre o funcionalismo publico fora do ramo do achismo, necessitar-se-ia de algum mínimo estudo.

Ranking de reclamações, prazos, custos, etc.

De resto, é só birra enviesada pelo viés da experiencia pessoal.

Não que seja invalido compartilhar essa experiencia, é até interessante saber que um trabalhou com um monte de parasitas, outro com um monte de gente esforçada.

Só não agrega nada pra explicar a situação dos funcionários públicos.

makumbator
Veterano
# 11/fev/20 15:40
· votar


-Dan
Pra bradar sobre o funcionalismo publico fora do ramo do achismo, necessitar-se-ia de algum mínimo estudo.

Claro. E vale o mesmo para empresas privadas.

Lelo Mig
Membro
# 11/fev/20 15:56 · Editado por: Lelo Mig
· votar


-Dan

"Pra bradar sobre o funcionalismo publico fora do ramo do achismo, necessitar-se-ia de algum mínimo estudo."

Estes estudos existem. Há diversas pesquisas acadêmicas sobre o assunto. A galera que estuda Administração, quando estuda sobre gestão pública, têm acesso a este material. Nunca fui atrás porque não me interessa, no momento, mas mesmo sendo leigo, já passei os olhos sobre uma uma pesquisa feita pela FIPE, encomendada pelo Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (Etco).

Têm um outro da FGV, que analisa a burocracia do Estado brasileiro, o perfil dos servidores nos três poderes e nas três esferas. E faz análises e visualização de dados sobre a evolução do gasto público e um raio-x sobre os funcionários públicos.

Não sou eu que estou dizendo que o serviço é ruim, ainda que a experiência pessoal de 90% dos brasileiros vá de encontro aos estudos fundamentados.

A discussão é importante.

Buja
Veterano
# 11/fev/20 16:01
· votar


Em time que so tem esquerda e direita, toma gol é de centro avante

-Dan
Veterano
# 11/fev/20 16:02
· votar


makumbator
Claro. E vale o mesmo para empresas privadas.

Sim. Tinha que ser colocado lado a lado. Imagina a conclusão que o serviço público é ruim. Isso não quer dizer que o privado não é ruim tambem.

-Dan
Veterano
# 11/fev/20 16:08
· votar


Lelo Mig

Estes estudos existem. Há diversas pesquisas acadêmicas sobre o assunto. A galera que estuda Administração, quando estuda sobre gestão pública, têm acesso a este material. Nunca fui atrás porque não me interessa, no momento, mas mesmo sendo leigo, já passei os olhos sobre uma uma pesquisa feita pela FIPE, encomendada pelo Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (Etco).

Têm um outro da FGV, que analisa a burocracia do Estado brasileiro, o perfil dos servidores nos três poderes e nas três esferas. E faz análises e visualização de dados sobre a evolução do gasto público e um raio-x sobre os funcionários públicos.

Não sou eu que estou dizendo que o serviço é ruim, ainda que a experiência pessoal de 90% dos brasileiros vá de encontro aos estudos fundamentados.

A discussão é importante.


É o que estou falando: também acho que deve ser ruim na maioria dos casos. Mas no privado pode até ser pior. Tambem ja tive inumeras experiencias péssimas no privado. Extravio de mala, produto quebrado, barata no restaurante. E aí?

Ser ruim não é resposta, se tudo é ruim. Estar acima ou abaixo de uma média é que seria uma resposta.

brunohardrocker
Veterano
# 11/fev/20 16:31 · Editado por: brunohardrocker
· votar


funcionário público não tem FGTS.

E desde quando isso seria uma desvantagem?

brunohardrocker
Veterano
# 11/fev/20 16:36
· votar


-Dan
É por isso que testemunho, cientificamente, é evidencia anedótica,
Suas experiencias pessoais se anulam e nada agregam pra representar a realidade.
Pra bradar sobre o funcionalismo publico fora do ramo do achismo, necessitar-se-ia de algum mínimo estudo.

Só não é exigido um mínimo de estudo quando é falar da iniciativa privada, né?
Claro, criticou o que a esquerda defende: falta de estudo. Criticou o que a direita defende: ah, tá tudo liberado!

Ps: Se entrar em negação eu vou citar o que foi dite neste tópico mesmo.

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 11/fev/20 16:40
· votar


Tambem ja tive inumeras experiencias péssimas no privado. Extravio de mala, produto quebrado, barata no restaurante. E aí?

E aí que, diferente dos serviços fornecidos pelo estado, você tem a opção de não utilizar o serviço de uma empresa que nao lhe atendeu bem, assim como a empresa, a partir do momento que se sente lesada pela atitude de um funcionário, o substitui por outro que se esteja de acordo com seus padrões. É uma questão de incentivo, e isso é indiscutível.

MatheusMX
Veterano
# 11/fev/20 16:43
· votar



O funcionário público está estacionado sugando o dinheiro público GARANTIDO, e não tem nada que o tire de lá, o problema do funcionário público não é receber pelo que faz, o problema é ele receber um valor que é incompatível com o mercado, estar praticamente imune a demissão e ainda tem a cara de pau de reclamar pedindo mais, nesse contexto do que o Paulo Guedes falou, tinha até saído uma pesquisa, se não me falha no UOL de que 80% das pessoas eram contra esse nível de garantia pra funcionário público, 80% das pessoas, não é haddad chegando perto de bolsonaro nos votos, é 80% das pessoas, é a direita em peso e a esquerda também...



O que muita gente não enxerga sobre o funcionalismo público é que para um cara entrar lá, ele precisa passar um bom tempo estudando para um concurso super concorrido, sem a menor certeza se isso dará certo ou não.
Quando dá certo, bacana.
Mas quando não, o camarada passou um bom tempo adquirindo conhecimentos que dificilmente o colocará em vantagem no mercado profissional privado.
Vai dizer que isso não é um custo de oportunidade altíssimo?
Aí vem a questão da estabilidade...
Um camarada passa num concurso e fica 10 anos lá, adquirindo know-how sobre a máquina pública, o que obviamente tem um custo para o Estado pois, o concurso, apesar de filtrar candidatos, não capacita um servidor público, e aí depois desse tempo leva um pé na bunda.
Quem ganha com isso?
O Estado vai precisar chamar outro e capacitar da mesma forma, e o cara se fode porque todo o know-how dele relacionado ao setor público é praticamente inútil no setor privado, a não ser que abra uma consultoria ou algo do tipo.
Além disso, a galera não enxerga que a remuneração no serviço público é altamente engessada, e não consegue acompanhar mudanças rápidas de preços no mercado, pois tudo depende de leis, do orçamento, e muitas vezes de vontade política, fora que não existe qualquer chance de escapar de majorações no imposto de renda ou contribuição previdenciária, por exemplo, uma vez que tudo é retido diretamente na fonte, enquanto no setor privado a sonegação come solta.

Claro que isso depende muito do cargo, mas quanto aos que são das carreiras típicas de Estado, que geralmente são os que exigem maior capacitação, e consequentemente tem as maiores remunerações, esse lance de tirar a estabilidade é viagem.
Quero ver quem vai ser o louco de querer assumir o risco de dedicar a vida profissional a uma carreira dessa para ser demitido a qualquer momento, com baixas chances de recolocação no mercado.

acabaramosnicks
Membro Novato
# 11/fev/20 17:01
· votar


entamoeba

Na gestão privada, a sociopatia é uma virtude, na pública, é um pecado mortal!

vc acredita mesmo nisso?

makumbator
Veterano
# 11/fev/20 17:07 · Editado por: makumbator
· votar


acabaramosnicks
entamoeba

Na gestão privada, a sociopatia é uma virtude, na pública, é um pecado mortal!

vc acredita mesmo nisso?


Já vi uns estudos interessantes sobre a prevalência de sociopatas entre CEOs de grandes empresas. Pelo menos nesse recorte parece ser verdadeiro. Eles parecem mais talhados para o tipo de demanda que tal cargo exige de um líder em uma empresa de grande porte.

entamoeba
Membro Novato
# 11/fev/20 17:12
· votar


Wild Bill Hickok
Que raciocínio esquizofrenico da porra

Discordo! Acho uma proposta de reflexão muito pertinente!


Lelo Mig
que está especialmente rebelde

As pessoas têm comprado esse discurso de ataque ao serviço público, como se fosse ele o problema do País. Entendo que seja o "movimento antivacina" do momento.

Gasto público em salário retorna para a economia na forma de consumo. Servidor público é um ótimo pagador, porque consegue desconto na folha. De quebra, faz o seu serviço, que geralmente é de interesse público.

Não estou falando que nosso serviço público é ótimo! Tem muito o que melhorar, mas o privado também! Tem coisa que funciona melhor no público, tem coisa que funciona melhor no privado. Cada setor tem as suas "vocações" e seus desafios.

entamoeba
Membro Novato
# 11/fev/20 17:15 · Editado por: entamoeba
· votar


acabaramosnicks
vc acredita mesmo nisso?

Qual sua objeção?


brunohardrocker
falta de estudo

Conservador só precisa concordar com o Sikera Jr.

Lelo Mig
Membro
# 11/fev/20 17:24 · Editado por: Lelo Mig
· votar


entamoeba

"As pessoas têm comprado esse discurso de ataque ao serviço público..."

Não é meu caso.

Vocês sabem que sou à favor e defensor de um Estado "pequeno", porém Forte, Presente e Regulador/Fiscalizador em setores essenciais e estratégicos. E para que seja válido, precisa de funcionários públicos.

Também não defendo estes empregadores de merda, estes fundos de quintais exploradores, este capitalismo do salve-se quem puder e estes discursos de meritocracia e competências injustas.

Mas, a discussão surgiu, e dei minha opinião. Eu não sou otimista, infelizmente. O Brasil é um País doente desde a colônia e o funcionalismo é um orgão deste Estado corrupto.

Em minha ótica, não trata-se de avaliar melhor ou pior, privado ou público, apenas de sermos honestos que boa parte dos funcionários públicos já são oportunistas e afim de se encostar, antes de ingressarem em seus cargos. A estrutura atual, atrai parasitas. Muito poucos vão por amor a profissão ou a população a ser servida.

Você pode dizer que no privado não é diferente, mas em partes é. Desossar porco, não é a mesma coisa que atender idosos numa repartição do INSS, e muita gente que atende no INSS, ou está numa sala de aula, deveria estar num matadouro. (apenas um exemplo extremo).

Um tiro no pé da esquerda são as próprias milicias que eles estão apontando... a maioria é funcionário público.

E o discurso que "entram onde o Estado falha" é outro tiro no pé da direita, porque no Governo Militar que eles dizem que era uma "maravilha da segurança pública", surgiram os esquadrões da morte, que nada mais eram que as milícias atuais.

Se a segurança era boa, prá que pena de morte? Por conta da corrupção do funcionário público, esquadrão da morte dava dinheiro.

entamoeba
Membro Novato
# 11/fev/20 17:36
· votar


MatheusMX
Vai dizer que isso não é um custo de oportunidade altíssimo?

Tem casos que é uma aposta mais arriscada do que empreender na iniciativa privada.

Entendo esse mercado de concursos como algo negativo, que não serve para selecionar os profissionais mais adequados ao cargo.


Um camarada passa num concurso e fica 10 anos lá, adquirindo know-how sobre a máquina pública, o que obviamente tem um custo para o Estado pois, o concurso, apesar de filtrar candidatos, não capacita um servidor público, e aí depois desse tempo leva um pé na bunda. (...) O Estado vai precisar chamar outro e capacitar da mesma forma, e o cara se fode porque todo o know-how dele relacionado ao setor público é praticamente inútil no setor privado, a não ser que abra uma consultoria ou algo do tipo.

Exatamente!


Lelo Mig
muita gente que atende no INSS, ou está numa sala de aula, deveria estar num matadouro.

É preciso pensar em seleções mais adequadas para o serviço público, para atrair pessoas que tenham o perfil dos cargos. Complicado.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a A "capivara" de Paulo Guedes