Da metodologia da educação própria

    Autor Mensagem
    One More Red Nightmare
    Veterano
    # dez/15


    Eu tenho a impressão que a melhor maneira de entender algo, sobretudo nas ciencias humanas, é passar um longo período imerso em um objeto de estudo específico, seja estudando a revolução em frança ou a hiperinflação alemã.

    Coloco essa ideia como que em oposição ao metodo que me parece mais comum em nossa edução formal, i.e., pouco tempo e confusas grades. Num horario voce está vendo a economia em hume, noutro estamos em Marx e noutro estamos em Popper. No final, mal passamos da superfície.

    Por isso eu me educo sozinho. Ou tento.

    Qual o seu método?

    Wade
    Membro Novato
    # dez/15
    · votar


    Qual o seu método?

    Parar de estudar coisas inúteis como sociologia, economia política, filosofia e afins.

    makumbator
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Wade
    Parar de estudar coisas inúteis como sociologia, economia política, filosofia e afins.

    E se concentrar em contraponto e harmonia? Aí sim!

    st.efferding
    Membro
    # dez/15
    · votar


    Qual o seu método?


    - divide and conquer (quebrar o assunto estudado em vários tópicos menores)
    - fazer perguntas sobre o assunto e respondê-las
    - mapas mentais, resumos, etc.
    - coletar e comparar referências de alto nível sobre o assunto estudado
    - juntar teoria à prática, e.g. algum projeto

    Wade
    Membro Novato
    # dez/15
    · votar


    makumbator
    Quem me dera. Não ler partitura é uma grande frustração pessoal. Um dia...um dia...

    megiddo
    Membro
    # dez/15 · Editado por: megiddo
    · votar


    Num horario voce está vendo a economia em hume, noutro estamos em Marx e noutro estamos em Popper. No final, mal passamos da superfície.

    O interessante nisso é a possibilidade de fazer conexões improváveis em um estudo mais focado.

    Graduação é superfície mesmo, não tem jeito.

    Black Fire
    Gato OT 2011
    # dez/15
    · votar


    Coisas de engenharia eu pego dois ou três livros sobre um mesmo tema e faço leituras comparadas. Outras coisas eu só leio o que aparece na mão.

    One More Red Nightmare
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Sim, eu sigo antes de tudo a filosofia do frank Underwood: nao importa quão deplorável seja a situação em que voce está; em toda circunstância e momento é possível tirar algum proveito.

    Insufferable Bear
    Membro
    # dez/15
    · votar


    makumbator
    Ele disse que para de ler coisas inúteis.

    Em matemática funciona diferente, pelo menos pra mim... estudar várias coisas diferentes ao mesmo tempo te dá várias perspectivas sobre a mesma estrutura... e estudar a mesma coisa por muito tempo enche o saco...

    makumbator
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Insufferable Bear
    Ele disse que para de ler coisas inúteis.

    Que diabo de frase mal escrita é essa? Hahaha!

    consulte isso:

    http://gramaticaonline.com.br/Page.aspx?id=1

    E isso

    http://canaldoensino.com.br/blog/115-video-aulas-gratuitas-de-lingua-p ortuguesa

    sallqantay
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Graduação é superfície mesmo, não tem jeito. [2]

    Não tem outro jeito, é muito amplo mesmo. Só uma ou outra optativa é que pode ser mais focada (e ainda assim é algo tipo "história da cidade de SP")

    FELIZ NATAL
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Insufferable Bear

    E pra estudar matemágica comofas?

    Insufferable Bear
    Membro
    # dez/15
    · votar


    makumbator
    Não é frase mal escrita, é o meu jeitinho.

    FELIZ NATAL
    Matemágica é a parte da matemática que eu gosto, posso criar um roteiro.

    makumbator
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    FELIZ NATAL

    E pra estudar matemágica comofas?

    Primeiro gradue-se nesse curso

    Depois faça um supletivo em matemática e pronto!

    Ken Himura
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Faço a mesma coisa que o st.efferding, com adição de:

    - ciclar assuntos a estudar (divido durante a semana em ciclos)
    - referências cruzadas e comparação de várias fontes sobre o mesmo assunto
    - navegar no mar de referências e ir ler na fonte primária se não entender a citação
    - skimming (explicação, em inglês)

    Isso (principalmente navegar nas referências) acaba me fazendo demorar um pouco mais, mas tenho gostado do resultado.

    pianoid
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    jogando

    tenho aprendido bastante sobre a França e Revolução Francesa com AC Unity :}

    Viciado em Guarana
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Insufferable Bear
    Escreva matematicamente usando aqueles símbolos estranhos que os professores passam no quadro.

    makumbator
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Viciado em Guarana
    Escreva matematicamente usando aqueles símbolos estranhos que os professores passam no quadro.

    são os emojis matemáticos.

    cafe_com_leite
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Eu preciso imediatamente de uma descarga de disciplina. Eu tenho interesse em aprender, mas sou muito indisciplinado, só nado quando a água tá no pescoço.

    Benva
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Vocês usam algum calendário, com alguma rotina pré-estabelecida?

    Insufferable Bear
    Membro
    # dez/15
    · votar


    Viciado em Guarana
    90% da matemática é grego.

    Benva
    eu não, eu pego, estudo e deixo o mimimi de estruturação de lado.

    Na verdade, tenho que admitir que às vezes me atraso um pouco por isso, uns 3 artigos que tenho pra ler eu faria em uma semana mas tô gastando o dobro porque tô olhando as referências... mas é um negócio natural, e no fim dá tudo certo porque o certo é ouvir seu coração.

    Edward Blake
    Membro Novato
    # dez/15
    · votar


    Insufferable Bear
    uns 3 artigos que tenho pra ler eu faria em uma semana mas tô gastando o dobro

    Eu leio 1 artigo em uma noite.

    /apenas para te pressionar a ser mais competitivo.

    Insufferable Bear
    Membro
    # dez/15
    · votar


    Edward Blake
    Não dá, é muita coisa pra minha cabecinha, tô me familiarizando com a área, só entendo de verdade as coisas que leio no dia seguinte.

    One More Red Nightmare
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Estou estudando os dois volumes d'O Processo Civilizador do Norbert Elias. Tem sido muito proveitoso, embora eu tenha consciência que estou dando uma volta muito maior* do que meu tempo permite, de modo que eu tenho que deixar algumas leituras obrigatórias de lado para estudar essa obra. Mas estudar a história apropriadamente supera o prejuízo.

    *digo isso pois estou estudando economia clássica e formação do capitalismo, pelo programa eu não precisaria recuar tanto no estudo (eles começam já nos mercantilistas)

    som
    Veterano
    # dez/15
    · votar


    Depois do estudo, para manter mnemonicamente ativo o que se deseja: SRS

    http://forum.cifraclub.com.br/forum/11/276695/

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Da metodologia da educação própria