Afinal, é necessário ter um amplificador grande?

Autor Mensagem
Musk_aru
Veterano
# 19/out/19 21:09


Olá pessoal, vim abrir esse post para apenas fazer uma discussão sobre o título do tópico. Sou baixista e tenho um Staner 215B, é um ótimo amplificador, tenho ele há anos, gosto muito dele, porém uma coisa me incomoda, ele pesa quase 30 kgs, e é horrivel de ficar carregando um troço desses em ensaios/shows. Estou pensando em comprar a versão menor Staner 110B ou mesmo o Staner BX100, o que levo em conta é que o aparelho é bem mais compacto, apesar de ter 50w de potência a menos.

O que já discuti com vários músicos da minha região sobre é que, parece não ser mais necessário comprar um amplificador tão potente, muitos estão trocando seus amplificadores grandes por menores, por questões de praticidade, e funciona e soa bem, em ensaios e shows. No meu caso por exemplo, eu nunca precisei aumentar o volume do amplificador próximo do seu volume máximo, e creio que isso nunca vai acontecer, pois nunca vou ter que tocar em algum lugar que precise de tudo o que ele me possa oferecer.

Queria fazer essa discussão, justamente porque nos tópicos antigos, todo mundo fala em comprar amplificadores de 100W+ para poder tocar em ensaios/shows, vocês ainda acham que é necessário isso?

macaco veio
Veterano
# 20/out/19 02:23
· votar


Mas é claro que é pesado, amplificador combo brasileiro é feito com aglomerado que é mais barato que compensado porem muito mais pesado. Os transformadores internos brasileiros são maiores e portanto mais pesados, por que são maiores? Porque as laminas metalicas brasileiras não tem a mesma qualidade das americanas então pra dar a mesma potência é preciso calcular maior. Mas isso também é só marcas boas, buguera, behringer, e essa merdas chinesas de marcas sem tradição nenhuma, essas porcarias é igual brasileiro mesmo, não são eles que vão carregar.. Desmancha um combo Hartke A100 por exemplo e desmancha um Staner semelhante, pese cada componente e verá. O hartke ate alto falante é especial fabricado por eles, muito mais leve. Palavra de quem já carregou caixas e consertou amplis desde os anos 70. Os amplificadores mais leves que já vi são os Fenders, a maioria deles.

Ismah
Veterano
# 20/out/19 03:27 · Editado por: Ismah
· votar


Depende! Não vejo justificativa pra isso. O BX100 eu vejo em 9/10 eventos que o músico leva o amp. Barato (grave essa informação), com bom volume e por aí vai...

ERRATA: O mais comum é o BX200, com 1x15", confundi os modelos.

Pessoalmente, optaria por head. Os mais legais que vi foram

TC Eletronic BH250 e BH550
Orange Bass Terror
Eden WT (todos da série)

O que não tem muito pra onde fugir é caixa... Pra baixa frequência, precisa caixa grande e com reforço interno (ou a caixa desmonta)... Teria pelo menos duas caixas com 4x10", pra desencargo de consciência, e só levar o head pra ensaio...

makumbator
Veterano
# 20/out/19 04:00 · Editado por: makumbator
· votar


Musk_aru

Se você quer um amp de baixo pequeno e potente você pode comprar um cabeçote TC electronic dos menores (classe D). Tenho um BAM-200 (até 200 watts em 4 ohms e até 125 watts em 8 ohms) que fala muito. Uso em eventos menores e médios sem problema. Conecto em uma caixa 2 x 10 markbass em eventos menores ou se precisar de mais potência levo essa caixa e mais outra 1 X 15 em eventos maiores. Custou 150 dólares novo.

O tamanho é ridiculamente pequeno (cabe no bolso frontal de bag de baixo com folga). E é mais leve que qualquer cabeçote na mesma faixa de potência e classe. E apesar do preço ele é realmente bem feito e suporta bem o uso intenso. Uso há uns 9 meses (comprei no lançamento) em pelo menos dois eventos por semana (ás vezes 3 ou 4) e ensaios diversos.

Os modelos da TC que o Ismah comentou são ainda mais potentes (mas também mais caros, e um pouco maiores em tamanho, apesar de ainda serem pequenos).

Quando preciso de mais potência do amp aí levo um markbass little mark III, mas é raro. O TC dá conta de quase tudo.


Se você pegar um TC desses e uma caixa já vai poder fazer bastante som. O problema é que caixa de baixo leve e boa custa caro. Pra aliviar o peso tem que ser falante de neodímio e bons materiais e projeto.

Ismah
Veterano
# 20/out/19 09:50
· votar


Boas experiências com o MarkBass? Eu só tive problemas com eles. Vi duas vezes ao vivo.
Uma sem PA, que o cara usava um combo 1x12" num pedestal, e uma extensão de 1x15" ... Mas não fazia cócegas... Talvez equívoco do cara, pra ensaio com paredes próximas, o grave somava - também uso "de canto" a caixa pra conseguir meus 9 dB de ganho do espelho acústico...
A outra um setup de 6x10" (provável que um meio termo entre 4 e 8 Ohms, o que eu acho interessante). Nesse talvez o problema estava entre a correia e as cordas, porque mesmo em linha o som era uma bosta... Compressor dinâmico comendo...

Quanto a potência, penso que sempre é melhor pecar pelo excesso... Diminuir volume de onde tem, é fácil. Difícil é aumentar... E a física é cruel...

makumbator
Veterano
# 20/out/19 10:03
· votar


Ismah

Comigo nunca houve problemas. Mas nunca usei combos da marca em situação de show (só em ensaio quando havia um já disponível, e mesmo assim poucas vezes). Também nunca liguei um combo Markbass em uma caixa extra.

Não sei se tem relação, mas tem gente que diz que os Markbass italianos são melhores que os indonésios (apesar de serem feitos na Indonésia, os produtos ainda são todos testados na Itália). Só as linhas mais altas ainda são feitas na Itália. Mas ao mesmo tempo, tem gente que diz que é igual.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 20/out/19 10:32 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
· votar


Musk_aru
Já testei e toquei com inúmeras configurações ao longo de quase 4 décadas e posso te afirmar uma coisa: Baixo tem que ter potência e SPL.
Sem isso, ninguém escuta nada, e se sua banda for barulhenta, nem você, nem o público, nem os seus camaradas de banda vão ouvir à contento.
Mesmo que você use um desses cabeçotezinhos Classe D atuais, você terá que ter uma caixa com 2X12 ou 4X10 (se vc toca numa banda de rock).
Esses Staners BX100 não dão conta do recado, principalmente em função de terem apenas um falante de 10". Ele até pode ser usado se sua banda for de bossa-nova, jazz, etc... Para para estilos mais "barulhentos"; esqueça.
Muita gente argumenta o seguinte: "...Vou ligá-lo no P.A....". Ok, mas se o mesmo não tiver uma monitorização de palco boa ou "in ears", pode tirar o cavalo da chuva, pois não vai rolar... Pode até sair alto para o público... Mas e dentro do palco, para você e seus camaradas de banda? Como fica?
Não fica...
Em estúdio é uma coisa, em palco, outra - "treino é treino, jogo é jogo", e mesmo em estúdio, para uma banda de rock, o BX100 não dá conta. Simples assim.
Outra coisa: Tenho 57 anos na cara e problemas de coluna (sérios), e carrego com a ajuda de meus camaradas de banda (quando não há amps na casa), meu potente e confiável Staner BS120 ou meu cabeçote Meteoro 400MB( transformado em "GK" pelo Pedrone) mais duas caixas que eu mesmo construí (1X10 e 1X12) sem problema algum e sem reclamar, mais mic, pedestal, pedais, baixo e etc, etc...
Se você não é profissional e sua banda não tem roadies (como as bandas profissas com que o Ismah trabalha), é assim que vai rolar...
Já tive um Gianóca ThunderSound e caixa 4X12 quando era moleque, já toquei em palco grande nas Lonas Culturais, já toquei em estúdio com tudo que é amp que vc possa imaginar (dos mais comuns), e sempre a combinação foi: Potência e SPL.
Abç

Musk_aru
Veterano
# 20/out/19 21:33
· votar


Mauricio Luiz Bertola

Fiz algumas pesquisas, existem alguns combos de marcas importadas que simplesmente não da pra comprar pelo valor delas. Mas uma que me chamou um pouco atenção, são os combos da Oneal, o OCB400 por exemplo, tem as seguintes especificações: falante 12", 120W rms, e 17 kgs, praticamente 10 kilos a menos do meu staner, o que já ajuda bastante em transportar e etc.

makumbator
Gostei desse head da TC, o problema que o preço dele é meio salgado para mim. Eu não sou músico profissional, toco mais como hobby em algumas bandas, porque eu realmente gosto de fazer som.

Ismah
O shout 215B é basicamente um BX200 com outra cara. Eu realmente gosto do som que tiro nesse amp, em questão de som e tuno ele nunca me deixou na mão, e já tenho ele há 7 anos, a única coisa que me incomoda mesmo é essa questão do peso, e as vezes ter que ficar carregando ele de lá pra cá é complicado, por isso criei esse tópico, pois já tinha conversado com outros músicos da minha região sobre, e eles comentam que estão usado os amps menores

Ismah
Veterano
# 20/out/19 22:15
· votar


Mas não tem almoço grátis. Ou carrega o peso, ou paga caro num item de ponta... É uma escolha pra se fazer. Dependendo da frequência dos shows, vale a pena tirar o escorpião do bolso... Como disse, o BX200 é popular por ser barato, e relativamente bom.

Quanto a Oneal, minha opinião é que fuja deles... NADA da marca me inspira confiança.

makumbator
Veterano
# 20/out/19 22:22 · Editado por: makumbator
· votar


Musk_aru
Gostei desse head da TC, o problema que o preço dele é meio salgado para mim.

Aqui no Brasil nego cobra mais de 1.500 reais pelo BAM 200. Mas custa 150 dólares. Eu importei no lançamento (na Sweetwater) e totalizou uns 800 reais com frete e imposto. Achei um valor bastante razoável. Os outros são mais caros, mas também mais potentes.

As caixas modernas são mais leves que as antigas de mesma potência suportada, mesma quantidade e tamanho de falantes, muito por causa dos falantes de neodímio, que são potentes e leves. Mas não é barato.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 20/out/19 23:19
· votar


Musk_aru
Cara, desse Oneal eu não posso falar pois simplesmente não o conheço. Essa linha dedicada é recente, por conseguinte, não há ainda o que dizer do ítem principal para mim: Durabilidade e confiabilidade, quesitos nos quais os Staners são IMBATÍVEIS (mesmo em relação a equipos importados).
Ademais, combo de baixo com falante de 12" acrescenta pouco SPL em relação à um de 10".
Ouça o que o Ismah falou...
Outra questão são os falantes. O makumbator citou os falantes de imãs de neodymium, que são leves e eficientes, mas caros.
A Teksound faz caixas com falantes B&C usando esse material.
Abç

Ismah
Veterano
# 21/out/19 01:57
· votar


Eita... B&C é uma das mais respeitadas fabricantes de AF's, existem marcas de AF's que encomendam deles AF e peças para; fabricantes de PA's que financiam projetos exclusivos, onde AF e caixa são projetados em conjunto... Essa dá para encara de olho fechado...

Quanto ao AF... É meio difícil falar assim, tem muita coisa em jogo. Como temos tecnologia pra aplicar uma potência alta, podemos brincar com algumas coisas acústicas. Só que tecnologia de ponta, tem preço de ponta...

O que funciona ou não, depende apenas de onde se quer chegar. Pra ser sincero, testei muito pouco, mas do que peguei na mão. Alguns sistemas parecem bem interessantes, e tenho curiosidade real de testar no palco.
A Carvin tem o MB210 é um 2x10" de 200 W, e 13 kg... Promete ir de 65Hz a 20 k... E vai pra 250 W se ligar uma segunda caixa - imagina uma 1x15"...
O GK MB500 pesa 1,7 kg e é pra entregar 500 W...

A JBL Party Box, não é pra isso, mas eu realmente pretendo testar ela usando o baixo... Pô, aquilo toca pra 200 pessoas dando risada... Se tu sabe como soa no amp, não deve ser tão difícil chegar em algo parecido...

makumbator
Veterano
# 21/out/19 03:05
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Ismah

Tenho duas Teksound com falantes B&C. Uma caixa 1 X 15 e outra 1 X 10 (mas usadas separadamente dependendo de tamanho de eventos, transporte, etc...).

Acho o som delas bem legal, e são leves (não tanto quanto as Markbass, que também tem falantes B&C, mas são próximas no peso). São baratas e uma boa opção (não é nenhuma Bergantino, mas toca muito bem).

Segue logo abaixo o site para o Musk_aru checar:

http://teksound.com.br/index.php/produtos/linha-contra-baixo

Lelo Mig
Membro
# 21/out/19 17:01
· votar


Musk_aru

A parte técnica, marcas e modelos, meus colegas já destrincharam com propriedade.

A salientar, apenas, que baixista pobre e sem roadie carrega peso ou liga em linha na mesa e seja o que o "deus técnico de som" quiser.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 21/out/19 17:54
· votar


Lelo Mig
Baixista carrega peso.
Ponto final.
Abç

makumbator
Veterano
# 21/out/19 17:55
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Baixista carrega peso.

E tocando também carrega o peso da música! Hahah!

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 21/out/19 18:03
· votar


makumbator
Pódiscrê!
Abç

Buja
Veterano
# 21/out/19 18:38
· votar


A JBL Party Box

So abri um link do google pra ver, de curioso. E julgando logo o livro pela capa, hmmm, nao botei fé não. Serio que aquilo daria um grande som de baixo?

Ta, sei que o segredo ta na eq e na mão poheta do musico, mas eu digo no quesito volume, peso, aquele gravão batendo pelo peito afora a 10 metros de distancia. Daria?

Se sim, acho barato demais, por 2k!

Musk_aru
Veterano
# 21/out/19 21:13
· votar


Esse post quase fez eu mudar minha ideia de vender meu staner 215B hahaha. Ainda fico meio triste com que nós baixistas, tenhamos que ter que carregar esses amps tão pesados, sendo que guitarristas hoje tocam em ensaios e até shows com amps de 30w que não pesam nada.

Musk_aru
Veterano
# 21/out/19 21:15
· votar


makumbator

Acha que seria necessário ter que comprar 2 daquela caixa de um falante de 10 polegadas??

Lelo Mig
Membro
# 21/out/19 21:19
· votar


Musk_aru

Meu querido! Seus "pobrema acabaram-se"!

Solução Barata!

Musk_aru
Veterano
# 21/out/19 21:26
· votar


Lelo Mig

hahahahaha muito bom. O que me incomoda um pouco no staner é não ter alças laterais e sim uma alça só em cima, sendo que é bem complicado carregar um trambolho daquele de 25kg em uma mão só.

makumbator
Veterano
# 21/out/19 21:48 · Editado por: makumbator
· votar


Lelo Mig
Meu querido! Seus "pobrema acabaram-se"!

Cara, pior que eu tenho um negócio parecido, mas desmontável (infelizmente tive que importar, pois aqui no Plantation não tem desses carrinhos que aguentem muito peso, sejam de boa qualidade e desmontáveis):

https://www.sweetwater.com/store/detail/R2RT--rock-n-roller-r2rt-micro -multi-cart

Musk_aru

Eu tive um antigo meteoro da série X pesadão. Instalei rodinhas nele. Ajudou. Foram rodinhas de patinete (mas se forem pneumáticas é melhor ainda).

Acha que seria necessário ter que comprar 2 daquela caixa de um falante de 10 polegadas??

Se você estiver atrás de menor peso e mais praticidade pode pensar em apenas uma caixa 1 X 15 reduzida ou 1 X 12. Mas se não escolher um falante de neodímio não vai adiantar, vai continuar pesado.

A vantagem de comprar duas caixas separadas de 10 (ao invés de uma caixa 2 X 10) é que você pode usar apenas uma em um ensaio pequeno, por exemplo, e combinar as duas quando necessário. Mas depende muito dos seus usos.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 21/out/19 22:25
· votar


Musk_aru
Cara, maior mimimi, hein!
Tirando a brincadeira; o baixo é assim pois reproduzir frequências graves não é fácil; ademais, o ouvido humano não evoluiu para ouvir tais frequências, mas sim para ouvir sons médios (que são exatamente os da guitarra).
Por isso que um guitarrista pode usar um amp de 30WRMS e um falante de 12 e você, não.
Acostume-se com isso, ou.... vire guitarrista...
Quanto à duas caixas de 10"... Conselho de amigo: Se não for uma de alta qualidade (tipo uma TC, MarkBass, Aguilar, etc), esqueça. Compre logo 2 caixas de 12pol.
P.S: Compre o carrinho que o Lelo Mig colocou aí. Eu tenho um...
Abç

Lelo Mig
Membro
# 21/out/19 23:31 · Editado por: Lelo Mig
· votar


makumbator
Mauricio Luiz Bertola

Eu brinquei com o negócio do carrinho mas toquei com um baixista que tinha um case para o ampli, tombava de lado e tinha umas rodas grandes, virava um carrinho com puxador, botava o case do baixo e demais tralhas num encaixe em cima e carregava tudo. Era bem legal e bastante prático, e quando fechado cabia tudo no porta mala dele. Só precisava de uma força para tirar do porta malas e para subir degraus. Ele tinha um GK que era pesado prá caraio. (Não sei o modelo, era um "combão" com 2 falantes de 15", anos 80-90... falava bem forte o bicho.

Ismah
Veterano
# 22/out/19 00:27
· votar


Buja
no quesito volume, peso, aquele gravão batendo pelo peito afora a 10 metros de distancia. Daria?

Para tanto ao ar livre, tu precisa pelo menos umas 16 T18, ou 8 Slinpec 218... Internamente, se ganha alguma vantagem pela reflexão...
Não é fácil direcionar baixa frequência... Para 100 Hz, o empilhamento tem que ter 3,5 m (multiplicado por 2, em função do espelho acústico gerado pelo chão)... Para 50 Hz, precisa de 7 m de empilhamento - e muito raramente um PA desce mais que 45~50Hz...
Alguns conceituais, tipo Funktion One, geralmente usados em raves que chegam nos 30 Hz... Mas é algo conceitual, que raramente se pagaria... E na real, temos pouca coisa orgânica que chega nessas frequências...

Musk_aru
sendo que guitarristas hoje tocam em ensaios e até shows com amps de 30w que não pesam nada.

Como o Bertola disse, a física e a genética não está ao lado da galera dos graves...

acabaramosnicks
Membro Novato
# 22/out/19 08:59
· votar


Eu tenho um carrinho, comprei justamente pra carregar ampli pesado sozinho quando em tinha um half stack. É uma mão na roda (ta-tá tssss)

EduJazz
Veterano
# 22/out/19 10:19
· votar


A RoxStage entrega os gabinetes com rodas. Eu tenho um (pra guitarra), e foram os melhores 100 reais que já gastei.

No mais, baixista e baterista, infelizmente, não pode ter preguiça. Nós guitarristas, a depender do PA, podemos nos dar esse luxo. Eu mesmo já cansei de tocar em linha, coma Helix, e sair bastante satisfeito. Mas baixista não dá.

Buja
Veterano
# 22/out/19 11:35
· votar


E eu vendo tecladistas reclamaram de peso de tecladinhos de 2 oitavas.
Por mais que pese, sei la, 30kg, é so levar isso, bota a saida na mesa e ta feito!

E de mais a mais, vocalista so carrega um mic. Porque nao bota esse cara pra ralar?????

Lelo Mig
Membro
# 22/out/19 12:33
· votar


Buja

"E de mais a mais, vocalista so carrega um mic. Porque nao bota esse cara pra ralar?????"

Eu defendo a tese que em banda pobre vocalista têm que fazer a função de roadie... se trabalhar direitinho a gente deixa o cara cantar.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Afinal, é necessário ter um amplificador grande?