Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      【FIXO】 Faixa de Freqüências, Equalizadores, Música, Voz, etc.

      Autor Mensagem
      carlos adolphs
      Veterano
      # abr/07


      Caros amigos, como o serviço em estúdio as vezes o deixa sem o que fazer em uma sessão, aproveito para ler os manuais dos equipamentos, e como encontrei algo que julgo ser útil, extraído do manual Behringer Ultragraph Pro FBQ3102, posto para vcs.
      Efeitos da equalização na reprodução de música e voz.

      Freqüências Efeitos

      De 31 a 63 Hz - Fundamentais de Bumbo, Tuba, Baixos de 6 cordas e pedaleira de órgão.Essas freqüências dão ao som a sensação de "potência". Se super-enfatizadas, fazem o som ficar "emplastado". Na voz, dão sensação de poder de alcance de cantores excepcionais (baixo).O corte da freq. de 60Hz ajuda na redução de ruido de rede.

      De 80 a 125 Hz - O reforço destas freq. causam o efeito de "boom" pronunciado. O corte de 120Hz ajuda na rejeição do ruido de rede (2ªharmônica).

      De 160 a 250 Hz - Fundamentais de Tambores e baixos (fundamentais da voz , também). Se reforçadas, podem causar o "boom". O corte em 180Hz ajuda a eliminar ruidos de rede (3ª harmônica).

      De 315 a 500 Hz - Fundamentais de cordas e percussão em geral, extremamente importantes para a qualidade de vocal.

      De 630 a 1K Hz - Fundamentais e harmônicas de cordas, teclados e percussão. Importante para a "naturalidade" da voz.O reforço excessivo causa aos instrumentos o som de "corneta de lata" e na voz aquele som de "telefone".

      De 1,25 a 4 K Hz - Bateria, guitarra, acentuação de vocais, cordas e contrabaixo. No vocal acentua os "fricativos" (f,z,j,s,y...), importantes para a inteligibilidade. Reforço excessivo entre 1 e 4 kHz faz com que fonemas como m, b, e v se tornem indistiguíveis na voz e nos instrumentos causam o som de "lata de banha".O excesso de reforço nestas freq. também causam a "fadiga sonora", que cansam o ouvinte após cerca de 30 min. (muitas bandas deixam de fazer sucesso porque seus músicos gostam de reforçar os médios, tornando-se cansativos...Observem...). Vocais podem ter mais brilho reforçando freq em torno de 3 kHz, mas é necessário ao mesmo tempo atenuar um pouco a mesma faixa para os instrumentos.

      De 5 a 8 kHz - Acentuação da percussão, pratos e caixa de bateria. Acentuação de voz feminina e falsetes. Reduções a partir de 5kHz tornam o som mais"distante e transparente", o mesmo se dispersa no local. Atenuações nessa faixa auxiliam a redução de chiados. A faixa de 1,25 kHz até 8 kHz governa a claridade e definição do som, tanto para voz como para instrumentos.

      De 10 a 16 kHz - Pratos e brilho geral (agudos). Muito reforço causa o efeito de "sibilância" (aquele sopro meio chiado no microfone ou um ruido metálico desagradável nos instrumentos, fazendo que os mesmos reproduzam as batidas de anéis, pulseiras e outros "balãngãndãs" usados pelos músicos para formar o "tipo").

      Via de regra, meus amigos, deve-se tormar extremo cuidado com as freqüências na área da "fadiga sonora". Pode ser a resposta para a velha questão - Porque minha banda, apesar das letras e músicas boas, não faz sucesso? Por que a equalização torna o som cansativo ao público, que acaba perdendo o interesse.

      Desculpem a extensão do texto, espero que seja útil![]'s

      Mauricio Luiz Bertola
      Veterano
      # abr/07
      · votar


      carlos adolphs
      Utilíssimo!
      Abç

      KELTONFLOYD
      Veterano
      # abr/07
      · votar


      carlos adolphs
      Mauricio Luiz Bertola

      Li o tópico. Mto bom! Eu já estava atrás dessa informação há algum tempo... Um jeito legal de aplicar esse conhecimento de imediato é utilizar o equalizador grafico do Windows Media Player. Ótimo exercício!

      Agora eu já tenho uma noção legal de como posso equaliar a banda num ensaio e até num show... Vlw Adolphs!

      []'s

      Filipe Reis
      Veterano
      # abr/07
      · votar


      Mais do q util mestre! logo agora em q meu pai tá com um equalizador de 31 bandas no mini P.A. dele e são muitos pots pra regular.

      _BLACKMORE_
      Veterano
      # abr/07
      · votar


      carlos adolphs

      Desculpem a extensão do texto, espero que seja útil![]'s
      bah ... aprender é sempre bom ...

      Utilíssimo! (2)

      abrax!

      MauricioBahia
      Moderador
      # mar/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Pessoal, revivendo... Gostaria de saber se essa informação sobre frequências também é adequada para gravação em linha para Home Studio, usando VSTs e afins.

      Obrigado.

      ps. excelente informação por sinal!

      DotCom
      Veterano
      # mar/10
      · votar


      Sim, é adequada. Claro que o principal é treinar um bocado...

      Konrad
      Veterano
      # mar/10
      · votar


      MauricioBahia
      Pessoal, revivendo... Gostaria de saber se essa informação sobre frequências também é adequada para gravação em linha para Home Studio, usando VSTs e afins.

      Obrigado.

      ps. excelente informação por sinal!


      Por que não seria? Fiquei curioso. =)

      MauricioBahia
      Moderador
      # mar/10 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Konrad: Por que não seria? Fiquei curioso. =)

      Mas é! Olha o Dotcom aí!

      Tô pensando em colocar o tópico no fórum de gravação Home Studio e queria ter certeza.

      DotCom

      Thanks! ;-)

      Staut
      Veterano
      # mar/10
      · votar


      Olá, Carlos!
      Primeiramente, gostaria de expressar a satisfação de poder participar deste fórum, pois é uma valiosa oportunidade de trocar experiências e aprender (no meu caso, mais aprender do que ensinar) com todos que dele participam.

      Gostei muito das dicas sobre freqüências e, acreditando que há relação com um aspecto que vem me preocupando nas minhas modestas produções, coloco minha dúvida a quem puder ajudar:

      numa produção com várias pistas de instrumentos e voz, como fazer cada um dos instrumentos e, em especial, a voz se sobressaírem, "aparecerem na frente", como se costuma dizer, de forma clara e sem um som se sobrepor a outro?

      Iversonfr
      Veterano
      # mar/10
      · votar


      Staut

      Procura um livro que chama "A Arte da Mixagem", tem varias dicas legais sobre isso. Abs!

      Staut
      Veterano
      # mar/10
      · votar


      Iversonfr

      Ah! Cara, valeu a dica. Pesquisei sobre o livro na internet e foi tão fácil de achar que até já consegui uma versão em PDF. São mais de 300 páginas e, pelo pouco que vi, deve resolver muitos "mistérios" dessa arte. Vou me aprofundar na obra nos próximos dias e se encontrar a resposta para a minha dúvida divido aqui com vocês. Ainda assim, se mais alguém tiver sugestões sobre a questão, agradeço.

      Valeu!

      rafael_cpu
      Veterano
      # abr/10
      · votar


      Excelente tópico!
      Parabéns ao Carlos, mais uma vez.
      T+

      P.S. Vou procurar o livro mencionado pelo amigo Iversonfr em pdf também.

      samuel.lrosa
      Veterano
      # jun/10
      · votar


      Ótimas dicas...principalmente sobre freqüências!

      Vou tentar aplicar!

      Música de Preto
      Veterano
      # jul/10
      · votar


      Procura um livro que chama "A Arte da Mixagem"

      Na verdade, até onde eu li, ele te diz muito sobre o que fazer, mas não diz muito como fazer. O livro traz um conceito fundamental, mas que não pensamos quando começamos. Deve-se imaginar o espaço entre suas caixas como um ambiente 3D, limitado pela distância entre elas. A mixagem é o ato de organizar seus sons dentro desse espaço. Certas coisas vão soar na frente, outras atrás. Umas serão menores outras maiores. Umas soarão em cima, outras embaixo. E por aí vai. Não espere um livro "corte frequência X para sua mix ficar boa".

      Emygdio Costa
      Veterano
      # jul/10
      · votar


      Tópico excelente!
      Parabéns!

      GuioLima
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      Ola Povo , Estou iniciando minha vida de gravação sou apaixonado por musica , o que me levou a querer me aprofundar foimeu bendito ouvido , Nun dia belo de sol ^^ eu fui ouvir eu mp3 e comecei a perceber que os instrumentos nao esatavm todos no centro e sim em lugares diferente como se estivessem nun cubo 3D , e comecei a localizaR CADA INSTRUMENTOS EM TIPO DIFERENTE DE estilo musical, mais voltando o assunto a minha duvida eh como eu defino esses Hz
      para cada instrumento
      Tem haver com medios graves e agudos

      alguem poderia me responder ?

      obrigado desde de ja

      Felipe1991
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      GuioLima

      Você tem algum programa com equalizador muiti-banda... ?

      Se tiver abra e olhe com funcionam as frequências...

      Mas tem sim a haver com graves, médios e agudos...

      GuioLima
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      Mais eu queria saber como eu defino tipo.
      "Baixo

      A pegada está entre 700Hz e 1kHz; corpo (profundidade) em 60 a 80Hz; pode atenuar tudo em 300Hz. Um boost entre 2 KHz e 5kHz ajuda na hora de tocar em monitores pequenos, mas cuidado, baixos tocados com palheta em 4,5KHz aparece muito e fica feio."

      Como seria para deixar nesse valor ai
      essa eh a minha duvida

      Felipe1991
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      GuioLima

      http://forum.cifraclub.com.br/forum/16/158968/

      Esse tópico me ajudou muito dá uma olhada ai...

      Felipe1991
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      http://www.homestudio.com.br/artigos/Art042.htm

      Esse site é muito bom, dá uma olhada ai tbm...

      GuioLima
      Veterano
      # nov/10
      · votar


      VOu dar uma Olhada

      dibass
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Galera, será que alguém pode me ajudar??

      Seguinte, preciso de um programa/plugin (nao sei se existe) que identifique as frequências.

      Tipo, eu colco um som contínuo pra tocar e ele identifica que frequencia exata está tocando.

      Pelo fato de que trabalho com gravação aqui e voltemeia aparece um ruído diferente, com isso seria mais preciso, fácil e rápido identificar a frequencia a ser cortada.

      kiki
      Moderador
      # dez/10
      · votar


      dibass
      deve ter programas especificos pra isso...

      mas pra quebrar um galho, dá pra ver no windows media player, com aquelas barrinhas

      =p

      dibass
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      kiki

      rsrs

      Poisé, mas eu queria me poupar do trabalho de procurá-las

      MMI
      Veterano
      # dez/10
      · votar


      Algumas coisas ajudam a conhecer um equalizador. Um bom início é conhecer o que é e qual o som que se acentua ou reduz em cada faixa de frequência. Isso é legal com diapasões, mas na falta deles, servem esses. Depois disso basta lembrar que uma oitava acima, dobra a frequência. É muito bom conhecer o que é e qual o som de cada faixa de frequência de um equalizador, torna mais fácil a utilização.

      O nosso ouvido é melhor adaptado e ouve melhor algumas frequências, que são justamente as mais importantes da voz humana. São as frequências que vão de 500 a 2.000 Hz, mas no caso da voz, depende do pitch vocal de cada pessoa, isso representa uma média. Os graves são um pouco mais constantes, mas os agudos, especialmente os acima de 2.000 Hz, são mais complicados. Frequências como 4.000 Hz são as primeiras a sofrer fadiga auditiva e começam a sofrer variações de pessoa a pessoa, até mesmo com a idade. Nesses agudos que caem a audição na fadiga e na perda auditiva induzida por ruídos, seja temporária ou permanente. Essas faixas de frequência são bem mais sensíveis, necessitam mais de um repouso auditivo para uma boa mixagem.

      MauricioBahia
      Moderador
      # set/11 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      Enriquecendo aqui:

      Fonte: Apostila - I CAPACITAÇÃO PARA ROADIES E TÉCNICOS DE PALCO Trecho retirado de "Parâmetros de avaliação subjetiva de um sistema de som".


      CORTANDO OS BARULHOS EXTERNOS
      O palco não costuma ser um ambiente acústico ideal. O ruído dos carros pode vazar pelas ruas, a poluição sonora pode gerar zumbidos e a caminhada de um amigo pelopalco pode detonar uma orquestra de passos, esbarrões e barulhos. Sons agudos emédios são problemáticos porque você não consegue diminuí-los com ajuste deequalização sem comprometer o espectro de freqüência crítico para o instrumento.Mas se o som de baixa freqüência (graves) está arruinando a mixagem, você poderácortá-lo e ainda ficar numa boa. Um corte de 5 dB ou 10 dB em 80 Hz ou 100 Hz devedar conta.

      ENGORDANDO O SOM
      Se você achou o som do canal do instrumento fraco, poderá engordá-lo aumentandoos médios e os graves . Zere na variação de 250 Hz para 750 Hz e aumente a suafreqüência preferida entre 5 dB e 15 dB.

      CORTANDO FREQÜÊNCIAS
      Um som espesso ou gordo pode fazer o instrumento soar lamacento e indistinto -dependendo do contexto da mixagem . Mas não aumente os médios e os agudos emuma tentativa de fazer com que apareça.O excesso de graves ainda será audível porque você não atacou a freqüência queestá causando o problema, e os aumentos de pontas de agudo apenas irão afinar osom e acrescentar ruído. Mantenha em mente que cortar freqüências é muitas vezesuma maneira mais limpa de acrescentar presença e clareza. Então, para erradicar aquele fundo, tente cortar algo entre 100Hz e 500Hz em 10dB ou mais.

      FREQÜÊNCIAS MÉDIAS
      As freqüências médias brutalmente definidas podem ser excelentes se você quiser que a sua guitarra soe como se estivesse tocando ao vivo, mas elas estão longe deum bom resultado quando registradas em uma gravação digital. Busque aquelesmédios excelentes na variação de 5kHz até 1kHz e os neutralize pelo menos em até3dB.

      MAIS PUNCH
      Para acrescentar um pouco de punch (pressão sonora), aumente em qualquer lugar entre 500Hz e 3 kHz até aproximadamente 6dB.

      MAIS BRILHO
      Se suas faixas precisam de um pouco de brilho extra, aumente 10kHz em até 6dB oumais. Isto pode ser perigoso, porque aumentar freqüências mais altas podemintroduzir chiados juntamente com o brilho. Os seus ajustes tonais devem atingir umequilíbrio.

      REDUÇÃO DE CHIADOS
      Se o seu controle de equalização estende-se até 15kHz ou 18kHz, você poderá salvar a sua mixagem desta ameaça barulhenta cortando as freqüências em até 10dB.

      kiki
      Moderador
      # set/11
      · votar


      MauricioBahia
      grande bahia! eu acho muito bom ler essas explicações, pra mim equalizar ainda é meio esotérico...

      MauricioBahia
      Moderador
      # set/11 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      kiki

      Essa apostila pra Roadies é muito legal cara !!! Viu o link ali né?

      Abs

      rocknroll1234
      Veterano
      # out/11
      · votar


      a unica coisa que sei fazer num equalizador é aumentar os agudos e os graves.


      os medios eu simplesmente reduzo porque são as frequencias mais audiveis.


      mas como seu sou noob na questão de mecher com equalizador,eu me saisfaço com 3 botões:

      graves
      medios
      agudos


      se tiver mais que 7 botões,complica pra mim.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a 【FIXO】 Faixa de Freqüências, Equalizadores, Música, Voz, etc.

      303.705 tópicos 7.859.218 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2017 Studio Sol Comunicação Digital