Fernanda Lira anuncia sua saída da banda Nervosa (wikimetal)

Autor Mensagem
acabaramosnicks
Membro Novato
# 28/abr/20 20:31
· votar


Julia Hardy
Por falar nisso, a Fernanda é namorada do Juninho, baixista do Ratos de Porão. Senão tô enganada, ela parou de beber e virou vegetariana como ele (na verdade, ele é vegano). Não sei se foi por causa dele. Enfim...

Eu vi numa conversa dela com o pessoal do Surra (aliás, puta banda fudidamente foda) onde ela se diz vegetariana. Claro que tem a influencia dele, mas dizer que foi por causa dele eu acho meio forçado presumir; se sair da boca dela beleza.

Lelo Mig
Membro
# 28/abr/20 20:35
· votar


acabaramosnicks

Não acho que seja um problema do metal, ou do forró, ou do sertanejo.

Acho que idiotas não têm a ver com um estilo, eles estão em (quase) todos e aparecem quando há uma oportunidade.

Chateia, porque quem é um pouco mais antenado e procurando ser um pouco melhor como ser humano, não gosta de ver estas idiotices dentro do gênero que curte.

Acho que é apenas isso...

Julia Hardy
Veterano
# 28/abr/20 22:57
· votar


acabaramosnicks

Esse negócio do estilo "ter sido importado por gente da classe alta" não tem absolutamente nada a ver. Sertanejo é uma música do campo e vai ver a mentalidade de boa parte dos artistas. Idiota tem em todo lugar.

Ismah
Veterano
# 29/abr/20 04:54
· votar


Lelo Mig
Acho que idiotas não têm a ver com um estilo, eles estão em (quase) todos e aparecem quando há uma oportunidade.

Lembre-se que quando entramos em gêneros de cunho social, político e de escolhas pessoais... A história é diferente...
Por tradição, o rock é mais extremista e isso implica várias coisas. Vide a reclamação constante da parte das bandas que não são valorizadas, que nem os amigos vão aos shows...
Diferente do pop em geral, que é embasado numa falsa alegria, como se não houvesse amanhã... Diferente da nova MPB, que é um som meigo, feito por pessoas meigas...

Julia Hardy
Sertanejo é uma música do campo e vai ver a mentalidade de boa parte dos artistas. Idiota tem em todo lugar.

Como curiosidade... O conceito é que a música caipira, seja a música feita no campo. A música SERTANEJA seria a música do sertão, feita em centros urbanos... Hoje meio que virou sinônimo...
Toda forma, pergunte quem dos sertanejos de apartamento, conhece o cheiro da bosta de vaca.

Buja
Veterano
# 29/abr/20 09:11
· votar


Ismah

Na verdade, assim, generalizando bastante, vejo 3 tipos de ouvintes de sertanejo urbano/universitario/industrializado:

1 - O que ouve sertanejo por que foi criado numa familia caipira, veio da roça mesmo quando pequeno, adentrou a cidade, fez faculdade, e se identificou com o estilo que é parecido (sanfona e letras de sertão).
Mas se perguntar, ele gosta mesmo é de Tião Carreiro e não do Bruno e Marrone.

2 - Aquele que ouve esse sertanejo de boate porque gosta do estilo, gosta dos artistas bonitões, da vida land rover, da pegação da mulherada, e tal. Mas nao gosta de sertanejo raiz, nao gosta de roça nem de bosta de vaca.

3 - Aquele que ouve porque ta na moda. Nao ta nem ai pro estilo. Se ta todo mundo ouvindo, ele nao quer ficar 'pra tras'.
Ouvia daniela mercury e alcione nos anos 90, bonde do tigrão nos anos 00, e agora ouve ludmilla, mumuzinho e michel teló.


E tem o tipo do meu pai, que tem uma linha de divisão muito clara até aonde ele escuta.
De Rio Negro e Solimoes e Rick e Renner ele nao passa. É dali pra tras.

Ismah
Veterano
# 30/abr/20 16:01
· votar


Buja
sanfona e letras de sertão

Ah tá...

entamoeba
Membro Novato
# 30/abr/20 17:44 · Editado por: entamoeba
· votar


Ismah
conhece o cheiro da bosta de vaca
Buja
nao gosta de roça nem de bosta de vaca

Esse papo tá ficando estranho.

O que sertanejo raiz é? Um sommelier de bosta de vaca?

"Essa provém de uma safra de capim mombaça, ruminada por nelore fêmea, com notas de Escherichia coli"

Julia Hardy
Veterano
# 30/abr/20 18:16
· votar


entamoeba

O Ismah quis explicar a etimologia da palavra sertão.

Ismah
Veterano
# 30/abr/20 21:53
· votar


entamoeba

Sertanejo, é aquele que nasceu no sertão, e migrou para a cidade. Lá, passou a compôr e consumir músicas, tratando sobre temas do sertão. Estas receberam o mesmo nome...

Se, remotamente já chegou próximo, sabe que o odor de esterco bovino, é forte. Acaba-se acostumando, mas no primeiro contato não é incomum as pessoas vomitarem... Suíno é ainda pior...

Casper
Veterano
# 01/mai/20 15:13
· votar




Ismah
Veterano
# 05/mai/20 06:05
· votar


Achei muito legal essa linha do tempo. Apesar de que é meio confuso o que seria algumas coisas, como por exemplo pop rock.

JJJ
Veterano
# 05/mai/20 12:29
· votar


Ismah
Casper

Pois é... rotular é complicado.

BrotherCrow
Membro Novato
# 05/mai/20 12:51
· votar


Pois é. Como é que o "classic rock" ultrapassa o "rock'n'roll" ainda na década de 60? O que era classic rock nessa época? Interessante: a separação entre rock alternativo e rock indie é bem arbitrária, mas se você somar os dois eles ultrapassam o pop rock no final dos anos 90!

De qualquer jeito adoro esses vídeos. Nem que seja só pra reclamar.

Julia Hardy
Veterano
# 05/mai/20 17:44
· votar


http://www.wikimetal.com.br/prika-amaral-nervosa-entrevista-nova-fase/

Nervosa continua com novas integrantes. Fernanda e Diana já tem uma nova banda. Só não fica claro se juntas ou separadas. Sintomático.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 05/mai/20 19:09
· votar


Julia Hardy
Bem...
Boa sorte para todas...
Abç

Ismah
Veterano
# 06/mai/20 07:22
· votar


Paradas não deveriam ficar. Estão musicalmente no auge da carreira, e lutaram muito pra chegar aqui. Vida que segue.

Julia Hardy
Veterano
# 06/mai/20 14:49
· votar


Nova formação da Nervosa: https://whiplash.net/materias/news_743/320541-nervosa.html

Prika Amaral(guitarra) - Diva Satanica (vocal) - Mia Wallace (baixo) - Eleni Nota (bateria)

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 06/mai/20 17:59 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
· votar


Julia Hardy
"Diva Satânica"...
Kkkkkkkkkkkk.... Não tive como não rir....
Essa menina, Mia Wallace é muito competente. Já tinha visto vídeos dela antes.
Abç

Julia Hardy
Veterano
# 06/mai/20 20:12
· votar


Mauricio Luiz Bertola

Parece nome de traveco. Mas, já vi vídeos dela e ela é competente tb.

Lelo Mig
Membro
# 06/mai/20 20:54 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Julia Hardy

É aquela "Diva Satanica" da banda espanhola BloodHunter?
Se for, essa mina é conceituada pelos adoradores de vocal gutural e metal extremo.



Julia Hardy
Veterano
# 07/mai/20 00:02
· votar


Lelo Mig

A própria. A Prika foi esperta. Pegou só mulheres já com algum nome na gringa. Não fez a cagada do Sepultura de escolher um desconhecido que é bem meia boca ainda por cima.

Ismah
Veterano
# 07/mai/20 02:19
· votar


Vamos ver onde vai dar... Pessoas competentes e EXPERIENTES, o trio vira um quarteto... Tudo pode apontar para algo bom...

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 18/mai/20 13:32
· votar


https://www.youtube.com/watch?v=mUwLzdLRg1c

Lelo Mig
Membro
# 18/mai/20 14:38
· votar


Mauricio Luiz Bertola

Nunca tinha visto uma entrevista com esta Prika Amaral; gostei prá caramba!

A guria parece ser super profissa e objetiva, sabe o que quer, e não perdeu tempo.

Montou um timão, no estilo, só mina fera. Essa vocalista eu já tinha visto, a batera e a baixista não. Fui atrás, a baixista é bem legal, e a batera é foda! a grega toca prá cacete!

Apesar de não ser um estilo que eu acompanhe muito, tô na torcida prá arrebentarem e acho que vai bombar (no seu segmento), porque essa Prika aí, é muito consciente de seus objetivos.

Bem legal! Valeu pelo vídeo.

brunohardrocker
Veterano
# 18/mai/20 14:42
· votar


Mia Wallace

Nunca será.
https://bordalo.observador.pt/500x,q85/https://s3.observador.pt/wp-con tent/uploads/2014/10/cropped-pulp-fiction-22.jpg

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 18/mai/20 21:15
· votar


Lelo Mig
Acho a mesma coisa...
Essa menina tem minha total simpatia.
Abç

Ismah
Veterano
# 19/mai/20 03:40
· votar


Lelo Mig
Nunca tinha visto uma entrevista com esta Prika Amaral; gostei prá caramba!

Ué, mas então tu também nunca viu entrevistas do Nervosa, então. A própria Fe Lira, se sentia meio intimidada, pois tecnicamente a Prika era a dona da banda, e cérebro da banda.
Em todas as entrevistas, onde as duas estão, é meio que evidente isso. Mesmo que a Prika tenha uma grande dificuldade em dar entrevistas - talvez por medir muito as palavras, pecando na fluidez - enquanto a Fefe é espontânea e fluída.

a Prika aí, é muito consciente de seus objetivos

Isso é indiscutível. Visivelmente a Prika é uma pessoa muito inteligente. Uma verdadeira business woman, e que conseguiu aliar hobby e negócios. Aliás, nem duvido que ela seja também letrista, ou mesmo a letrista majoritária.

Para desespero de quem pensava na banda como algo patriótico e/ou algo "tr00e", aí está a mostra clara, que a Prika fez uma banda de trash, e com fim comercial.
E cabe nota, que em minha opinião, juntaram MUITO BEM as duas faces.
Me lembram o Metallica. Como disse em algum lugar, não creio que estejam no auge, e talvez falte o "black album" do Nervosa - e seria maior chalaça, lançar o pink album, com o woman power na capa...

Lelo Mig
Membro
# 19/mai/20 10:50
· votar


Ismah

"Ué, mas então tu também nunca viu entrevistas do Nervosa, então"

Não, nunca tinha visto. Eu só conhecia umas 2, 3 músicas da Nervosa Ismah, não é um estilo que eu acompanhe... só aquele "tostão" para se manter informado, como faço com tudo na música, de Anitta a K Pop.

Fui mais atrás agora, até mesmo por conta desse tópico. Conhecia a banda, poucas músicas, nada além disso.

Ismah
Veterano
# 19/mai/20 12:37
· votar


Sem preconceito! Mas pra ver que tu tá bem treinadinho, sacou o lance de primeira... A Prika é o Angus Young de saias - mas ela toca BEM melhor...

Lelo Mig
Membro
# 19/mai/20 12:50
· votar


Ismah

"Sem preconceito!"

Exato! Esse é o ponto. Eu "debato" muito sobre música, e quem faz isso (deveria, pelo menos) ouvir de tudo para não falar bosta.

Death, Trash, e metal extremo em geral, não fazem muito parte de meu cardápio, mas é claro que conheço.

Eu tenho o hábito, de tempos em tempos, pegar um determinado gênero pesquisar quais são os principais álbuns do estilo e ouvir todos inteiros. Pelo menos os 10, 20 mais significativos. Um pouquinho antes da pandemia fiz isso com Black Metal... ouvi 30 álbuns considerados os mais importantes do gênero.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Fernanda Lira anuncia sua saída da banda Nervosa (wikimetal)