Fernanda Lira anuncia sua saída da banda Nervosa (wikimetal)

Autor Mensagem
LeandroP
Moderador
# 25/abr/20 18:26


Triste com a notícia.

Mas, respeito a decisão da Fernanda, e desejo sucesso no seu novo projeto.

http://www.wikimetal.com.br/fernanda-lira-saida-nervosa/

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 25/abr/20 20:23 · Editado por: Mauricio Luiz Bertola
· votar


LeandroP
Uma pena...
Essa banda é legal, e essa menina tem talento.
A banda parece ter acabado. A baterista também saiu:
https://whiplash.net/materias/news_744/320076-nervosa.html
Abç

LeandroP
Moderador
# 25/abr/20 20:44
· votar


Uma pena mesmo, Mauricio Luiz Bertola
Eu curto o som das minas.

Julia Hardy
Veterano
# 25/abr/20 21:34
· votar


Chuto que teve treta com a Prika, que é a guitarrista e dona da banda.

Cara, é uma judiação. A banda conquistou um reconhecimento muito bom, inclusive lá fora, e acontece isto.

LeandroP
Moderador
# 25/abr/20 22:31
· votar


Julia Hardy

Pois é! Elas estavam indo muito bem!

fernando tecladista
Veterano
# 25/abr/20 22:52
· votar


nem conhecia ela e nem a banda... mas fui ouvir e ler sobre...

só lembrei de umas das filosofadas minhas sobre banda que:

"quando o(a) baixista sai da banda... é ´porque a coisa ferrou de vez mesmo

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 25/abr/20 22:57
· votar


Julia Hardy
Chuto que teve treta com a Prika, que é a guitarrista e dona da banda.
Eu não sabia disso...
Deve ter rolado briga mesmo, pois a Fernanda estava em evidência total. As entrevistas, inclusive "na gringa", que ví, só tinha ela falando... Muita gente falando bem dela e etc...
Abç

Julia Hardy
Veterano
# 25/abr/20 23:17
· votar


Mauricio Luiz Bertola

A baterista também saiu e postou uma mensagem semelhante. Não faz sentido. As coisas tavam acontecendo. Iam tocar no Wacken esse ano. Duvido que a banda continue.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 25/abr/20 23:25
· votar


Julia Hardy
Exato. Ví essa notícia também.
Acho que a banda "já era"...
Fico triste pois elas estavam fazendo um trabalho bacana de levar as meninas para o Metal e o rock em geral.
Minha filha - que não curte Metal - assistiu uma parte do show delas que eu estava vendo no RinRio e achou legal, tipo "empoderamento" feminino, que é muito necessário mesmo, e acho que elas representavam essa bandeira com dignidade.
Abç

Lelo Mig
Membro
# 26/abr/20 02:05
· votar


LeandroP
Mauricio Luiz Bertola
Julia Hardy

Não sou grande conhecedor da banda, então não me atrevo a entrar em detalhes... só posso lamentar.

E lamento porque é uma banda boa, uma banda legal, num segmento difícil de conseguir espaço sendo brazuca e, principalmente, uma banda só de minas, o que eu acho relevante prá caramba e super importante prá um bando de guria que curte um som pesado e podia se ver, ali, representadas.

LeandroP
Moderador
# 26/abr/20 16:15 · Editado por: LeandroP
· votar


Tem que deixar aqui o vídeo... Foda!


https://www.youtube.com/watch?v=mGCsOwoO8Wg

Destaque pra homenagem à Marielle Franco :)

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 26/abr/20 19:50
· votar


https://whiplash.net/materias/news_744/320091-nervosa.html

LeandroP
Moderador
# 26/abr/20 20:59
· votar


https://combaterock.blogosfera.uol.com.br/2020/04/26/implosao-da-nervo sa-expoe-o-pantano-cheio-do-lodo-do-rock-nacional/

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 26/abr/20 22:22
· votar


LeandroP
Concordo com o texto... Apesar de ser meramente conjectural.
Mas acho que não foi só (como se não fosse o bastante) isso não...
É minha impressão...
Abç

Ismah
Veterano
# 26/abr/20 23:51
· votar


Bom... Eu conheci o Nervosa, quando estavam começando a trabalhar material autoral... Isso deve ter uns 10 anos ou mais...

Sei mais sobre a Fefe, por meras coincidências. Me levaram a seguir ela nas redes sociais, e acaba-se dialogando uma hora ou outra.
Aliás, não sabia quem eram as demais meninas, até isso estar em todas as páginas sobre rock/metal. O Nervosa, pessoalmente, sempre foi a banda da Fefe...

A personalidade da Fefe, é muito marcante, original e completamente caricata. É a pessoa que sempre tem algo pra dizer, sempre faz render qualquer assunto, e tem uma mente aberta, com conhecimento de mundo.
A moça é expressiva e espalhafatosa, se mexe, pula, canta, toca... O famoso assobia e chupa cana, ao mesmo tempo.
O que meio que acaba roubando a cena, ainda que sem querer. Aliás, o que é um traço de uma maioria dos vocalistas.
Com essa certa "amizade" com a Fefe, assisti muito material ao vivo. E isso transparece MUITO nas entrevistas e performance de palco - parece que as demais são musicistas de apoio.

Não é segredo que a Fefe, sempre teve mente aberta. As tatuagens em homenagem a Beyoncé, Amy Whinehouse e demais, falam por si... Nem que está estudando, e tem evoluído como vocalista. Como que ela tem flertado muito com outros estilos, principalmente MPB...

Me chamou a atenção, que ela escreveu "sonho da FefeMetal headbanger de 14 anos, em ter uma banda de metal". O que me leva a crer que a moça, tinha planos de assumir seus 30 anos, e partir pra um som mais maduro.

Acredito que a irreverência, cunho social e político das letras venha da Fefe, que é ligada a diversas causas, extra-banda...
E não só, pois no lado business, quem fez o CONTATO com a gravadora, e terminou no CONTRATO, foi a Lira.

Não quero insinuar nada. E muito sequer que FOI ISSO OU AQUILO. Mesmo conhecendo um pouco mais da banda, não posso apontar um culpado. Quero mostrar que há um contexto, e que a Fefe se sobressai muito fácil como artista.

Deduzo que provavelmente, um eventual (ou nem tão eventual) desentendimento - que pode ser motivado por N razões - somou-se a tudo isso, ao contexto atual, e resultou na saída.
Com saída da Luana (baterista), indica que algo não foi nada legal.

O que, talvez nunca saberemos, e honestamente acho que é um assunto interno da banda. Já tive diálogos do tipo mais vezes, e nunca é uma decisão fácil. ANOS de dedicação, tempo e dinheiro investidos numa empresa (banda ou não), não se re-constroem em menos tempo.

Fica o lamento, e a apreciação da obra.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 27/abr/20 01:24
· votar


Ismah
E por aí mesmo que penso...
Abç

Lelo Mig
Membro
# 27/abr/20 02:08
· votar


Se querem saber, eu acho para uma banda de mulheres com discurso de empoderamento feminino, de apoio aos direitos humanos e civis com acento esquerdista, que se apresentam para um público 90% masculino e machista, neste momento de ultraconservadores estúpidos deve ser muito difícil e desgastante.

Minha intenção não é politizar a bagaça, mas eu creio que a pressão sobre elas deveria ser enorme.

Eu mesmo, que nem conheço a banda direito, cansei de ver posts com conotação sexual, sobre aparência física delas, machistas e não as considerando musicalmente.

A mulher no rock sempre foi desrespeitada e as pressões externas pesam.

Julia Hardy
Veterano
# 27/abr/20 08:21
· votar


A guitarrista já soltou uma nota afirmando que a banda continua com nova formação. Desde o começo, chutei essa bola de que a treta pode ter sido com a Prika. Mas, há que se considerar todas as variantes.

Sobre os tiozões cancervas do rock/metal nacional: que morram junto com a cena imaginária da qual eles fazem parte. O ataque contra as mulheres é sempre mais pesado e carregado de teor sexual.

Ainda assim, o fim da banda tem a ver com divergências com a guitarrista, pode escrever. A Fernanda pode ser a cara e a voz da Nervosa, mas, a dona é a Prika.

BrotherCrow
Membro Novato
# 27/abr/20 08:55
· votar


Eu não acompanhava a banda até a apresentação no Rock in Rio. Ouvia falar delas mas nunca tinha parado pra ouvir. Quando vi o show na tv, gostei bastante, me lembrou o Kreator da época do Coma of Souls com menos firulas técnicas. Até a voz da Fernanda parece a do Mille às vezes.

Tomara que saia algo bom dessa cisão. Que ambas as partes sigam fazendo música boa.

Buja
Veterano
# 27/abr/20 09:34 · Editado por: Buja
· votar


Achei que nao viveria pra ver uma banda BOA de metal extremo só de mulheres !!!
É vou te falar, o que eu ouvi aqui delas, jogou 200 bandas de homens no lixo.

É igual futebol feminino, não tem a mesma força física e pancadaria,
mas tem arte, beleza e talento.
MUITO MELHOR de assistir do que futebol masculino.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 27/abr/20 09:51
· votar


Julia Hardy
Concordo.
Abç

Casper
Veterano
# 27/abr/20 09:56
· votar


2/3 da banda saíram?

entamoeba
Membro Novato
# 27/abr/20 10:17
· votar


Banda competente, músicas monótonas. Mas isso é um mal do metal, de um modo geral.

Que essa divisão seja benéfica para as moças.

brunohardrocker
Veterano
# 27/abr/20 10:55
· votar


Lelo Mig
Se querem saber, eu acho para uma banda de mulheres com discurso de empoderamento feminino, de apoio aos direitos humanos e civis com acento esquerdista, que se apresentam para um público 90% masculino e machista, neste momento de ultraconservadores estúpidos deve ser muito difícil e desgastante.
Minha intenção não é politizar a bagaça, mas eu creio que a pressão sobre elas deveria ser enorme.

Eu mesmo, que nem conheço a banda direito, cansei de ver posts com conotação sexual, sobre aparência física delas, machistas e não as considerando musicalmente.

É muito engraçado isso tudo!
O rock/metal sempre teve essas conotações sexuais e só agora que ligou o alerta da esquerda para os ultra-mega-hiper-blaster-conservadores (!) presentes no metal? É foda mesmo esses metaleiros que usam sobretudo e ficam abrindo a porta do sedan para as damas.

Quer dizer que antes, nos anos 70,80, 90 e 00, quando supostamente esse meio era dominado pela suposta esquerda, o suposto mesmíssimo comportamento tava liberado?

Lelo Mig
Membro
# 27/abr/20 11:06
· votar


brunohardrocker

Não entendeu nada... deixa quieto!

Singles
Membro Novato
# 27/abr/20 11:15
· votar


Fico triste quando algumas bandas assumem uma postura um pouco empresarial, estavam fazendo sucesso, porque a separação né? Uma pena, tanto a vocal quanto a baterista eram mto boas

brunohardrocker
Veterano
# 27/abr/20 11:20
· votar


Lelo Mig

Larga essa que você não é desses. Você tem autocrítica que eu sei.
A hipocrisia geral do rock, de ídolos e fãs, já vem de John Lennon e Yoko, passa pelo show do Carlinhos Brown do RiR e vai muito longe.

entamoeba
Membro Novato
# 27/abr/20 11:56
· votar


brunohardrocker
hipocrisia

Se um progressista parar no tempo, algum dia ele soará reacionário como você.

Sua "crítica" é capenga porque não considera o básico: os tempos mudam.

Lelo Mig
Membro
# 27/abr/20 12:06 · Editado por: Lelo Mig
· votar


brunohardrocker

Cara, o fato de eu defender o posicionamento feminista de uma banda em 2020, não faz eu negar que John Lennon foi um machista nos anos 70.

Uma coisa não tem nada a ver com a outra, o fato de o rock'n'roll ser históricamente machista não faz eu achar que ele deva continuar sendo.

Evolua cidadão, de preferência olhando para frente... mudar, nada tem a ver com hipocrisia.

Julia Hardy
Veterano
# 27/abr/20 12:12 · Editado por: Julia Hardy
· votar


O Nervosa nem é uma banda assumidamente feminista, embora, as integrantes apoiem certas bandeiras.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Fernanda Lira anuncia sua saída da banda Nervosa (wikimetal)