:: Do movimento K-Pop ::

Autor Mensagem
Buja
Veterano
# 11/jun/19 16:27
· votar


leticiariel.oficial

La em cima voce falou
Super Junior é maravilhoso (não só o m)


O que é bem isso? Super Junior M é banda ou a banda é M e o genero é Super Junior?
Nao saquei....

leticiariel.oficial
Membro Novato
# 11/jun/19 22:59 · Editado por: leticiariel.oficial
· votar


Buja

Até onde me lembro, Super Junior era grande demais e isso dava uns problemas financeiros (cara, se isso é vdd eu não sei, só to falando o que me falaram) então a gravadora dividiu eles em subgrupos. Daí surgiu o super junior m, super junior t, tem uma dupla também. E tem integrantes nesses subgrupos que não tem Super Junior oficial, até onde me lembro, que é o Zhoumi.

Ismah
Veterano
# 12/jun/19 03:33
· votar


leticiariel.oficial
Olhe os Beatles por exemplo, eles eram uma boyband vendida

LeandroP
Hum... Não! Olhe pras composições dos Beatles, pros arranjos, pra dinâmica e composição de timbres. E foram evoluindo a cada disco. Não tem como comparar. Mas, concordo com você em todo o resto.

Acho que posso somar...
Boyband, por definição, é uma banda com N músicos, reunidos por uma pessoa. Não necessariamente, mas habitualmente um empresário, que injeta grana para a coisa toda acontecer.
Beatles não foi assim, eles começaram uma banda, e eram apenas caras normais da sua época. Se participavam de algo (ainda que inconscientemente) seriam Mod's.

Mod era um grupo de pessoas, com características específicas em comum: lambretas com muitos faróis e/ou espelhos retrovisores, cabelinho pro lado, geralmente de terninho cinza e camisa branca... Existiam outros, teddy boys, rockers cafe racers (duas linhagens de onde os Stones podem ter vindo), skinheads e talvez o que 10 anos depois, se chamaria de punks...
Estes estavam para a época, como aquele amigo que se veste só de preto e parece um membro da família Adams. Aquele que acha que é o peão-chefe da fazenda, e não tira a bota e o chapéu, nem pra dormir... Extrapolando ainda mais, é aquele empresário que na sexta, pendura o terno na cadeira, põe uma jaqueta fedorenta, monta numa moto e quer viver como um motociclista fora-da-lei (like 60's) até no domingo a noite... Por aqui, temos os "jaqueinhas", donos de Harley Davidson, que querem parecer maus e ogros, mas ligam para o seguro assim que a sua HD apresenta algum defeito.
Esses todos, pertencem a sub-culturas / tribos urbanas atuais. É difícil dizer quem é ou não, mas quando você olha para uma pessoa e pensa "é um funkeiro", ou "esse gosta de rock" , estamos observando características e traços comuns a um grupo XYZ....

O exemplo mais fácil e acessível, está dentro do " _sertanejo_ ", bastante em voga por aqui. E dentro dele, tem o cara que quer aparentar ser capataz de fazenda, mas não sabe distinguir um tufo de grama, de uma bosta de vaca. Aliás, quiçá sentiu o cheiro de bosta de vaca, e se facilitar, vai ao campo e odeia tudo que tem lá - prova disso é o teor que temos nas letras...
O que um peão faria com um Camaro Amarelo ou uma Fiorino? Não são veículos off-road, logo não tem utilidade nenhuma no contexto da vida no campo. Uma F1000 velha, é mais útil...

Julia Hardy
Veterano
# 12/jun/19 15:38 · Editado por: Julia Hardy
· votar


Olhe os Beatles por exemplo, eles eram uma boyband vendida

Não, não eram. Beatles não foi uma banda inventada por empresários. Todos ali tocavam, cantavam, compunham. Sem contar que a banda já existia desde meados dos anos 50. Só que, obviamente, houve uma publicidade grande em cima deles que deflagrou uma histeria predominantemente feminina. Então, boyband é o car****.

Mas credito que além de um empresário foda eles também tinham aquele algo mais revolucionário.
Pode ser o caso do BTS.


Não, não é. Sério, qualquer bosta que se destaca, já é comparada com Beatles. Eu não entendo isso.

Julia Hardy
Veterano
# 12/jun/19 15:40 · Editado por: Julia Hardy
· votar


A primeira vez que eu ouvi a palavra k-pop foi com isso aqui la em 2011, mais ou menos. Gosto ate hoje.



Ismah
Veterano
# 12/jun/19 20:09
· votar


Julia Hardy
qualquer bosta que se destaca, já é comparada com Beatles. Eu não entendo isso.

Eu compreendo. Frank Sinatra, Elvis, Beatles, Stones... São artistas extremamente lendários e pioneiros, em vários sentidos. Especificamente em números, todo mundo tende a querer ser assim. Aí, a comparação é inevitável

Julia Hardy
Veterano
# 15/jun/19 17:08
· votar


Ismah

Pois é. Há uns quinze anos, a moda da vez era um tal de Mcfly. Foi a mesma coisa: disco de estreia supera a estreia dos Beatles e bla bla bla. Aí, eu pergunto: onde estão esses caras agora? Tudo pra tentar dar uma relevância pra artistas que não tem lá muito o que oferecer.

entamoeba
Membro Novato
# 15/jun/19 17:26
· votar


Se Latino não tivesse morrido, é quase certo que teríamos o B-Pop.

Lelo Mig
Membro
# 15/jun/19 20:32 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Del

gpeddino
Veterano
# 15/jun/19 23:48 · Editado por: gpeddino
· votar


Isso foi extremamente ignorante e preconceituoso. Decepcionante, mas não surpreende.

Concordo. Sou gay e ler coisas assim vindas de pessoas que me parecem esclarecidas e inteligentes é no mínimo doloroso. Mas enfim. Podem me achar fresco ou sensível, foda-se.

Sobre K-Pop, é a nova onda: música romântica e focada em adolescentes. Não é feita pra marmanjos com mais de 20 e poucos como eu, então não me dou o trabalho de julgar. É algo que funciona há tempos e tem seu público alvo garantido, então bom pra eles. Talvez eu até dance junto numa festa como já dancei Backstreet Boys, mas não passa disso.

Antes isso do que pop/hip-hop hipersexualizado.

Ismah
Veterano
# 16/jun/19 03:48
· votar


Julia Hardy
Tudo pra tentar dar uma relevância pra artistas que não tem lá muito o que oferecer.

Enquanto a vaca tem leite, é quando se deve ordenhar... Pegue um exemplo mais recente: Justin Bieber.

gpeddino
Antes isso do que pop/hip-hop hipersexualizado.

Não todos, mas uma parte dessa onda é bastante sexualizado, dentro da estética oriental, é claro... Uma parte dos artistas, seguem a estética dos mangás, quando não os hentais... Mas, claro, é bem embalado para agradar...

Del-Rei
Veterano
# 16/jun/19 06:08 · Editado por: Del-Rei
· votar


Caraca... Nunca tinha ouvido falar desse treco. Que bizarro, rsrs.
Mas já vi um vídeo vergonhoso de um tal J-Rock, que de "rock" não parece ter porra nenhuma.



Julia Hardy
Há uns quinze anos, a moda da vez era um tal de Mcfly. Foi a mesma coisa: disco de estreia supera a estreia dos Beatles e bla bla bla. Aí, eu pergunto: onde estão esses caras agora?

Verdade.
Acho que ouvi falar umas 2 ou 3x desse grupo aí, há uns anos atrás.

Lelo Mig
Del

Me chamou???

Um aceno de longe!!!

Insufferable Bear
Membro
# 16/jun/19 08:16
· votar




Lelo Mig
Membro
# 16/jun/19 21:00 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Del-Rei

Vendo esse video, lembrei de um baixista japonês que tocou comigo muito tempo e sempre dizia:

"Otaku e homem só cabem na mesma frase se a frase for: Otaku não é homem."

Julia Hardy
Veterano
# 18/jun/19 13:22
· votar


Antes isso do que pop/hip-hop hipersexualizado.

Não sejamos tão conservadores.

Ismah

Enquanto a vaca tem leite, é quando se deve ordenhar... Pegue um exemplo mais recente: Justin Bieber.

Eu sei. Por isso, todo esse hype é só enganação.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a :: Do movimento K-Pop ::