Behringer MIC200 - Review

    Autor Mensagem
    Dr Jivago
    Veterano
    # dez/09


    Já faz algum tempo que comprei esse "tube preamp" e desde alguns meses tenho usado direto nas minhas gravações no PC de tal forma que, agora, posso fazer melhor uma avaliação do produto.

    Bom, eu utilizo o MIC 200 da seguinte forma: guitarra > dod 308 > ts7 > MIC200 > PC (audiophile 2496). Convém ressaltar que não uso os dois pedais ao mesmo tempo e no PC uso o Amplitube como simulador de amp.

    Antes eu utilizava uma mesinha da behringer (Xenyx 502) como preamp antes de mandar para a audiophile.

    Mas porque um preamp para gravar? Bom, a Audiophile não tem nenhuma amplificação, seja na entrada de aúdio, seja na saída, ou seja, para usar essa placa você precisa de um dispositivo para que o volume de input não fique extremamente baixo e sem "presença". Em resumo, ligar a guitarra direto na Audiophile fica uma porcaria.

    Mas porque não usar o pedal de overdrive? Sem dúvida, o pedal funciona como um preamp e resolveria o problema de impedâncias na entrada da Audiophile, mas isso significa que ele deverá estar sempre ligado e eu quero poder usar a guitarra também com o pedal em bypass, como se fosse num amp de verdade.

    Bom, em primeiro lugar é preciso dizer que o MIC 200 não é um preamp 100% valvulado, na verdade ele utiliza um chip transistor para amplificar, mas o sinal passa por uma valvula 12AX7 genérica para incrementar o timbre.

    A válvula realmente proporciona uma aquecida no som e um timbre mais redondo, principalmente quando uso o DOD que é um pedal naturalmente bem ardido. Ela por si só não distorce, mas dizem que se trocar a valvula genérica por uma de qualidade é possível transformar o MIC200 em um pedal de overdrive valvulado que vai afetar o timbre significativamente.

    O aparelho possue diversas opções de regulagens-equalização, eu uso na opção "Valve" que, sem dúvida, é a que combina melhor com guitarra em linha.

    Em resumo, o MIC 200 melhora bastante as gravações no PC e se quiser usar no inut do amp depois de toda a cadeia de pedais ou pedaleiras também é uma excelente opção para incrementar o timbre.

    JJJ
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    dando uma levantada...

    comprei um desses e testei hoje. Achei bom bagarái!!! Dá um tempero no som do tipo que só válvula dá. Se eu soubesse desse troço a mais tempo teria comprado muito antes!

    Só uma coisa: achei que o bicho esquenta pacas. É assim mesmo?

    ogner
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    JJJ
    Dr Jivago

    Por favor façam testes quanto a gravação com microfone e postem as consideraçoes comprativas..Com e sem ele!!!!!

    Seria MUUUIIIIITTOOO bom....Comprei um desse... mas dei azar, um amigo que trouxe pra mim da gringa e ele esta com problemas, muito ruido...Não consigo usa-lo legal....

    DotCom
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    Eu testei ele numa configuração parecida com a do autor do tópico, mas não posso dizer que vi grandes diferenças... A única diferença que senti mesmo foi o volume (óbvio, já que é um pré). Mas no timbre, mesma coisa. Enfim, pelo preço, tá valendo, é um pré, faz sua função, só não pode ficar na pilha achando que porque é valvulado vai transformar o timbre.

    erdnaxela
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    Um Bom pedal de booster faz o mesmo efeito. Apesar que o mic é legal sim ele altera o timbre mas não o transforma em um valvulado não. Ele dá uma especie de equalizada no som.

    O meu depois de um tempo tá dando uma chiadeira do nada e depois para. Berhringer é fogo.

    Dr Jivago
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    Bom, o MIC 200 é um clone desse da ART. O meu está perfeito e ele não faz chiado algum.

    A diferença é sutil, mas existe. Segue um exemplo, o primeiro take com o Mic200 na posição Valve/Limiter onde atua a valvula e uma espécie de compressor (uso por causa do Crybaby que quando acionado aumenta muito o volume e sem esse limitador estoura o timbre), detalhe que o ganho esta quase no minimo e isso afeta a interferencia da valvula. O segundo take é com o mic 200 na posição neutral que seria tirar fora do circuito a valvula, ele atua então como um pré transistorizado comum.

    http://www.4shared.com/file/226907790/b5b37e6c/teste_mic200.html

    ogner
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    Dr Jivago

    Gravação em linha né!? Usando amplitube?

    Viu minha solicitação lá? Vc consegue fazer testes microfonando?

    JJJ
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    ogner

    Eu testei em linha mesmo (guitarra -> mic200 -> mesa -> placa de som). A diferença (pra mim) entre a guitarra passando por ele e não passando (bypass) foi absurda (nada a ver com volume, mas com timbre mesmo). Eu gostei muito.

    O DotCom disse exatamente o contrário (só viu diferença no volume)...

    Então, acho que (como sempre) vai do gosto da pessoa. Mas eu não fiz testes "exaustivos", até porque recebi na sexta e viajei ontem (sábado). Essa semana eu vou testar com mais "rigor" e, se mudar de opinião, posto aqui. Por enquanto, minha opinião é que vale muito a pena (até porque paguei menos de 200 reais nele).

    ogner
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    Dr Jivago

    Nossa agora que vi a foto do mic200 e do Art V3 são iguais!!! Malditos chineses..hehehe....Pensei que a ART era uma marca conceituada, mas pelo visto é genérica tb!!!

    jigo__
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    Galera queria saber o seguinte:

    segundo meu professor pra melhorar minhas gravações microfonando o meu amp eu precisaria de um mic 200 e uma placa usb dessas mais baratas....

    ai usaria o microfone no falante do meu amp, indo pro mic 200 e depois indo pra placa, gravando com um adobe audition...

    alguem ja ouviu falar nesse tp de gravação?? alguem poderia tentar gravar assim...

    com o som do meu amp acho um disperdicio mto gde gravar em linha!!!!!

    abçs

    ogner
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    jigo__

    Cara, sempre gravo assim, quer dizer quando meu preamp nao chia.....A dica que te dou é arrumar uma placa com entrada balanceada tb....Bem como um preamp com entrada balanceada tb...Ja que vai investir, vale fazer isso. O MIC200 ja tem entrada balanceada.

    DotCom
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    segundo meu professor pra melhorar minhas gravações microfonando o meu amp eu precisaria de um mic 200 e uma placa usb dessas mais baratas....

    ai usaria o microfone no falante do meu amp, indo pro mic 200 e depois indo pra placa, gravando com um adobe audition...

    alguem ja ouviu falar nesse tp de gravação?? alguem poderia tentar gravar assim...


    Sim, é normal o que seu professor falou... Microfonar o ampli, e mandar o sinal do mic para um pré, e daí para uma interface de áudio.

    Claro que se você puder abrir mão de alguma qualidade, você pode dispensar o pré e a interface, ligando o mic diretamente na placa de som. Perde em qualidade, mas ganha em custo e praticidade (muito menos fios). Vai da sua necessidade.

    Dr Jivago
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    ogner

    Na verdade o ART é o original, a Behringer é que copiou. Era para ser um bom produto, será que você não está acionando algum botão indevidamente? tipo o boost de 20 db?

    Bom, nas reviews do harmony-central eles dão uma dica de trocar a valvula genérica por uma de boa qualidade, em ambos os produtos, com excelentes resultados.

    JJJ
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    ogner
    A dica que te dou é arrumar uma placa com entrada balanceada tb.

    A diferença é só de ruído? Ou tem mais alguma coisa envolvida?

    ogner
    Veterano
    # fev/10 · Editado por: ogner
    · votar


    Dr Jivago

    Ja levei num tecnico. ele disse que é um potenciomentro...tenho minhas duvidas...De qualquer forma é um potenciometro especial, eu mesmo vi, nao é comum, alias de comum nao tem nada...Já troquei a valvula tb....O ruido é um XXssssss no fundo, que as vezes aumenta ou diminui...Mas tem um fato que me intriga, usando entrada e saida Balanceada o ruido diminui muito, no p10 p10 é simplesmente impossível....E pra gravação é mortal, nao da pra usar nem um nem outro.0 Como pré de amp até rola, mas nem preciso ja tenho valvulados....

    Mas existem reviews dos gringos constatando o mesmo problema do meu, parece q o controle deste equipo foi meio nas coxas...

    JJJ
    Cara, pelo que sei é a diminuição considerável dos ruidos...
    Indiquei ele a pegar com balanceadas pq uma hora ele vai querer espetar um mic pra gravar, e ja que vai investir...

    Aqui tem algumas explicações sobre balanceados
    http://forum.cifraclub.com.br/forum/16/132281/

    Dr Jivago
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    ogner

    Pois é, nesse caso, é melhor esquecer esse preamp.

    O que posso dizer é que o meu mic200 (não vou dizer por todos porque é behringer) é super silencioso, na verdade não ouço ruído nenhum em regulagens moderadas de ganho. Faz menos ruído do que minha mesinha xenyx 502 100% transistorizada e com muito mais presença no timbre.

    teclado_mania
    Veterano
    # fev/10
    · votar


    Ogner

    Pelo que eu entendo de behringer ela procura copiar pelo menos no visual produtos de outras marcas.

    A art studio é uma boa marca e não deveria mesmo estar acontecendo isso...

    JJJ
    Veterano
    # fev/10 · Editado por: JJJ
    · votar


    Pra quem interessar:

    eu testei o mic200 como pré mesmo, antes do meu amp totalmente SS (um kute 60, stanner). Pro meu gosto, ficou muuuuuuuuuuuito legal. O som puro desse amp é clean, mas é seco feito areia e sem brilho nenhum. Só com o mic200 e um reverberzinho antes (usei o RV3 da Boss) ficou bom bagarái!!! O som tá incontestavelmente melhor. Se fechar os olhos, parece outro amp.

    Config:

    guitarra -> RV3 -> Mic200 -> Amp Kute 60

    Alkhemic
    Veterano
    # ago/11
    · votar


    Pessoal

    Comprei o MIC 200 e fiz a troca por uma válvula melhor.
    Relamente, fez uma diferença enorme no timbre. Pelo preço, vale muito a pena.
    Amplificadores valvulados são o ideal, porém são muito caros.
    Com a préamplificação valvulada, você consegue "esquentar" o som.
    A Válvula da marca BUGERA, que vem junto ao MIC200, não é boa. porém, é fácil encontrar valvulas 12AX7 pela web.

    Nesse link você pode conhecer um pouco mais sobre esta válvula:
    Válvulas 12AX7http://thetubestore.com/12ax7review.html

    Elas são encontradas em 2 modelos:
    ECC83
    ECC803 (Long Plate)

    fidelismusico
    Veterano
    # nov/12
    · votar


    Comprei um é show de bola,pra home studio o mic 200 perfeito

    ogner
    Veterano
    # nov/12
    · votar


    fidelismusico
    Oq vc grava? oq ele muda no som captado sem ele?

    fidelismusico
    Veterano
    # nov/12
    · votar


    Gravo voz numa fast track pro,com mic condensado.Sem o aplificador mc 200
    tenho que colocar o volme quase no talo,ja com mic200,só dou um grauzinho e fica no ponto.E isso com certeza faz a diferença.

    geronimo.correa
    Veterano
    # nov/12
    · votar


    fidelismusico
    Bom saber, tenho o mesmo "problema" com a FT Pro! Abraço!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Behringer MIC200 - Review