(off) Guitarra é para ricos!

Autor Mensagem
marcioguita
Veterano
# jun/08
· votar


João pernanbuco tocava (muito ) com pixinginha e era analfa!!!

Naka-man
Veterano
# jun/08
· votar


Musica popular/das americas é uma coisa da classe pobre. Quem tinha dinheiro para ter aulas , comprar bons instrumentos estudava musica erudita/europeia.

makumbator
Veterano
# jun/08
· votar


Robinson

Exato, uma hipóstese. Mas eu já sabia que vc não havia "fechado a questão"


Volto a repetir: estou focando a questão dentro do universo da guitarra dado que é o nosso tema e interesse comum.

Mas acho necessário comparar com outros instrumentos, pois essa é justamente a referência que mostra que a guitarra é dos mais baratos(mesmo que ainda relativamente cara dependendo do nível financeiro).
A comparação com o passado também me parece salutar, uma vez que as opções de compra e manutenção eram ainda menores, e as possibilidades de parcelamento e financiamento quase nulas, mas mesmo assim, pessoas relativamente pobres, e até analfabetas davam um jeito para conseguir o instrumento de seu interesse.
É por isso que não concordo que guitarra seja exclusivamente para ricos, e sinceramente acho que nunca foi.

Robinson
Veterano
# jun/08 · Editado por: Robinson
· votar


Pode ser...
Mas nesse caso uma flauta doce custa bem menos...

makumbator
Veterano
# jun/08
· votar


Robinson

Sim,mas a flauta transversal de boa qualidade custa um pouco mais que uma guitarra do mesmo nível. E praticamente só se usa flauta doce profissionalmente em música barroca e antiga e certos estilos folclóricos de alguns países. Mas mesmo nesses casos elas são bem mais caras que as flauta doces comuns de ensino infantil(mas evidentemente mais baratas que um guitarra).

Naka-man
Veterano
# jun/08 · Editado por: Naka-man
· votar


Flauta Transversal é muito mais caro que uma guitarra. Uma flauta horrenda esta uns 500-600 reais. Uma mais ou menos uns 1000-1500 reais. Uma boa uns 3000 reais. Uma de concertista uns 10000-xxxxxxx reais.

Sharper
Veterano
# jun/08 · Editado por: Sharper
· votar


Guitarra é cara NO BRASIL. Aqui, qualquer coisa industrializada de qualidade é cara, pq não se tem produção nacional de qualidade (industrial) e o governo taxa absurdamente os produtos importados, alegando que assim está protegendo a indústria (de merda) nacional.

Uma Fender mexicana, sonho de consumo de muitos aqui, tenho certeza, nos EUA custa HOJE R$ 650. Com isso, vc compra lixo por aqui (comparativamente).

A única coisa que esses impostos e dificuldades criadas na importação fazem é ferrar com a maioria (ou seja, com o consumidor, o povo), pra tentar favorecer alguns (os "projetos" de empresários q tentam vender lixo a preço de ouro).

Só dei o exemplo da guitarra. Procurem e façam as contas de quanto custaria p/ um assalariado comprar uma TV (ou qualquer outra coisa comum) importando (se nao tivesse imposto) ou da magnífica indústria nacional.

Robinson
Veterano
# jun/08
· votar


Bem, fazendo algumas contas por alto...
Uma guitarra ruim + ou - uns R$200, um amp de 10W + ou - R$200, um pedalzinho qualquer + ou - R$50 a R$90, um par de cabos (feitos pelo usuário) R$16, cordas e palheta R$15. O que da um total de R$481,00

Sim, pode que algúm asalariado sacrifique seu soldo de um mês (sendo salário mínimo) e invista em guitarra ou a dê como presente para seu filho chato e aperte o seu cinto por um mês.
Se ainda assim sobrar algo... pode comprar um computador parcelado e assinar uma linha telefônica, ou uma "gato-net" para entrar na inter e veicular sua produção musical para o mundo e, obviamente a fama.

Mas pode se apertar mais um pouco ainda e rachar a grana de um estúdio e, de repente, gravar uma tirágem modesta de Cds para divulgação e quem sabe... sentar no sofá ao lado do Jô Soares e revelar, aos milhões de espectadores, como conseguiu sair da favela, comprar guitarra e accesórios baratíssimos (afinal uma flauta é bem mais cara que uma guitarra) e ainda gravar o Cd que agora está divulgando.

Mas é claro que esta história fictícia não foge da realidade e é assim como podemos ver que os nossos grandes guitarristas brasileiros, na sua maioria, compartilham desta orígem comúm.

Abç!

Lak Lak
Veterano
# jun/08
· votar


CaioPrimo
axo q vc forçou um poco na comparação com o pobre q come no bom prato hehe, parece q isso "ta bom" sabe, mas eu entendi perfeitamente seu post e concordo. pra completar, nao podia ter melhor comentario do que o do lula_molusco

faço minhas as vossas palavras

abraços

Zuricow
Veterano
# jun/08
· votar


Topico legal!

Não acho que músicos tenham necessariamente que nascer em berço de ouro, ao contrario, acho que se um cara quer ser musico, tem determinação, e jeito, ele pode ser o que quiser. Não sei citar exatamente exemplos, mas tenho certeza que grandes caras começaram do zero e arranjaram patrocinadores e quem os bancasse para seguirem suas carreiras.

Contudo, concordo que pra aquele musico que possui os pre requisitos, uma graninha a mais o ajudaria muito. Temos que levar em conta também que a musica ficou bem "diversificada" hoje em dia, e, infelizmente generos musicais menos "ricos musicalmente" está mais presente em comunidades mais pobres , e esses generos não fazem grandes MUSICOS (disse musicos, nao funkeiros).

Concluindo, o dinheiro ajuda bastante, mas se o musico quer ser musico, tem vocação, e sabe fazer musica, ele pode ser um dos melhores. No entanto, a falta de grana é um dos casos da baixa produtividade musical do Brasil hoje em dia, mas isso só ocorre porque os bons e ricos generos musicais são, geralmente, ouvidos pela parcela da população mais favorecida.

Rodrigo Frejat
Veterano
# jun/08
· votar


Musica não é só para quem tem dinheiro, e sim para quem tem amor a ela.

Saitu
Veterano
# jun/08
· votar


se eu naum me engano, o guitarrista do blink 182(não lembro ao certo quem foi) começou a tocar guitarra com uma achada no lixo, talvez por isso... ah, dexa pra lá...

Naloxone
Veterano
# jun/08
· votar


Guitarra é para quem tem condição mesmo.
Tudo que é bom é muito caro.
Não adianta nada comprar uma Tonante, plugar ela num Boss ds1 e depois num merdeoro e depois achar que tá fazendo boa música.

Naka-man
Veterano
# jun/08
· votar


A verdade é que tem muita gente que não consegue tirar som e acha que é culpa do equipamento. Acha que é mágico , se voce toca numa Fender voce vai tocar bem.

Raizen
Veterano
# jun/08
· votar


Discordo. É possível comprar bons equipamentos a um bom preço. Prefira equipamentos nacionais ou saia garimpando usados.

Robinson
Veterano
# jun/08
· votar


Bem... a questão não é, repito, a compra de guitarra nem que esta seja furreca, muito menos a capacidade de se gostar de música, para isto bastam os ouvidos e o interesse.

Mas a discussão é sobre os guitarristas brasileiros que se consagraram e a sua orígem como classe.

Junae
Veterano
# jun/08 · Editado por: Junae
· votar


Tirar um som decente e fazer um show decente depende de grana sim. Vai do bolso de cada um. Mas falar que isso não existe é uma farsa mesmo. Gosto mto de música desde os 12, 14 anos. Nessa época, meus amigos guitarristas começaram a tocar. Eu nunca tive condições, e, agora , com 33 anos, formado e concursado, pude comprar meus equipos e começar a montar meu home-estúdio. Mas estou anos luz atrás desse pessoal que começou a tocar cedo. Não tenho mas "aquele" tempo também. Mas estou realizando meu antigo sonho. E, com certeza, melhorando minha música a cada dia. Cada um tem seu tempo. Mas não deixo de admirar um moleque que já tá arrebentando com seus 15 ou menos anos. Tem vários no Youtube. Não dá pra comparar. Cada um tem uma estória de vida e seu caminho na música. O fato é que, todos nós aqui no cifra, amamos , de uma forma ou outra, a música. E não rola ficar comparando e chorando o leite derramado. Rola correr atrás.

J. S. Coltrane
Veterano
# jun/08 · Editado por: J. S. Coltrane
· votar


Isso é em parte correto. Sem 1400 [amp + guita média] voce não tem a experiencia completa de tocar guitarra. Sem 4000 voce nao toca piano. Existem outros caminhos, mas eles são muito mais tortuosos...

Idem para as outras artes. O que todas mais precisam, não é dinheiro, mas tempo de sobra para dedicação aos estudos. Como tempo=dinheiro...

Ou podemos falar como ingênuos [baseados em excessões que foram postadas aqui]:
- Se voce se esforçar voce consegue!
- Basta o seu coração!
- Voce tem que acreditar!

Daqui a pouco vão falar desse mito do "talento" e começar a contar histórias para boi dormir.

lucas-sarmento
Veterano
# jun/08
· votar


Robinson

lógico uma pessoa que ganha um salario minimo, não teria condições de se promover e se inserir no mercado fonográfico dessa maneira que você falou!

Mas, ainda assim, existem outras maneiras de trabalhar e divulgar sua música e seu som. Por exemplo a quantidade de pessoas que tem, que trabalham de dia, e a noite saem pra tocar em bares, restaurantes e etc é grande. As vezes nem ganham nada em troca, mas ganham divulgação (mesmo pequena) e visibilidade.

E mesmo para os ricos, se promover desta maneira que você citou não é fácil. Pagar a gravação de um CD não é mole pra ninguem, a não ser que o sujeito seja milionario MESMO.

Hoje em dia. é lógico que se sustentar como músico é dificil! Até pela situação atual do mercado fonográfico! que ao mesmo tempo que inclui barateando o preço de produção de um CD, exclui com a baixa remuneração. Então, pra viver de música hoje em dia, tem quie ralar. Tanto ricos, como pobres.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a (off) Guitarra é para ricos!