Violão com cordas Elixir + Ar cndicionado

Autor Mensagem
PedroHS05
Membro Novato
# 26/ago/20 18:40


Comprei cordas elixir ontem, e estou tendo todos os cuidados possíveis (pois as cordas são bem caras, hehe), e ta fazendo um calor aqui no Rio Grande do Sul, e queria ligar o Ar condicionado, mas estou com medo de alguma estourar por conta do frio. Isso pode acontecer??

ejames
Membro Novato
# 26/ago/20 19:06
· votar


Se corda estourasse por causa de ar-condicionado, ninguém conseguiria gravar em estúdio, fazer apresentações em casas de show fechadas e nem mesmo expor instrumentos dentro de lojas.

PedroHS05
Membro Novato
# 26/ago/20 19:35
· votar


Se corda estourasse por causa de ar-condicionado, ninguém conseguiria gravar em estúdio, fazer apresentações em casas de show fechadas e nem mesmo expor instrumentos dentro de lojas.

Ata, faz sentido. Muito obg :)

instrumentista
Membro Novato
# 26/ago/20 19:49
· votar


PedroHS05
cara o ideal é deixar seu instrumento dentro de um case, mas estourar não vai, o que a umidade vai fazer é ajudar a corda a enferrujar. E uma dica, que você nem pediu, testa outras cordas, eu so usava elixir até conhecer John Pearse, eu acho que nos meus violões soa melhor e é 1/3 do preço aqui no Brasil.

PedroHS05
Membro Novato
# 26/ago/20 19:58
· votar


cara o ideal é deixar seu instrumento dentro de um case, mas estourar não vai, o que a umidade vai fazer é ajudar a corda a enferrujar. E uma dica, que você nem pediu, testa outras cordas, eu so usava elixir até conhecer John Pearse, eu acho que nos meus violões soa melhor e é 1/3 do preço aqui no Brasil.

Eu sempre deixo meu violão preso em um suporte de parede. Você acha melhor colocar dentro da case dele?

instrumentista
Membro Novato
# 27/ago/20 19:17
· votar


PedroHS05
cara se for aqueles hard cases, sim, é o mais recomendado, se for soft bag (tipo mochila) não faz tanta diferença.

PedroHS05
Membro Novato
# 27/ago/20 21:33
· votar


cara se for aqueles hard cases, sim, é o mais recomendado, se for soft bag (tipo mochila) não faz tanta diferença.

É tipo mochila msm. Mas, mt obg galera

Ningen
Veterano
# 27/ago/20 21:54 · Editado por: Ningen
· votar


instrumentista
PedroHS05

o que a umidade vai fazer é ajudar a corda a enferrujar.

Só que o condicionador de ar costuma retirar a umidade do ambiente... Então quanto às cordas não há problema, muito pelo contrário. Não se esqueça de passar um pano seco depois de tocar, pois ajuda bastante.

Porém, nem tudo são flores. Se o ambiente estiver muito seco isso pode causar problemas, não às cordas, mas, ao violão, como você pode acompanhar nesse artigo da Taylor.. O tampo pode baixar, alterando a ação das cordas. Até mesmo rachar, em casos extremos. (Eles recomendam de 45-55% de umidade). Comprei um medidor por 20 reais e nunca mais tive problemas ou paranoias. Boa sorte.

instrumentista
Membro Novato
# 30/ago/20 14:26
· votar


Ningen
depende muito do ar condicionado viu, os mais modernos sim retiram a umidade do ar, porque eles trabalham com "reciclagem" de ar, mas nem todos são assim, ja entrou naqueles anfiteatros com um cheirinho de parede molhada? Aquilo ali é culpa do ar condicionado, hoje em dia, claro existe a tecnologia de como você mesmo disse temos aparelhos que retiram a umidade do ambiente, mas muitos as vezes só circulam o ar resfriando-o criando zonas de menor umidade (onde fica friozinho) e zonas de maior umidade (próximo ao aparelho geralmente é mais quente), mas não necessariamente reduzem a umidade do local. Tanto é quem em atelier de luthieria sempre se tem um umidificador (regulador de umidade) atrelado ao ar condicionado, o ar condicionado pra controlar a temperatura e o umidificador pra controlar a umidade (aumentando ou diminuindo a umidade).

Ningen
Veterano
# 30/ago/20 16:43 · Editado por: Ningen
· votar


instrumentista

mas nem todos são assim

Foi por isso que usei a palavra costuma:

Eu tô supondo que o nosso colega, é uma pessoa comum, que quer esfriar (como ele especificou) seu ambiente com um condicionador de ar comum (split ou janela). Todos retiram água do ar.

Mas nos faça o favor de especificar que condicionador de ar é esse que resfria o ar mas não retira água do ambiente, que fiquei curioso.

LeandroP
Moderador
# 30/ago/20 20:12
· votar


A temperatura de 20° é o ideal pra qualquer instrumento musical, instrumento de medição, instrumentos eletrônicos, etc. Não importa se é natural ou de ar condicionado. Você consegue controlar a temperatura, ok! Me preocuparia com a umidade, aonde o ideal é 50% seco e 50% úmido.

instrumentista
Membro Novato
# 30/ago/20 20:28 · Editado por: instrumentista
· votar


Ningen
qualquer ar condicionado que trabalhe com cilindro de gás próprio funciona assim :)

Mas enfim, esse nem é o foco do tópico, então não vai levar a nada

Ningen
Veterano
# 30/ago/20 21:41 · Editado por: Ningen
· votar


instrumentista

Eu discordo. Acho que é o foco do tópico, sim. Ar condicionado, umidade...

Não tenho certeza das tecnicalidades, mas sei de uma coisa: um corpo, resfriado, que entre em contato com ar, que esteja em temperatura maior (mais quente), irá gerar(condensar) gotículas de água que estejam presentes na atmosfera. Por isso, quando você retira uma garrafa de cerveja, gelada, do freezer, e coloca em temperatura ambiente, ela acumula água em sua superfície... o condicionador de ar, em modo, "cool", faz a mesma coisa: esfria uma superfície, e choca o ar contra essa superfície. Deste modo, causando acúmulo de água, sendo necessário a coleta e desprezo dessa água... Por isso, retirando água do ar.

Faça me o favor de especificar qual condicionador esfria o ar, sem produzir, como consequência, uma redução na umidade do ar.

Del-Rei
Veterano
# 31/ago/20 00:15
· votar


Eu sei de uma coisa. No calor as cordas dos meus instrumentos afrouxam e no frio elas alertam. Isso eu sei porque sempre tenho que afinar novamente quando tem uma mudança de temperatura mais brusca de um dia pro outro.

Mas se o ar condicionado causa esse mesmo efeito, não sei dizer. E já vi também minha guitarra desafinar no palco se ficar muito tempo em um foco de luz quente - essas luzes de iluminação de palco. Várias vezes afino o instrumento na passagem de som e deixo ele preparado no palco. Sempre que fica alguma luz de palco apontada diretamente pra ela, eu preciso reafinar antes de tocar.

Um aceno de longe!!!

instrumentista
Membro Novato
# 01/set/20 02:16 · Editado por: instrumentista
· votar


Del-Rei sim cara, é normal, isso se dá devido a uma propriedade dos corpos que se chama dilatação térmica, um corpo aquecido aumenta de tamanho (no caso da corda linearmente) ou que causa um aumento de tamanho, logo mantendo-se a mesma tensão ela afrouxa, e quando exposto à uma variação de temperatura negativa (ou seja, diminui a temperatura) os corpos contraem.

Ningen
Amigo, se você quer saber o modelo e a marca eu não vou saber te responder, não trabalho com isso, sou físico, não técnico em ar condicionado. Mas como você até entende um pouco sobre vou te explicar uma coisa, a mudança de estado da matéria não está relacionada a mudança de temperatura e sim à relação de calor recebida por unidade de massa, então não, o fato da película de gelo condensar não tem NADA a ver com a mudança de temperatura (pode parecer estranho, mas é a verdade), e sim com o calor (calor nesse contexto é energia térmica em movimento), o fenômeno que você quer citar é o fato da cerveja esquentar com o passar do tempo, esse sim tem a ver com a troca de temperatura e equilíbrio térmico, aqui tem um texto bem explicativo com as fórmulas, e com os conceitos corretos, as vezes nos enganamos pelo senso comum, pra isso existe a ciência :).

Voltando ao ar condicionado dessa vez, ele tem o papel de resfriar o ar, e como você já viu acima, mudança de temperatura não implica em mudança de estado de agregação, então não o ar condicionado quando somente resfria o ar não tem esse poder, e é por isso que o mesmo funciona apenas como um refrigerador térmico, igual a sua geladeira, ele pega o ar quente de dentro do ambiente que você deseja resfriar e coloca pra fora do sistema fazendo assim com que a temperatura diminua dentro da sala ou geladeira, fora esquente (ta aí uma das grandes reclamações do ativismo ambiental nas grandes cidades) na sua geladeira não esquenta o ambiente, mas isso é porque ela tem aquela gradezinha atrás sabe? aquilo la esquenta e é por isso que não se deve colocar roupa atrás da geladeira, você tá gastando mais energia e diminuindo a capacidade de resfriamento da máquina. Então porque sentimos que as vezes o ar condicionado resseca o ambiente, bom não é necessariamente por retirar moléculas de água do ambiente fosse assim a gente poderia fazer torrada na geladeira não?, brincadeiras a parte vou tentar responder a sua dúvida. Uma boa parte da tecnologia dos ar condicionados funciona da seguinte forma (isso descobri em uma breve pesquisa técnica no google, então pode conter algum erro técnico, mas NENHUM teórico) no modo resfriar e ventilar ele circula o ar, de forma que o ar quente que é menos denso suba e seja sugado pelo filtro, que possui ai uma esponja que essa sim absorve umidade, resultado a umidade efetivamente diminui, isso para que se gaste menos energia e precise resfriar menos o ar para obter uma sensação térmica agradável. Acontece que essa é UMA tecnologia empregada, existem aparelhos (como eu disse) que usam um cilindro próprio de gás e esse gás que é trocado com o ambiente, de maneira menos efetiva e gastando mais energia, desse jeito a variação de umidade é quase nula, visto que o filtro não serve como retentor de umidade e apenas como retentor de poeira (filtro de papel, inclusive)
Enfim, é isso, em momento algum quis desmerecer o seu comentário amigo, e mesmo com respostas mais ríspidas por sua parte tentei manter a postura, afinal de contas discordar é norma.

PS: desculpem o texto gigantesco

Ningen
Veterano
# 01/set/20 03:53 · Editado por: Ningen
· votar


instrumentista

Rapaz... quanta coisa controversa nesse seu comentário. Não sei nem por onde começar...


se você quer saber o modelo

A tecnologia basta.


o fato da película de gelo condensar

Não estou falando de gelo em específico, apenas da mudança do estado de vapor de água (atmosfera/ambiente) para o estado líquido (condensar). Mas claro, se a superfície estiver muito fria, vai congelar as gotículas, deixando a garrafa, como dizem, nevada.


o fenômeno que você quer citar é o fato da cerveja esquentar com o passar do tempo

Não.

Leia isso:

https://mundoeducacao.uol.com.br/curiosidades/orvalho.htm

"O orvalho é o resultado da condensação de vapores d’água presentes no ar, em forma de gotículas, quando entram em contato com superfícies com temperatura mais baixa."

É disso que estou falando.


a mudança de estado da matéria não está relacionada a mudança de temperatura e sim à relação de calor recebida por unidade de massa, então não, o fato da película de gelo condensar não tem NADA a ver com a mudança de temperatura (pode parecer estranho, mas é a verdade), e sim com o calor (calor nesse contexto é energia térmica em movimento).

Rapaz, isso fez ZERO sentido... O quê?!

O texto que você me recomendou só diferencia calor sensível de latente. O último caracterizado por mudar o estado do corpo em questão.

Calor provoca variação de temperatura.

Vapor de água, quando esfria, vira líquido, se esfriar mais, vira gelo. Simples assim. Discorda disso?



ele pega o ar quente de dentro do ambiente que você deseja resfriar e coloca pra fora do sistema fazendo assim com que a temperatura diminua dentro da sala ou geladeira,

Não, cara. Você entendeu errado. De qual tecnologia você está falando mesmo?! O condicionador de ar mais comum à venda hoje, split, movimenta gás/fluido refrigerante a diferentes pressões de modo que, simplificando, em parte do ciclo ele esfria, em outra parte ele esquenta. Na unidade interna, parte fria, o sistema ventila ar por entre a grade/bobina gelada, assim resfriando o ar que se choca/esbarra naquela grade. E com o "efeito orvalho" condensa água.



E me desculpe se tentando ser direto acabei sendo rude.

instrumentista
Membro Novato
# 01/set/20 20:37 · Editado por: instrumentista
· votar


Ningen
Vapor de água, quando esfria, vira líquido, se esfriar mais, vira gelo. Simples assim. Discorda disso?

se eu não discordar disso deveria atear fogo ao meu diploma e ao meu mestrado em física térmica e processos termodinâmicos, novamente, se quiser ler o texto que eu te indiquei ele tá ai acima. Calor sensível é o que causa a mudança de temperatura dos corpos, em NENHUM momento pode causar a mudança de estado físico, o calor latente ou calor específico é o responsável por mudar de estado físico das coisas. Bonito o texto que você mandou, qual o físico que o escreveu? Porque assim, qualquer um pode escrever que a Terra é plana, nem por isso ela é. O CALOR ESPECÍFICO ALTERA O ESTADO DE AGREGAÇÃO, ponto final, isso é um consenso físico desde o século XVII.
Só pra que isso fique claro e esse assunto seja encerrado, a temperatura é a medida do grau de agitação das moléculas, e só isso, o que você tá chamando de temperatura na realidade é calor, o calor (grandeza física, e não, calor de dia quente) fluindo entre um corpo e o ambiente, ou entre corpos altera a seu estado de agregação. Calculado da seguinte fórma Q=mL (Q=quantidade de calor, m= massa e L=calor latente), o que muda com a variação da temperatura é o calor sensível, que se calcula como Q=mc(T-T0) (Q=quantidade de calor, m=massa, c=calor sensível, T e T0= temperatura).

Calor latente= Calor latente, também chamado de calor de formação, é a grandeza física relacionada à quantidade de calor que uma unidade de massa de determinada substância deve receber ou ceder para mudar de fase. Veja, em momento algum conversamos sobre temperatura nesse fenômeno.

De qual tecnologia você está falando mesmo?

Termodinâmica, existe tem quase 400 anos, gostei do vídeo, muito bom, ele resume bem o que eu expliquei máquinas térmicas trabalham em ciclos, mas não interprete errado, aqui um texto científico explicando como funciona uma maquina reftigeradora leia aqui

instrumentista
Membro Novato
# 01/set/20 20:41 · Editado por: instrumentista
· votar


O último caracterizado por mudar o estado do corpo em questão.
Exatamente, e se você olhar a equação não tem nenhum T de temperatura, o que significa isso? QUE PRA MUDAR O ESTADO DE AGREGAÇÃO NÃO PRECISA MUDAR A TEMPERATURA. E isso explica o ponto triplo da água, que é um ponto onde vapor, gelo e água liquida coexistem, como isso é possível se você disse que pro vapor condensar ele precisaria esfriar? Pois é ELE NÃO PRECISA. :)

Enfim, acho que o tópico é sobre violão e não sobre física, mas se te interessa tanto posso te recomendar algumas literaturas. Física Básica do Moyses (professor brasileiro, e um dos grande que eu tive) volume 2 ou Paul A Tipler volume 1, ambos livros muito bons e muito mais didáticos do que eu jamais serei.
Boa Noite :)

Edmarcio
Membro Novato
# 01/set/20 21:06
· votar


Respondendo ao criador do tópico.

A variação de temperatura que seu violão será submetido não será o suficiente para estourar a corda. A corda não irá se comprimir a esse ponto.

Com relação a umidade e variações de umidade, aí já recomendo uma pesquisa mais profunda, muita vezes o próprio fabricante estipula os limites de umidade em que pode ser submetido o violão.

Ningen
Veterano
# 01/set/20 21:33
· votar


instrumentista

Bonito o texto que você mandou, qual o físico que o escreveu?

Vou mandar um escrito pelo Professor Fernando Lang da Silveira que possui graduação em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1972), mestrado em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1976) e doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1992). Atualmente é professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Física, com ênfase em Pesquisa Em Ensino de Física, atuando principalmente nos seguintes temas: métodos quantitativos aplicados à pesquisa, história e filosofia da ciência, tópicos em física geral. Além de trabalhar na graduação, é docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física do IF-UFRGS.

"O orvalho é a formação de gotas liquidas quando o vapor de água na atmosfera condensa. O aparecimento do orvalho sobre as superfícies de corpos pode acontecer pela condensação da água diretamente sobre uma superfície fria – é o caso da postagem referida Copo suado"

Fonte.

Ningen
Veterano
# 01/set/20 22:17 · Editado por: Ningen
· votar


instrumentista

Vou ter que concordar com você em um ponto: didática não é o seu forte.

Veio, jogou terminologias, currículos, fórmulas... mas não conseguiu formular uma réplica coerente em relação à questão levantada por mim: condicionadores de ar em modo "esfriar" retiram água do ar, condensando vapor de água tal como quando retiramos uma garrafa gelada do refrigerador e colocamos em uma temperatura ambiente mais alta e também como o orvalho.

Até agora tô sem entender a aplicação dos conceitos de calor sensível e latente nessa conversa.


gostei do vídeo, muito bom, ele resume bem o que eu expliquei máquinas térmicas trabalham em ciclos, mas não interprete errado,

Interpretar errado? Você não deve ter ouvido isso aqui, assistindo o vídeo:

"Perto das bobinas do evaporador a temperatura do ar será bastante baixa e isso levará à condensação de água nas bobinas do evaporador. É por isso que precisamos de um cano para remover essa água condensada."


você disse que pro vapor condensar ele precisaria esfriar? Pois é ELE NÃO PRECISA.

Você tá mal hein... em momento algum eu disse isso... A primeira pessoa a utilizar a palavra "precisa" nesse tópico foi você. "Dá um Control+F aí".


De qual tecnologia você está falando mesmo?
Termodinâmica,


Mas termodinâmica não é um ramo da física?

Vou te dar uns exemplos:
Condicionador de ar do tipo split, retira água do ar, joga fora pela mangueira.
Condicionador de ar de parede, retira água do ar, joga fora por um dreno, Fonte (Pág 10)

Falta você me falar que categoria de condicionador de ar é essa que não acaba retirando ar do ambiente...

Lelo Mig
Membro
# 02/set/20 01:03 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Variações de temperatura e da umidade relativa do ar alteram a ação das cordas... é física, não há o que discutir.

Desafina no máximo, estourar, impossível se as cordas estiverem com a afinação/tensão correta. As cordas possuem uma boa tolerância, mudança nenhuma de temperatura (em ambientes normais) irá ultrapassar esse limite.

Desafina no palco, desafina no studio, desafina no boteco, e quem não é músico de quarto e anda prá lá e prá cá com instrumento sabe disso, simplesmente afina e toca.

Paninho (de preferência Fast Fret) nas cordas após tocar, flanela seca no corpo e ferragens após tocar, deixar o instrumento fora do case ou bag para arejar (de vez em quando) e pronto! O resto é viadagem!

Obs (de tempos em tempos uma faxina bem feita e mais profunda)

instrumentista
Membro Novato
# 02/set/20 02:50 · Editado por: instrumentista
· votar


Ningen
Cara sinceramente, eu desito, quem não quer entender não entende, tanto faz, não preciso ser didático, sou pesquisador e não professor, deixo essa pros meus colegas que lecionam, ganho a vida resolvendo outros problemas. Se você não vê a relação, ok, não veja e continue acreditando que temperatura muda estado físico, tem geólogo acreditando que o planeta tem borda kkkkkkk, o livre arbítrio é lindo.

So lhe peço a gentileza, não precisa responder, não quero poluir o topico com uma discussão que não nós leva a lugar nenhum se não ao caos, porque então a Martin usa uma estufa e um controlador de umidade tão caro, quando poderia apenas usar um ar condicionado pra retirar a umidade da madeira? É uma pergunta pertinente, concorda?

instrumentista
Membro Novato
# 02/set/20 02:53 · Editado por: instrumentista
· votar


Lelo Mig
É só isso, você resumiu precisamente tudo.

Ningen
Veterano
# 02/set/20 09:56 · Editado por: Ningen
· votar


instrumentista

tem geólogo acreditando que o planeta tem borda kkkkkkk

Quer saber outra coisa engraçada? Estatisticamente falando, você é o terraplanista...
Fez pouco caso do texto sobre o orvalho, mas a definição do fenômeno é virtualmente a mesma à todo lado. Inclusive a do físico que você "pediu"...



quem não quer entender não entende, tanto faz, não preciso ser didático

Não sei o que alguém que não consegue, nem tem interesse em se comunicar com clareza, faz em um fórum de discussões, sinceramente.



que não nós leva a lugar nenhum se não ao caos

Eu gostei da discussão. ¯\_(ツ)_/¯



porque então a Martin usa uma estufa e um controlador de umidade tão caro

Mas que estufa? Que controlador de umidade? Descubra os detalhes e podemos ter uma discussão bem mais produtiva e inteligente. Se você vem e posta uma pergunta dessas, acaba não passando da famosa falácia do apelo à ignorância.



PS: Acho que eu sei o que está acontecendo com você (lendo o artigo que me recomendou pela 3x, diga-se de passagem) você deve estar confundindo o que acontece com o gás refrigerante (suas propriedades e funções) com o que acontece com o ar ambiente (quando em contato com esse sistema, com um corpo frio).

instrumentista
Membro Novato
# 02/set/20 15:34
· votar


Ningen

Quer saber outra coisa engraçada? Estatisticamente falando, você é o terraplanista...
Essa foi ótima KKKKKK eu lhe apresento argumentos lógicos e você vem com essa? Gosh

Mas que estufa? Que controlador de umidade?
Cara pode perguntar pra qualquer luthier, ou pesquisar em qualquer site de fabricantes de instrumentos de topo de linha, todos eles usam controladores de umidade, e em certos casos estufas pra acelerar o processo de secagem da madeira a umidade excessiva ou escassa acaba com a madeira, você é muito negacionista amigo, o próprio texto que você publicou da Taylor afirma isso.



PS: Acho que eu sei o que está acontecendo com você (lendo o artigo que me recomendou pela 3x, diga-se de passagem) você deve estar confundindo o que acontece com o gás refrigerante (suas propriedades e funções) com o que acontece com o ar ambiente (quando em contato com esse sistema, com um corpo frio).

Você está insinuando que eu não sei nada sobre a minha área de formação, é isso? Ok, mais um dia, mais um físico sendo chamado de burro... todos os gases, TODOS, sem exceção funcionam de acordo com as mesmas premissas, gases ideais são mais fáceis de controlar, mas não o gás refrigerante NÃO, JAMAIS EM HIPÓTESE ALGUMA, ira funcionar ou ter propriedades não observáveis em qualquer outro gás ou como quiser o ar atmosférico, como eu disse, você parece ter interesse na coisa, leia os livros que indiquei, a matemática é complexa, mas pode ignora-la, o interessante está no corpo do texto. Esse seu PS é ofensivo até para um aluno de segundo semestre de engenharia que estaria numa boa tentando te explicar o que tentei, imagina pra um cara que trabalha com controle de fluidos e fenômenos de transporte há 3 anos e foi aluno de um dos maiores, se não o maior físico brasileiro. Desculpa, mas eu não entro mais nesse assunto com você, é perda de tempo, quando a ignorância fala o conhecimento se cala.

acabaramosnicks
Membro Novato
# 02/set/20 15:50
· votar


briga

Ningen
Veterano
# 02/set/20 18:44 · Editado por: Ningen
· votar


instrumentista

Essa foi ótima KKKKKK eu lhe apresento argumentos lógicos e você vem com essa? Gosh
Terraplanistas juram que tem lógica em seus argumentos, também...


Você está insinuando que eu não sei nada sobre a minha área de formação, é isso?
Eu, obviamente, não disse isso. Ademais, isso seria a falácia da composição. Só tô tentando entender o que está se passando com a sua cabeça. Uma suposição.


todos eles usam controladores de umidade, e em certos casos estufas
Eu não disse que não usam. Eu só quero saber as tecnologias do aparelhos, detalhes. É a tecla que venho batendo desde o início com você. Que raio de condicionador de ar é esse que esfria o ar e não retira umidade do ambiente? Simples. (eu sequer disse que ele não existe, só quis saber qual é, mesmo)


foi aluno de um dos maiores, se não o maior físico brasileiro
Mande um e-mail, perguntando o que ele acha dessa conversa...

Ningen
Veterano
# 02/set/20 18:46
· votar


acabaramosnicks

kkkkkkkk se manifeste ae acabaramosnicks kkkk

instrumentista
Membro Novato
# 02/set/20 19:04 · Editado por: instrumentista
· votar


Que raio de condicionador de ar é esse que esfria o ar e não retira umidade do ambiente?
fiz umas contas aqui, segundo o manual e com alguns dados obtidos pelo fabricante do modelo que você mandou o manual, e bom, se esse ar condicionado pudesse efetivamente a cada ciclo ter um aproveitamento perfeito, o que é IMPOSSÍVEL, retirar 100% da umidade do ar que ele retira do ambiente, em 24h ele acabaria com 2,4% da umidade relativa do ar em um quarto com 10m^2, ou seja, pra diminuir a umidade de 70% pra 50% ele levaria 8 dias pra tal... retira? Sim retira, você tá certo, o problema é a eficiência, um motor de 150cc funciona num SUV 4x4? Funciona, mas eu acredito que correndo você chega antes.

PS: caso queira os cálculos me mande uma mensagem, chega de poluir o tópico, até porque não faço questão de upar um conteudo que não tem nada a acrescentar à música.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Violão com cordas Elixir + Ar cndicionado