Meu Deus, guitarra tá cara demais no Brasil!

Autor Mensagem
Paulo Heineken
Veterano
# 22/dez/21 01:23
· votar


foca2
cara..ce acredita que nunca comprei guitarra e amp novo na vida? já comprei na teodoro, mas era usada e uma foi daquelas squiers e fenders japonesas que ficaram no porto de santos e os vendedores venderam a preço de banana...mas na caixa, tirando o cabaço, plastiquinho...nunca...

a unica coisa que comprei novo foi um pod hd500 pq uma amiga da alemanha tava vindo pro brasil e pedi pra ela trazer. Ai foi tranquilo pq era ctz que não iam barrar ela na alfândega (comprei um bag pra não trazer na caixa)

pelo que me lembro, só foi isso...e cordas né...palheta tb...mas compraria palheta usada, tá mó caro...

krixzy
Veterano
# 22/dez/21 08:53
· votar


Lelo Mig
Eu acredito, existe um pensamento que pra tirar um bom som tem que ter uma guitarra top, mas na verdade a guitarra não causa um grande impacto na qualidade do timbre comparado ao amplificador e alto falantes, se tiver um bom amp qualquer guitarra bem regulada vai soar no mínimo descente.

foca2
Membro Novato
# 22/dez/21 09:29 · Editado por: foca2
· votar


HortaRates
Eu não entendo o mercado de usados no Brasil não. Tá tudo caro pra k7, mas tá vendendo? Duvido muito!


Realmente duvido que esteja vendendo.

Lelo Mig
Comprou uma Gianinni usada, pagou 300 conto. Tava inseguro, trouxe aqui prá eu ver. Regulei ponte, altura das cordas, captadores e tensor.


Essa parte da história é a mais importante.

Luthier é algo que é caro até aqui (produtos são mais baratos q Brasil, mas tudo que involve "humanos é historicamente bem mais caro na Europa).

Saber regular guitarra te poupa gastar uma grana fodida. E na real, não existe luthier pica das galáxias que chega num resultado tão bom pra você quanto você próprio.

Cada hora que você gasta aprendendo a mexer na guitarra vale cada centavo: regulagem, montagem, retifica de trastes, polimento, pintura... e é divertido pra caralho.

foca2
Membro Novato
# 22/dez/21 09:34 · Editado por: foca2
· votar


Paulo Heineken
cara..ce acredita que nunca comprei guitarra e amp novo na vida? já comprei na teodoro, mas era usada e uma foi daquelas squiers e fenders japonesas que ficaram no porto de santos e os vendedores venderam a preço de banana...mas na caixa, tirando o cabaço, plastiquinho...nunca...


Sim, comprar usado é mais inteligente mesmo, eu pessoalmente nunca tive problema. Nem nunca precisei devolver nada no ML... sou sortudo... Aliás o problema que tive com ampli foi quando comprei novo, um Fender Deville que veio com as válvulas fodidas e queimou com 4 meses.

A comparação que eu fiz foi mais porque não tenho outros dados. :/

LeandroP
Moderador
# 22/dez/21 09:51
· votar


Tenho duas guitarras, e como disse o renatocaster: não estou comprando nada. Apenas cordas pra poder seguir tocando. Inclusive, frente aos valores atuais, estou pensando em vender a minha Les Paul (algo que jamais passou pela minha cabeça antes) e ficar apenas com a Strato.

As coisas estão caras e o poder de compra caiu muito. Os cachês continuam baixos, e ainda tem louco pedindo desconto rs

Tá difícil... Quase impossível.

O bom de tudo é que não tem mais comunismo
°,°

Delson
Veterano
# 22/dez/21 10:08
· votar


LeandroP
estou pensando em vender a minha Les Paul
A Tanglewood? Eu tentei comprar uma por esses tempos, dois anos após ter vendido a minha. Os caras estão pedindo ouro em troca de uma.
Se não vai fazer uma grande diferença no bolso, eu aconselho não vender.

JJJ
Veterano
# 22/dez/21 10:08
· votar


LeandroP
O bom de tudo é que não tem mais comunismo

Isso. E a corrupção foi extinta. Sem falar na mamadeira de piroca, que foi descontinuada, assim como o kit gay.

anderson_gesteira
Membro Novato
# 22/dez/21 10:14 · Editado por: anderson_gesteira
· votar


LeandroP nesse período antes da pandemia até cheguei a fazer trampo de graça pra ajudar conhecido, mas na situação q está não da nem pra amigos mesmo fazer de graça mais. Principalmente pelo preço da gasolina. E eu também já pensei em diminuir os equipos já (to com uma caixa de 200w de baixo que estou usando pouco, fora também a pedaleira), isso q nunca vendi nenhum equipamento que tive e sempre comprei produtos novos

Lelo Mig
Membro
# 22/dez/21 10:46 · Editado por: Lelo Mig
· votar


LeandroP

"estou pensando em vender a minha Les Paul (algo que jamais passou pela minha cabeça antes) e ficar apenas com a Strato."

Você faz música profissionalmente, é outra história, tente se aguentar até as coisas (quem sabe se...) melhorarem.

Já para quem é "músico de quarto", equipamento top é dinheiro embaixo do colchão, desperdício. Eu como não toco mais na noite (e quase nem toco mais de dia...hehehe), vendi tudo. Vendi todo meu equipamento, inclusive a Fender preta que eu postava vídeos aqui no passado.

Só fiquei com um violãozinho nylon que fica aqui do meu lado e brinco um pouquinho de tempos em tempo.

Com esta história que contei da Giannini de 300 conto do meu filho, até me deu um GAS de pegar uma guitarrinha baratinha. Mas... acho que a vontade já passou.

Obs: Antes que alguém pergunte: Pô! por que você não deu a guitarra pro seu filho?

A história é a seguinte. Meu filho toca bateria, inclusive cheguei a postar vídeos por aqui. Deixei a guitarra com ele por quase um ano. Ele fez uma aulinhas mas não se interessou.

Eu tava quebrado, a guitarra juntando pó... vendi. Somente alguns anos depois ele começou a se interessar. Comprou uma Jackson e começou a aprender. Aí, tava vendendo meu resto de equipo, dei meu violão Folk Yamaha prá ele. Agora, ele tá tocando bem o danado.

anderson_gesteira
Membro Novato
# 22/dez/21 11:12
· votar


Pior que o que tenho de equipamento é só pra tocar na igreja mesmo. E antes tinha bastante coisa pra usar mais os equipamentos, mas agora acabou sendo só violão e o resto tá bem encostado. Ainda vejo que mais pra frente volta a demanda, além de que pinte algo pra ganhar uma grana, ai por enquanto só foco em investir em cordas melhores e tals no que uso mais (e olhe lá mesmo assim. hehe)

foca2
Membro Novato
# 22/dez/21 13:41 · Editado por: foca2
· votar


LeandroP
O bom de tudo é que não tem mais comunismo
°,°

JJJ
Isso. E a corrupção foi extinta. Sem falar na mamadeira de piroca, que foi descontinuada, assim como o kit gay.


kkkkkkkkkk
Eu evitei falar de política mas acho que vocês já falaram tudo que eu poderia falar kkk.

---

Lelo Mig
Já para quem é "músico de quarto", equipamento top é dinheiro embaixo do colchão, desperdício. Eu como não toco mais na noite (e quase nem toco mais de dia...hehehe), vendi tudo. Vendi todo meu equipamento, inclusive a Fender preta que eu postava vídeos aqui no passado.


Por outro lado, pra quem é músico de quarto, guitarra cara é um bom investimento hehe...

LeandroP, fique de olho pro caso do país estabilizar e a cotação do Dólar começar a diminuir. Aí é hora de vender, na alta. :D

(Apesar de tudo eu ainda acredito no Brasil, mas tem q mudar algumas coisas)

Will Bejar
Veterano
# 04/jan/22 19:13
· votar


O retorno das Frankestrats

Filippo14
Veterano
# 04/jan/22 19:54
· votar


foca2
LeandroP

Sinceramente, se ta fazendo falta, eu venderia. Depender do país como um todo para segurar equipo é cagada. Isso aqui só vai de mal a pior. No máximo um voo de galinha aqui e ali, mas nada estruturalmente convincente.

Classe musical ainda, sem chance alguma. Pessoal cada vez menos interessado e preso a música, banda. Se ainda fosse uma CDJ dava para pensar em segurar kkkk

Drinho
Veterano
# 04/jan/22 21:17 · Editado por: Drinho
· votar


Sinceramente, se ta fazendo falta, eu venderia.

Total, uma stratocaster ponte fixa, hsh com um monte de botão push pull resolve a vida de quem toca qualquer coisa…

A situação tá feia demais para deixar dinheiro em equipamento. Tem que ser simples, funcional e barato de preferência.

renatocaster
Moderador
# 06/jan/22 12:21
· votar


Estive em vias de vender minha única guitarra atualmente, uma Fernandes Strat MIJ (made in Fujigen factory) fabricada no início dos anos 1990. Toda originalzinha, blocão largo, ferragens Gotoh, relic natural, pintura branca amarelada (YJM like), pá...ainda bem que não fiz isso, pq o valor de mercado dela nem é lá essas coisas.

E com a merreca que eu provavelmente pegaria nela (menos de 2K), nem sei se daria pra comprar outra minimamente decente.

Então, é o que o amigo Drinho disse: Simples e funcional.

BrotherCrow
Membro Novato
# 06/jan/22 13:38
· votar


Na minha experiência de cara que toca meia boca faz muito tempo, teve banda uns 15 anos atrás mas hoje em dia está no rolê família/trabalho, e acabou acumulando mais de uma dúzia de guitarras, três baixos e uma cacetada de outros equipamentos:

NÃO VALE A PENA ter um monte de instrumentos, ou instrumentos super caros. Se você não é profissional, uma Shelter ligada numa Zoom vai resolver 95% do que você precisa. Pra amador, só vale a pena ter mais coisa se o que você gosta é a coleção e não a música em si.

Apesar de não ser profissional e não tocar num nível alto, eu toco com frequência. No meu canal do youtube posto uma instrumental original toda semana. Mas pra fazer essas músicas uso só simulação a maior parte do tempo, porque ligar toda uma cadeia de pedais, com fonte e tudo, num amp, microfonar e o cacete dá muito trabalho e não melhora o resultado final tanto assim (muitas vezes só piora, se o ambiente não é tratado e você não sabe microfonar). Tenho muita música gravada só com a Zoom G1X, ou com Nux Mighty, ou até só com a guitarra ligada direto no tablet. E o prazer de tocar com gear barato é praticamente o mesmo do gear caro.

anderson_gesteira
Membro Novato
# 06/jan/22 13:48
· votar


BrotherCrow Bem isso. Eu só tenho a guitarra e uma X-Vamp, sorte que não investi em mais nada pois ficaria sobrando. Dos outros instrumentos acabo usando todos e não me arrependo (dos violões que tem situação que preciso, baixo e baixolão e ukulele para as viagens). O ideal agora e ver as necessidades e desfazer do que não usa e ficar com o mínimo possível

6Strings
Membro Novato
# 06/jan/22 14:11
· votar


Realmente não vale a pena ter um monte de equipos parados, financeiramente falando.

Tinha 5 guitarras e vendi duas há algum tempo, ficando com 3. Toco em casa de vez em quando e com a banda de amigos uma vez por semana, então apenas uma guitarra me atenderia tranquilamente.

No entanto, gosto de guitarras como decoração tbm. Acho algumas uma obra de arte mesmo. Separei um cantinho na minha casa para pendurar as minhas e gosto de vê-las ali.

renatocaster
Moderador
# 06/jan/22 14:26
· votar


É...pra quem não toca profissionalmente, fica evidente que comprar equipamentos de valores mais expressivos é mais para atender um anseio, um desejo de consumo, do que uma necessidade propriamente dita.

Claro que isso também está longe de ser um problema, pois cada um sabe como e onde deve investir seu dinheiro. Falo por mim mesmo, que estou uma pá de tempo sem tocar e volta e meia entro em sites pra ficar "namorando" algumas coisas, e que provavelmente eu compraria se tivesse capacidade financeira pra isso.

O problema é que o cenário atual está muito insano pra comprar qualquer coisa, mesmo pra quem tem grana disponível. Pagar de 15 a 20K numa guitarra "standard" é absurdo pra todo mundo, seja pra quem ganha de 5 a 10 salários mínimos ou pra quem ganha mais de 20 salários mínimos.

BrotherCrow
Membro Novato
# 06/jan/22 14:38
· votar


A quantidade de coisa que dá pra fazer com tecnologia hoje é monstruosa. Essa aqui é uma música que eu fiz mês passado, obviamente não é uma obra-prima nem em termos de composição, nem execução, nem produção (rimou!):



Essa música foi feita com um monte de coisa barata ou grátis:
- o violão é um DiGiorgio velhaço e foi gravado com o microfone do celular;
- o baixo é um Giannini que eu tenho há mais de 20 anos e comprei por 150 reais;
- a guitarra elétrica no final é uma Shelter California que era literalmente a guitarra mais barata no ML quando eu comprei em 2010, ligada direto no tablet usando simulações gratuitas;
- teclado, percussão e produção foram todos feitos no GarageBand do iPad, que é um software gratuito (ok, iPad é caro, mas GarageBand roda até em iPhone de primeira geração)

Não tá perfeito, mas putz, quando eu era moleque não dava pra sonhar com uma qualidade dessas por um preço tão baixo.

foca2
Membro Novato
# 08/jan/22 20:31 · Editado por: foca2
· votar


BrotherCrow
Mas pra fazer essas músicas uso só simulação a maior parte do tempo, porque ligar toda uma cadeia de pedais, com fonte e tudo, num amp, microfonar e o cacete dá muito trabalho e não melhora o resultado final tanto assim

Bicho vc tá certo. Eu tenho um valvulado (Fender) e a desgraça começou a dar problema a umas semanas, fica fazendo barulho quando liga. Uma das válvulas tá prestes a ir pro beleléu. Já aconteceu com meu Blues Junior anterior. Não sei pq eu compro essas desgraças.

Pior que eu tenho valvulado só porque sou um FDP esnobe. Porque na hora de gravar eu uso o Amplitube... ou pior: o simulador gratuito que vem na DAW. kkk

E o Zoom G1X é legal mesmo. Eu gosto do MS-50g (acho q são os mesmos efeitos mas eu gosto mesmo é do visual de pedalzinho hehe).

foca2
Membro Novato
# 08/jan/22 20:38 · Editado por: foca2
· votar


BrotherCrow
A quantidade de coisa que dá pra fazer com tecnologia hoje é monstruosa. Essa aqui é uma música que eu fiz mês passado, obviamente não é uma obra-prima nem em termos de composição, nem execução, nem produção (rimou!):


Eu sempre fui "pró-tecnologia" também, e achei q iria mudar depois de conseguir comprar coisas caras.

Eu até ainda tenho as coisas caras (não moro no Brasil), mas as coisas não me fazem feliz, e as vezes as coisas caras são até meio lixo... a minha Gibson SG é um troço abominável de triste, dá vontade de chorar. Ela tá encostada sem corda a uns 3 meses...

O que me deixa feliz mesmo é gravar com a minha Harley Benton direto na interface. Ou fazer musiquinha eletrônica, q nem precisa sair do PC. Eu gosto fazer o q.

PS: Gostei da sua musica.

LeandroP
Moderador
# 09/jan/22 09:07
· votar


Guitarra faz falta pra quem toca. Ontem acabei me desfazendo da minha pretinha, uma strato que me acompanhou por 20 anos. Já tinha vendido uma outra strato no começo da pandemia. Agora só estou com uma strato e uma les paul. Vou segurar, porque sou canhoto e é muito difícil encontrar bons instrumentos pra canhoto. Vou morrer com elas...

renatocaster
Moderador
# 09/jan/22 11:44
· votar


LeandroP

Ontem acabei me desfazendo da minha pretinha, uma strato que me acompanhou por 20 anos.

Pô, isso é mó triste. Até hoje eu sinto uma pontinha de arrependimento de ter me desfeito de uma Tagima Strato que me acompanhou por 10 anos.

LeandroP
Moderador
# 09/jan/22 14:25
· votar


renatocaster

É mais pela história do instrumento. Mas, eu não me apego a eles. Se tiver que vender, eu vendo. Se tiver que mexer, eu mexo. O triste não é vender, e sim ter que vender.

krixzy
Veterano
# 10/jan/22 09:49
· votar


foca2
Harley Benton

Queria uma, pena que pra comprar por aqui é complicado...

foca2
Membro Novato
# 11/jan/22 23:56
· votar


krixzy
Queria uma, pena que pra comprar por aqui é complicado...

Sim, alguém tem que levar na bagagem... O imposto faz ela não valer tanto a pena! :(

Mas elas são bem top, no nível de um instrumento de 2x, 3x o preço, ate mais. Minhas duas guitarras favoritas de todos os tempos são a minha Harley Benton e minha Gibson Les Paul.

Will Bejar
Veterano
# 13/jan/22 00:16
· votar


Todo mundo vendendo e eu comprei uma Memphis MG32 headstock grande pra fuçar... hehehehe
Mas, concordo com todos. Antes até da questão financeira, penso tb no instrumento parado. Não curto. Então fiquei só com o set básico.

Durante minha caça vi pedindo Squier STD por quase R$3 k... tá maluco!

fernando tecladista
Veterano
# 15/jan/22 10:28
· votar


nem só guitarra como teclado
os violentos como os korg kronos krome passam de 20.000
no ramo tecladístico não dá pra viver só de música, precisa ter uma profissão paralela

mas tirando a parte do imposto, da cotação do dolar...
tem um fator:

enquanto tem gente pagando se vende, não tem mais se baixa o preço
greve dos combustíveis gasolina chegou a 10,00 tinha gente pagando
na pandemia não tinha gente dirigindo por ai, baixaram para 4,00... e agora está ai encostando nos 7... e o povo tá pagando

se tem guitarra por 17.000 é porque tem alguém pagando, se não tem mercadoria fica no deposito e o lojista precisa de dinheiro, então rola as promoções, descontos, parcelamentos, cupons...

se estava 3000, mesmo assim é uma realidade fora, esse valor são 3 meses de trabalho de salario mínimo

Will Bejar
Veterano
# 16/jan/22 00:25
· votar


fernando tecladista
e o povo tá pagando
Entendo seu ponto de vista, mas, gasolina tem que pagar se precisar. Instrumento vai mais da necessidade pessoal (sobre a profissional). Duvido que tem tanta gente assim PRECISANDO comprar guitarra por aí... hehehehe

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Meu Deus, guitarra tá cara demais no Brasil!