Conseguir um som de alto ganho com definição

    Autor Mensagem
    Slash03
    Membro Novato
    # 18/mar/18 17:05


    Procurei por um tópico que respondesse a minha dúvida e não achei. Estou com uma dificuldade em conseguir um som de alto ganho e definição para tocar Slipknot. Todo som de alto ganho que eu tiro fica meio "borrado", com pouca definição das notas. O que vocês acham que pode melhorar o meu som?

    PS: O meu amp não é de alto ganho, mas uso pedais para conseguir drive necessário.

    NeoRamza
    Veterano
    # 18/mar/18 17:37
    · votar


    Slash03
    Primeiro você tem de descobrir se o problema é no equipamento ou no seu play. Use um simulador tipo Guitar Rig ou Amplitube. Se você conseguir tirar um som legal no simulador é o seu equipamento, ou a regulagem do mesmo. Se no simulador você também não conseguir um som satisfatório o problema é na afinação do instrumento ou na sua tocabilidade.

    Slash03
    Membro Novato
    # 18/mar/18 17:47 · Editado por: Slash03
    · votar


    NeoRamza
    Eu já fiz alguns testes e o meu problema não está no meu play. O meu professor de guitarra falou que o meu timbre para heavy metal melhorou muito desde que comecei a buscar o timbre de metal, mas ainda está bem distante do som que tento alcançar. Sem dúvida o meu problema está na parte relacionada aos equipamentos. Eu tbm percebi que tenho pouca definição em alguns riffs como o de Psychosocial.

    Slash03
    Membro Novato
    # 18/mar/18 20:39
    · votar


    O que posso fazer para melhorar?

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 18/mar/18 21:04
    · votar


    Slash03
    O que posso fazer para melhorar?
    Estudar e pesquisar à fundo o equipo que vc possui.
    Quanto a ficar se baseando nos timbres que vc ouve em discos... Esqueça...
    Abç

    Slash03
    Membro Novato
    # 18/mar/18 21:13 · Editado por: Slash03
    · votar


    Mauricio Luiz Bertola
    Vc tem alguma dica em relação à timbragem do equipamento?

    deepcollins
    Membro Novato
    # 18/mar/18 22:39
    · votar


    que tal começarmos com o que vc tem em mãos ?

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 18/mar/18 23:51
    · votar


    Slash03
    Experimentação com a sua equalização de seu amp e com os seus pedais. Muita experimentação; e, de preferência junto com algum guitarrista mais experiente.
    Abç

    Slash03
    Membro Novato
    # 19/mar/18 06:32
    · votar


    que tal começarmos com o que vc tem em mãos ?

    Tenho um pedal de distorção British Sound da Joyo e tenho uma pedaleira Zoom G1-XN Andreas Kisser, que já tenho há um tempo. Eu utilizo a pedaleira para a distorção, noise reduction, compressor e outros efeitos necessários.

    LeandroP
    Moderador
    # 19/mar/18 08:20
    · votar


    Slash03
    tenho uma pedaleira Zoom G1-XN Andreas Kisser, que já tenho há um tempo. Eu utilizo a pedaleira para a distorção

    Livres-se da Zoom e compre um pedal melhor.

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 19/mar/18 08:55
    · votar


    Slash03
    Essa Zoom não é ruim, mas você precisa programá-la com cuidado (o que nem sempre é fácil).
    Ademais, a principal peça do timbre é o amplificador... Qual é o seu?
    Abç

    Felipe Stathopoulos
    Membro Novato
    # 19/mar/18 09:40
    · votar


    Slash03

    Cara, se você tem uma Zoom G1XOn aqui tem muitas dicas tanto sobre o uso dela quanto sobre patches, inclusive de distorções high gain.

    Da minha parte posso dizer que até hoje não encontrei nenhum conjunto pedal/amp que dê a distorção que eu tiro da minha G1XOn (tá lá o link que te indiquei), e olha que já testei coisa pra caralho... Inclusive já vi nego foda (que toca muito, com décadas de experiência) tocando ao vivo com ela...

    Agora, vc tem que ter em mente que REPRODUZIR fielmente timbres de distorções é tarefa praticamente impossível mesmo para caras que tocam fudidamente, e que contam com toda a aparelhagem existente no mundo. Exemplo: nem o Motorhead conseguiu "clonar" o timbre de guitarras (do Metallica) na sua versão de "Enter Sandman", embora tenha ficado bastante parecido (não que os caras quisessem isso, mas nota-se que eles tentaram)...

    Enfim, a dica que dou é: busque o SEU timbre, e aprenda a tirar o melhor dele.

    No mais, uma boa distorção high gain depende de vários fatores, sendo os principais, mais ou menos nessa ordem, a mão do tocador, o amplificador e a guitarra. Se faltar qualquer um desses elementos dificilmente vai sair um som distorcido legal.

    Exemplo: conheço caras com aparelhagem fudida que simplesmente não tem mão (normalmente direita) pra metal, e quando tentam tocar sai uma coisa sem definição, sem punch, sem pegada alguma. Outros caras tem uma mão boa, mas usam (e gostam de!) equipamentos (pedais e amps) que não foram feitos para distorção pesada, o que acaba sendo um baita desperdício. E outros até tem um amp legal, mão direita com pegada, mas a guitarra é ruim ou inadequada. Exemplo: pra metal extremo dificilmente uma telecaster irá dar um som legal...

    Por exemplo: você usar um pedal de distorção para "empurrar" uma distorção digital de pedaleira é algo que eu dificilmente recomendo. Vai acabar sujando tudo...

    Por fim, o que, penso, na minha (in)experiência, seja o mais fodástico em termos de distorção high gain, é o amplificador. Por mais que as simulações e emulações tenham avançado, um MB Dual Rectifier ou um Diezel Herbert ligado no talo dificilmente será algum dia atingido.

    Mas aí entra o fator grana e custo/benefício...

    Enfim, a coisa é muito complexa.

    Abç

    NeoRamza
    Veterano
    # 19/mar/18 10:29
    · votar


    Slash03
    Eu já fiz alguns testes e o meu problema não está no meu play.

    Então você consegue o som perto do que você quer nesses simuladores né? Porque se você não consegue nem neles, o problema não é equipamento, ou pelo menos não apenas equipamento. Bem, mas se já descartou seu play não vou me alongar do que pode ser, vamos aos equipamentos.

    Primeiro vou levar em consideração que você não está querendo tirar o som exatamente igual ao de alguém. No seu post você só disse que queria um som mais definido né. Então vamos lá.

    PS: O meu amp não é de alto ganho, mas uso pedais para conseguir drive necessário.

    Vou te falar logo algo que a maioria das pessoas fica com receio de dizer: você nunca vai conseguir tirar um som excepcional sem um amp valvulado ou um bom equipamento de simulação digital. Um pedal de distorção ou overdrive não vai conseguir te dar o que um equipamento bom (e infelizmente caro) pode te dar. O som bonito e definido de high gain vem de distorção de um pre-amp valvulado. MASSSS (antes que me joguem pedra) se você não consegue ter um amp valvulado agora a solução mais barata é a simulação DIGITAL, que chega bem perto. Um POD HD ou uma GT10 por exemplo vai chegar bem perto do que você quer. Ou, até mesmo os novos pedais pre-amp DIGITAIS da mooer. Até mesmo os antigos PODs em formato de feijão podem chegar perto do que você quer. O seu G1XOn teoricamente também seria pra chegar PERTO, pela proposta dele, mas confesso que não conheço bem esse equipamento. Mas não adianta muito ficar tentando achar uma distorção lindona com pedais de distorção/overdrive. Esse tipo de pedal é mais para empurrar um amp que já tem um bom som. Se o seu amp é simples ou você troca de amp ou simula um amp bom.

    Agora se descartarmos que o problema é seu equipamento em si, em termos de regulagem o que pode estar embolando o som é:
    - Distorção demais. Principalmente se você usa uma distorção em cima da outra.
    - Grave demais. Abaixar o grave pode dar mais definição.
    - Médios demais. Médios demais não chega a ser realmente um problema, mas pode ser que o que você procura é um som mid-scooped, aí tirar os médios pode dar um som mais "definido" num certo sentido.

    Lelo Mig
    Membro
    # 19/mar/18 11:19
    · votar


    Slash03

    Mano, a galera já falou o que tinha que dizer.

    A acrescentar somente, paciência e dedicação.... Conseguir Hi Gain, bonito, sem abelha e com definição é tarefa difícil e geralmente exige bom equipo... De uma ponta (captadores) a outra (ampli).

    Boa sorte.

    JulianoF.
    Membro Novato
    # 19/mar/18 12:34
    · votar


    O pessoal complica muito as coisas, mas se o que você quer é definição, comece pelo básico.
    1) diminua o ganho.
    2) aumente a distância entre os captadores e as cordas.
    3) retire um pouco de graves, um pouco de agudos
    4) adicione médios
    5) TOQUE LIMPO.

    Não tem erro.



    Lelo Mig
    A acrescentar somente, paciência e dedicação.... Conseguir Hi Gain, bonito, sem abelha e com definição é tarefa difícil e geralmente exige bom equipo... De uma ponta (captadores) a outra (ampli).

    hoje em dia, deixou de ser. Com uma trinca de VSTs free, qualquer um tira um som muito bom hi-gain.
    TSE 808 -> LePou Lecto -> NadIR com IR Catharsis.

    Deixe tudo em 12hrs. Se não der um som bacana hi-gain, o problema é provavelmente o guitarrista. :)

    Felipe Stathopoulos
    Membro Novato
    # 19/mar/18 13:25
    · votar


    JulianoF.

    Permita-me discordar. Nenhuma simulação hoje em dia supera um bom valvuladão no talo, e eu duvido que um dia alguma venha a superar.

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 19/mar/18 13:48
    · votar


    Embora eu esteja longe de ser um especialista nesse tipo de coisa, eu já ouvi umas simulações aí, em estúdio de amigos, impressionantes. Se tivessem me dito que se tratava de amps reais eu acreditaría...

    JulianoF.
    Membro Novato
    # 19/mar/18 14:36
    · votar


    Felipe Stathopoulos
    Discorde a vontade. Afinal, para isso que serve o fórum, debatermos ideias, tranquilamente.

    como eu disse, dá para tirar um som muito bom, especialmente hi-gain. Se vai ser melhor ou não que um "valvuladão no talo" depende de muitos fatores. Mas que é bem mais prático e barato usar alguns VST que são free, isso não tenho dúvidas.

    E tenho certeza que o vst free tem som melhor que a grande maioria dos equipos de entrada. (Amp SS de 10W com falante de 6'' e pedalzinho de 50 reais).

    thiago stteffen
    Veterano
    # 19/mar/18 15:24
    · votar


    Ao configurar os efeitos, menos é mais. Se você configura um delay muito presente, um compressor mto forte e etc, nao é legal. O bom é ir adicionando os efeitos conforme a necessidade e na manha, para dar um colorido ao som, ao invés de o efeito se destacar mto por si só.

    Slash03
    Membro Novato
    # 19/mar/18 16:42 · Editado por: Slash03
    · votar


    Utilizar um compressor pode melhorar algum aspecto do som?
    Gostaria de saber sobre o uso desse efeito, pois minha pedaleira tem um patch com mais definição do que os meus e esse patch não tem compressor.

    Andras
    Veterano
    # 19/mar/18 17:32
    · votar


    Slash03

    Utilizar um compressor pode melhorar algum aspecto do som?

    Distorções já são "comprimidas", então em geral leio que não é recomendado usar um compressor sobre elas.

    Eu já brinquei um pouquinho com sons hi-gain, e na minha opinião 2 outros fatores influenciam muito mais na qualidade da distorção:

    1. O tipo da distorção em sí: na minha opinião pessoal, existem ao menos 4 tipos diferentes de distorção, com suas características próprias.

    O MXR Fullbore por exemplo, tem um super ganho, mas pouca definição. O melhor exemplo de definição pra mim é o 5150 da Peavey, que não é um pedal, mas serve pra comparar os dois extremos (sem def = Fullbore, com def = 5150).

    Não conheço as distorções da tua pedaleira, se existem diferentes ou apenas 1. Se tem diferentes opções, tenta variar elas até achar a que tem mais definição. Provavelmente não vai ser a mais "pesada"/higain, mas isso tu compensa na equalização.

    2. A equalização: eu sou da opinião que um bom equalizador pode melhorar a distorção em 200%. Nunca vai converter entre diferentes tipos de dist., mudar um Fullbore pra 5150 por exemplo, mas consegue fazer uma distorção meia boca virar boa, ou uma "fraca" (low-gain) soar "pesada".

    Provavelmente na tua pedaleira a equalização deve ser mínima, agudos médios (talvez não tenha médios) e graves, nesse caso tu tem poucas opções. O ideal é ter um pedal de equalização de 6 ou 10 bandas. Tu podes comprar um pedal apenas para isso e colocar após tua pedaleira. Se queres testar antes, faz o que o pessoal recomendou de usar o Amplitube e afins, cria uma distorção, mexe nela o que puder, e só depois inclui um equalizador e mexe nele. Vais ver que muda bastante, e pode ser o que falta pra ti.

    Buja
    Veterano
    # 19/mar/18 18:26 · Editado por: Buja
    · votar


    Eu to longe de ser o cara que pode falar de high gain, porque nunca tirei um high gainzao de respeito.

    Mas sei de duas (edit: duas nao, tres) coisas muito basicas e que realmente funciona comigo.

    1 - Metade do timbre está nas maos do tocador.
    Nunca conseguia tirar megadeth de amp nem pedal nenhum, nem tocando com jackson e o que tivesse no studio.
    Mas tirei em casa, com uma zoom g1 antiga, um ampzinho e uma telecaster com singles. O que eu fazia de errado? TOCAVA COM A TECNICA ERRADA.
    Chorei litros porque nao conseguia tirar estalado de strato com minha strato que era pura strato. Agora ta dificil outro tipo de timbre dela. O segredo: TOCAVA COM TECNICA ERRADA.

    2 - O resto desse timbre está numa boa regulagem de EQUALIZACAO.
    Equaliza direito que o timbre passa bem perto. O resto é o nivel de ganho, e modulacoes se houver.

    3 - Se ainda nao saiu o timbre, aumenta o volume mais que ele aparece.
    Nao importa o amp, desde que seja razoavel, nao tem essa de ser de 15 watts ou 500 watts. Som baixo nao sai timbre mesmo, nem clean nem high gain.
    Custei, custei, custei, mas custei foi muito mermo pra descobrir isso, infelizmente.
    Nenhuma pipa voa bem se voce nao "der linha".
    Me custou muitas horas de frustração regulando setup, quando o problema era so dar corda pra pipa. Nao esqueça disso.

    Drinho
    Veterano
    # 22/mar/18 22:46 · Editado por: Drinho
    · votar


    Slash03

    Demora para entender mas vou tentar te explicar daonde vem essa definição com corpo sonoro, me arrisco a dizer que ninguém no meio profissional usa a quantidade de ganho que guitarristas amadores acham que se usa, mesmo nos sons mais extremos de metal. A maioria desses guitarristas toca muito bem e usam amplificadores extremamente poderosos, o controle de gain representa muito pouco nesse contexto, acredite.

    Se eu for falar em detalhes talvez fique longo o texto, hoje eu to de bobeira e resolvi dar uma passada aqui no forum, se voce tiver paciência para ler legal e se não pode ser que seja util para alguém um dia....

    Para conseguir um som de guitarra de acordo com o seu objetivo em qualidade profissional ou de palco na minha opinião você precisa seguir algumas poucas regras de equipamento e ter habilidade de imaginar o som e saber como se faz na raiz dele.... Eu to falando de som básico de guitarra... limpo e drive saindo de amplificador (que é a melhor e mais simples escola para aprender a timbrar na minha opinião)... nada de efeitos, interfaces e pedaleiras por enquanto.....

    Equipamento:
    A guitarra não precisa ser a melhor do mundo mas ela tem que funcionar, afinar, cordas proporcionando entonação firmeza e etc.
    O amplificador tem que ter pelo menos um alto falante grande e o minimo de qualidade para funcionar, não precisa ser o marshall de 20 mil reais, concordo que quem toca bem toca em meteoro de 10W mas é impossível tirar um som grande disso. Não porque o amplificador é ruim, mas sim porque vai contra as leis da física, não é a proposta dele.

    Vou partir do principio que você tem um equipamento deste porte.

    A primeira regra é tocar bem, tocar firme sem pipocar. Me arrisco á dizer que 90% de um som de guitarra definido está ai e ai não tem jeito é treino treino e mais treino. Se não tiver isso você não vai ter a menor chance de tirar um som de guitarra bonito.

    A segunda regra é entender como se faz som de guitarra no equipamento em conjunto com a sua forma de tocar que você conhece melhor do que ninguém, você não precisa ser produtor musical pra isso, você só precisa treinar o seu ouvido, ouvindo diversos sons diferentes e ficar brincando no seu amplificador. Conforme você vai experimentando você passa a entender o efeito do controle de ganho, grave, medio, agudo, depth, presence, como se adiciona e se tira compressão, você vai passar a perceber que você vai gostar mais do amplificador perto da parede, ou longe da parede, com tapete embaixo em cima e por ai vai, uma hora você vai pegar intimidade de modo que seu ouvido pegue detalhes em timbres e você já sabe como encontrar, seja mudando um pouco a forma de tocar ou regulando o aparelho... enfim .... Isso é um processo cara, não vá achando que vem amanhã porque não vem.

    terceira regra: A maioria dos guitarristas profissionais como falei anteriormente, independente do estilo não usam a quantidade de ganho que guitarristas amadores acham que se usa simplesmente porque o controle de ganho só é util para construir timbre até a metade de sua regulagem na maioria dos equipamentos, depois da metade só sobra sujeira para os lados e o som tende a ficar abelhudo e borrado, não me parece uma boa idéia para quem quer definição concorda comigo?

    Se você configurar qualquer timbre do limpo ao metal e eu digo com total certeza qualquer timbre sem exageros nos comandos, configure apenas para deixar agradável ao seu ouvido ou de acordo com a proposta, tocar direito, dar potencia nssa configuração e fazer com que isso saia de um alto falante decente você pode ter certeza que você terá um som de guitarra que todo mundo vai respeitar. Independente do estilo.

    Todos esses conceitos valem para pedal.

    O inconveniente é que pedal da mais trabalho porque são mais variáveis para se preocupar, mas é totalmente possivel tirar som de pedal usando destes conceitos....

    E outro toque para você... desligue todos os efeitos e monte seu som básico de limpo e distorção, depois que o som básico estiver de acordo ai você poe o efeito....

    E tenha em mente que quanto mais coisa você tiver ligada ao mesmo tempo mais trabalho você vai ter para operar tudo com qualidade de som, regra básica da vida....

    Ramsay
    Veterano
    # 23/mar/18 01:13
    · votar


    Slash03
    Cara, indo na contramão de tudo que disseram acima, independente de tocar bem ou mal, se tudo o que vc quer é o som do Slipknot, basta acrescentar um pedal equalizador gráfico, tipo o Boss GE-7, após o pedal de distorção British Sound do seu set e ajustar os knobs do Boss GE-7 de modo a que formem um "V".
    E pronto, o som de alto ganho que vc queria vai ser obtido, simples assim...

    pgnt
    Veterano
    # 24/mar/18 17:13 · Editado por: pgnt
    · votar


    Estou passando pelo mesmo problema pra encontrar um som assim, pesquisando sobre equipamentos (pedais, pedaleiras, amplis, etc) e, hoje, deixei um tópico do mesmo assunto voltado pra captadores q tb pode te ajudar (Alnico 5 x Cerâmico em distorções de algo ganho e definidas p/ Metal, Grunge, HardRock, etc) http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/333568/

    Como já disseram, uma 'chave' é deixar baixo ganho na distorção, porém, tem pedal (ou pedaleira) que não retornam a distorção quando se toca notas sem acrode, distorção só vem legal nos bicordes (tônica+5a). Essa foi minha experiência com a Zoom G1.Next, o mais perto q consegui de uma distorção na pegada, de resto, só som abelhudo.

    De pedal, já tive tb o MetalZone e BrutalDistortion (HORRÍVEIS pro q estamos procurando) e hj estou com o Super Metal Drive 2 da Fuhrmann, usando o ganho da distorção no mínimo num ampli de baixo (15', td flat), foi o melhor q consegui até agora.. mas ainda procurando um pedal na pegada q dê pra por menos ganho ou considerar uma pedaleira melhor, além de estar vendo a questão dos captadores tb.

    Nesse Rig on Fire, o Silas fala sobre uns pedais interessantes (problema são os preços dos pedais rs), mas são de alto ganho entregando distorções mais limpas: https://www.youtube.com/watch?v=hbdcc9-je28&t=625s

    Outra coisa que percebi ser bem importante (não achava q pesava tanto) é o gabinete. O q estou encontrando som mais limpo nos reviews é onde usam distorções em gabinetes britânicos (como referência o JCM800 da Marshall). Claro, não é para comprar um, mas prestar atenção se está usando a simulação de um deles (no caso de pedaleiras digitais). Às vezes pode ter encontrado uma distorção boa mas q foi pra um gabinete q sobe muitos agudos, deixando o som abelhudo ainda.

    abs

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Conseguir um som de alto ganho com definição