Quando você descobre um lugar onde andam "falsificando" guitarras

Autor Mensagem
Buja
Veterano
# 21/set/17 09:51
· votar


Les Strato
braço da minha stratocaster por um de maple
E eu louco pra trocar o da minha strato de maple por um rosewood.
kkkkk

JJJ
Veterano
# 21/set/17 10:18
· votar


Buja
Les Strato

Troquem entre si... rs

Les Strato
Veterano
# 21/set/17 10:24 · Editado por: Les Strato
· votar


JJJ

+1

Não me importaria de faze-lo, porém o braço da minha guitarra já viu dias melhores. Era uma strato de 200$ da condor, a construção é bacana, mas os trastes já estão desgastados pelo uso e somando-se os arranhoes e o cutway relativamente estranho do headstock, creio que minha moeda de troca vale menos, haha.

Buja
Veterano
# 21/set/17 10:29
· votar


hehee agora o rosewood está vindo da china...
vou usar esse maple num projetico legal aki...
To pensando em uma guita pra ficar no servico pra tocar na hora do almoco
Assim:

http://img.photobucket.com/albums/v732/Ryan3985/Guitar003.jpg

Ou pra vender a alguns poucos dinheiros e comprar uma les paul.

Buja
Veterano
# 21/set/17 10:32
· votar


O hardware to olhando no ali tambem...
Alias, por ser tudo chinoca, ou essa guita fica pro batente mesmo, hora do almoco, porta mala de carro, pikenike, areia de praia...
ou ela vai pra ser vendida a preços de vogga rsrs.

MatheusMX
Veterano
# 21/set/17 10:56
· votar


victorhugorleite
Caramba! Chocante esse seu relato.

victorhugorleite
Membro Novato
# 21/set/17 11:51
· votar


MatheusMX
Pois é. Só não falo onde é porque posso acordar com formigas na boca... hahaha.

Mas é no circuito Viaduto St. Ifigênia x Rua do Seminário x Rua Santa Ifigênia x Rua dos Andradas...

Buja
Veterano
# 21/set/17 12:01
· votar


victorhugorleite
Aqui em BH isso tambem deve ser bem comum.

Como disseram ai acima, realmente, fender usada, so de procedencia, e mesmo assim, tem que ir com um revolver smith no cinto, muita bala e um facão.

Lelo Mig
Membro
# 21/set/17 12:01 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Buja

Pensei bastante antes de escrever... prá ser sincero nem deveria falar nada.

Sua indignação, sua vontade em fazer algo é louvável. Contudo, você esta fazendo o que realmente pode fazer... esclarecer as pessoas e reportar o assunto num local onde vítimas em potencial poderão ler... infelizmente, pode ser pouco, mas é o único a fazer.

As empresas, que deveriam tomar a frente neste tipo de questão, parecem pouco se importar. A justiça, trata todo crime, por maior que seja, como pequeno. O Brasil é um País de bosta com uma constituição de primeiro mundo. Um Pais que discute a legalização das drogas e ou direitos dos homossexuais em programas televisivos, como se estivéssemos na Noruega, enquanto crianças morrem de fome, nascem com microcefalia por causa de doenças primitivas e falta de saneamento e mais um pai de família perde o emprego. Não que os outros assuntos não sejam importantes, mas, a sociedade em geral, nega seus problemas básicos, endêmicos e que expõem o paisinho de merda em que vivemos.

Conheci um "cidadão" (conheci, não li na internet não), que saiu em todos os jornais do País, ao dar um golpe em que faturou 15 milhões de reais... Estelionato, não pega nada, cumpriu 2 meses de cadeia.

Agora me pergunte.... você ficaria 2 meses presos por 15 milhões de reais?

Há algum tempo atrás eu te diria que não, que minha honestidade não têm preço. Hoje... não sei.

Não deixei de ser honesto. Fui educado assim e este tipo de coisa não se desaprende... Mas, ao passar por alguns problemas sérios, injustos e tristes, me questiono todos os dias o que ganhei até hoje sendo honesto.

Eu deveria ter vergonha de estar escrevendo uma merda dessas aqui... mas não vou ter vergonha não.

victorhugorleite
Membro Novato
# 21/set/17 12:41
· votar


Buja

Como disseram ai acima, realmente, fender usada, so de procedencia, e mesmo assim, tem que ir com um revolver smith no cinto, muita bala e um facão.

Soda. Vendo essas coisas eu penso como o pessoal é pego pelo fetiche de mercadoria. Marx está rindo onde quer que esteja (e espero não semear o ódio falando isso). Claro, o instrumento Fender é de ótima qualidade e isso é indubitável. Entendo quando o cara é enganado e compra um Dolphin com logo Fender.
Mas não entendo o cara que tem uma Squier, Giannini, Tagima ou o diabo que for e pede pra trocar o decalque! (E ainda põe aquele CUSTOM SHOP atrás)... Nossa, isso é d'uma miséria moral tão grande...

MatheusMX
Veterano
# 21/set/17 13:32 · Editado por: MatheusMX
· votar


victorhugorleite
Mas não entendo o cara que tem uma Squier, Giannini, Tagima ou o diabo que for e pede pra trocar o decalque! (E ainda põe aquele CUSTOM SHOP atrás)... Nossa, isso é d'uma miséria moral tão grande...

Isso me lembrou aquelas pessoas que colocam o logo da Audi naqueles Voyages antigos, haha.
Mas acho que há exceções. Já vi diversas ocasiões onde pessoas montam guitarras com hardware original da marca e partes licenciadas, e colocam o nome "Fender". É original? Não. Mas também é algo totalmente diferente dessas falsificações onde nem um parafuso é genuíno da marca, e o pior de tudo: o dolo de tentar se beneficiar financeiramente com isso.

Um exemplo onde foram utilizadas peças originais:
http://guitarra99.blogspot.com.br/2012/10/montando-uma-strato-fender.h tml

Buja
Veterano
# 21/set/17 13:36
· votar


MatheusMX
e o pior de tudo: o dolo de tentar se beneficiar financeiramente com isso.


Nao vejo problema algum em colocar o logo fender em qualquer guitarra.
Desde que nao venda assim.

Tanto por que é muito tosco ne.
Eu tenho um icone da maça atras do meu note.
Mas né....é evidente que é um positivo.

O logo nao interessa...a sacanagem sim.

victorhugorleite
Membro Novato
# 21/set/17 13:39 · Editado por: victorhugorleite
· votar


MatheusMX
Nossa... Esse blog. Lembro que o dono dele teve um problema com a Tagima. Ele comprou uma Tagima que não correspondia com a especificação técnica e processou os caras, algo assim...

O camarada colocou no post:

Na foto acima, a guitarra montada. O mais legal de montar uma "Fender" dessas é que tudo encaixa perfeitamente. O corpo e o braço estão com a junção PERFEITA.
A sonoridade? Fender na veia!


E completa

O decalque Fender no braço (tinta metálica, padrão original) e o acabamento foram feitos pelo guitarrista/luthier Vitor Tavares, de Fortaleza/Ceará ( vitor_tavares_ce@hotmail.com ). O Vitor adquire os braços da Mighty Mite e faz um acabamento realmente profissional neles.

Deu o nome do camarada que faz.


A guitarra ficou bonita, mas... Sei lá. Meu, que fetiche! Eu tenho uma Tagima Jazzmaster, a TW-61 das novas (sem aquela estrelinha feia). Braço envernizado, número de série... Nossa, acho ela impecável! Abri e desmontei e vi que fizeram um bom trabalho e NUNCA teria o trabalho (na verdade, nunca gastaria a grana) de trocar o decalque TAGIMA para FENDER.

Foto 1
Foto 2
Foto 3 (sou apaixonado por essas tarrachas... e elas seguram tudo!)

Sei lá... Isso é muito estranho!

Buja
Veterano
# 21/set/17 13:46
· votar


victorhugorleite


Cara...logo é logo....falsificação é falsificação.
Nao vejo colocar logo em nada como falsificação.
Eu posso por logo fender na mochila, no carro, numa camisa, até numa guitarra.
O ato de colocar a logo em um objeto nao caracteriza falsificação.

Merecedor de uma morte lenta e dolorosa, é o cara que poe a logo com o objetivo de fazer alguem de otario e ganhar dinheiro em cima.

Esse é o mesmo que o cara que vende hi-phone.
PIOR. Quem vende hi-phone nao diz que é iphone original, e nem vende por 4000.
Quem vende fender falsificada sim. Esse é imnperdoavel.

Nao vejo problema algum em qualquer luthier fazer uma guitarra com logo fender, ou alguem personalizar um kit diy e botar logo fender, sei la.
Pode até botar uma serial qualquer la....CS00666. Tanto faz. Isso na cabeça dele, é a fender dele. Problema é dele pra la.

So nao me chegue dizendo....pahhhh comprei uma fender...to vendendo....4 mil.
Pohhha sacanagem, e muito lamentavel.

victorhugorleite
Membro Novato
# 21/set/17 13:51
· votar


Buja
Nao vejo colocar logo em nada como falsificação.
Bem, eu discordo. Penso que falsificar é adulterar ou reproduzir algo a fim de benefício ou o que for.

Mas acho que esse nem é o mérito. O que você falou é o que é soda. O cara que faz isso pra vender. Meu, aqui em SP tem tanto lugar assim... Trabalhei na Teodoro e Santa Ifigênia. Todo dia tinha gente com essas supers FINDERS e GIBZONS que... socorro!

victorhugorleite
Membro Novato
# 21/set/17 13:54
· votar


Mais uma da OLX. Só entrar lá agora e ver...

Buja
Veterano
# 21/set/17 14:07
· votar


victorhugorleite
Tem uma coisa que mata, que inclusive o Lelo Mig acabou apontando nesse topico.

Guitarra 'sem marca' é pior do que guitarra 'chender'.

Voce sabe, em fereveiro comprei um braço com escala em maple, no Ali, headstock no desenho fender, sem logo. Eu praticamente obrigo a tirarem a logo.

Botei na minha strato, e depois arrependi do visual. Eu realmente deveria ter comprado em rosewood.

Como nao queria comprar outro braço, fui numas lojas da região tentar fazer negocio. Trocar o braço maple por um de rosewood. Nao achei um braço que prestasse. O meu ta novinho, os que eu achei tudo precisava de retifica de traste, alguns lascados, comidos, surrados, suados, e crostas de sujeira insana.

Mas o problema nem foi esse.
Achei um braço razoavel de menphis. Até gostei do braço.
Propus negocio, pal a pal. Afinal, meu braco tava novinho.

Sabe o que o cara disse: "nao tem nem marca"
Se fosse pelo menos de squier buillet eu trocava.


Poooooooooo, nessa hora voce pensa.
Cara, ser honesto é dificil viu. Se tivesse uma logo fender nesse braço, eu trocava era numa guitarra inteira, com braço e corpo junto.

Ta vendo....a gente volta pra casa com a consciencia limpa de ter sido honesto. Mas sai do lugar com o povo te olhando com aquela cara..."olha la que troxa".

É dificil mano.

Les Strato
Veterano
# 21/set/17 14:08
· votar


victorhugorleite

É triste, mas pelo menos esse dai anuncia como sendo guitarra chinesa, ao contrario de pessoas com má índole que vendem como custom shop original por $9000.

victorhugorleite
Membro Novato
# 21/set/17 14:11
· votar


Buja
Soda. Soda memo. Eu tive uma Jaguar feita por luthier que preferi deixar sem nada no headstock. Não me incomodo. Mas entendo você que achou o visual estranho sem...

E sobre o vendedor preferir uma Squier Bullet: cê é loko! hahah

Les Strato
Verdade. Mas pagar 2.200 denários numa cópia... Sei lá! rs

Buja
Veterano
# 21/set/17 14:16
· votar


victorhugorleite
Mas entendo você que achou o visual estranho sem...

O visual estranho nem foi pela falta do logo....isso nao ligo.
Minha strato continua sem logo.
Estranho foi escala de maple na strato vermelha hot rod.

No inicio do projeto queria me inspirar na mark knopfler 62' (que tem escala em maple), porem o vermelho daquela epoca era mais pra apple candy, que eu nao curto muito.
Dai quando vi que as signatures atuais sao bem diferentes mesmo...decidi virar o projeto pra escala de rosewood, e ai me arrependi da escala maple.

Mas quanto a sonoridade, a escala em maple deixa a strato com sabor especial. Estala tao bem que voce tem vontade de dar um tapa nela e chamar ela de sem vergonha.

JulianoF.
Membro Novato
# 21/set/17 14:39
· votar


Infelizmente, chibson e chibanez jem, é mais fácil de achar do que bala juquinha.

Mas agora, o problema não é só quem vende, quem compra também. Principalmente porque, se ninguém comprasse, ninguém venderia.

Só que, muitos compram sem saber o que estão comprando, e aí minha lógica vai por água abaixo.
Então.. é complicado, e uma m... gigante.

Ismah
Veterano
# 21/set/17 16:12
· votar


Lelo Mig

Todo dia um bobo e um esperto, saem de casa querendo se dar bem. Quando os dois se encontram, é negócio na certa. :)

Buja
Nao vejo colocar logo em nada como falsificação.
O ato de colocar a logo em um objeto nao caracteriza falsificação.

Não caracteriza falsificação? Che, salvo algumas coisas que tem patentes em vigor ainda, o crime é eu usar uma marca, da qual não detenho direitos...
Aqui na volta, tem uma cervejaria chamava-se Eisenbrück. Veio o Grupo Schinchariol, processou e ganhou, pois o nome era parecidíssimo com Eisenbähn - marca que ele detém. Foram forçados a trocar de nome para Altenbrück. O nome inicial era em referência a ponte de ferro que tem na cidade, e deve ser mais antiga que o grupo...

Eu posso vender um produto com circuito da Boss, com qualquer marca, menos Boss.

moisesbodani
Membro Novato
# 21/set/17 16:40
· votar


Buja

Seu relato é bizarro! Mas na real, não me espanta ver a tremenda falta de respeito e consideração pelo próximo que o ser humano tem. É muita gente querendo se dar bem em cima da falta de conhecimento/discernimento do outro, em todas as esferas (política, religiosa, comércio de roupas, relógios e instrumentos, etc).

Entretanto, conheço uma galerinha que compraria Chibson, mas não compraria uma SX Custom, Condor, Epiphone, etc, porque mais importante é aparentar algo, como se marca no headstock (no tênis, na calça/bermuda, na camiseta, no relógio...) tivesse mais valor que o produto em si. É tenso, mas muita gente prefere/escolhe viver de aparências.

Buja
Veterano
# 21/set/17 16:42
· votar


moisesbodani
É tenso, mas muita gente prefere/escolhe viver de aparências.

Nada contra possuidores de apple, mas 80% dos users é isso ai, aparência.

Buja
Veterano
# 21/set/17 16:46
· votar


Ismah
Não caracteriza falsificação? Che, salvo algumas coisas que tem patentes em vigor ainda, o crime é eu usar uma marca, da qual não detenho direitos...

Concordo com voce...mas estou no ambito domestico ainda.
O cara que fez uma diy e botou logo fender nela porque quis, porque o sonho dele era ter uma fender e papai tem mais contas pra pagar.
Ele botar logo fender na bota, no chinelo, na testa, no headstock, nao é falsificacao.

Mas o que tu diz é verdade.
O caso da cerveja, do tenis Naike, da placa de audio N-audio, do celular Mokia, é usar o nome (ou quase o nome) a fim de ganhar em cima, de alguma forma, seja intencionamente, aproveitando da boa fé e inoncencia do cliente, ou sem intencao mesmo, so querendo parecer bacana.

Ismah
Veterano
# 21/set/17 16:49
· votar


Falsificação não é, mas é uso indevido de uma marca... Em tese, eu posso ser processado por usar uma camiseta de banda, que não foi comprada em loja oficial... Isso vai acontecer? Muito pouco provável...

Mas com toda certeza, se ficar famoso ao usar uma falsa Mormaii da vida (mesmo não surfando rs), vou ter problemas...

MatheusMX
Veterano
# 21/set/17 16:52
· votar


Na verdade mesmo, se for seguir à risca, no caso da Fender, nem utilizar o formato do corpo e do headstock da Stratocaster sem autorização deles é permitido.

Buja
Veterano
# 21/set/17 16:55
· votar


MatheusMX
nem utilizar o formato do corpo e do headstock da Stratocaster sem autorização deles é permitido.


Nao sei como funcionam as leis, mas patentes tem tempo de validade.
Depois disso, fica liberado.
Nao sei se headstock ta liberado (a fender deve ficar renovando isso),
mas pela quantidade de corpos strat vendendo em grandes e renomadas empresas (warmoth é um exemplo), acho que formado de corpo ta liberado.

Cara, corpo de strato e tele padrao fender a gente compra em qualquer buraco.

Lelo Mig
Membro
# 21/set/17 16:55
· votar


Buja

"Nao vejo colocar logo em nada como falsificação.
O ato de colocar a logo em um objeto nao caracteriza falsificação"


Cara, não entendi?

Se eu ando com uma camiseta ou boné com logo da Fender, é porque sou um usuário/simpatizante da marca e escolhi fazer propaganda deles. Mas se eu coloco um logo no headstock a coisa muda de figura.

No geral a intenção, neste caso, é enganar... Mesmo que de brincadeira.

Concordo com o Ismah.

moisesbodani
Membro Novato
# 21/set/17 17:00
· votar


Buja
Nada contra possuidores de apple, mas 80% dos users é isso ai, aparência.

Sim, tanto que existe um mercado de iPhones falsificados, com android skin simulando iOS.

Saindo do mundo da guitarra, mercados extremamente aquecidos de consumo são o de roupas, tênis e relógios falsificados, incluindo até níveis (réplica A++, réplica primeira linha, etc). Alguns tem a necessidade de mostrar o que não são, como se houvesse algum valor nisso. Na guitarra não seria diferente.

Já ouvi um moleque dizer que queria uma guitarra IGUAL uma que tive, que TINHA QUE ser igual, porque ele TINHA QUE botar moral com Gibson por aí (palavras do próprio). Assim como já vi um cara falando mal da minha Fender Chris Shiflett Signature, sem nunca ter tocado em uma e sendo dono de uma condor strato, porque "México é ruim, perde pras USA". Disse inclusive que eu tenho que trocar os captadores, porque não prestam. Disse também que minha pedaleira não presta, que o pedal X não presta, que o pedal Y é ruim, que gosta mesmo do pedal Z. Sendo que nem pedal tem, a guitarra é de iniciante, nunca tocou em guitarras mais premium e a análise de tudo dele é baseada no youtube. Entende onde quero chegar? Muita coisa está enraizada na cabeça da molecada, infelizmente.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Quando você descobre um lugar onde andam "falsificando" guitarras