Fernandes Strato Made in Japan

Autor Mensagem
renatocaster
Moderador
# 29/mai/19 19:01 · Editado por: renatocaster
· votar


Herreraz

Na opinião de vocês qual seria o valor correto para venda?

Como falei nos posts mais antigos deste tópico, eu (ainda) tenho uma guitarra dessa. Só que a minha é branca (que ficou amarelada com o passar dos anos) e ao contrário da sua, a minha tem bastantes marcas de uso, o que aumenta ainda mais o seu "charme", rsrsrs. Ahn, e é uma versão para canhotos.

Agora, falando sobre valores, a real é que é meio difícil mesmo precificar uma guitarra dessas. Eu diria que 2.000,00 é o valor máximo que vc pode pedir. Acima disso já é devaneio, rsrsrs. Eu diria que conseguir um valor entre 1500,00 e 2000,00 já seria bem razoável.

O fato é que, apesar do valor histórico, do instrumento em si ter uma boa construção (não sei a sua, mas a minha tem ferragens Gotoh originais de fábrica), boa tocabilidade, bom som, etc, trata-se de um instrumento simples. É uma stratocaster "standard", sem nada de mais. Uma guitarra que foi produzida em série, com o objetivo de ser mais acessível mesmo, em termos de custos.

Eu já tive uma Fender MIJ da mesma época, e posso te dizer que as guitarras são basicamente o mesmo esquema (ambas produzidas na famigerada fábrica da Fujigen). Só que neste caso, a marca no headstock muda tudo.

Em resumo, é um ótimo instrumento, mas de valor comercial relativamente baixo. Por isso que eu não vendo a minha, pq ao meu entender simplesmente não vale à pena. A não ser que aparecesse um louco que oferecesse por ela um valor bem acima do mercado.

Lelo Mig
Membro
# 29/mai/19 19:15 · Editado por: Lelo Mig
· votar


Não vale à pena vender.

Pagam pouco por ser uma marca que não tem valor comercial no Brasil mas é uma guitarra bem acima da média neste valor.

Altas chances de se arrepender...

Tô quebrado... senão ficava com ela.

T-Rodman
Veterano
# 29/mai/19 19:22
· votar


devo ter umas 3/4 guitarras a mais do que essas que eu fiz uma camiseta com elas:
https://photos.app.goo.gl/j7c7c7Jy58U51jNf8

- e toda vez que penso em vender, eu fico coçando a cabeça pensando que não vale a pena, justamente por saber que todas vão ficar numa faixa de preço bem menor do que paguei por elas. E dá uma GAS e compro outra daqui ha pouco, lol.

amplexos

T.

Herreraz
Membro Novato
# 29/mai/19 20:19
· votar


Não é porque o mercado não paga 2 mil reais na sua guitarra que ela é ruim, muito pelo contrário, o mercado não paga simplesmente porque é irracional e mais irracional ainda seria você caso se desfaça por 2 mil reais de uma guitarra que certamente vai funcionar bem pros próximos 20 anos como essa para rasgar uma fortuna e jogar na privada só para ter uma fender que certamente não será melhor do que esta guitarra em termos estruturais.

Se o som não tiver 100% do seu agrado, hoje, no mercado nacional tem captadores exatamente iguais, idênticos aos melhores do mundo.

Eu tenho um compromisso, se não tivesse te dava esses 2 mil agora porque quero uma guitarra de single e não faço a menor questão que seja da fender.

Procure entender quais as deficiências dela (se é que de fato ela tem) poste aqui, as vezes uma pequena modificação deixe ela perfeita para você.



Fala Drinho blz man? Concordo que o mercado realmente muitas vezes é irracional, existem guitarras e guitarras por aí e sei que as Fernandes da década de 90 ou anteriores fabricadas no japão são guitarras muito boas, com preço acessível.Mas apesar da construção ser muito boa, sinto que a captação é simples demais (para mim), não sinto aquele timbre aveludado no captador do braço ou em outras combinações por exemplo. Outro ponto que me desanima um pouco é que a guitarra é SSS, eu particularmente não gosto do som do single da ponte, prefiro mais o som de um humbucker e eventualmente se eu quizesse modificar o escudo e o cap da ponte, teria que refazer isso em um luthier pois as cavidades do corpo são para single (óbvio já que a guitarra é uma cópia das fender 62). O que eu vejo é que se eu quiser deixar a guitarra do meu agrado eu acabaria colocando muito dinheiro comprando captadores que eu me identifique mais + trabalho de refazer a cavidade da ponte, novo escudo e qualquer outra peça ou mudança que eu julgar necessária além da pintura que já estou de saco cheio da cor preta, metade das guitarras que eu tive na vida foram pretas rsrsrs. E posteriormente se eu tivesse qualquer problema financeiro (como já tive em alguns momentos da minha vida) eu acabaria perdendo dinheiro se precisasse vender.
Já sonhei em ter fender quando estava começando a tocar, mas não sou entusiasta/colecionador nem nada do gênero, sou da opinião que na escolha do instrumento você deve comprar aquilo que mais lhe agrada e muitas vezes que caiba no seu bolso rsrsrs, e essa Fernandes eu comprei em uma oportunidade por um preço que eu julguei bom na época, mas eu quero comprar uma american deluxe por já vir exatamente do jeito que eu quero, captadores noiselees scn e humbucker com boa saída na ponte, além dos plus como tarrachas com trava, roller nut , case e o principal: Mercado para venda!
Comprando essa guitarra pra mim hoje seria um investimento, se um dia eu precisar vender pelo motivo que seja além de valer mais financeiramente, tem um mercado mais "amplo".
Entendo seu ponto de vista, mas como eu citei, tunar uma guitarra a seu gosto é meio que um casamento e a gente nunca sabe o dia de amanhã.
Eu acredito que hoje tendo uma condição financeira melhor, comprar uma deluxe me preencheria completamente em busca do timbre que eu busco além de ter uma segurança em saber que teria algo que realmente as pessoas querem bastante caso eu precisasse vender.

Herreraz
Membro Novato
# 29/mai/19 20:29
· votar


O fato é que, apesar do valor histórico, do instrumento em si ter uma boa construção (não sei a sua, mas a minha tem ferragens Gotoh originais de fábrica), boa tocabilidade, bom som, etc, trata-se de um instrumento simples. É uma stratocaster "standard", sem nada de mais. Uma guitarra que foi produzida em série, com o objetivo de ser mais acessível mesmo, em termos de custos.


Sim Renato, a minha também veio com ferragens gotoh, de ferragens não vejo nada que desabone nem da construção, super bem acabada. o problema é como citei na resposta anterior, se eu tiver que gastar grana nela pra deixar do jeito que eu quero aí pra mim não vale muito a pena, pois acredito que vendendo a minha e colocando um dinheiro conseguiria a guitarra pronta do jeito que eu quero e com possibilidade de revenda futura caso fosse o caso.

Herreraz
Membro Novato
# 29/mai/19 20:36
· votar


Não vale à pena vender.

Pagam pouco por ser uma marca que não tem valor comercial no Brasil mas é uma guitarra bem acima da média neste valor.

Altas chances de se arrepender...

Tô quebrado... senão ficava com ela.


Se eu fosse strateiro raiz realmente não, a guitarra soa como uma autêntica strato mas os caps são mais ou menos, nem ruins nem tão bons, apenas regulares, mas eu busco algo mais moderno, que é justamente a praia da deluxe/elite. Infelizmente a marca Fernandes já não é tão forte no mercado nacional (talvez nunca tenha sido, não sei porque não reparava nelas na época), o que é uma pena, porque só quem já teve ou tocou uma fernandes sabe da qualidade que o instrumento possui, mas esse é o tipo de coisa que a gente deve levar em consideração na hora de comprar qualquer coisa, seja um imóvel, um carro, uma casa ou como no caso um instrumento, e justamente por isso penso em pegar uma fender deluxe, porque além de me atender no que eu busco com relação a timbre eu teria um instrumento com um mercado melhor que o da minha Fernandes.

Herreraz
Membro Novato
# 29/mai/19 20:41
· votar


- e toda vez que penso em vender, eu fico coçando a cabeça pensando que não vale a pena, justamente por saber que todas vão ficar numa faixa de preço bem menor do que paguei por elas. E dá uma GAS e compro outra daqui ha pouco, lol.




Hahahaha, isso me lembrou um amigo meu que até o ano passado tinha "só" 13 guitarras em casa. E sim, se você comprou as guitas novas realmente, a desvalorização é um fato inevitável. Acho legal ter várias guitarras, de modelos diferentes e poder tirar vários sons únicos, mas aí além do trabalho pra limpar tudo isso regularmente, vem os gastos com encordoamento, regulagem. Tem que amar muito essas danadas pra ter tantas em casa rsrsrsrs.

Drinho
Veterano
# 29/mai/19 20:56 · Editado por: Drinho
· votar


Fala Drinho blz man? Concordo que o mercado realmente muitas vezes é irracional, existem guitarras e guitarras por aí e sei que as Fernandes da década de 90 ou anteriores fabricadas no japão são guitarras muito boas, com preço acessível.Mas apesar da construção ser muito boa, sinto que a captação é simples demais (para mim), não sinto aquele timbre aveludado no captador do braço ou em outras combinações por exemplo.

Isso é completamente reversível, as guitarras japonesas mais antigas tem umas caracteristica interessante.... Eram bem feitas, com madeira de verdade, ou seja funcionam bem acusticamente, possuem estabilidade e eram menos caras muitas vezes em função das peças e de um acabamento mais simples, diferente de uma music man com birdseye e aquele verniz de nitrocelulose que deixa o cara até cego quando bate a luz.....
Fernandes, jackson, tokai, ibanez e etc....

Outro ponto que me desanima um pouco é que a guitarra é SSS, eu particularmente não gosto do som do single da ponte, prefiro mais o som de um humbucker e eventualmente se eu quizesse modificar o escudo e o cap da ponte, teria que refazer isso em um luthier pois as cavidades do corpo são para single (óbvio já que a guitarra é uma cópia das fender 62). O que eu vejo é que se eu quiser deixar a guitarra do meu agrado eu acabaria colocando muito dinheiro comprando captadores que eu me identifique mais + trabalho de refazer a cavidade da ponte, novo escudo e qualquer outra peça ou mudança que eu julgar necessária além da pintura que já estou de saco cheio da cor preta, metade das guitarras que eu tive na vida foram pretas rsrsrs. E posteriormente se eu tivesse qualquer problema financeiro (como já tive em alguns momentos da minha vida) eu acabaria perdendo dinheiro se precisasse vender.

com relação aos captadores na sua situação eu usaria um de estilo mini humbucker na ponte pois não necessitaria de adaptação da madeira e bons singles de alnico ou noiseless (dependendo do seu gosto) nas duas outras posições, a telecaster do kotzen usa esse conceito, funciona muito bem e é facilmente reversivel.... além de ser um baixo investimento....
Com relação a cor, bem não tem o que falar, mas é um detalhe pouco importante (na minha opinião), mas respeito é uma questão pessoal....

Já sonhei em ter fender quando estava começando a tocar, mas não sou entusiasta/colecionador nem nada do gênero, sou da opinião que na escolha do instrumento você deve comprar aquilo que mais lhe agrada e muitas vezes que caiba no seu bolso rsrsrs, e essa Fernandes eu comprei em uma oportunidade por um preço que eu julguei bom na época, mas eu quero comprar uma american deluxe por já vir exatamente do jeito que eu quero, captadores noiselees scn e humbucker com boa saída na ponte, além dos plus como tarrachas com trava, roller nut , case e o principal: Mercado para venda!
Comprando essa guitarra pra mim hoje seria um investimento, se um dia eu precisar vender pelo motivo que seja além de valer mais financeiramente, tem um mercado mais "amplo".
Entendo seu ponto de vista, mas como eu citei, tunar uma guitarra a seu gosto é meio que um casamento e a gente nunca sabe o dia de amanhã.
Eu acredito que hoje tendo uma condição financeira melhor, comprar uma deluxe me preencheria completamente em busca do timbre que eu busco além de ter uma segurança em saber que teria algo que realmente as pessoas querem bastante caso eu precisasse vender.


Mas uma american deluxe não é investimento e não tem nada de especial no seu timbre (nada que outra boa guitarra configurada e regulada não possa ter)....

Investimento bom da retorno financeiro e tem liquidez rápida

A american deluxe não te dará nem uma coisa, nem outra, provavelmente te dará prejuízo sobre um montante maior de dinheiro (em relação a guitarra atual)....

Mas se te faz mais confortável! Manda ver velho, a grana é tua seja feliz que é o que importa!

Herreraz
Membro Novato
# 29/mai/19 22:08
· votar


Isso é completamente reversível, as guitarras japonesas mais antigas tem umas caracteristica interessante.... Eram bem feitas, com madeira de verdade, ou seja funcionam bem acusticamente, possuem estabilidade e eram menos caras muitas vezes em função das peças e de um acabamento mais simples, diferente de uma music man com birdseye e aquele verniz de nitrocelulose que deixa o cara até cego quando bate a luz.....
Fernandes, jackson, tokai, ibanez e etc....


Sim, a construção é ótima, o hardware (tarrachas e ponte funcionam muito bem e aliás nunca tive problemas com afinação).

com relação aos captadores na sua situação eu usaria um de estilo mini humbucker na ponte pois não necessitaria de adaptação da madeira e bons singles de alnico ou noiseless (dependendo do seu gosto) nas duas outras posições, a telecaster do kotzen usa esse conceito, funciona muito bem e é facilmente reversivel.... além de ser um baixo investimento....

Sim, já pensei nessa possibilidade, mas não sei como um jb jr, hot rails ou outro do estilo responde, se realmente se compartaria como humbucker com o timbre que eu gosto com mais ganho.

Com relação a cor, bem não tem o que falar, mas é um detalhe pouco importante (na minha opinião), mas respeito é uma questão pessoal....

Eu nunca tive "frescura" com relação a cor das minhas guitarras, mas realmente já estou muito saturado de preto, já tive umas 40 guitarras na minha vida, e pelo menos 20 delas eram pretas, inclusive tenho 3 em casa e 2 delas são pretas, sei que não importa e que não muda o som, mas o eu estou bem enjoado.

Mas uma american deluxe não é investimento e não tem nada de especial no seu timbre (nada que outra boa guitarra configurada e regulada não possa ter)....


Concordo que uma guitarra boa trocando captadores pode ficar com a sonoridade no mesmo nível, mas como eu disse antes, eu teria que gastar grana nessa guita e em uma eventualidade acabaria perdendo muito dinheiro pois não conseguiria recuperar o investimento desses caps novos, pintura que me aporrinha e etc...por isso após alguns meses refletindo cheguei a conclusão de uma american deluxe me faria muito feliz e seria (pra mim) um investimento.

Mas se te faz mais confortável! Manda ver velho, a grana é tua seja feliz que é o que importa!

Vlw man, com certeza vou ficar feliz tendo uma dessa.

PS: A minha idéia original era pegar uma retrorocket elite Coreana, isso há mais de um ano atrás, mas essa guita é tão mosca branca do olho azul, que acabei desistindo, só vi uma anunciada uma vez há uns 4 anos atrás no mercadolivre, depois não vi mais nenhuma! Daí pensando sobre possíveis custos em upgrades e analisando o mercado e os modelos acabei decidindo que a deluxe seria uma boa.

renatocaster
Moderador
# 30/mai/19 12:44
· votar


Herreraz

o problema é como citei na resposta anterior, se eu tiver que gastar grana nela pra deixar do jeito que eu quero aí pra mim não vale muito a pena, pois acredito que vendendo a minha e colocando um dinheiro conseguiria a guitarra pronta do jeito que eu quero e com possibilidade de revenda futura caso fosse o caso.

Entendi. Bom, então sobre valores para venda, como já falei no post anterior, acredito que a sua guitarra esteja na faixa dos 1500,00~2000,00 reais. Acho muito difícil conseguir mais do que isso.

Boa sorte!

Herreraz
Membro Novato
# 30/mai/19 13:32
· votar


Entendi. Bom, então sobre valores para venda, como já falei no post anterior, acredito que a sua guitarra esteja na faixa dos 1500,00~2000,00 reais. Acho muito difícil conseguir mais do que isso.

Boa sorte!


Sim, alterei o valor do meu anúncio agora é só esperar aparecer alguém interessado!

Obrigado

T-Rodman
Veterano
# 30/mai/19 15:12
· votar


a conta é:
- ou gasta uns 1000~1200 atualizando sua guita

- ou vende ela por 2000 e gasta mais 8000 numa MIA Dlx HSS.

tem algo a não ser captador que não te alegra?
- porque eu tenho uma MIM que eu odiava, queria trocar captador e o diabo, até dar embora. Aí um amigo falou que ia mexer nela, ajustar o braço e tal. Hoje em dia se tivesse comprado a MIM antes da MIA, e estivesse feliz com a regulagem feita - eu acho que não teria ido atrás da MIA Dlx HSS.
no final eu acabei colocando os staggered locking turners e o roller nut na MIM, mas mantive os 'singelo' SSS originais dela.

amplexos

T.

Herreraz
Membro Novato
# 30/mai/19 15:49
· votar


tem algo a não ser captador que não te alegra?

Tem sim, a guitarra só tem 21 trastes e o bloco da ponte é daqueles fininhos bem vagabundos.

MatheusMX
Veterano
# 30/mai/19 16:48
· votar


Apesar de ser uma boa guitarra, tem coisas que vão continuar desagradando a vc, como a cor e o braço. Então acho que nem vale a pena fazer os upgrades pra no fim vc continuar insatisfeito. Se está decidido sobre a Deluxe, vai fundo.
Na grana é capaz de vc conseguir uma por volta dos R$6mil. E pegando nessa faixa, dificilmente perderá dinheiro numa possível revenda.

Herreraz
Membro Novato
# 30/mai/19 17:31
· votar


Apesar de ser uma boa guitarra, tem coisas que vão continuar desagradando a vc, como a cor e o braço. Então acho que nem vale a pena fazer os upgrades pra no fim vc continuar insatisfeito. Se está decidido sobre a Deluxe, vai fundo.
Na grana é capaz de vc conseguir uma por volta dos R$6mil. E pegando nessa faixa, dificilmente perderá dinheiro numa possível revenda.


Fala Matheus, sim a guitarra não é ruim, muito pelo contrário e pelo valor não existe nada melhor nessa faixa de preço, mas eu realmente teria que repintar (não quero mais preto! rsrsrs) , trocar captadores, bloco da ponte e realmente com o braço não tem o que fazer, parece frescura minha mas eu já pensei muito sobre esse assunto e realmente vender será bom para mim porque eu não uso essa guitarra, bem dizer toquei umas 5 vezes em 5 anos que já a tenho. A deluxe vai me preencher completamente, já encontrei várias na configuração exata que eu quero, inclusive uma na cor sunburst que pra mim é a mais linda em guitarras strato, e com um preço legal usada e completinha com case, tags e tudo conservado. Eu sinceramente não vejo esse tipo de guitarra usada cair de preço , então novamente friso que pra mim será um investimento, onde terei a guitarra com uma cor que eu goste, configuração de pickups que eu curto e que no futuro se for necessário terei um mercado maior para revenda.

T-Rodman
Veterano
# 30/mai/19 21:46
· votar


é. acho que já peguei na mão uma exatamente desse jeito que você descreveu, e eu também curti muito.
Com a lista de 'insatisfações', sim, do jeito que você está descrevendo, acho que pode ser uma boa escolha.
que o futuro dono da Fernandes seja feliz, tanto quanto você com sua nova strato sunburst MIA Deluxe.

amplexos

T.

Ramsay
Veterano
# 01/jun/19 01:26
· votar


Herreraz
Por 1500,00 acho que vc vende fácil.
Mais que isso, na atual conjuntura fica difícil.

Herreraz
Membro Novato
# 01/jun/19 19:38 · Editado por: Herreraz
· votar


T-Rodman

Eu tbm já peguei e toquei em algumas então sei bem o que esperar, aliás trabalhei na teodoro sampaio e lá que eu realmente comecei a conhecer vários instrumentos, timbres, inclusive pedais. Acho que foi o meu maior aprendizado musical até hoje hehehe.

Então é como eu disse, eu estou insatisfeito com a guitarra mas não é ela que é ruim, é que realmente eu estou numa outra vibe querendo um instrumento que pra mim seria mais versátil e me atenderia melhor.

Cara se eu te contar que não conhecia aquelas charvel mod pro DK24 e comecei a repensar sobre a escolha kkkk.

Ramsay

Rapaz, eu não sei se a crise que ainda tá muito forte ou se as pessoas deixaram de gostar de Fernandes, mas como tá difícil vender equipos pela net. Comecei a cavar alguns anúncios pra tentar mensurar quanto tempo mais ou menos o pessoal está com o anúncio em vigor esperando pra vender e vi anúncios com mais de 2 anos. Já to um pouco desanimado de vender pois eu tbm já estou anunciando há um bom tempo.
E dar de gratis por aí tbm não vai rolar rsrsrs, talvez eu guarde por mais uns 10 anos e espere o comprador "certo" pra ela.

A coisa que mais me encanta nessa guitarra é o rosewood da escala, nunca vi nada assim nem nas guitas mais tops:


Foto da escala

tito lemos
Veterano
# 02/jun/19 09:36
· votar


Meu sonho de consumo é uma Fernandes que o Steve Hackett usa. Les Paul, com Floyd Rose, sustainer e 24 trastes. Uma máquina!

Herreraz
Membro Novato
# 02/jun/19 22:55
· votar


tito lemos

Meu sonho de consumo é uma Fernandes que o Steve Hackett usa. Les Paul, com Floyd Rose, sustainer e 24 trastes. Uma máquina!



Mas a dele tem 22 casas não?

Herreraz
Membro Novato
# 10/jun/19 12:52
· votar


Fala galera tudo bem? Acabei conseguindo vender a guitarra esse final de semana pelo preço que eu queria. Curiosamente um amigo que eu não falava há muito tempo estava procurando uma fernandes e conseguimos fechar negócio. Baita coincidência hahahaha, agora vou procurar a guita substituta.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Fernandes Strato Made in Japan