【FIXO】 Lutheria e Equipamentos - Tópico Oficial de Perguntas ao Bertola e Seiji

Autor Mensagem
Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 13/out/18 18:21
· votar


Jovem Aprendiz
Não.
A inscrição nas pontes Gotoh é "High Stability Tremolo System".
Abç

Fugitivo
Veterano
# 17/out/18 13:25
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Depois de um certo tempo de uso de tarraxas com trava e se eu precisar ajustar a afinação, eu preciso primeiro destravar em baixo (na trava) ou posso regular direto na parte de cima da tarraxa? Grato

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 18/out/18 06:46
· votar


Fugitivo
Sim.
Abç

Ramsay
Veterano
# 20/out/18 00:44
· votar


Bertola
Sobre o óleo de peroba, trata-se de uma guitarra nova que comprei recentemente e que morava desde 2007 (quando foi fabricada) na loja.
Devido a todo esse tempo, a escala estava bem ressecada.

Fiz o que vc sugeriu de apenas passar óleo de peroba na escala e não resolveu, pq a escala continuou bem ressecada.

Então, eu parti pra ignorância e literalmente encharquei toda a escala com óleo de peroba, aguardei uns 5 minutos para o óleo de peroba penetrar bem na madeira, tirei o excesso com um papel toalha e poli com uma flanela.

E pronto, como por mágica, o ressecamento da escala sumiu e ela voltou ao aspecto que tinha quando foi fabricada.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 20/out/18 09:45
· votar


Ramsay
Tudo bem cara, mas geralmente não se faz assim...
Abç

Samucamp
Veterano
# 26/out/18 00:47
· votar


Quais potenciômetros usar para 2 captadores humbuckers SD 59? e os capacitores? qual a diferença?

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 26/out/18 00:49
· votar


Samucamp
500K A (logarítmicos)
Capacitor de 0.047uF

Samucamp
Veterano
# 26/out/18 01:29
· votar


tanto no volume quanto no tone?

rhoadsvsvai
Veterano
# 26/out/18 02:04
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Como eu sei a diferença de um bom profissional de luthearia pra um ruim?

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 26/out/18 10:09
· votar


rhoadsvsvai
Como eu sei a diferença de um bom profissional de luthearia pra um ruim?
Não tenho como lhe responder...
Abç

JJJ
Veterano
# 26/out/18 10:17
· votar


rhoadsvsvai

Acho que a melhor possibilidade de saber é vendo trabalhos do luthier em questão (opiniões também contam, mas como a opinião que vale mesmo é a sua, então... o ideal é ver com os próprios olhos).

rhoadsvsvai
Veterano
# 26/out/18 17:22 · Editado por: rhoadsvsvai
· votar


JJJ
Mauricio Luiz Bertola
fiz essa pergunta, porque assim como quando a gente leva um carro no mecânico novo sem entender nada de mecânica corremos o risco de ser enrolados e acabar bacando por um serviço mal feito ou pior, ser explorados.... vejo q isso acontece no mundo da guitarra tb. E

Em todo caso pra maioria dessas coisas existem alguns sinais que podemos procurar no profissional pra ganhar confiança ou não, fiquei curioso em saber qual seriam dentro da luthearia. As vezes vc tem uma guitarra muito cara precisando de manutenção é é complicado dar um tiro no escuro.

Buja
Veterano
# 26/out/18 17:41
· votar


Nao so para a luthieria mas como para todo em qualquer serviço, uma olhada "com bom senso" no Reclame Aqui ajuda.

Digo com bom senso, porque tem gente tão sem noção, que se um serviço qualquer leva 2 horas a mais do que o combinado, ou chega com uma corzinha 2 bits fora do tom que queria, o cara entra la e senta o malho.
Por isso digo, análise com bom senso.

Outra seria ver depoimentos de quem realmente já fez o servico ou produto com a empresa ou profissional .Nao é opinião de quem disse que me disse.
É opinião de quem realmente teve relações comerciais e usufruiu do produto/serviço.
Tambem exige bom senso. Nao é UMA ou DUAS opiniões que desabona 30 anos de carreira de um profissional.
É como alguem falar que pedal da behringer nao presta so porque teve UM distortion que quebrou. Tem que ter um amostragem maior (estatística) para se qualificar um produto/serviço, seja ele qual for.

Comparando o exemplo do mecanico:
1 - Ninguem é louco de deixar um carro num mecanico, sem ter sequer a minina nocao do defeito. No minimo, voce sabe que deu algo na eletrica do carro, ou no motor. Nao se chega com o carro la sabendo 0%. Com luthieria é a mesma coisa.
Vai deixar la uma guitarra, cara por sinal, trastejando por exemplo, sem ter a minina noção basica de nada? E se o cara disser que é problema na parte eletrica? Ou que tem que trocar todo o hardware, até o strap lock? O minimo tem que se saber.

2 - Ninguem é louco de deixar um carro num mecanico do qual nunca ninguem jamais ouviu falar. Voce vai por referencia. Seu vizinho trocou a homocinetica la? O tio da sua mulher fez lanternagem la? A assistencia veicular recomenda o cara? Ja é um indicador.
Luthieria tambem. Quem regulou a guitarra la? O cara constroi instrumentos? Se sim, quem tem algum instrumento dele? Pode se pedir referencias...duvido que um bom luthier nao vai dar referencias dele com orgulho!

3 - Preco.
Nao se precifica um serviço de alguem. Em nenhuma area. É antietico.
Um luthier pode cobrar 100 outro pode cobrar 1000. O luthier cobra o tanto que ele acha que o trabalho dele vale. Fica a criterio de quem paga, querer pagar ou nao.
Então, de forma alguma voce será explorado. Se voce pagar 1000 por uma regulagem, e depois ficar sabendo que em outro lugar era 200, o cara nao furou seu olho. Ele cobrou 1000, e voce pagou 1000, e pronto.
Dai, fica a cargo do cliente pesquisar no mesmo o melhor custo/beneficio, tanto porque, nem sempre o mais barato é o melhor.

Ramsay
Veterano
# 27/out/18 00:53 · Editado por: Ramsay
· votar


rhoadsvsvai
O ideal é só utilizar o serviço de luthiers conhecidos e confiáveis , como o Maurício Luiz Bertola, o Rodrigo Cotia, o Rogério Lopes, o Rodrigo Nahar, entre outros.
Mas, como vc mora no Pará, aí a coisa fica complicada e vc vai ter que contar com a sorte para achar um bom luthier, se é que existe algum que preste por aí.
Como vc não tem muitas opções aí no Pará, sugiro que procure e use o primeiro luthier que vc conseguir encontrar.

Raphaelbrandao
Membro Novato
# 29/out/18 16:44
· votar


Boa tarde. Gostaria de saber se existe alguma ponte até uns 200 reais para a sx sst62, sou iniciante, pode ser uma ponte apenas razoável com furações parecidas.
Obs: Guitarra tem parada 05 anos.
Agradeço desde já.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 29/out/18 19:08
· votar


Raphaelbrandao
Tem...
Procure no ML que vc acha fácil...
Abç

jardelcneves
Membro Novato
# 30/out/18 20:56
· votar


Boa noite!!

Pessoal estou fazendo uma guitarra em luthier, pedi um inlay diferenciado para ele (diferenciado questão da cor vermelho e preto mescladas nas pétalas), ele me deu a opção de usar resina para fazer, mas alertou que poderia não dar certo pois ela manchava o braço, vou mandar o link do braço como ficou:

https://ibb.co/kN6MHf

https://ibb.co/fhqgHf

Qual foi o erro? Tem alguma maneira de salvar ele ainda? E tenho alguma outra opção para fazer um inlay diferenciado, pois se não vou ter que fazer de madeira

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 31/out/18 00:05
· votar


jardelcneves
A resina e seu corante foi absorvido pelas fibras da madeira.
Não tem como "salvar".
Abç

Petrozza
Membro Novato
# 03/nov/18 11:57
· votar


Olá amigos,

Tenho uma dúvida.

Possuo uma Ibanez s7320, gostaria de saber se existe a possibilidade de trocar a escala, ela possui 22 trastes gostaria de colocar 24. Sei que o captador do braço precisa ser deslocado ou retirado, mas no caso da ponte. Se trocar a escala por uma com 24 trastes precisaria mexer na ponte também? A escala tem 25.5 de tamanho.

Obrigado!

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 03/nov/18 12:27
· votar


Petrozza
Não. Isso não pode ser feito nessa guitarra.
Abç

Petrozza
Membro Novato
# 03/nov/18 12:32
· votar


Não. Isso não pode ser feito nessa guitarra.
Abç


Obrigado Bertola, abraço!

felipe bento pereira
Membro Novato
# 05/nov/18 16:07
· votar


captadores tem tempo útil de vida? isso varia com a qualidade?

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 05/nov/18 16:48
· votar


felipe bento pereira
Os de AlNiCo, sim.
Tudo varia conforme a qualidade...
Abç

Floyd N Roses
Veterano
# 07/nov/18 07:16
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Mestre Bertola! Bom dia!

Sou um 'projeto de Luthier' e pego alguns serviços aqui pela redondeza. Porém esses dias me apareceu um desafio e tanto. Dê uma olhada na situação por favor:

FOTOS DA IBANEZ GIO QUEBRADA

Gostaria de saber a sua opinião (visto o tanto de rachaduras) se existe possibilidade de uma colagem e um preenchimento (com massa ou serragem) das rachaduras que resultem em algo sustentável, ou se o jeito vai ser a retirada das peças e do braço e o descarte do corpo mesmo.

A primeiro momento iria direto no descarte do corpo, porém pelo que vi pessoalmente e pesquisei por aqui a madeira desse modelo não é de ma qualidade. Por isso insisto na questão.

Desde já, muito obrigado pela atenção.

Abraço!

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 07/nov/18 09:03
· votar


Floyd N Roses
A madeira desse modelo Yamaha é tília (basswood).
Pode ser colado sim, mas existem muitas rachaduras nesse corpo, e para o serviço ficar perfeito seria necessário uma repintura do mesmo.
Não sei se compensaria...
Abç

Floyd N Roses
Veterano
# 07/nov/18 10:59
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Exatamente isso que pensei na questão da repintura, visto que uma Gio dessa não vale mais que 600 reais usada!

Mas se eu fosse comprar ela como está para consertar para uso próprio (não me importando com a questão estética), qual cola você me recomendaria? E os vãos das rachadura, massa ou serragem com cola?

Obrigado mais uma vez mestree!

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 07/nov/18 11:04
· votar


Floyd N Roses
Qualquer boa cola de madeira serve (Cascolar, por exemplo). Existem as Titebond que são importadas e mais caras...
Abç

Floyd N Roses
Veterano
# 08/nov/18 07:54
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Perfeito meu querido! Só para finalizar, vou comprar a Titebond mesmo, mas vi que existem três tipos dela. Qual seria a mais adequada para esse tipo de aplicação, a padrão (vermelha), a II (azul) ou a III (verde)?

Obrigado!!! Grande abraço!

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 08/nov/18 11:53
· votar


Floyd N Roses
Padrão.
Abç

.John.
Veterano
# 09/nov/18 18:52
· votar


Boa noite.
Recentemente troquei toda a parte elétrica da minha Condor RX10 e o captador da ponte por um humbucker Malagoli modelo Zonda (semelhante ao EMG 81), porém percebi que o som da guitarra ao invés de melhor, está pior do que antes.
A distorção tem um som que parece um zumbido. Solos nas últimas casas estão com um som muito ruim.
Pensei de ser o amplificador que estava influenciando no som, porém liguei a guitarra no computador junto com a pedaleira e o som continua com as mesmas características.
Uso uma pedaleira Zoom G1ON, já mexi em tudo, tentei usar o equalizador, passei horas tentando timbrar de uma forma que me deixe satisfeito, porém o som distorcido continua muito ruim, sendo que com o single coil padrão antigo eu conseguia um som bacana com a mesma pedaleira.
Será que o luthier fez alguma solda errada? Isso influencia no som?
Gostaria de uma ajuda pois foi um investimento que me deixou bastante desapontado e desanimado de tocar já que não consigo tocar músicas mais pesadas e solar.
Vou tentar gravar áudios para poder postar aqui mais tarde e se ter uma ideia do som.
Obrigado.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a 【FIXO】 Lutheria e Equipamentos - Tópico Oficial de Perguntas ao Bertola e Seiji