timo tolkki ex-stratovarius é uma farça (serio)

Autor Mensagem
Headstock invertido
Veterano
# dez/14
· votar


Mauricio Luiz Bertola
Esse papo de "X veio antes" como argumento é um pouco complicado.

O fato de o Helloween ter vindo antes prova apenas uma coisa: eles foram os "criadores" do estilo, o que é bem diferente de ser "a referência". Ou que só eles são "a referência".

O Stratovarius foi, é e sempre vai ser uma das maiores bandas de Power Metal da história e não adianta ninguém falar nada que isso não vai mudar. Eles são tão ou mais importantes que o Helloween DENTRO DO ESTILO. O negócio é que a fama, reconhecimento e o escambau do Helloween extrapolou os limites do estilo, o Stratovarius não.

Lelo Mig
Membro
# dez/14
· votar


Mauricio Luiz Bertola
cafe_com_leite

Já discutimos isso lá no começo mas ninguém responde minha pergunta!

O cara toca mesmo ou é 171?

Se ele toca bem, e pode fazer ao vivo, porque usou um dublê no studio?

Eu li a matéria linkada no tópico, mas ela é ruim e não explica nada!

cafe_com_leite
Veterano
# dez/14
· votar


Lelo Mig


A música que eu e você postou foi criada ainda no auge da banda. Pelo que li em outro tópico, esse guitar entrou numa cachaçaiada braba, em depressão e os caraí. Mas essa música stratophere deve ter sido ele mesmo que criou.

cafe_com_leite
Veterano
# dez/14
· votar


Aliás. To falando meio por cima porque não conheço muito dessa área, apenas relatos do amigo que citei e um texto que um caboclo postou aqui mesmo no FCC.

gabrielkiller
Veterano
# dez/14
· votar


https://www.youtube.com/watch?v=4Tr0otuiQuU

Acho desnecessário discutir sobre um escândalo de alguns anos atras sobre um guitarrista bipolar que fez parte de uma excelente banda...
Deixo essa musica para vocês se lembrarem o que realmente importas nesse meio todo, a qualidade final, e não quem fez a influencia/copia.

makumbator
Veterano
# dez/14 · Editado por: makumbator
· votar


Lelo Mig
O cara toca mesmo ou é 171?

Ele toca mesmo, mas é alcoólatra, e conforme o cafe_com_leite comentou, na época estava com o pé na jaca. Dentro desse cenário é possível o cara não ter condições de gravar na época e depois conseguir tocar ao vivo sem problemas. Até onde eu sei o problema não é conseguir ou não tocar, e sim omitir os créditos a outra pessoa no álbum de estúdio, fingindo que foi ele mesmo que executou em disco, quando na verdade não teria condições físicas e mentais de gravar naquele momento.

Lelo Mig
Membro
# dez/14
· votar


cafe_com_leite
makumbator

Obrigado! Agora entendi a parada.

Aquele site Uáipléchi é uma merda... as matérias são muito meia boca.

clguitar
Membro
# dez/14
· votar


Putz, esse vídeo só me confirmou duas coisas: (i) puta banda e guitarrista chatos; e (ii) o cara copia o Malmsteen até na pança e na roupinha brega. Mais uma gorda velha da Escandinávia.

Aliás, pra quem for fã do Malmsteen, tenho um VHS do show dele no Brasil, além de uma palheta que peguei nesse mesmo show (acho q no Olympia). O cara jogava tanta palheta que peguei duas, mas dei uma pra um sujeito que me descolou um Marlboro. Quem quiser a palheta e o VHS, me manda PM, que eu tô dando de Natal (em fevereiro, qdo for ao Brasil).

JJJ
Veterano
# dez/14
· votar


Uma coisa é certa: se o cara tivesse escrito farsa, esse tópico não teria chegado tão longe!

Deve ser uma nova tática de marketing...

clguitar
Membro
# dez/14
· votar


JJJ
Aliás, a moderação poderia dar uma editada nessas enormidades ortográficas.

cafe_com_leite
Veterano
# dez/14
· votar


clguitar
além de uma palheta que peguei nesse mesmo show (acho q no Olympia).


Caramba, tu é hater mesmo ein? Foi até no show do cara só de raiva hueheue

Lelo Mig
Membro
# dez/14
· votar


cafe_com_leite

"Caramba, tu é hater mesmo ein? Foi até no show do cara só de raiva hueheue"

Foi catar palheta prá colocar no boneco de vudu que ele fez do sueco!......kkkk

gabrielkiller
Veterano
# dez/14
· votar


eu quero a palheta e o vhs... Sério

clguitar
Membro
# dez/14
· votar


cafe_com_leite
Lelo Mig

Na época, eu gostava, hehehe. Na verdade, tenho certa admiração pelo Malmsteen, pela certa novidade que ele representou no início. Mas não consigo mais ouvir esse tipo de música, e acho que ele também não tem nada mais a apresentar.

gabrielkiller
Manda uma mensagem privada para mim e a gente combina. Abraço.

cafe_com_leite
Veterano
# dez/14
· votar


clguitar
e acho que ele também não tem nada mais a apresentar.



É claro, você queria que ele continuasse se reiventando a vida toda? Poucos conseguiram, aliás… alguém conseguiu? Sei que Robert Fripp fez trampos bem distintos durante todos os seus anos de King Crimson, mas não sei até que ponto era algo realmente diferente.

clguitar
Membro
# dez/14
· votar


cafe_com_leite
É claro, você queria que ele continuasse se reiventando a vida toda?
Não discordo, mas acho que o estilo exagerado do Malmsteen impede, ao menos para mim, que o trabalho dele continue interessante de ouvir depois de um certo tempo. E acho que ele fez um relativo sucesso devido mais à novidade na época do que algum interesse genuíno do público pela sua música.

Guitarristas como BB King, Eric Clapton e David Gilmour não apresentam nada diferente há várias décadas, mas o som deles tem algo mais universal e mais "verdadeiro" que as escalas e arpeggios do Malmsteen. Talvez por isso sejam mais atemporais e as pessoas continuem se identificando com eles, apesar da falta de novidades.

Outros caras, como Eric Johnson, Al Di Meola e até Steve Vai têm um repertório estilístico, conhecimento geral de música e variedade de timbres que fazem com que, na minha opinião, o trabalho deles continue interessante e com algumas novidades mesmo depois de muitos anos.

Malsmteen e essas coisas "neoclássicas" e "metal melódico", para meus ouvidos, são uma coisa meio AC/DC: se ouviu um disco, ouviu todos. Não tem muita variação e acaba sendo maçante. Sem falar que não consigo gostar dos timbres de guitarra e bateria que usam. A diferença é que o AC/DC continua legal e divertido, enquanto os caras tocando escalas a mil por hora enchem o saco depois de pouco tempo.

De qualquer forma, não quero aqui entrar em uma discussão de absolutos nem fingir que estou tratando de algo objetivo. É só minha opinião sobre esse estilo musical e guitarrístico, da perspectiva de quem já ouviu até bastante, mas hoje não suporta mais esse negócio.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# dez/14
· votar


clguitar
Mui bem colocado. Concordo.
Abç

Die Kunst der Fuge
Veterano
# dez/14
· votar


o estilo exagerado do Malmsteen impede, ao menos para mim, que o trabalho dele continue interessante de ouvir depois de um certo tempo.

Exato. Em torno de 30 segundos, pra ser mais preciso.

cafe_com_leite
Veterano
# dez/14
· votar


clguitar

Tai um comentário sensato.

makumbator
Veterano
# dez/14
· votar


Die Kunst der Fuge
Exato. Em torno de 30 segundos, pra ser mais preciso.

Pior é que nesses 30 segundos o Malmsteen consegue tocar umas trocentas mil notas...hsahsah!

Lelo Mig
Membro
# dez/14
· votar


clguitar

Concordo com sua colocação... penso da mesma forma.

À acrescentar somente que ninguém discute a competência, talento e técnica do Malmsteen. Seria ignorância não perceber que ele é de fato, muito acima da média.

Só que eu acho ele vaidoso demais. E tenho a impressão (posso estar enganado), comparando álbum à álbum, que cada vez mais ele foi abandonando a música (composição, arranjos, preocupação com timbres e etc.) em prol de se mostrar, ficar fazendo malabarismo, tocando na velocidade da luz e jogando a guitarra prá cima.

TG Aoshi
Veterano
# dez/14
· votar


makumbator
huhaeuahe, vamos calcular

Peraí...

Achei uma Guitar Class "antiga" aqui, uma edição de 2003 com a capa "Vai X Malmsteen". De acordo com a matéria, Malmsteen: 17 notas/segundo (palhetadas).

30 x 17 = 66... digo, 510 notas

makumbator
Veterano
# dez/14
· votar


TG Aoshi
Achei uma Guitar Class "antiga" aqui, uma edição de 2003 com a capa "Vai X Malmsteen". De acordo com a matéria, Malmsteen: 17 notas/segundo (palhetadas).

30 x 17 = 66... digo, 510 notas


Hhsahsa! E ele nem precisa melhorar os bends e vibratos!

daimon blackfire
Membro Novato
# dez/14
· votar


só consigo ouvir algo desse gordo sueco por 5 segundos, mais do que isso não tem quem consiga.

cafe_com_leite
Veterano
# dez/14
· votar


Black star é uma musica legal.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# dez/14
· votar


cafe_com_leite
Eu tenho o vinilzão do 1º disco do gordo sueco (naquela época ele ainda era magro). É um disco legal!
Abç

JJJ
Veterano
# dez/14
· votar


Minha maior afinidade com o Malmsteen é o gosto pela Statocaster creme. Só que ele curte colar adesivos, eu abomino.

Lelo Mig
Membro
# dez/14
· votar


JJJ

"Só que ele curte colar adesivos, eu abomino."

E ele também curte joga-las a 20 metros de distância.............

daimon blackfire
Membro Novato
# dez/14
· votar


sério?

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a timo tolkki ex-stratovarius é uma farça (serio)