palhetada alternada usar ou não usar eis a questão.

Autor Mensagem
AB-JDR-94HI
Veterano
# set/10 · Editado por: AB-JDR-94HI


Seguinte galera...
sempre tive uma dificuldade enorme na palhetada alternada se comparada com as outras tecnicas,mais por questão de resistencia pois acaba com meu pulso...
hj resolvi abadonar a malvada e me dedicar mais as outras tecnicas que tenho mais facilidade;ligados,tapping,sweep...
sei que isso vai me limitar um pouco pois nunca fiz a palhetada economica do gambale...
mais como ja tenho uma faciliade em arpeggios e ligados, estava pensando em usar as escalas apenas com ligados...

isso vai me tornar um guitarrista muito incompleto na opinião de vcs?

rafajanson
Veterano
# set/10
· votar


isso vai me tornar um guitarrista muito incompleto na opinião de vcs?

Não se você se dedicar e treinar bastante!!


Mas o pulso dolorido na pratica da alternada é falta de pratica manow, ow entao está fazendo da maneira errada!! Tenta mexer mais os dedos e menos o pulso, fazendo um movimento da palheta o mais proximo possivel das cordas!! Com o tempo você vai pegando tecnica e versatilidade na palhetada alternada

AB-JDR-94HI
Veterano
# set/10
· votar


rafajanson
é fraqueza mesmo veio... uso mais os dedos sim...
ainda por cima fraturei o pulso esses dias tirei a faixa mais ainda doi d+... e nunca me dei bem com alternada!
sou rapido até mais nunca gostei de fazer ela... tenho preguissa de treinar ela... tipo, vou treinar ae treino sweep(maior alegria), alternada(pior que matematica pra mim,chato pra carai ae desanimo) e depois ligados(me animo denovo)

AB-JDR-94HI
Veterano
# set/10
· votar


vai fazer 4 anos que toco guitarra... ja arranhava outros instrumentos antes...
e a alternada quase me fez perder a vontade de tocar! kkkk
quase abandonei a guitarra e fui pro violão classico, só pra não treinar alternada!

Edu Gtr
Veterano
# set/10
· votar


AB-JDR-94HI

Cara, pelo que eu li, parece que vc esta fazendo errado.
A força da pahetada alternada não vem só do pulso, antebraço e o embalo da propia mão tbm ajuda (pelo menos é assim comigo).

Se o problema for a dor do pulso tente ver o que esta errado, mas se tbm for sincronia entre mao esquerda e direita te recomendo a velha e chata dica: faça devagar e limpo rsrsrsrs.

Flw

FiReFhOx
Veterano
# set/10
· votar


Eu palheto da forma que a mão quer...

Quando estou pegando uma musica, não fico me preocupando se em tal parte é alternada, outra não é... apenas leio a tab e deixo a mão ir sozinha do jeito que quizer xD

leticia123
Veterano
# set/10 · Editado por: leticia123
· votar


cara, a palhetada alternada pode aumentar até o dobro da sua velocidade se executada corretamente;

eu acho que o melhor é você treinar ela

Conde_guitar
Veterano
# set/10
· votar


AB-JDR-94HI

Cada um tem o seu jeito de fazer as coisas, se vc não consegue fazer palhetadas alternadas por causa de dores que ela te causa e consegue contornar essa situação com os ligados vai fundo!
O importante é ter resultados satisfatorios e não se prender pela maioria!
Tenha o seu estilo!

marcioguita
Veterano
# set/10
· votar


A tecnica do Gambali e show! siga sua cabeca,
abcs

Monsfogueri
Veterano
# set/10
· votar


AB-JDR-94HI
Cara, vc não vai ser incompleto não, eu baxei a video-aula do Richie Kotzen aki, e akele cara é mto loko, ele qse não palheta véio!


Ele sobe e desce uma escala, de ponta a ponta a no braço, sem palhetar nenhuma vez!

Rafa-Ban
Veterano
# set/10
· votar


se não me engano o Kotzen é um kra que não domina tão bem assim a alternada,e usa muitos ligados.Não tem nada de errado vc não ser tão fluente assim nela,mas se quer uma dica,observe como o kiko loureiro palheta,eu percebi que ele segura a palheta praticamente com a ponta dos dedos,deixando quase"meia palheta pra fora",resolvi experimentar o conceito e,pelo menos no meu caso,facilita bastante a precisão e fluencia na alternada,ainda acho meio embaçado pra tocar acordes e certos grooves,mas é uma alternativa
abç

Giggs
Veterano
# set/10
· votar


Tenho mta dificuldade com alternada tb... nao por questao de dores mas pq aprendi a tocar com palhetada só pra baixo (mania), agora pra desaprender isso ta dificil
No meu caso, to treinando, aos poucos, tocar com a palhetada alternada,pq é muito importante, ganha velocidade demaaaaaaiss nos solos e não vou descansar enquanto não aprender direito !
NO seu caso, de sentir dores, talvez esteja forçando demais o pulso, e como o pessoal falou tente usar um pouco o braço e os dedos tambem, e com a palheta perto das cordas o movimento e esforço q vc faz é bem pequeno

Conde_guitar
Veterano
# set/10
· votar


AB-JDR-94HI

Cara é vc que treina horas e horas por dia né???

Enfim, mtas horas de exercicios fisicos praticados de forma inadequada,todo dia, e ainda em ritmo de exercicios malmsteeanos pode ser o motivo dessas dores, talvez vc esteja forçando demais e mesmo que nosso organismo fosse uma maquina, até maquinas pifam com sobrecargas.

Acho que esse é o seu caso, e caso seja por não conseguir dominar msm a tecnica invista nos seus ligados e seja feliz!

Son Volt
Veterano
# set/10
· votar


Acho que aqui no Brasil o pessoal tem uma tendência de sobrevalorizar a técnica, por isso a maioria dos nossos guitarristas respeitados são metaleiros, fritadores ou pessoas mais chegadas em sons pesados que dependem dessas técnicas, geralmente usando guitarras com floyd rose. Valorizam demais a habilidade de tocar.

Acho importante saber usar os dedos e palhetadas variadas, não ficar se forçando a palhetar de um jeito por ser mais "veloz". Claro que tem coisas erradas que os aprendizes devem ser instruídos, mas se eu fosse deixar me levar por esses conceitos técnicos demais eu teria abandonado de vez a guitarra. Mas aí eu descobri que o estilo de música que eu gosto de ouvir e os guitarristas que me inspiram nunca fizeram parte das pessoas que ensinam essas técnicas, eles desenvolveram suas próprias muitas vezes, e foram desacreditados por eruditos, como o Clapton foi.

Aqui temos muito essas aulinhas "pra vender revista", professores estrelinha que todos tem o mesmo timbre e som altamente distorcido e pesado ensinando todos os macetes pra soar como um guitarrista virtuose heavy metal, aconselho a quem tiver sentindo que a sua praia não é essa a simplesmente procurarem outras fontes de inspiração, talvez o blues ou até jazz (praqueles que não dispensam técnicas mais apuradas e velocidade), pois valorizam muito mais o feeling e a necessidade de técnica para a música soar melhor, não pra palhetada render mais ou alcançar a velocidade do Malmsteen como se isso fosse o segredo de um som bom.

Pedras serão atiradas contra mim!

Conde_guitar
Veterano
# set/10
· votar


Son Volt

Cara concordo em parte com vc mais acho que vc escolheu o ugar errado pra desabafar, só vai gerar discussões aqui.

Pepe Le P
Veterano
# set/10
· votar


Son Volt
Pedras serão atiradas contra mim!

Eu achei bastante válido seu ponto, o principal da música é o cara ter prazer em tocar.

Sobre a técnica como muitos disseram não há a necessidade de dominar uma gama imensa de técnicas. Eu não sou lá um exemplo de técnica apurada, mas quando estou estudando eu tento trabalhar em cima das minhas dificuldades, as vezes eu até busco focar nelas, e nota que isso vem me auxiliando a progredir constantemente, mesmo que eu não tenha lá muito tempo pra me dedicar ao estudo.

Não há necessidade de ter alternada fluente, mas acho que se você tiver, melhor pro seu vocabulário guitarrístico. A alternada tem um lance de acentuação e ritmica que eu acho que abre possibilidades bem interessantes.

Rafa-Ban
Veterano
# set/10
· votar


Son Volt
vc tem razão kra,mas eu tenho que admitir que tocar rápido é uma das minhas ambições,mas não a maior delas(até fiz um tópico sobre quem só valoriza técnica vide meu perfil)só que ao meu ver,ter um nível avançado na maior variedade de técnicas possível é como não ter limites pra idéias musicais,quem ja não se pegou elaborando um lick ou riff que pode estar além do seu ível,o que me atrai na técnica é a possibilidade de se executar o que vier a cabeça sem medo e com o mínimo de limitações(pelo menos físicas),entende?
abç

banhaz
Veterano
# set/10 · Editado por: banhaz
· votar


Cara, eu não toco há muito tempo, não conheço muito.
Mas digo uma coisa: seja pelo menos razoável em cada técnica, pra só depois criar sua "assinatura". Ficar limitado depois é foda, com certeza. Vou dar um exemplo que não tem muito a ver, mas acho q serve: o kirk hammet. O cara é muito foda, adoro o metallica, beleza. Mas ele tem umas que são imperdoáveis, não domina tudo (o que deveria, olha o nível da banda - mustaine, saudade eim), e fica usando muito wah wah e bend pra ajeitar as coisas (minha impressão). Vendo ele ao vivo, não dá aquela sensação, sabe?
Domine o básico, acho que é o que os caras fodas recomendariam.

froggy
Veterano
# set/10
· votar


eu só uso os dedos, questao de reeducar se vc preferir, cada um palheta de um jeito e toca de um jeito, o que determina vc um bom musico é sua criatividade, gente q só esbanja tecnica pra mim n tem muito valor

abç

Arimoxinga
Veterano
# set/10
· votar


só tem uma opção tá treinando errado como alguns já citaram se vc ficar TENSO meu velho na hora da palhetada prepare uma bolsa de gelo para a sua tendinite tem que se tocar o mais relaxado possivel com as duas mãos é a lei do minimo esforço! :D

Obs: passo horas treinando oque eu mais gosto palhetada alternada com sweep só na descida não sinto nada nos pulsos!

Peace

Megadave
Veterano
# set/10
· votar


Acho que pra qualquer músico se expressar bem, tem que haver o minimo de conhecimento técnico do instrumento, caso contrário acredito que as idéias e temas que surjiram em sua mente na hora de compor não serão inseridos de forma satisfatória no instrumento, seja qualquer o estilo proposto. Nada pior que imaginar uma frase pra sua música e não conseguir executar da forma que voçê queira!!

Andy TheCatSp
Veterano
# set/10
· votar


AB-JDR-94HI
cara, eu uso muito alternada, e sou melhor em alternada do que em ligados, mas voce tem que ver qual é o teu estilo hehe

"siga o que seu coração diz"
Já dizia um grande sabio

Conde_guitar
Veterano
# set/10
· votar


caso contrário acredito que as idéias e temas que surjiram em sua mente na hora de compor

Podiam usar o Fcc no horario político pra mostrar que a escola brasileira tá ensinando bem o portugues ein!

Brinks brother, só toma cuidado que uma diferença minuscula pode mudar o sentido da frase e vc não se expressar da forma que gostaria

Ex:Surgirem
Surgiram
Surgirão

AB-JDR-94HI
Veterano
# set/10
· votar


valeu galera... vou investir nos ligados...
não eu não fico tenso, mais alternada cansa d+ mesmo!
acho que treinando mais ligados vai ser mais dificil por exemplo de conseguir uma tendinite!
obrigado a todos que me ajudaram....
valeu galera!

Jim Marshall
Veterano
# set/10
· votar


AB-JDR-94HI

Faça o que achar melhor, não existe regra para isso...vai de cada um.


Abraço,

See ya!

d1rc3u
Veterano
# set/10
· votar


Olha AB-JDR-94HI, lógico se vc acha melhor investir nos ligados vai fundo. Mas o mínimo qualquer técnica se tem q ter.

O ligado não substitui a palhetada. Se vc não é o John Petrucci da alternada ótimo. Mas um dia vc vai ter que usar palhetada ao invés de ligado. Então se vc acha q tem um nível pelo menos razoável de palhetada alternada tudo bem. Mas se não tem vc vai se limitar sim.

AB-JDR-94HI
Veterano
# set/10
· votar


Então se vc acha q tem um nível pelo menos razoável de palhetada alternada tudo bem.
tenho uma palhetada +ou- sim... faço uns 120/125 bmp em sextina nos modos com alternada!

papillon
Veterano
# set/10
· votar


Son Volt

disse tudo!!
to contigo e não abro!!

abraço

fripp
Veterano
# set/10
· votar


Son Volt
Concordo plenamente.

Rei Arthur Pendragon
Veterano
# set/10
· votar


Cara, vou colar uma coisa que escrevi aqui, nesse tópico antigo :
http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/212171/


Cara, eu estudei as duas técnicas, sendo que utilizo mais alternada, recorrendo ao sweep qd preciso de arpejos q atravessam as seis cordas insanamente ou qd uso ligados palhetando.
Cada uma tem suas vantagens e características. A alternada é a técnica que te permite tocar qq coisa, enquanto q o sweep é um recurso para arranjar alguns casos. Portanto, sempre o cara tem que saber usar a primeira.
Quanto à sonoridade, o sweep tem um som q fica algo entre o ligado e o staccato, enquanto q a alternada é bem aquele staccato, fica bem percursivo.
No caso da velocidade do sweep, essa vantagem vem qd se cruza as cordas, com númeors ímpares de nota, tipo arpejos ou escala 3 notas por corda, sendo que tb devido ao preparo mais enérgico os guitarristas de alternada tendem a tocar padrões de palhetada de duas, uma corda(ou q atravessam as cordas paulatinamente) mais rápido. Em alguns casos, n vai dar pra usar só sweep, então sugiro aprender bem as duas técnicas.

Alternada :
Vantagens - Movimento mais natural, menos complicada(apenas na lógica[cima/baixo] q n muda, na prática é provavelmente mais foda ehehe) fácil de acentuar em diversos grupos rítmicos e manter duração uniforme de notas.

Desvantagens - Gasto de energia e maior movimentação causam mais esforço físico. Execução muito difícil qd usada em certas coisas como arpejos de uma nota por corda ou similares, sendo complicado tb obter velocidade nesses casos.

Sweep :
Vantagens - Economia de movimento e energia - menos esforço e permite maior velocidade (apenas ao cruzar cordas usando a técnica)

Desvantagens - Acentuação rítmica é mais difícil, e tb é muito mais difícil manter a duração das notas igual, pois o movimento n é tão natural qd cima/baixo/cima/baixo (o guitarrista tende a acelerar a parte de sweep e apenas marcar as pontas em arpejos, por ex.). Movimento menos natural e complicado de aprender ao utilizar a técnica tocando em mais de uma nota por corda.

Acho que isso resume mais ou menos a utilidade e aplicação de cada técnica. Avalie td, e vá pegar a guita pra ver o que melhor te serve.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a palhetada alternada usar ou não usar eis a questão.