Notificações Amigos pendentes

      Fórum Cifra Club - maior fórum de m&uacite;sica do Brasil

      Guitarristas que tocam Blues - Nova "Safra"

      Autor Mensagem
      Johnny Favorite
      Veterano
      # fev/09
      · votar


      que sonzêra esse tópico hein?

      MauricioBahia
      Moderador
      # fev/09
      · votar


      O John Mayer tá com uma pegada show de bola! Ui!

      MauricioBahia
      Moderador
      # fev/09 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      zoso
      Fernando Noronha? Vou dar uma pesquisada
      Baixe qualquer coisa desse cara, é muito foda.

      Foda mesmo!!! Mas acho o Mauro melhor... :-) Vlw!

      Johnny Favorite
      É... só filé! Tá bonito! Esse tópico vai me ajudar, e talvez a muita gente, a dar uma recicalada. ;-)

      A lista, agora com 2 brazucas da nova safra!

      - Johnny Lang
      - John Mayer
      - Derek Trucks
      - Kenny Wayne Shepherd
      - Doyle Bramhall II
      - Joe Bonamassa
      - Eric Sardinas
      - Tab Benoit
      - Dennis Hormes
      - Mauro Hector
      - Fernando Noronha





      MauricioBahia
      Moderador
      # fev/09
      · votar


      A vídeo-lista! ;-)

      Johnny Lang



      John Mayer



      Derek Trucks



      Kenny Wayne Shepherd



      Doyle Bramhall II



      Joe Bonamassa



      Eric Sardinas



      Tab Benoit



      Dennis Hormes (assustador)



      Mauro Hector



      Fernando Noronha e Frank Solari (fodaço)



      MauricioBahia
      Moderador
      # mar/09
      · votar


      Pra quem não viu a lista em vídeo, um upzinho.

      Obrigado pelas dicas!

      P.U.L.S.E
      Veterano
      # abr/09 · Editado por: P.U.L.S.E
      · votar


      Bom pessoal, desculpe pela minha pequena "escavada" de tópico, mas estou aqui pra acrescentar duas informações, ou melhor, dois guitarristas para o tópico:

      Davy Knowles(Sempre cito esse cara ou a banda dele nos meus posts relacionados à blues):




      Philip Sayce




      Comparando os dois, eu acho o Davy Knowles muito melhor, aliás, na minha opinião, o Davy é o melhor dessa nova safra de guitarristas... Eu sei que o Philip Sayce tem muito mais habilidade motora, assim como o John Mayer e tantos outros desse tópico, mas o grande problema do John, do Philip e de tantos outros guitarristas de blues da safra atual é que eles possuem timbre, pegada e licks idênticos aos do Stevie Ray, e isso me irrita.

      Já o Davy Knowles é diferente, possui um timbre muito bom, boa pegada e tem seu próprio estilo e produz um som muito agradável, o que é raro de se encontrar em guitarristas que tentam ser criativos.

      Espero que gostem.

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/09 · Editado por: MauricioBahia
      · votar


      P.U.L.S.E
      Conhecia o Backdoor Slam de um tópico aqui no FCC. Acho que foi até vc quem postou... Muito foda! Bem lembrado. Pô, tem uma galera sinistra...
      Abs

      P.U.L.S.E
      Veterano
      # abr/09 · Editado por: P.U.L.S.E
      · votar


      MauricioBahia

      Hehe... eu me lembro daquele tópico... lembra quando eu falei que esse cara tinha futuro? Então, eu estava certo! O Davy Knowles está abrindo alguns shows da turnê do Jeff Beck e vai abrir alguns shows para Buddy Guy também... sem falar que o novo cd do Davy está sendo produzido por ninguém menos que Peter Frampton.

      nichendrix
      Veterano
      # abr/09 · Editado por: nichendrix
      · votar


      Krayvhos
      Se for isso Nuno se encaixa.

      Seob muitos aspectos eu encaixaria o Nuno nessa lista, já que apesar de mais de 30 anos nas costas, ele só começou a ser realmente reconhecido de 10 anos pra cá, quando ganhou o premio de melhor guitarrista de blues da Guitar Player Americana, não sei a quantas anda, mas ele passou um bom tempo tocando e escurcionando com o Double Trouble, a banda do Stevie Ray Vaughan.

      MarcosBorba
      esse cara toca muito. Só de ouvir um minuto já da pra perceber a influência que ele teve de SRV.

      Será que é porque o pai do cara é baterista da banda do irmão do SRV e foi o baterista da banda do SRV e do Jimie Vaughan, a Vaughan Brothers???? Enfim o cara que ensinou o garoto a tocar foi o mesmo que ensinou o Stevie, e acho que ele parece bem mais com ele (Jimmie Vaughan que com o SRV).

      E bah, se o Clapton diz que queria tocar como ele, quem sou eu pra discordar

      zoso
      O Brasileiro Fernando Noronha, o maior bluesman do Brasil!

      Cara, eu vou morrer dando esse titulo pro André Christovan, quem chega perto na briga ainda é o Nuno Mindelis, mas o Fernando é bom, engraçado que ele toca a relativamente pouco tempo, já aprendeu a tocar bem tarde, já adulto quando fazia um trabalho para uma agência de modelos e teve que ir para New Orleans.

      MauricioBahia

      Já que a idade não importa, eu citaria o Big Bill Morganfield, o cara é filho mais novo de ninguém menos que Muddy Waters, e só começou a tocar depois da morte do pai, quando herdou a coleção de guitarras dele e ao invés de vender preferiu aprender a tocar para honrar o legado do pai dele, mas isso o cara já tinha mais de 30 anos. O primeiro disco dele é de 1998, e tem despontado como um dos grandes nomes do slide, apesar de não negar as suas origens no Chicago Blueas, ele propositalmente ele se afastou um pouco delas e toca um Blues de Chicago com muita influência do Delta Blues e do Blues de New Orleans dos anos 40 e 50 como o Johnny Guitar Wattson, Little Walter, Son House, Big Bill Broozy (de onde ele tirou o nome artistico) e outros que tem uma influência bem forte no som dele. O cara voltou tanto no tempo que o estilo de musica que ele toca é praticamente uma novidade pros tempos de hoje.

      Uma guitarrista bem legal que também tem despontado nos ultimos 15 anos é uma canadense chamada Sue Foley, a voz dela é meio fraquinha, mas ela toca pra cacilda e até que manda bem nos vocais apesar da voz não ajudar.

      E apesar de esses não serem nada novo, eu recomendo muito ouvir o trabalho do Ronnie Earl and the Broadcasters, o cara já tem uns 30 anos de carreira, mas não é muito conhecido pra bandas de cá e faz uma mistura legal de blues e soul (nesse quesito acho ele muito melhor que o Robert Cray, que tb é um animalzinho), ele tem toda aquela política de blues minimalista, como ele diz na video aula dele, se você não consegue dizer com 3 ou 4 notas, então não está no ponto.

      Outro cabra da mesma geração do Ronnie Earl que faz uma grande miséria tocando Blues, Rock and Roll e Jazz é o Duke Robillard, o cara é um dos maiores pesquisadores nos 3 estilos e um dos grandes professores americanos no quesito. E ele passeia de T-Bone Walker e B.B. King até Wes Montgomery de uma forma impressionante. Pra mim é a melhor video aula da série Hot Licks, porque ele mostra um conceito bem simples, Blues, Rock e Jazz são basicamente variações da mesma coisa, mas ele mostra isso duma maneira tão simples, que vc se pergunta como não notou antes. E eu adoro mostrar isso pra todo mundo que me diz que são 3 coisas que não tem nada a ver uma com a outra.

      Agora se quer coisa bem nova, tem aquele menininho do Youtube, hehehehehehehhehehehehehe

      Konrad
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      Já que falaram do Ronnie Earl, aqui vai um vídeo, junto com um injustiçado.



      nichendrix
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      brunoliam

      Muito injustiçado, pq o Jimmie é o cara que o SRV passou a vida toda tentando tocar igual, o cara teve como padrinhos e mentores musicais ninguém menos que Albert King e Johnny Winter, e foi "professor" de toda uma safra de grandes guitarristas, do Doyle Brahmhall III chegou a ajudar o Keny Wayne Shepherd e o Johny Lang no começo... e só quem recebe os creditos é o irmão mais novo.

      Konrad
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      nichendrix

      Pois é. Vive à sombra de um monstro, né? Sem contar que a voz do Jimmie é agradabilíssima. Ele tem umas músicas que soam bem anos 50. Agora (há uns dois anos) lançou um CD com músicas do Jimmy Reed. Ótimo também.

      Abç

      nichendrix
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      brunoliam

      Cara é uma coisa bem engraçada isso, pq nos USA o Jimmie Vaughan é mais famoso que o Stevie, até pq tem muito mais tempo de carreira, o lance do SRV é que ele tocou com o David Bowie, e ficou famoso no mundo pop e especialmente fora dos USA, mas boa parte da carreira do Stevie foi a sombra do irmão mais velho também. E acho que nos ultimos 2 discos fica claro que o estilo do Stevie extava cada vez mais próximo do estilo do Jimmie, no caso no disco do Vaughan Brothers e no In Step.

      rpareja
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      po conhecia poucos desses... o Johnny Lang toka muito mesmo...mas ainda entre so que estão aí acho que o john mayer é o mais phoda...

      Obs.: sei que gosto é gosto mas... o Jimmie" Vaughan pode ser muito bom, mas acho que é impossivel dizer que o SRV ficou na sombra ou que tentou ser igual...nunca escutei alguem chegar perto da "violencia" que o SRV tocava...

      Atum Bluesman
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      rpareja
      Obs.: sei que gosto é gosto mas... o Jimmie" Vaughan pode ser muito bom, mas acho que é impossivel dizer que o SRV ficou na sombra ou que tentou ser igual...nunca escutei alguem chegar perto da "violencia" que o SRV tocava...


      realmente, o Jimmie é muito mais suave na maneira de tocar, enquanto a guitarra do SRV gritava a do Jimmie sussurra.

      nichendrix
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      rpareja
      Atum Bluesman

      Isso não sou eu quem diz, é o próprio SRV, que várias vezes disse que tocar como o irmão sempre foi o ideal dele no instrumento, que mesmo depois de maduro, de ter definido um estilo proprio, ele ainda afirmava que o estilo do irmão era o ideal a ser perseguido, mesmo ele sabendo que nunca chegaria lá, tanto que você vê uma suavisação progressiva na sonoridade dele do começo até a morte, cada vez mais ele tentava tocar como o irmão.

      E agressividade não é tocar bem, é uma expressão ao tocar, e se tu analisar o estilo do Stevie, os signature licks dele e tudo mais, tu vai ver que boa parte do que ele faz é misturar o irmão dele e o Albert King, inclusive o produtor do David Bowie, que era o guitarrista da banda do James Brown chegou a dizer que se ele achava o Stevie grandes coisas, deveria conhecer o Albert King.

      Eu gosto muito do SRV, tem muita coisa dele no meu jeito de tocar, e acho que depois do Clapton e do Hendrix, com certeza ele foi o cara que mais me influênciou, mas não tem muito pra onde esse endeusamento dele não, já que depois que tu conhece mais o Blues do Texas, especialmente os dois guitarristas que falei mais cedo, tu vê que ele não fez grandes coisas de novo não, no máximo tocou Albert King e Jimmie Vaughan no "Hendrix Voodoo Style"

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/09
      · votar


      P.U.L.S.E
      Eu li no Y2B que a Backdoor Slam acabou... Que sonzeira hien.



      Show!

      nichendrix
      Albert King era "o cara" a ser copiado! hehe
      Abs

      André Arraiano
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      bonamassa por jesus!

      nichendrix
      Veterano
      # abr/09 · Editado por: nichendrix
      · votar


      Só pra não deixar passar sem videos

      Sue Foley , eu acho massa é essa telecaster com pintura paisley cor de rosa e B-Bender que ela usa no inicio do segundo video.




      Big Bill Morganfield



      Esse aqui são os 3 filhos do Muddy Waters, Big Bill Morganfield e Joe Morganfield nas Guitarras e o Mud Morganfield nos vocais.


      Duke Robillard, o ultimo viddeo é um pedaço da video aula dele na série Hot Licks, Uptown Blues, Jazz, Rock and Swing Guitar.





      Ele com o Albert Collins e com o Joe Loius Walker



      Ronnie Earl and the Broadcasters... You Give me Nothing But the Blues Baby, and I still go for yooooooooooooooouuuuuuuu... ehehehehehhehe



      Agora finalmente só pra descontrarir, duas Blues Womans que tocam pra caralho, Roxane Potvin e Deborah Coleman





      nichendrix
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      up

      P.U.L.S.E
      Veterano
      # abr/09 · Editado por: P.U.L.S.E
      · votar


      MauricioBahia
      Eu li no Y2B que a Backdoor Slam acabou...

      Não é bem isso... acontece que o batera e o baixista do Back Door Slam resolveram seguir caminhos diferentes, por que o único cara que realmente quer subir na carreira nesse gênero Blues-Rock é o Davy Knowles, que é o guitarrista da banda e é o único que realmente chamava a atenção no grupo...

      Aliás, TODAS as músicas do Back Door Slam foram compostas por ele.

      Apesar de tudo, ele continua fazendo os shows com o nome de Back Door Slam, porque foi com esse nome que ele conseguiu reputação nos Estados Unidos, e agora ele está abrindo shows para o Jeff Beck e para o Buddy Guy... não duvido nenhum pouco que ele apareça em algum show com o Clapton nos próximos anos.

      O que mais me espanta é que o cara tem 21 anos de idade e já tá abrindo show pra um gigante do blues que é o Buddy Guy.

      Edit:

      Achei um ótimo vídeo do Davy Knowles fazendo um bluesão no violão:



      nichendrix
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      P.U.L.S.E
      O que mais me espanta é que o cara tem 21 anos de idade e já tá abrindo show pra um gigante do blues que é o Buddy Guy.

      O que me espantava era o johnny Lang fazer isso com 14, com 21 o Clapton já era chamado de Deus da guitarra.

      P.U.L.S.E
      Veterano
      # abr/09 · Editado por: P.U.L.S.E
      · votar


      nichendrix
      Ah cara, não tem como comparar o Clapton com esse garoto, primeiro por que o Clapton é uma jóia rara, dessas que aparecem na historia da humanidade a cada 50 anos, segundo porque temos que lembrar que o Clapton pertenceu a uma época aonde o Blues e Rock eram a música do momento, o fato de ele ter sido chamado de deus naquela época estava mais relacionado com sua fama do que com seu talento, e a maior prova disso é que atualmente ele toca muito, mas muito melhor do que naquela época e a quantidade de pessoas que o chamam de deus atualmente é muito menor.

      Johnny Lang

      O Jonny Lang (sim, é sem a letra "h") é um guitarrista de mão cheia mas que ainda não conseguiu fazer nenhum disco melhor do que o seu primeiro disco, que ele gravou quando tinha 16 anos, se eu não me engano. Não estou dizendo que seus novos trabalhos são ruins mas sim que ele é capaz de fazer muito mais.

      O John Mayer é um exemplo de um cara que só tem melhorado ao longo dos anos, no começo ele era uma cópia idêntica do timbre e dos licks do SRV, mas a cada ano que passa ele tem se afastado disso e tem mostrado um estilo cada vez mais original, e tem tudo pra ocupar um espaço entre os grandes guitarristas.

      nichendrix
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      P.U.L.S.E

      Cara o Clapton foi chamado de Deus não por causa da Fama, já que quando isso aconteceu ele era um adolescente desconhecido que tocava em uma banda de Blues que não era das mais famosas, já que nos tempos dos Beatles, quem diabos era o John Mayall??? Apenas um jornalista e escritor que tinha a musica como hobbie.

      O Blues não era a musica da moda naqueles tempos, ninguém sabia o que era um Marshall e a Les Paul era uma guitarra que vendia tão mal que tinha saído de linha há quase 4 anos.

      Quem mudou isso foram justamente um tal de Eric Patrick Clapton e uma bandinha chamada The Rolling Stones. Os Stones porque mostraram aos USA a musica que eles negavam que existia, o Blues, mas que infelizmente mesmo com a ajuda deles, nunca chegou a ser popular. O Clapton porque no disco Beano do John Mayall mostrou ao mundo algo que a maioria nem sonhava que já existia, a combinação Gibson com Marshall no talo e solos rápidos, demorados e viajadões.

      É por isso que ele era chamado de Deus, não porque era moda na época.

      Aliás, vale a pena ler um livro do Paul Friedlander cjamado Rock and Roll, uma história social, que aborda a história do Rock de uma forma bem interessante, usando tanto estudos sob a ótica da arte, de sociologia e de história. É um dos livros mais fodas que já li, porque traça toda a genealogia do Rock and Roll desde o fim do século XIX até a decada de 1990.

      O Jonny Lang (sim, é sem a letra "h") é um guitarrista de mão cheia mas que ainda não conseguiu fazer nenhum disco melhor do que o seu primeiro disco, que ele gravou quando tinha 16 anos, se eu não me engano. Não estou dizendo que seus novos trabalhos são ruins mas sim que ele é capaz de fazer muito mais.

      Sim, é Jonny Lang, se você for ver não existe uma forma correta de escrever o diminutivo do nome dele, alguns como o John Lennon usam Johnny com H, outros com sem o H, e lembrar qual usa em qual a essa hora a noite, não é a coisa mais fácil não.

      O melhor disco dele, o Lie to Me, foi o segundo disco dele, foi gravado aos 15 e lançado quando ele já tinha 16, mas o disco que lançou ele foi o disco anterior ele Smokin' que foi gravado quando ele tinha apenas 14 e lançado quando o garoto tinha 15. De qualquer forma, entre os 16 e os 16 ele conseguiu roubar a cena de ninguém menos que o Eric Clapton, que na época ainda estava na turnê do From the Cradle. Então por mais que o menino não tenha se mantigo fiel ao estilo (o que é de se esperar de alguém cuja primeira turnê mundial foi aos 15 anos), pra falar a verdade o Lie to Me vendeu mais e teve mais destaque que o How Blue Can You Get, Classic Live Performances do B.B. King no ano de 1996. Ele fez, aos 16 algo que muita gente grande e melhor que ele, como o próprio SRV, não conseguiu, ter mais destaque que o Clapton e o B.B. King, no lançamento de um disco e de uma turnê de estéia.

      E pode ter certeza que metade desses manézinhos americanos mais novos que ele que copiam o SRV começaram a tocar por influência dele e do Kenny Wayne Shepherd, logo, não se pode negar que os caras tiveram e ainda tem o seu valor.

      Sobre o John Mayer, o cara é foda, eu não conseguiria definir ele melhor que você, mas não tem como comparar, tanto o John Mayer é 4 anos mais velho que o Johnny Lang como também estoudo, mesmo que por pouco tempo na Berklee, só a melhor escola de musica popular do planeta. E quando finalmente decidiu partir pro vamos ver e fazer o que faz hoje já tinha 23 pra 24 anos de idade.

      Acho que não tem como comparar esse background com o do Jonny Lang que praticamente só faz turnê desde os 15 anos de idade, e que nunca parou pra estudar musica de verdade.

      No fim os dois tocam muito melhor que eu, como diz um amigo meu: Putz, eu fazendo doutorado em musica e esses meninos ai cantando e tocando desse jeito com menos de 20 anos de idade.

      MauricioBahia
      Moderador
      # abr/09
      · votar


      nichendrix
      Crazy man! Depois eu "ouvo" tudo aí. Estou numa corrida contra o tempo aqui! Obrigado pelas dicas! Abs

      P.U.L.S.E
      Veterano
      # abr/09 · Editado por: P.U.L.S.E
      · votar


      nichendrix

      Opa... peraí rapaz, não disse que o Clapton era chamado de ser superior por causa da fama, mas sim por sua repercursão na mídia, você interpretou o meu texto de outra maneira. O que eu quiz dizer é que, numa época onde haviam poucos guitarristas onde tocavam nesse estilo, o Eric Clapton surge e demonstra grande talento, mas que se ele tivesse surgido em uma outra época mais tardia, talvez ele não chamasse tanto a atenção.

      Temos que lembrar que foi da metade para o fim dos anos 60 que esse conceito de "Guitar Hero" começou a surgir, e nessa época, os grandes guitarristas eram os caras que faziam Blues-Rock, como o Clapton e o Jimi Hendrix. Concordo que esse estilo não era o mais pop, mas que tinha muitos seguidores isso é inegável.

      Olhando pelo lado do John Mayall, eu concordo totalmente com você, mas olhando pelo lado Cream, a gente tem uma visão totalmente diferente do perfil do Eric Clapton.

      Lembrando que o Clapton é um dos meus prediletos, não estou aqui para criticá-lo, não é essa a minha finalidade. Miha finalidade e mostrar que a realidade musical daquela época era totalmente diferente do que o hoje, e devido á isso, guitarristas de grande talento e criatividade nesse gênero são mais raros, devido a menor quantidade de influências no blues, hoje em dia, todo mundo precisa escavar sua coleção de álbuns pra encontrar grandes guitarristas de blues.

      Quanto ao Jonny Lang, em momento nenhum eu quis corrigir você, só falei aquilo por que é assim que o nome dele aparece nos lugares.
      Eu errei quando falei do disco dele, na verdade eu me referia a esse segundo disco o Lie to Me, é que já faz uns dois anos que não ouço nada do Jonny Lang, por que ele não lançou nenhum material novo desde 2006, então eu até desanimei de ouvir.

      Eu nem quis compará-lo com o John Mayer, só dei exemplo de um cara que demonstra evolução, amadurecimento profissional, etc.

      Victorblues
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      P.U.L.S.E
      nichendrix

      Sem tirar o mérito de clapton ou stones, esses caras fazem parte da 2º leva de blues britânico e a 1ª leva a destacar ao grande público o blues, os caras que tiram o blues do underground londrino, como o nichendrix falou.

      O Blues realmente ñ era a música da moda, porém em londres desde no inicio dos anos 60 havia uma cena underground bem definida com bares de blues, público cativo e bandas como a de Alexis Corner (grande locutor da BBC) e a sua Blues Incorporated, Jonh Mayall e outras obscuras que ficavam entre o pop e blues como a Killing Floor etc.

      O tópico ñ tem muito a ver, mas quem quizer tocar material dessas fases iniciais do British Blues, tamos aí!!

      nichendrix
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      P.U.L.S.E
      Eu não vejo problemas em me corrigir, até pq eu também não ouço muito ele, disco mesmo eu só tenho os 2 primeiros e mesmo em MP3 ele não rola muito na minha Playlist, e a unica musica dele que realmente gosto é a própria Lie to Me, que fez parte do repertório da minha banda de Blues.

      EU falei do perfil do cara em relação ao John Mayer não pra fazer uma comparação, mas pra mostrar que são duas realidades muito diferentes. Enquanto um abraçou os estudos antes da fama e vem demonstrando continuar isso depois dela e por isso evoluindo rapidamente, o outro em parte evolui mais devagar, eu conheço os trabalhos recentes dele e apesar de não ser minha praia, eu acho que ele vem evoluindo sim, o mesmo vale pro Kenny Wayne Shepherd, só que o lance deles agora é outro, e pra mim eles souberam fazer essa transição de mudar de um estilo pra outro totalmente diferente de uma forma bem interessante, já que não perderam as raizes no processo, não fazem mais blues, mas fazem um Pop Bluesy bem legalzinho pra essa geração High School Musical.

      Mas não duvido nada que em algum momento eles voltem aos trilhos do Blues e realmente possam provar a evolução deles.

      No fim eu encaro isso como a fase anos 80 do Clapton, os dois estão numa fase de experimentar sem compromisso, sem a necessidade de ser fiel ou exceder em nada, e em algum momento, creio eu, irão voltar e mostrar no que isso ajudou eles a amadurecerem seu som.

      Temos que lembrar que foi da metade para o fim dos anos 60 que esse conceito de "Guitar Hero" começou a surgir, e nessa época, os grandes guitarristas eram os caras que faziam Blues-Rock, como o Clapton e o Jimi Hendrix.

      Cara aí é que está, o Clapton foi quem criou esse mito, o próprio Hendrix afirmava que ver o Clapton tocando foi o que fez ele formar o Experience e pirar também, tentar ser o novo "Deus" das guitarras.

      Uma analogia a isso pode ser feita ao SRV e ao Slash, em uma época em que o Pop se afastava cada vez mais das guitarras, eles trouxeram o foco pras 6 cordas de novo, mesmo que momentaneamente.

      Isso é uma coisa que eu sinto falta hoje, que apareça algum guitarrista "motherfucker" pra trazer o mundo de volta pros trilhos e mostar o norte pra essa geração nova.

      nichendrix
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      Victorblues

      Estamos aí também, um dia, se eu tiver dinheiro eu disponibilizo meus MP3 pra galera, entre os diversos estilos de todos os cantos, tem mais ou menos 1TB de MP3, pelo menos metade é de Blues.

      SObre a cena londrina, é bem interessante lembrar que um outro ponto interessante é que o movimento iniciado nessa primeira geração começou a levar os negões dos USA pra Londres e até que a geração do Clapton e dos Stones pudessem trazer prestigio para eles nos USA, Londres e Paris foram um dos poucos lugares em que eles podiam alcançar algum sucesso.

      Victorblues
      Veterano
      # abr/09
      · votar


      nichendrix

      Pois é cara, ta tudo "...Pop Bluesy bem legalzinho pra essa geração High School Musical...." ou chupadores do SRV.
      Ou começa blues e vira jazz worldmusic.

      Sei lá deve estar faltando uns whiskys na veia desse povo.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Guitarristas que tocam Blues - Nova "Safra"

      306.450 tópicos 7.907.860 posts
      Fórum Cifra Club © 2001-2018 Studio Sol Comunicação Digital