Fender Texas Special, 57/62, American Standart - Qual?

Autor Mensagem
conandrade
Veterano
# nov/08
· votar


O senhor Van Zandler tem alguma relação com a marca Van Zandt de captadores??

Se sim... curioso!

Antes de comprar minha guitarra, lembro de ter visto uma American Vintage '57 usada, dourada (realmente bonita), tunada com caps Van Zandt. Eu não ouvi o som, não toquei nem nada... tava MUITO cara, nem dei chance de me apaixonar pela guitarra. Mas o dono falava e enaltecia tanto o som dela, os captadores, que eu fiquei curioso!

Marciocp
Veterano
# nov/08
· votar


conandrade

Isso mesmo cara, é o Mr. Van Zandt dos captadores Van Zandt.

http://www.vanzandtpu.com/home.html

http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/196219/

conandrade
Veterano
# nov/08
· votar


Show de la pelota velhinho!
Deve ser uma coisa mesmo, pelo que parece...

Carlos Villas
Veterano
# 02/mar/20 01:40
· votar


undefined

Carlos Villas
Veterano
# 10/mar/20 03:33
· votar


Já tive quase todos os sets Fender modernos, inclusive os Pure Vintage.

Na minha opinião, o melhor, o que deixa a guitarra com o timbre mais característico de Strato é o 57/62.

Lembre-se que são minhas opiniões apenas sobre captadores Fender, não é uma verdade absoluta.

Nenhum set é ruim, "inusável".
E o resto da sua guitarra também influencia no timbre, então leve em conta isso, porque SIM, AO CONTRARIO DO QUE MUITOS SÁBIOS AQUI PREGAM, madeira, e outras várias peças, fazem SIM, muita diferença no som...
E para deixar claro, a minha referencia são timbres vintage, não distorcidos demais, ou pesados. Também, o acento circunflexo do meu teclado só funciona quando tá afim.

Os Pure Vintage 54, 56 e 59 tem muito pouca diferença entre si. O 54 dá uma ponta de unha a mais de clareza e personalidade nos agudos, por isso gosto mais deles. São melhores que o Custom Shop 54, tb, mas por muito pouca diferença. O 56 tem uma ponta de unha a mais de médio agudo, não o suficiente para dar personalidade. O 59 é o sem graça dos 3. Esses 4 se caracterizam pelo som "Thin" vintage, com agudos claros, mas depois te ter comparado com outros jogos, eu diria que não tem tanta personalidade quanto eu gostaria. Falta o médio agudo que proporciona o quac principalmente nas posições 2 e 4.
Sai um Sultans fácil com eles, mas tem que puxar médio agudo no resto do equipo.
O Custom 69 soa ainda mais seco e magro, com menos médios ainda e mais agudo. Mas me agrada mais que qualquer um destes PV 50's , e considero um dos dois melhores na posição braço, se não o melhor para um timbre Hendrix ou Gilmour...Mas o Sultans fica mais distante.

O Pure Vintage 65 nunca tive, e hoje cogito que possa ser o melhor da sua série.

Gosto dos Vintage e Hot Noiseless das várias gerações, mas nenhum soa como um original, não tem o mesmo agudo e resposta de frequência que um clássico não-noiseless. São tipo "outro animal" pra mim.

O Samarium Cobalt sim, tem agudos, e é na minha opinião o melhor sem ruido, com o timbre mais vintage de todos, puxando para o 57/63.
Mas descrevo eles como sendo mais polidos, equilibrados do que estes, ou mais modernos. Acho um dos melhores sets da Fender. Fazem uma guitarra ruim ficar boa, uma boa ficar excelente.

Vintage Hot é um set meio desequilibrado na minha opinião. Já tive uma Fender que tinha um braço ruim (torcido) para testar, com eles originais de fábrica, e soavam muito bem, principalmente o braço e a posição 4. Um amigo meu adorava eles nas sua guitarra.
Testei em outras Stratos e hummmm....

Os Americans Standard são bem honestos, pau pra toda obra, mas falta personalidade para mim, nas posições 1, 3 e 5. 2 e 4 funcionam bem.

Tex Mex, me parecem captadores com mais ganho e agudos. Saturam antes, quase não ficam limpos... Não gosto... O pior set para mim.

Texas Special, sim, é para tocar SRV, mesmo que o mesmo jamais os tenha usado. Não é a minha praia de timbre, sou mais Hendrix, Gilmour e Knofler.

O timbre Sultans é realmente o timbre do 57/62 , que para mim seriam os captadores que escolheria para levar para uma ilha, OS MELHORES..
Este set tem mais médio-agudos que qualquer outro, sendo para mim o mais clássico timbre de strato que estala e tem o quac vintage certo em todas posições..São estes médios agudos que permitem não enterrar as posições 2 e 4, e obter presença no Mix, como em Sultans.
O Captador do braço continua proporcionando um ótimo blues, mais a la Hendrix. Aviso que os agressivos agudos, para muitos, pode ser um problema.

Na minha opinião, além destes, só captadores cerâmicos de Mex Standard são tão claros nas posições 2 e 4. Mas nestes captadores noto um corte nas frequências mais altas do timbre, mesmo usando um treble bleed sem resistência, e o pico de ressonância também não é igual ao timbre de Sultans.
Esses captadores funcionam especialmente bem em guitarras naturalmente agudas (geralmente, não é o caso das mexicanas) de preferencia de Ash, e com potenciômetros 500k (ou 500k b + 2x 1000k a), principalmente regulando com o treble bleed que eu faço. Se vc testar isso, não vai acreditar...

felipe bento pereira
Membro Novato
# 11/mar/20 09:17
· votar


SIM, AO CONTRARIO DO QUE MUITOS SÁBIOS AQUI PREGAM, madeira, e outras várias peças, fazem SIM, muita diferença no som...
Mas é claro que tudo influencia! Mas tem os que influenciam muito, os que bastante e os que a influencia é quase imperceptível!!
Até a sua palheta e os calos no dedo influenciam!!!

BrotherCrow
Membro Novato
# 11/mar/20 10:43
· votar


Carlos Villas
Gosto dos Vintage e Hot Noiseless das várias gerações, mas nenhum soa como um original, não tem o mesmo agudo e resposta de frequência que um clássico não-noiseless. São tipo "outro animal" pra mim.
O Gen 4 Noiseless eu testei recentemente e achei o mais parecido com os clássicos até agora.

Tex Mex, me parecem captadores com mais ganho e agudos. Saturam antes, quase não ficam limpos... Não gosto... O pior set para mim.
Adoro Tex Mex em tele, odeio Tex Mex em strato.

O timbre Sultans é realmente o timbre do 57/62 , que para mim seriam os captadores que escolheria para levar para uma ilha, OS MELHORES.
Não tenho essa obsessão com o timbre no Knopfler... e mesmo que tivesse acho que ele é o maior exemplo de "timbre está nos dedos".

Na minha opinião, além destes, só captadores cerâmicos de Mex Standard são tão claros nas posições 2 e 4.
Cara, SIM! Os cerâmicos das mexicanas são muito bons! Tem gente demais que acha que alnico é necessariamente upgrade, mas todas as vezes que troquei captador em fender mexicana fiquei sentindo que tinha perdido algo.

Fora isso... já testou os Lace Sensors? Acho bons demais. Mas talvez não pro timbre que você quer.

Uma parada que eu faço é manter vários escudos de strato montados com toda a parte elétrica. Não sai tão caro (se você souber montar sozinho, claro) e permite alternar combinações de captador com muita facilidade.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Fender Texas Special, 57/62, American Standart - Qual?