Schecter C-1 Hellraiser FR

Autor Mensagem
Randy78
Veterano
# nov/08
· votar


Não conheço a guita, mas pelas especificações acho que vale a pena... Embora com uma grana dessa, eu pensaria numa Fender... Por esse valor é possivel encontrar uma usada em bom estado. Aí é só fazer os ajustes necessários... e ter uma máquina na mão!

são guitarras completamente diferentes, feitas para estilos diferentes, uma pra metal e outra pra blues, não que uma schecter hellraiser ou blackjack não possa ser usada para blues ou uma fender para metal, pra quem quer timbre de guitarra com floyd, mógno, humbuckers, pra modificar uma fender, só vai aproveitar as tarraxas.

xcidoxx
Veterano
# abr/13
· votar


Ola,
estou voltando ao tópico pq estou com uma dúvida cruel!rs

Apareceu uma oportunidade de pegar uma Schecter Hellraiser. Porém vou troca-la na minha LTD Ec 401 com blackouts!

Gostaria de saber o pq algumas hellraisers levam o nome de diamond series?
Ess q esta pra eu pegar, pertence a essa serie e tem escrito hellraiser na tampa no tensor no headstock.
A confg é mogno com caps 81tw e 89
A ponte é fixa

A guitarra esa excelente gostaria de saber pq umas são chamadas de C1 hellraiser e outras diamond series Hellraiser, tem diferença?

Nao entende de schecter porém essa é meu sonho de consumo mas estou em dúvida com esses detalhes.

SpectrosGuitarman
Veterano
# abr/13
· votar


cara, eu nao sei a diferença, mas eu tenho uma V-1 hellraiser. É flying V neck through e com esses caps ai.
A guitarra é animal, e por incrível que pareça, muito versátil.
A unica coisa que me arrependi nela foi de ter comprado o modelo com Floyd, é mais chato de cuidar...

clguitar
Membro
# abr/13
· votar


As Hellraiser são mais top de linha, cm braço colado ou inteiriço, ponte Floyd Rose original (quando tem trêmolo). Enfim, as Hellraiser são melhores e mais caras.
As Diamond series são mais econômicas, normalmente com braço parafusado etc.

Pela descrição, essa que você quer pegar não é diamond series, é hellraiser. Já tive uma e me arrependo de ter vendido. Os caps são splitáveis e adorei o som em single e em humbucker. O melhor trêmolo que já usei.

xcidoxx
Veterano
# abr/13
· votar


SpectrosGuitarman
clguitar


Agora entendi!
O site da schecter é um pouco confuso e nao consigui diferencia-las...
Mas obrigado pela ajuda, pedi o número de série dela pra conferir a originalidade da guita e se der tudo ceto ela será minha!rs...
To ancioso, vcs q tem/tiveram falam muito bem dela, e me deixam mais na GAS ainda! Haha

XSynModoloX
Veterano
# jul/13
· votar


Cara, eu tenho a Hellraiser c-1 FR
Esse negocio da DIAMOND Series nao tem nada a ver com ser mais economica ou não.
A linha diamond series é apenas a nova linha da Schecter, a mesma vendida nos EUA, seja qual for a guitarra, Hellraiser, Syn Custom e afins, TODAS vem com Diamond Series, se n tiver, é um modelo mais antigo apenas!
Resumindo: Diamond Series é apenas o nome pra nova linha de guitarras vendidas la. As UNICAS que nao vem com Diamond Series, sao as fabricações custom Shop, americanas, que custam lá seus 2 mil dólares pra cima.

JP3DR0o
Membro Novato
# jul/13
· votar


Cara, uma dica pra você, eu não sei as fabricadas mais recentemente, mais todas que eu vi de 2012 pra baixo da Schecter tem uma safadeza na Floyd. a floyd original eh Original Floyd Rose aí pra enganar o consumidor colocam Floyd Rose Original, e vem uma Floyd Rose com qualidade um pouco inferior de uma empresa chamada Sung-il.
Até a Gibson fez isso com a Les Paul com Floyd que vendiam (ou ainda vendem, não sei).
Mais informações aqui

brunoeZ
Membro Novato
# ago/18
· votar


boa tarde

peguei uma shecter c1 com floyd rose original preta sem alavanca.
Será que da pra compra só a alavanca?

Obrigado

blackfarrapo
Veterano
# 06/jun/21 22:44
· votar


Revivendo o tópico..
Eu uso Schecter Hellraiser há uns 13 anos, e posso dizer.. NUNCA mais eu tive uma guitarra tão macia e "cremosa" quanto a ibanez.. tive Dean, Jackson.. mas eu acabei ficando com a Hellraiser pela grana e praticidade e pelo formato dela que se encaixava em mais bandas, pq parecia guitarra mais "versátil"..
Mas depois de muitos anos e com muita minuciosidade posso afirmar.. ela vem com MUITOS problemas de fabricação.. eu tive uma Hellraiser sem floyd que veio com as escalas fora do padrão tive que arrumar com o Achiles (melhor Luthier de BSB), arrumou as escalas, eu peguei uma com FR, o floyd não é tão bom quanto um LICENCED FLOYD que vem numa JACKson japonesa por exemplo, o floyd da hellraiser segura a onda, mas dá barulhinhos, oxida com mais facilidade por ter um material diferente..
Vendem muito o negócio do EMG ter mais PUNCH, mas ela tem muito menos saída do que seymour duncans por exemplo que fazem o som sair MUITO mais porrada. A parada do EMG é que é mais silencioso e isso faz com que vc consiga colocar mais distorção, o som fica definido e tal, é legal para alguns sons "modernos" ou metal, mas eu particularmente sinto falta daquele som de GUITARRA mesmo saca? Fender, Gibson etc. Eu acho que não curto EMG até pela falta de praticidade dessa merda de ficar trocando baterias o tempo todo pra quem faz GIG direto toda semana igual eu É UM SACO! KKK
Eu quando tiver oportunidade vou desfazer da HELLRAISER FR e pegar uma Ibanez denovo, Gibson, PRS.. EMG tem essa coisa de ser silencioso mas o som perde e muito pra outras guitarras. Quem tem muita técnica fica legal, kkk Marty Friedman tocou num EMG por exemplo e detonou... mas eu acho que meu som ficaria muito mais top num passivo.

OUtra coisa, o SPLIT dos EMG NÃO SERVEM DE NADA! falam que faz a guitarra ficar com som de SINGLE COIL, é mentira, o som fica uma merda e só isso kkkk a guitarra tem o som seco, não é cremoso e o Split tira completamente a característica do EMG e perde completamente o volume também, só é bom pra em alguns casos que vc nao pode apertar num pedal pra volume por exemplo, vc vai la e já "SPLITA " e facilita a transição de volume, mas pra gravar achando que o som vai ficar mais BLUES com o SPLIT esquece.. som "DURO", sem vida.. o CAptador EMG89 é bem gordo o som e gosto de fazer alguns solos nele pq ele ralmente traz aquele peso todo quando vc vem solando das cordas mais graves pras mais agudas é lindão... mas eu ainda preferiria um som mais "organico" do passivo, por ser mais prático sem bateria, e os braços das outras guitarras me agradam mais (melhoraria a performance), as outras marcas a vem com menos defeitos de fábrica, eu tive uma RG 270 que era impecável, e era uma guitarra de entrada da Ibanez nos anos 90.. imagine as top..

blackfarrapo
Veterano
# 06/jun/21 22:48
· votar


esqueci de dizer, o fato de falarem que o corpo é inteiriço e bla bla bla da mais sustain, não dá tudo isso não.. faz a guitarra ficar super pesada, se vc faz muitos shows vai ficar com dor no ombro e o sustain é todo perdido pelo floyd e pela má fabricação, ela é uma guitarra um pouco "dura" muito mais dura que as ibanez então, quando vc vai por exemplo fazer uma puxada solando lá nas cordas 18 pra cima não espere que a nota dure mais que 2 segundos, mesmo com compressor morre..minha guitarra está regulada com os melhores luthiers, eles falam que a guita é foda.. mas eu não consigo curtir! kkk Não vejo a hora de vender essa HELLRAISER, não aguento mais EMG, até pra metal acho que o Seymour deu um pau bonito, teve mais ganho, mais brilho e mais tudo.
A unica coisa que curto na guitarra realmente é ser silenciosa e o EMG89 ser gordo para solar em alguns casos.. SÒ

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Schecter C-1 Hellraiser FR