Quero aprender a improvisar

    Autor Mensagem
    Artebis
    Veterano
    # jun/07


    Eae meu nome é Arthur e toco violão a 8 meses, mas prefiro guitarra.Fiz aula durante 4 meses só e aprendi a pentatonica, e alguns exercicios. Sou fã de IRON MAIDEN, e me inspiro no meu ídolo, Dave Murray, pois sei q aprendeu a tocar guitarra sozinho, sem ter uma aula. Treinho todos os dias exercicios e tento improvisar alguma coisa, mas não sai nada. As vezes sai uma parte q não tem nada a ver com a outra e fica horrível. Queria aprender a improvisar algo.Não quero aqueles solos rápidos no momento, so um solinho básico pra começa.Valeu

    Adrianodevil
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    Ahhhhhhhh se fosse simples assim hehehe...
    Tem que estudar bastante cara... No começo dá pra você brincar com pentatônicas e talz, mas depois vai surgir a necessidade de se aprofundar em teorias de harmonia e improvisação... Ser autodidata nisso não é impossível, mas com certeza o melhor caminho é arrumar um bom professor, que entenda bastante de teoria e saiba te ensinar a utilizar td que você irá aprender na prática... Não tem segredo, é estudo...

    Artebis
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    então, fiz aulas mas num tem como eu fazer mais e treino todos os dias exercicios..não tenho mais como pagar...não consigo aprender improvisar qualquer coisa assim?

    SaldanhaPessoa
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    Artebis

    Seus treinos (se corretos forem) vão te ajudar bastante com relação a execução de solos. Sua velocidade irá melhorar e sua pegada tb. Agora, improviso eh a mistura perfeita da Técnica (advinda de mto estudo prático e TEÓRICO) com o feeling (sentimento q vc colocará no solo), vc vai precisar mais do q cromatismos e modos gregos pra fazer. N necessariamente vc precisará de um professor (q eh o mais indicado), vc pode pedir a ajuda de alguem q jah tenha feito aula pra te emprestar livros e coisas do tpo. Esse fórum tb pode te ajudar bastante. Dah uma navegada aew pela a busca q tu vai achar mta coisa q vai te ajudar bastante, n entendendo, pergunte. Boa sorte!!

    makumbator
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    Artebis

    Vc vai ter que estudar escalas, modos de escalas, harmonia, campo harmônico, um pouco de contraponto e condução de vozes também ajudam a solar e improvisar, e mais um monte de coisas.
    Nada te impede de procurar isso sozinho(mas um professor seria bom...), mas a principal dica é praticar!!!!

    veja esse blog e procure algum método em pelo menos cada um dos principais tópicos que citei no início:

    http://jemplugged.blogspot.com/

    Não se deixe enganar pelos softwares da primeira página, faça uma busca nos posts anteriores que aparecem mais métodos

    Death
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    Artebis
    Campo Harmonico
    isso é o principio p/ vc começar a improvisar
    Se vc sabe conhece Campo Harmonico, fica bem mais facil de improvisar
    a base do Campo harmonico está nos intervalos
    daí vc pode montar triades, acordes, escalas, arpejos....

    http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/155325/

    aqui no forum tem mto material... só procurar

    eric bluesman
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    Artebis

    cara , comece pelo q vc ja apendeu mesmo , se vc aprendeu as pentatonicas , comece estudando a propria escala em si , desde o comeco do braço até o fim do braco da guitarra, pra ficar menos massante , pegue essas escalas e tente montar pequenas frases , simples e legais , usando a propria escala , o fato é q improvisacao , é uma criacao do proprio guitarrista , quando ele se ultiliza do estudo e em cima disso ele cria , procure escutar tb, pegue uma musica mais simples e mais lenta primeiro pra vc conseguir acompanhar a ideia do q ele esta tocando, e claro procure mais informacoes , com video aulas , professores , amigos musicos e etc. comece sem pressa , e sem se preucupar com velocidade, isso vira com o tempo, cara, espero ter ajudado de alguma forma ...

    has4
    Veterano
    # jun/07 · Editado por: has4
    · votar


    Pra começo de conversa, lembre-se:
    Os ditos 'grandes' também erram rsrsrs http://forum.cifraclub.com.br/forum/9/156789/ e também, todos temos vícios http://forum.cifraclub.com.br/index.php?action=vthread&forum=3&t opic=115054&page=4#1 hehehehe,
    não ligue para aqueles que só querem aparecer mesmo http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/164068/, e também não ligue se algumas coisas lhe atrapalharem http://forum.cifraclub.com.br/index.php?action=vthread&forum=3&t opic=163757&page=0#13 ou ainda, http://forum.cifraclub.com.br/index.php?action=vthread&forum=11& topic=164058&page=0#26 ou ainda, http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/163455/) então, fique à vontade e siga além do que já disseram aí acima com as maravilhosas dicas, inclusive, podendo iniciar teoria musical também http://forum.cifraclub.com.br/index.php?action=vthread&forum=3&t opic=34683&page=1#14 e principalmente, nem precisa COMPLICAR tanto http://forum.cifraclub.com.br/index.php?action=vthread&forum=9&t opic=163349&page=0#29 mas segue o seguinte, a DICA a seguir também:


    LIGUE o rádio e deixe as músicas rolarem, daí, SOLE, SOLE, use todas as escalas que você conhece, aperte em qualquer local no braço da guitarra e execute qualquer nota, assim, perceberá as que poderá e as que não poderá tocar ou soar sobre aquela harmonia para não chocar. Uma vez perguntei: "como solar sem dar NOTA-FORA", e um experiente me disse: 'qualquer nota pode ser tocada, mas uma devemos demorar menos que a outra, pois umas chocam e agridem mais com/sobre aquela harmonia'...

    é verdade mesmo (uma escala cromática pode soar em qualquer harmonia, qualquer uma mesmo, se alguém executar o corde de D, você poderá executar no solo a nota D#, basta não demorar tanto nesta nota para não CHOCAR e AGREDIR seus ouvidos, parta então imediatamente para nota seguinte E ou anterior à aquela, ou seja C e assim sucessivamente, mas ela, a RÉ #, poderá ser soada sim, em cima do acorde de RÉ)!

    Lembre-se, ERRE à vontade, vc não estará num SHOW e sim ESTUDANDO, então, não tem que temer os ERROS... dê notas-fora á vontade, vc vai sacar na PRÁTICA o que poderá e o que não poderá soar em cima de uma harmonia.

    MAS errar ao IMPROVISAR é comum ocorrer. Ninguém é tão perfeito assim se nao ESTUDAR. E é o que eu tenho tentado, mas, nada de perfeição, sou APRENDIZ também, e dou várias notas-foras, todavia, descobri que esta é a melhor maneira de iniciarmos IMPROVISO,

    tocando e TOCANDO!!!

    tocando e TOCANDO!!!

    has4
    Veterano
    # jun/07 · Editado por: has4
    · votar


    Enquanto uns são muito TEÓRICOS demais http://forum.cifraclub.com.br/forum/13/77398/ outros são mais PRÁTICOS e inventam coisas diferentes, bem diferentes mesmo, formando o seu próprio estilo de tocar, improvisar e agradar, música então é matemática mesmo, há muito o que fazer as 7 notas (e variantes), assim como muito se faz com os 10 algarismos... invente o seu proprio estilo a partir de suas experiências http://www.youtube.com/watch?v=HjXN3OLgoqs

    AGORA, é o seguinte...
    ... Faça como eu, NÃO DESANIME nunca, você pode até não se tornar os melhores do mundo, mas não desista NUNCA, tá? E quando estiver desanimado, inspire-se nos melhores: http://www.youtube.com/watch?v=h5DjjZipafA


    BOA SORTE, irmão, Artebis

    luiz_sjrp
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    Artebis
    Só pra acrescentar no que foi dito acima, que são dicas muito importantes, procura no site do Cifra Club o "cursos on line", tem umas dicas boas. Comece com umas musicas mais lentas.
    Abraços.

    Artebis
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    valeu gente!!.....aceito mais dicas....t+

    Death
    Veterano
    # jun/07
    · votar


    Artebis
    resumido oq o has4 disse
    p/ improvisar vc precisa de uma boa percepção
    e a melhor forma de exercitar isso é tocar, estudar, observar e ouvir

    JGuitarLastday
    Membro
    # jun/14 · Editado por: JGuitarLastday
    · votar


    Bom Dia Pessoal... acho q este é o tópico mais bacana pra eu postar minha dúvida, pra não criar outro tópico!

    Eu tenho 17 anos, toco guitarra ja faz uns 2, e ainda tenho q aperfeiçoar muita coisa, mas minha técnica é suficiente pra tirar um som bacana, o problema é q tenho enfrentado ultimamente é em relação improvisação. Eu tenho uma banda de rock e tbm toco na igreja, e tirando os solos que criei pra banda(e os covers que fazemos) minhas improvisações tem saido como se fosse o "msm" solo apenas em musicas diferentes rsrs, e isso tem me incomodado muito, como eu disse meu problema não é tecnica(sei q preciso melhorar muito) mas no momento gostaria de algumas dicas sobre o q estudar e como estudar para melhorar minhas improvisações.

    Obs: vou estudar sozinho pq trabalho durante o dia e faço faculdade a noite, sendo assim só tenho "tempo" no fds.

    Desde já, muito obrigado pessoal. Que Deus abençõe vcs!

    JJJ
    Veterano
    # jun/14
    · votar


    JGuitarLastday

    Essa coisa de todo solo soar semelhante pode ser coisa de estilo. Os solos do Van Hallen ou do David Gilmour ou do Ritchie Blackmore são relativamente semelhantes (não entre eles, claro, mas isoladamente) e isso não é ruim. É o que define o estilo de cada um.

    Mas é claro que não dá pra ser muito igualzinho sempre, senão fica chato.

    Eu acho que antes de ter boa condição de improviso, você deve estudar e criar os solos. Uma dica (que vi o Gilmour sugerir uma vez) é deixar rolando a base e ficar tocando em cima um bom tempo. Nesse momento, ocorre o improviso, claro. Mas ele grava a coisa e depois pinça o que ficou mais interessante e usa quando vai tocar em definitivo.

    Lelo Mig
    Membro
    # jun/14 · Editado por: Lelo Mig
    · votar


    JGuitarLastday

    "minhas improvisações tem saido como se fosse o "msm" solo apenas em musicas diferentes rsrs"

    Isso acontece porque suas ideias em relação ao tema ou os desenhos através da qual deseja expressar estas ideias, ou ambas as coisas, estão muito limitadas.

    Eu, particularmente, não concordo em usar técnicas, escalas e desenhos padrão "pré pronto" como exercício de improviso. Prá mim isso é enrolação, medo de errar, e obviedade. Não gosto destas "técnicas de improviso". Mas, antes de ser esculhambado, quero deixar claro que é opinião pessoal.

    Improviso, em minha opinião, é a livre expressão do momento, é a tradução de seus sentimentos no tocar. Na hora, no ato, sem "pensar" em que meios ou padrões usar. É, claro, que algumas coisas são repetidas e padronizadas, não generalizemos.

    Então, a única forma de ter um leque grande de ideias e "caminhos" para expressar estas ideias é treino.

    Resumindo: Colocar bases de fundo, e tentar expressar, alegria, tristeza, felicidade, agonia e toda sorte de sentimentos, de formas, padrões e caminhos diferentes, sem pensar se o que funciona é uma penta, uma diminuta, ou o raio que o parta.

    Jube
    Veterano
    # jun/14
    · votar


    Resumindo: Colocar bases de fundo, e tentar expressar, alegria, tristeza, felicidade, agonia e toda sorte de sentimentos, de formas, padrões e caminhos diferentes, sem pensar se o que funciona é uma penta, uma diminuta, ou o raio que o parta.

    Eu ri alto aqui hahaha.
    Concordo, mas ainda acho que é preciso saber como funcionam as escalas para você ter um ponto de partida.
    Vejo elas como uma ferramenta para criar algo, entendendo para que serve, é só jogar criatividade encima e arriscar umas invenções.

    FBlues_rock
    Veterano
    # jun/14 · Editado por: FBlues_rock
    · votar


    Lelo Mig
    O que citou, em minha opinião, é o ideal de improviso. Entretanto, exige um conhecimento muito bom do instrumento, a ponto de não ter que pensar onde encontra a nota no braço, apenas pensa e executa.
    Para quem ainda não avançou tanto, os "limitadores" fazem com que a pessoa se encontre mais facilmente e, caso se perca momentaneamente, as pessoas que estiverem ouvindo não percebam, em sua maioria.

    T. Forge
    Membro Novato
    # jun/14
    · votar


    Se deixarmos a emoção fluir 100% durante o improviso, deixando de lado todo e qualquer padrão aprendido, o solo será a pura expressão da alma do guitarrista, mas para o público isso pode chegar como um monte de notas aleatórias, desafinadas e dissonantes.

    Ao meu ver, deve-se dosar meio a meio. O guitarrista precisa saber e conhecer o máximo possível de fraseados prontos e, durante o improviso, ele vai deixar sua emoção ditar qual frase vai em determinado lugar da base, qual a dinâmica, o tempo, a duração de cada nota e etc.

    Para o carinha que escavacou o tópico aí, digo apenas uma coisa: fraseado.

    Treine feito um condenado que seus solos ficarão "menos iguais". mas como já disseram aí, é saudável que exista sempre um certo padrão em solos executados por você. Vai ser sua marca registrada. Aquilo que vai fazer com que as pessoas ouçam e identifiquem quem é que está tocando.

    ROo
    Veterano
    # jun/14
    · votar


    JGuitarLastday
    Quer estudar improvisação? Estude tudo. E pratique.
    Assim como tocar, arranjar, compor, a improvisação - que é um processo de composição - exige conhecimento e prática.

    O que pode acontecer com você é estar demasiadamente preso a licks, padrões, shapes que não significam "nada". É até bom sabê-los, mas acredito ser muito mais importante você entender a estrutura desses licks e padrões para "ornamentá-los" a sua maneira.
    - "De onde vem esse lick? De uma penta? De um arpejo? De uma escala menor harmônica? O que ele faz sobre essa harmonia? Como posso torná-lo meu?"
    Uma coisa que os professores de guitarra esquecem é que nós temos memória muscular, num processo errôneo de ensino, o professor massacra licks na cabeça do moleque que quer desesperadamente aprender a tocar. Ele não sabe de onde vem aquele lick, ele não sabe para onde vai, ele sabe apenas fazer.
    "Ah? Tá em Am?" Desce a mão no shape de penta menor sem nem pensar como quer soar, é automático. E aí ele vai fazer isso n vezes, em qualquer tipo de harmonia.
    E alguns professores também esquecem de trabalhar a improvisação, pensam que improvisação é "o que der na telha", não, não é. É um processo de composição instantânea e não tocar um punhado de shapes.
    Então, minha dica é, estude e pratique. Analise o solo de bons improvisadores, estude campo harmônico, harmonia funcional, escalas, desenvolva sua sonoridade, pratique.
    Um cara que eu recomendo fortemente, já que é guitarra sua área, é ver os vídeos do Mateus Starling, ele trata de improvisação de uma maneira muito legal.

    JGuitarLastday
    Membro
    # jun/14
    · votar


    Vlw Pessoal! Suas respostas ajudaram bastante, vou seguir suas dicas, estudar bastante e tentar evoluir!

    Que Deus Abenções Vcs!

    JGuitarLastday
    Membro
    # jun/14 · Editado por: JGuitarLastday
    · votar


    ROo
    Estou disposto a estudar bastante e praticar... quais livro vc me indica com os temas que vc citou(estude campo harmônico, harmonia funcional, escalas,)?

    De preferência livros que eu consiga em PDF
    Já vou começar a lê-los!

    Desde já, muito Obrigado!

    ROo
    Veterano
    # jun/14
    · votar


    JGuitarLastday
    No começo, improviso como estudo pode ser um pé no saco. Eu boto meus alunos pra tocar toda aula, improvisar sempre... mesmo que não saiba muita coisa, é pra desenvolver desde o começo.
    Porque é processo de composição, se eu dou um tom, o cara vai ter que saber quais são os acidentes, qual o campo harmônico, as escalas que ele pode usar e ainda pensar no fraseado e tudo instantaneamente.
    Cara, eu tenho um material do Mozart Mello escrito a mão e xerocado, que foi o que eu usei no começo do meu aprendizado. Se você quer ver harmonia de uma forma bem aprofundada: Schoenberg - Harmonia, esse livro é a Lei em faculdade de Música hehaoehuihaeuiae
    Mais "leve", tem o Harmonia e Improvisação do Chediak. No próprio Cifraclub há bastante material e vídeos.

    MrEme
    Membro Novato
    # jun/14
    · votar


    Nao sou um grande guitarrista, mas ja passei muito por isso... O segredo ta no estudo cara e principalmente na prática. Obviamente que é sempre bom saber as demais escalas para aplica-las, mas foque primeiro no que voce esta aprendendo (no caso, pentatonica). Dominem bem os shapes, decore-os e aplique o maximo possivel. Nao se prenda a somente um shape, isso ira te ajudar a ter mais criatividade na hora de solar, explore todo o braço da guitarra, faça o mesmo desenho mais de uma vez só que oitavando (isso da um som animal). Enfim, nao é preciso MUITA coisa para improvisar legal. Lembre-se que é melhor fazer o "pouco" bem feito do que o "muito" de uma forma má executada e sem dominio necessario. Com as pentas é possivel tirar ALTOS sons brother hahaha. Espero ter ajudado, abraços

    inExperienced
    Veterano
    # jun/14
    · votar


    JGuitarLastday

    De uma olhada NESTE material. E NESTE.

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Quero aprender a improvisar