Vale a pena construir um contra-baixo jazz bass?

    Autor Mensagem
    k4tsuy
    Membro Novato
    # 15/jul/19 09:18


    Seguinte galera, eu estou juntando uma grana para ver se devo comprar um contrabaixo já feito de fábrica ou então mandar fazer um no modelo mayones Jabba Hadriend feraud 5, o luthier da minha cidade me cobrou R$1800,00 para fazer o corpo seria em cedro, braço marfim, escalas em jacarandá, tensor dupla ação. os captadores seria dois sergio rosar hot 5, braço e ponte. estou em duvida em relação a ponte e as tarraxas... circuitos ficariam na media de 410 com frete incluso + mão de obra de graça, gostaria de saber se vale a pena eu fazer ou devo comprar um squier jazz bass?

    Buja
    Veterano
    # 15/jul/19 11:12
    · votar


    k4tsuy
    Se o luthier for bom, compensa. O preço está muito bom tambem.

    Mauricio Luiz Bertola
    Veterano
    # 15/jul/19 11:20
    · votar


    k4tsuy
    Não comento preços aqui. É anti-ético.
    Mas apoio firmemente sua opção por prestigiar um colega luthier.
    Abç

    vinibassplayer
    Veterano
    # 15/jul/19 13:36
    · votar


    se o kra ja tiver outros baixos construidos, ve se sao bons, som e tocabilidade, se achar q compensa, manda bala!

    Silspiders
    Membro Novato
    # 15/jul/19 16:27
    · votar


    Esse luthier deve estar b no começo, né. O problema de instrumento de luthier é a revenda. Mas que vale a pena escolher a madeira, o timbre, os caps, tarraxas, ponte... Ah, o resultado final é lindo. O formato do corpo também deve ser algo preferencialmente novo, porque se for um já consolidado no mercado a construção será uma mera cópia.

    Buja
    Veterano
    # 15/jul/19 16:32 · Editado por: Buja
    · votar


    Silspiders

    construção será uma mera cópia.
    Mas nao mano. Imagina um jazz 5 ai. A fender tem um. Mas com caps custom? Com ponte especial ? Com eletrica personalizada? E a cor ? Flamed, alguma arte, all-natural? Em cedro rosa?

    Nao tem como chamar um baixo assim de copia de uma jazz bass 5.
    A tagima sim, fez um beeeeem parecido. Mas ainda assim, nao é copia.

    Silspiders
    Membro Novato
    # 15/jul/19 18:23
    · votar


    É, acho que me expressei de forma muito reducionista.

    Eu quero uma guitarra de roxinho. Tenho curiosidade do timbre que a madeira vai proporcionar e, particularmente, gosto do formato das PRS, do headstock e tudo. Escolheria uma assim, mas a madeira é muito incomum, manja?

    O problema é que se eu me preocupasse em contratar um luthier para construir uma guitarra do zero alguma coisa muito incomum deveria ser ordem.

    ejames
    Membro Novato
    # 15/jul/19 18:53
    · votar


    Silspiders
    porque se for um já consolidado no mercado a construção será uma mera cópia.
    Não vejo problemas nisso. Grande parte da linha de produção das marcas mais vendidas também são "mera cópia" de designs dos anos 50 e 60 da Gibson e Fender.

    O problema é que se eu me preocupasse em contratar um luthier para construir uma guitarra do zero alguma coisa muito incomum deveria ser ordem.
    Não entendi. A principal vantagem de fazer um instrumento com luthier é exatamente fazer o que você quiser, seja desde uma cópia exata nos mínimos detalhes duma Broadcaster 1950 até qualquer coisa experimental, inovadora que venha na tua cabeça.

    Silspiders
    Membro Novato
    # 15/jul/19 19:25
    · votar


    Bom, eu não consigo considerar que a principal vantagem de se contratar um luthier para construir um instrumento seja fazer uma cópia fiel de algo que já existe pronto.

    Para mim seria um projeto novo, experimental.

    A gente pode debater por horas, caro, mas por favor não escreva que não me entendeu, quando estou escrevendo muito claramente o meu raciocínio. Eu entendo o que você está escrevendo, entendo a sua comunicação, algum problema com a minha?

    ejames
    Membro Novato
    # 15/jul/19 20:32
    · votar


    Silspiders
    Bom, eu não consigo considerar que a principal vantagem de se contratar um luthier para construir um instrumento seja fazer uma cópia fiel de algo que já existe pronto.

    Pelo mesmo motivo que a Fender não é a única que constrói modelos Stratocaster. Pelo mesmo motivo que a Gibson não é a única que fabrica Les Paul: nem todo mundo pode (ou quer) pagar o valor pelo o qual esses instrumentos chegam nas lojas brasileiras atualmente.

    Uma Les Paul Standard (que está longe de ser o "topo de linha" da Gibson) tá custando mais de R$10.000,00. Com metade disso você encomenda um instrumento do mesmo nível ou até superior. Claro, existe toda a questão da revenda e escolha do luthier que fará o trabalho, mas ainda assim estamos falando de metade do valor, ou até mais dependendo de qual série você queira replicar, já que as reedições com especificações clássicas da Gibson podem facilmente ultrapassar os R$30.000,00. Para quem tem certeza do que quer, é certamente um bom negócio.

    A gente pode debater por horas, caro, mas por favor não escreva que não me entendeu, quando estou escrevendo muito claramente o meu raciocínio. Eu entendo o que você está escrevendo, entendo a sua comunicação, algum problema com a minha?
    O "não entendi" foi em referência com a conclusão que você fez, tendo em vista o fator que descrevi agora.

    Silspiders
    Membro Novato
    # 15/jul/19 21:39
    · votar


    Eu conheço alguns profissionais do ramo, eles não estão curtindo construir do zero esses instrumentos já disseminados. Esses modelos vendem prontos em kits de guitarras desmontadas, cortadas na China, nas mesmas fábricas que constroem Squier, Epiphone, Cort etc. As madeiras são boas, você pode escolher mogno, ash, basswood... Já toquei em uma dessas equipada com malagoli e gotoh, em pré-valvulado joyo e, meu chapa, o som que fizemos foi daqueles! A gente parava, encostava os instrumentos, pegava de novo e voltava a tocar.

    Uma guitarra construída por ele e uma de kit lp de mogno e braço colado. Nem vou falar a que soou melhor para não forçar.

    Mas, enfim, 1.800,00 por um baixo luthier... Nada mal.

    k4tsuy
    Membro Novato
    # 16/jul/19 08:23
    · votar


    Mas, enfim, 1.800,00 por um baixo luthier... Nada mal.

    Mas você entendeu ne? 1.800,00 só o corpo, a parte elétrica já é outra coisa e buchas, ferragens e etc é tudo por minha conta...

    Silspiders
    Membro Novato
    # 16/jul/19 08:35
    · votar


    Não havia entendido... Bem, aí eu já não posso mais opinar. Pensei que fosse o baixo todo, sem as ferragens e captadores.
    Do jeito que você descreveu ficaria um baixo espetacular, sem sombra de dúvidas.

    Buja
    Veterano
    # 16/jul/19 09:19
    · votar


    k4tsuy
    1.800,00 só o corpo, a parte elétrica já é outra coisa e buchas, ferragens e etc é tudo por minha conta...



    Mas é isso mesmo. Luthier cobra pelas madeiras e mao de obra. Ferragens e todo o resto é a gente que compra e passa pra ele fazer.
    1800 ta um preço suuuuuuper otimo, na minha opinião.
    Cada profissional e unico e cada projeto tambem.
    Precificar essas coisas é muito subjetivo.
    Mas se pensar bem, que com 1800 nao se compra mal mal um squierzinho ai, ta bom demais da conta.

    Silspiders
    Membro Novato
    # 16/jul/19 13:48 · Editado por: Silspiders
    · votar


    Olha, com este valor da para comprar um baixo bom, tipo um Shecter - que é excelente e tem um preço razoável - e colocar um pré Sonorus cp700, por exemplo, ou outro ao gosto, e montar um baixo de respeito.

    Isso se quiser um baixo com timbre bom, apenas. Se quiser exclusividade tem que ser no luthier, mesmo.

    Silspiders
    Membro Novato
    # 17/jul/19 08:16
    · votar


    Olá!! Bom dia! Vocês já viram os vídeos deste cara?

    https://youtu.be/FPv8Xl4Zhdo

    Penso que, embora exista aquela coisa em relação às madeiras de construção do instrumento - eu também sou assim (risos!) - que ajudam no timbre e tal, dão uma diferença abissal, os captadores que dão, mesmo, a alma ao instrumento, bem como um pré-amplificador. Esse baixo aí do cara nem tem madeira direito, e ele tira do instrumento um timbraço!

    Silspiders
    Membro Novato
    # 17/jul/19 08:16
    · votar


    Olá!! Bom dia! Vocês já viram os vídeos deste cara?

    https://youtu.be/FPv8Xl4Zhdo

    Penso que, embora exista aquela coisa em relação às madeiras de construção do instrumento - eu também sou assim (risos!) - que ajudam no timbre e tal, dão uma diferença abissal, os captadores que dão, mesmo, a alma ao instrumento, bem como um pré-amplificador. Esse baixo aí do cara nem tem madeira direito, e ele tira do instrumento um timbraço!

      Enviar sua resposta para este assunto
              Tablatura   
      Responder tópico na versão original
       

      Tópicos relacionados a Vale a pena construir um contra-baixo jazz bass?