Indignacao com o baixo Avalon

Autor Mensagem
Ages
Veterano
# abr/07
· votar


conehc
ja me disseram isso de que a justica eh pros ricos, eu concordo mesmo, pra quem tem money eh tudo 100000000 vezes mais facil hehehehe mas no meu caso, com tantas provas, eu estou tao convicto q acho muito dificil perder essa
ah ainda nao chegou, o luthier daki eh honesto, mas eh enrolado demais da conta, hoje vou ligar pra ele e buscar a tarde, dai eu tiro umas fotos do antes e depois e uma foto de como é o jack antigo.

Wilson Fisk
eu to bem longe de Erechim, sou de Uberaba - MG, eu na verdade nao me importo na demora, desde que seja feita a justiça. Quanto ao advogado eu estou pesquisando, vendo onde posso enquadrar essa situação, sem ajuda profissional fica dificil d+... opa consultoria gratis eu aceito hein! brincadeira hahahahahaha

Ages
Veterano
# abr/07
· votar


bota alcance do cifraclub nisso! nem imaginava que apareceria no google

makumbator
Veterano
# abr/07
· votar


http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=baixo+avalon&btnG=Pesquisa+ Google&meta=
serve esse alcance????


Hhahaha!!!! É o terceiro na lista de links!!!!
FCC rules!!!!!

NixonMarques
Veterano
# abr/07
· votar


É amigo... os caras tão lascados...

Savant
Veterano
# abr/07
· votar


Nada mais justo que mostrar a verdade.....

Arrastão Cultural
Veterano
# abr/07
· votar


Depoimento de um comprador.

Depois de muito papo (via telefone)com o Maurício, acabei fechando um Avalon de 5 cordas.

Após uma espera de uns 20 dias, chega a criança.

Vamos na ordem cronológica dos acontecimentos.

12:50h
• Embalagem meia boca, papelão, plástico bolha e isopor.
Não é segura o suficiente, podendo botar um risco o verniz do baixo (no meu caso riscou um pouquinho, nada demais!).

13:00h
Chegou vivo. É lindo!!!!!
• Ferragens pretas conforme especificado e bem montado.
• Capotraste de alumínio – Não gostei. Estava esperando de osso, mas não mencionei nada com relação à isso no pedido. Quem for encomendar, que escolha o material de sua preferência.
• Verifiquei umas lasqinhas na cabeça do baixo, provavelmente devido ao transporte e também pequenos riscos próximo aos pots, que provavelmente surgiram na hora da montagem. Tudo bem, nada que não acontecesse nos primeiros meses na estrada.
• Braço alinhado.

13:10h
Ligando o baixo.
• Puta som, bem encorpado grave forte, bonito e com brilho.
• Corda D trastejando – Regulagem de 2 minutos na ponte e tudo OK. Falando nisso, verifico que a regulagem de oitava não foi feita. (hoje não dá, fica pra depois)
• Circuito Ativo, que já veio com bateria, funciona perfeitamente, mas verifico que todos os potenciômetros estão soltos. Chave 11mm e pronto.
• Olhando bem de perto vejo pequenas (mesmo) falhas no verniz. Fazer o que??

15:00h
Vamos pro studio!
• A “tampinha” da regulagem do tirante está raspando na corda A. Tenho que tirar e desbastar para não interferir no som, já que fica trastejando no capotraste quando toco forte.
• Fala bem e é macio. Talvez abaixando mais os sulcos do capotraste fique melhor.
• 2 horas de ensaio – acabou a bateria do circuito ativo. Seguimos com ele desligado. O som continua bom, mas, obviamente, não tão cheio.

20:00h
De volta pra casa, abro a cavidade para trocar a bateria.
Começa o show de horrores...
• Apesar de o circuito ativo estar funcionando redondo, vejo soldas mal feitas e fiação com acabamento ruim.
• A bateria, ao invés de vir num compartimento especial, veio enrolada em plástico bolha pra não ficar solta, batendo dentro da cavidade.
• Aterramento?Blindagem? O que é isso? Numa parte do fundo da cavidade, e apenas lá, tinha algo parecido com papel alumínio. Olhei melhor e vi que era embalagem de chocolate Hershey’s. EU JURO!!!
• A bateria de 9v fica sempre ligada, esteja o circuito ativo ligado ou não. Tenho que trocar o Jack para ligar o circuito numa configuração que desligue a bateria quando o cabo (pro amp) estiver desconectado.

Enfim... Uma gambiarra só.
Por acaso sou engenheiro eletrônico e entendo do assunto. Pude/posso refazer tudo à meu modo ( só não descobri ainda uma forma descente de prender a bateria), mas quem não conhece, mais cedo ou mais tarde, vai precisar mandar acertar essas coisas.


Conclusões:

O vendedor:
Tratei única e exclusivamente com o Maurício, que durante todo o processo foi atencioso e flexível, possibilitando alterações de configuração solicitadas por mim.
Deu-me suporte adequado para uma regulagem no pós-venda.
Em momento algum me pareceu picareta.

O Baixo:
É um bom baixo, feito por pessoas que entendem de madeira.
Lindo e com som bom.
Gostei, mas não é um instrumento “Plug and play”. Precisa, sim, de uma “sintonia fina para tirar as arestas”.
Quando vier regulado, com aterramento eficiente, elétrica descente e sem detalhes no verniz, será um instrumento top de linha.
Por enquanto não é.

O preço:
Vale quanto pesa.
Paguei R$ 850,00 e é mais ou menos isso que ele vale.
Se alguém pretende comprar pra revender por R$1.500,00 ou R$ 2.000,00 esqueça.
Acredito que os detalhes de acabamento não permitiriam que ele chegasse a este valor.
Pode-se até conseguir, mas vai ter que ter sorte e investir mais uma graninha.
Compre o instrumento, não o investimento.

A sorte:
Acredito que linha de montagem fabrique uns instrumentos melhores do que outros, mas pelo que vi, não chamaria de loteria como disseram no forum, talvez Bingo, onde não é tão difícil de ganhar.

O fato:
Se o baixo está barato é por que o que vendedor quer, pode e acha que vai ser bom pra ele.
Independente de qualquer coisa, o baixo preço não justifica nenhum tipo de defeito.(isso foi mencionado em alguns fóruns)
Se me oferecerem um Vectra zero km pelo preço de um Palio ele pode vir arranhado ou com peças soltas só por que está na promoção??
Não! O Vendedor que se vire para me entregar o Vectra em perfeitas condições, ou então não venda por esse preço!


Finalizando...
Não há milagre!!!
Quem acha que vai levar um Alembic, Music Man ou similares por US$ 380,00, só pode estar querendo ser enganado.
Sabemos que vamos receber um baixo inferior à marcas líderes de mercado porém o instrumento deve vir em perfeitas condições, assim como vem o Giannini Tonante, que é um baixo muito simples, quase tosco, mas quem comprar sabe que vai receber o instrumento com a pintura intacta, botões no lugar, todo apertado e, na medida do possível, bem regulado.

Recomendo a compra do baixo para quem possa experimentá-lo antes de comprar e de preferência, para quem possa acompanhar o processo de fabricação, senão não for assim, compre sabendo que vai ter que dar uma geral.
Após essa geral, fica show!
Compre o instrumento, não o investimento.


Talvez o Maurício tenha pisado um pouco na bola, mas baseado no meu caso, acho que a galera ta esmerilhando demais o cara!!!

Espero que o depoimento tenha esclarecido algumas dúvidas!
[/b][b][b][/b]

stirpado
Veterano
# abr/07 · Editado por: stirpado
· votar


..

NESCAU
Veterano
# abr/07
· votar


Eu ia comprar um de 6 cordas, mas depois de ler tudo isso aqui...
Talvez se eles me mandassem um pra testar antes de pagar eu até mudaria de idéia. Mas como sei que isso é impossível, vou de ibanez.

Avalon Basses
Veterano
# abr/07
· votar


Ae Nescau, é isso ai velho, não compra um AVALON não... É muito arriscado. O ibanez é um baixo meia boca mas deve ser muito melhor que um AVALON, principalmente porque ele tem caracteristicas superiores em todos os aspectos em comparação com os AVALONS, usa captação, circuito e ferragebns CHINESAS genéricas ao inves de captação Kent Armstrong que são coreanas e projetados por um dos melhores designers de captadores do mundo, O circuito ARTEC BE2 e SE3 assim como o circuito PAB3 Kent Armstrong de origem coreana não são bons, na verdade devem ser péssimo até porque a WD MUSIC que distribui este material com exlusividade para os todo os USA é umas das 3 maiores empresas americanas do seguimento musical. eu acho mesmo que os genericos chineses são muito melhores.
A madeira dos avalons é uma porcaria tambem, rádica de imbuia com marfim e cedro não chega nem perto do BASSWOOD americano (Tilia americana, madeira com as mesmas propriedades da CAIXETA brasileira), é uma madeira BARATA e de muito baixa durabilidade:

http://www.woodfinder.com/woods/basswood.php

.. E um ótimo sabado a todos os meus amigos aqui deste forum :-)

E por favor peço ao criador deste tópico que se ele for HOMEM e não um moleque que não apague meus comentários pois isto aqui é um forum onde as pessoas vem aqui para debater, tanto os que criticam como os criticados. Um site de vendas como o mercadolivre por exemplo não é um FORUM e NÂO É UM LUGAR PARA SE DEBATER NENHUM ASSUNTO POLEMICO, isto aqui sim é um FORUM E FOI FEITO EXATAMENTE PARA ESTE PROPOSITO.

eltonbass
Veterano
# abr/07
· votar


Avalon Basses
cara, se vc fosse sério mesmo reconheceria que os Ibanez são ótimos!
só pra constar as Ibanez RG e as Ibanez JS do joe Satriani, e até a MM do Petrucci são de basswood.
como o bertola falou, não existe madeira ruin, se cuidadas certamente vão ser boas, mais vão ser diferentes.

eltonbass
Veterano
# abr/07
· votar


nesse site ae até alder e maple tem durabilidade baixa...
e tb tem os MM bongo de basswood.

Bog
Veterano
# abr/07
· votar


Avalon Basses

Você não está entendendo o problema... a questão não é que as especificações do baixo são ruins, e sim que o baixo que a pessoa que criou o tópico não corresponde às especificações. É por isso que fazemos a analogia com carros. Você pode comprar uma Ferrari ou um Gol 1000. Mas mesmo o Gol 1000 precisa vir perfeito, dentro das suas especificações.

Na nossa analogia, o Ibanez que você citou pode ser equivalente ao Gol 1000: é um carrinho simples, não tem potência, e tem vários componentes baratos. O Avalon do colega seria como um Vectra que vem com estofados rasgados, mangueira furada e com um cinto de segurança que não trava. Seria um ótimo carro... se você não precisasse levá-lo num mecânico para consertar os problemas.

Entende onde residem as críticas? Creio que faltou um pouco de profissionalismo na forma de encarar o produto. Se você tem uma marca e quer que ela cresça, precisa assumir certos compromissos com o cliente, em especial, tornando as relações IMPESSOAIS. Pouco importa a tua família, o teu cachorrinho, os teus problemas. Porque a pessoa está comprando um baixo "Avalon", e não um "baixo do Márcio".

Coloque-se na posição de um cliente que compra um produto qualquer. Digamos que você comprou um... pacote de macarrão, e encontrou um cabelo dentro dele. Para você, pouco importa a família da pessoa que fabricou aquele macarrão, ou o tipo de situação pela qual passou o empactador. Você quer que o macarrão esteja em perfeito estado, seja um macarrão feito com trigo plantado nas colinas mágicas e colhido por virgens puras ou um miojo.

Conseguiu entender as analogias?

Agora, quanto à nota fiscal, não tem desculpa. Não emitir nota fiscal é crime. E ponto final.

Bog
Veterano
# abr/07
· votar


Avalon Basses

Ah, e a pessoa que criou o tópico não pode apagar os teus comentários. Não se preocupe quanto a isso.

conehc
Veterano
# abr/07
· votar


Avalon Basses
nem tenho nada a ver, mas eu tava ate pensando em comprar um baixo caso vc provasse a qualidade deles, mas vc ao inves disso deletou minhas perguntas e bloqueou para que eu fizesse novas... tudo bem...

mas quando à sua ironia com o NESCAU, bem, nós nao costumamos ter muito contato aqui no forum, mas alguem que tem um mm sting ray5 nao deve estar muito afim de pegar nenhum ibanez GSR... no mímimo imagino que ele deva pegar um SR505 ou SR500 usado... e ironizando, se vc nao sabe, ele vem com os pu mk1 e circuito mk1 da bartolini, que sao uma segunda linha, mas ainda assim muito superiores aos kent armstrong... pode nao ser top de linha, mas nao é generica... as tarrachas sao blindadas e a ponte é a acu-cast... o corpo é de mogno, braço de wenge/bubinga.... imagino que ele valha os 2300 que pedem nele... caso vc nao conheça, http://www.zzounds.com/item--IBASR505 ta ai...

e quanto às criticas feitas a voce, percebi que estás a ficar com raiva delas certo? as criticas foram fundadas em argumentos lógicos (conversas do msn, opinioes de luthiers, constataçoes feitas pelo proprio consumidor)... defenda-se com argumentos lógicos e nao com ataques irônicos, ia ser bem melhor pra sua imagem. Se voce analisar o outro topico dos seus baixos, pode perceber que eu estava interessado em comprar um, mas ao ver as criticas que fizeram, e nao ver tantos falando bem, eu desisti. Caso voce possa comprovar sua qualidade eu compro um baixo a vista com voce, 5 cordas, pago ate o preço que voce pede agora rindo. Mas para gastar num baixo de 1200 e ainda ter que refazer parte eletrica, arrumar compartimento de bateria, blindar, limar partes para parar de trastejar, ter que mandar o instrumento para um luthier fazer diversos ajustes, é mais fácil comprar um baixo "plug'n'play" de uns 1500 (rockbass, cort, ibanez) e pronto.

Quem sou eu para dizer alguma coisa, mas uma dúvida: voce tem algum administrador da sua marca, ou mesmo voce é formado ou conhece os principios básicos da administração?

THE BASSMAN
Veterano
# abr/07
· votar


Avalon Basses

É cara, vc foi muito infeliz em ironizar o Nescau e subestimar o pessoal do forum, aki primamos pela qualidade, a maioria tem instrmentos muuuuuuuito melhores q isso q vc chama de baixo, nunca vc encontra blindagem nem num instrumento, nem chines, feita com papel de chocolate, como vc e sua equipe fazem. huahauhuah só rindo mesmo amigão, a verdade é q seu serviço e muito porco, desculpe a franqueza. mas, existe mercado para tudo, se teu baixo custasse uns 400 reais eu comprava pro meu filho brincar, e eu ia tentar aprender luthieria, consertando ele todo.
abração heim....

RodrigoBR
Veterano
# abr/07
· votar


Avalon Basses

A verdade é que seus baixos não chegam nem perto da qualidade requerida por ser um baixo de luthier, e baixos como o ibanes com peças japonesas tem a qualidade superior aos seus baixos, então meu velho para de tentar discutir qualidade com a galera aqui, e vai fazer um curso de lutheria vc e sua equipe.

Arrastão Cultural
Veterano
# abr/07
· votar


Véio, vc tem que comer muito chocolate pra poder falar mal da Ibanez.
"Vc já foi mais humilde!"

Curti o baixo, mas daí a dizer que ele é a 8a maravilha do universo é outra história....

PS: o PAB3 da Kent Armstrong, que veio no baixo realmente é bom, mas os Artec são muito fraquinhos.
Não dá pra tirar essa onda com eles!

NESCAU
Veterano
# abr/07
· votar


Avalon Basses
Acho que você interpretou de forma errônea o meu comentário. Eu sou frequentador desse forum a vários anos e nunca vi uma situação dessas onde um outro usuário vem avisar a todos os membros que realmente o produto que ele adquiriu possuia problemas e que era para todos ficarem atentos. Foi por isso que eu desisti da compra do baixo.
Em relaçao a eu preferir um Ibanez a um AVALON, o dinheiro é meu e eu gasto ele com um tonante 6 cordas se eu quiser. Sou baixista profissional a 12 anos e sei muito bem quando um instrumento é bom ou ruim, possua ele madeira de caixote, hardware coreano ou nao, por isso teci tal comentário e também por isso eu vou adquirir um Ibanez SR Prestige que é um péssimo instrumento, feito de mogno, com tarrachas de péssima qualidade da hipshot e o pior circuito/captaçao que existe, que é de uma marca "desconhecida" chamada bartolini.
Lembre-se, você mesmo disse: "não compra um AVALON não... É muito arriscado".

conehc
Veterano
# abr/07
· votar


NESCAU
tirando pelo "prestige" meus dons de adivinhação estao ótimos hahaha

NESCAU
Veterano
# abr/07
· votar


conehc Verdade! ;)

bass.man
Veterano
# abr/07
· votar


Comprei um de 4 cordas, paguei 750,00. Em termos de madeira, uma obra de arte.Muito bonito ,resistente , confortável. O circuito eu tive que trocar pq o que veio dava saturação e a bateria acabava em 4 dias. Levei no luthier João Gravina para trocar o circuito, alinhar os trastes e o capotraste( de metal) e regular a ponteou seja, " terminar de construir o baixo". Acho que valeu a pena a compra .

THE BASSMAN
Veterano
# abr/07
· votar


bom, eu naum ganho nada em falar nele, ams o avalon q tem todos esses problemas q foram falados, e hj ta custando absurdos 1350, com hardware apenas razoavel pra ruim, naum é p
areo para os baixos do www.mauriciobass.com.br que tem muita qualidade, nunca vi niguem falando mal, e vem com circuito e caps EMG..e estao sendo vendidos por 1400 no ML mesmo....

eltonbass
Veterano
# abr/07
· votar


tomara que com o aumento de preços a qualidade tb aumente.

Saito
Veterano
# abr/07
· votar


O cara faz um baixo desse e ainda vem aqui de peito cheio dizer que um IBANEZ não presta. heauhuaehue
Isso é ridículo, ou melhor, esse cara é ridículo... Chega a ser engraçado...

conehc
Né por nada não mas... me diz 6 números aí.. de preferência por mp.. hehehhehehe

Savant
Veterano
# abr/07
· votar


bass.man
Cara, se você acha que valeu a pena, você tem sua opinião e eu aceito!
Agora, sejamos honestos:
Você compra novo que vc quando recebe precisa trocar algo? Assim... garantia, controle de qualidade e várias outras coisas existem prá isso né cara. Sem ofender mesmo, mas na minha opinião é complicado aceitar algo novo com "defeito".

conehc
Veterano
# abr/07
· votar


Saito
desde criança fui ensinado a nao usar meus dons pra ganhar dinheiro... eu posso perde-los hahahhahahhaha --> acho que ficar no pc enquanto minha mae ve novela nao ta dando certo...

DaNaDo
Veterano
# abr/07
· votar


Ele abaixou dnv tá 950 agora ( ver no ML )

Mais vejam só, num pais onde o salário minimo é 350 reais, seja 750, 950, 1350, 1400 é uma puta grana...

Quais são os baixos do Mauricio ? tão no mercadolivre ?

bass.man
Veterano
# abr/07
· votar


SAVANT

Na verdade eu não diria que veio com defeito, mas sim inacabado, precisando de retoques , ajustes.Eu concordo com vc , se é novo deveria vir perfeito , mas eu não me preocupei muito até pq já esperava que viesse com alguns "detalhes". Mas acho que pelo preço valeu a pena sim. O baixo ainda está com o luthier João Gravina sendo "finalizado", me entrega quinta-feira.Ele gostou do baixo , principalmente com relação ás madeiras utilizadas , mas realmente a parte elétrica e o alinhamento dos trastes deixaram a desejar, além do lance da nota fiscal. Os caras não são desonestos , acho que ficaram meio "enrolados" com as encomendas ( demorou bastante) e acabam se queimando .

THE BASSMAN
Veterano
# abr/07
· votar


DaNaDo

ai, os baixos dele são meio exoticos, eu conversei muito com ele uma epoca q quase comprei um, so deixei de fazer o negocio pq comprei outro baixo, o baixo do cara tem um puta timbre, ele me mandou umas gravações, se eu achar depois coloco na baixoteca!
o link

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-56129593-u-r-g-e-n-t-e-contra-b aixo-com-captador-emg-a-preco-de-custo-_JM

Rafael do Baixo
Veterano
# abr/07
· votar


Eu já vú um baixo desse mauricio MGBass,modelo Desert 5 cordas,e q som q o baixo tinha,crueldade pura,cada nota na corda B era um soco no peito,gravão bottom end,fora q era um baixo lindo,com leds azuis e aquela escala diferente.

Eu tenho um certo interesse nos baixos com escala em leque,devem ter um som e uma pegada muito boas e diferente.
Mas eu não tenho idéia dos preços q ele deve cobrar num baixo desses.

Tá aí o link pro site dele:

http://www.mauriciobass.com/mgbass.htm

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Indignacao com o baixo Avalon