【FIXO】 Como escolher seu novo baixo [Definitivo]

Autor Mensagem
makumbator
Moderador
# set/19
· votar


AdrianoM_PB

Usei por muitos anos a captação do Germano M em acústico pra tocar em casamentos. Muito bom. É aquele modelo com captador e pre amp. Não precisa modificar o cavalete (o que era importante pra mim, pois tinha que retirar pra tocar em orquestra).

Foi um upgrade ótimo que fiz, uma vez que eu usava um captador do atelier audio (acho que o nome era essa, não tenho certeza).

O Germano é um ótimo profissional. Anos depois eu pedi pra ele pra comprar a moldura que prende o jack no estandarte do instrumento (pois o meu havia quebrado após muito tempo de uso). Ele me enviou de graça. Apenas paguei as despesas de envio.

Só não uso mais pois passei a tocar com baby bass em casamentos (mais prático pra carregar), então o acústico ficou apenas para uso totalmente unplugged

sergiorojo
Veterano
# set/19 · Editado por: sergiorojo
· votar


Fala, pessoal!

Saberiam me indicar algum baixo de até R$ 1.500?

Não preciso de algo muito elaborado, pois minha prioridade é gravar minhas composições, que são simples (sou guitarrista). Em segundo lugar, talvez use para ensaios pequenos e raríssimas pequenas apresentações em barzinhos. Nada super profissional.

Busco algo não tão agudo, para fazer uma base mais simples e clean. Algo com um timbre do Pink Floyd clássico, ou seja, algo mais para servir de base mesmo, como plano de fundo. Seria um baixo 4 cordas e preferencialmente ativo, em razão da versatilidade.

Tenho boa experiência com Tagima e tô olhando alguns abaixo de R$ 1.000, que parecem valer a pena (alguma linha TBM ou Millenium). O que acham?

vinibassplayer
Veterano
# set/19
· votar


sergiorojo
Tenho boa experiência com Tagima e tô olhando alguns abaixo de R$ 1.000, que parecem valer a pena (alguma linha TBM ou Millenium). O que acham?

tbm nao deve te dar o timbre que vc quer, pela referencia, vc ta procurando um precision...eu iria no TW65 com captação PJ, ou entao no TW66 com apenas cap P, no modelo dos precision 51. e tao na faixa dos 700, um dos melhores nessa faixa.
por volta de 1100,00 tem os Sx precision, sao mais fiéis ao modelo original e superiores aos tagima

GuitarWorld
Membro Novato
# set/19
· votar


Olá, o que acham do condor bc 500 5 cordas ativo ? Aparentemente está em bom estado apenas com um pot estragado ao custo de R$ 450,00. Agradeço a todos.

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# set/19
· votar


GuitarWorld
As séries da Condor, mesmo as mais simples, tem bom custo-benefício.
Abç

AdrianoM_PB
Membro Novato
# set/19
· votar


Usei por muitos anos a captação do Germano M em acústico pra tocar em casamentos. Muito bom. É aquele modelo com captador e pre amp. Não precisa modificar o cavalete (o que era importante pra mim, pois tinha que retirar pra tocar em orquestra).

Foi um upgrade ótimo que fiz, uma vez que eu usava um captador do atelier audio (acho que o nome era essa, não tenho certeza).

O Germano é um ótimo profissional. Anos depois eu pedi pra ele pra comprar a moldura que prende o jack no estandarte do instrumento (pois o meu havia quebrado após muito tempo de uso). Ele me enviou de graça. Apenas paguei as despesas de envio.

Só não uso mais pois passei a tocar com baby bass em casamentos (mais prático pra carregar), então o acústico ficou apenas para uso totalmente unplugged


No site do DiCarmo, ele fala que o elemento magnético é encapsulado em maple, e que isso vai no cavalete... Eu realmente queria maiores referências também dessa captação. Só sei que quem tem um vertical DiCarmo não troca por nada no mundo, mas detalhes mesmo não aparecem, nem mesmo no youtube.

Apenas sei que o Francisco (acho que é esse o nome dele) é professor do curso de luthieria da UFPR e que desenvolveu essa captação (que achei interessante). No site dele mesmo não tem maiores referências também...

Mas a cada dia sua preocupação. Primeiro vou ver como vai ser o baixo depois penso nisso. De toda forma, obrigado pela opinião.

Abraço

GuitarWorld
Membro Novato
# set/19
· votar


Muito grato Bertola

sergiorojo
Veterano
# set/19
· votar


vinibassplayer

Rapaz, muito obrigado pela dica, esse SX Precision é bem o que eu tava procurando. Meu único contra e que não tem na cor madeira, mas é o de menos. Na internet, com frete e tudo, dá pra conseguir por uns R$ 1.000,00.

Abraço!

vinibassplayer
Veterano
# set/19
· votar


sergiorojo
Rapaz, muito obrigado pela dica, esse SX Precision é bem o que eu tava procurando. Meu único contra e que não tem na cor madeira, mas é o de menos. Na internet, com frete e tudo, dá pra conseguir por uns R$ 1.000,00.


kra eu to mto de olho naquele spb62, sunburst vermelho e preto, escudo preto, escala escura, coisa linda! a única coisa que eu faria era limar o bendito bico de papagaio do headstock, o resto me agrada em tudo

Binhaao
Membro Novato
# 17/nov/19 22:22
· votar


Acho que os Strinberg são uma boa para iniciantes e estão com um preço entre 700 ~ 800

Pi_Bass
Membro Novato
# 02/jan/20 07:12
· votar


Pessoal sou iniciante, toco guitarra na igreja, contudo há uma necessidade de um contrabaixo, e como sempre foi um instrumento que eu sempre quis tocar, estou com dúvidas de qual marca / modelo, no momento disponho de R$ 800 para comprar um amp mais o baixo.

Baixista do Cannibal Corpse
Membro Novato
# 02/jan/20 21:18
· votar


Baixo bom é o Tagima Millenium 4 (ativo) ... bom e barato... eu uso pra ensaiar com banda (Thrash metal)... recomendo

Pi_Bass
Membro Novato
# 04/jan/20 02:03
· votar


Baixista do Cannibal Corpse
Eu estou pensando em comprar o Condor BX12 A

vinibassplayer
Veterano
# 06/jan/20 15:04
· votar


Pi_Bass
brother, sem querer desanimar, mas com 800 vai ser dificil vc achar algo satisfatorio, principalmente amp + baixo... por esse preço vc acha ou um ou outro

Carlos.Oliveira7467
Membro Novato
# 04/jun/20 18:30
· votar


Boa noite a todos!

Sou guitarrista e estudo teclado, agora quero iniciar no Contrabaixo!

Inicialmente penso no Sx Sjb75(novo), ou talvez um Cort Gb74 ou Gb75...

O que seria mais vantagem??? Tendo em vista que o Sx e Cort Gb74(usado) tem uma faixa de valor semelhante.

Inicialmente não poderei comprar um amp de bass, pensei numa interface para treinar o básico.

O que sugerem?

anonym
Membro Novato
# 26/mar/21 07:08
· votar


Olá, galera. Bom dia.

Estou procurando um baixo mais voltado pro pop atual que está fazendo uma volta pra era disco.
Algo que tenha uma sonoridade no estilo dessa música a partir dos 46 segundos: https://www.youtube.com/watch?v=nfs8NYg7yQM

Seria um ativo? Passivo? Jazz? Precision?

Estou começando.
Meu orçamento é até uns R$2500.

NoAlarms
Veterano
# 23/abr/21 18:01
· votar


Senhores, boa tarde. Estou procurando um baixo que seja confortável para mim que tenho mãos pequenas.

Estou entre dois: Epiphone EB3 SG e Hofner B-Bass Hi Series Ignition.

Sei que o que vale é você tocar e sentir bem com o contrabaixo, mas em relação a qualidade do produto, eles se equivalem? Qual vocês indicariam?

Abraços!

Mauricio Luiz Bertola
Veterano
# 23/abr/21 22:26
· votar


NoAlarms
São instrumentos TOTALMENTE diferentes.
O Epiphone EB3 tem escala de 34pol (que é a "padrão), o Hofner de 30pol (escala curta), e o braço é mais estreito.
O EB3 tem corpo sólido, o Hofner semi-acústico, a sonoridade é totalmente distinta.
O Hofner é um instrumento bem específico, e apresenta certas limitações - talvez seja o baixo mais específico de todos os que existem.
Sugiro o EB-3 por isso. Mas existem muitas outras opções - que se reduzem se vc pretende comprar um "escala curta"
Abç

NoAlarms
Veterano
# 06/mai/21 20:50
· votar


Mauricio Luiz Bertola

Bertola, muito obrigado! Tem 15 anos que acesso esse fórum, e você sempre preciso e solícito. Acabei comprando o Hofner pela oportunidade do valor, mas sua ajuda foi pesada de certeza. Grande abraço!

Akiva
Membro Novato
# 07/mai/21 16:38
· votar


Alguém já teve/tocou um Rickenbacker? Tenho bastante curiosidade sobre esse instrumento.

AdrianoM_PB
Membro Novato
# 01/out/21 11:30
· votar


Pessoal, não sei se esse seria o tópico pra essa discussão ou se tem algum outro específico, mas...

Gostaria de saber sobre cordas para rabecão. O som que eu pretendo produzir é algo na praia do fazz, MPB, bossa nova, etc.

Estava pensando em alguma coisa que me garantir um som com mais sustain e punch. Andei vendo uma vídeos do Domenico Botelho (RJ), são bem explicativos mas eu gostaria de ouvir outras opiniões quanto a núcleos de aço ou cordas hibridas. Por aqui no nordeste as 4 estações são verão, calor, quentura, mormaço (????????????????????) e não temos muita mudança brusca de temperatura.

Eu já tinha ouvido falar por aqui da eva pirazzi, da obligato ou a mistura de 2 ou mais diferentes... O DiCarmo vem com o Prelude.

O que me dizem, para esta finalidade é consideradas essas particularidades?

Já agradeço antecipadamente a atenção ????

AdrianoM_PB
Membro Novato
# 01/out/21 11:31
· votar


Obs: essas interrogações foram smiles que não sairam... rsrsrsrs

makumbator
Moderador
# 01/out/21 11:44
· votar


AdrianoM_PB

Eu sempre prefiro corda híbrida (que é alma sintética tipo perlon ou algo parecido e cobertura de metal). Acho um som melhor que as puramente de metal. No meu caso uso Pirastro Obligato há anos, mas já testei com sucesso as Thomastik, Corelli, D’addario e outras.

Mas tudo depende muito do som natural do seu baixo. As sintéticas na média tem um som mais aveludado (então são uma boa forma de contrabalancear um baixo de som metálico). Cordas mas estridentes por outro lado equilibram instrumentos de sonoridade muito escura ou apagada. Não existe fórmula pronta, pois é tudo uma combinação de baixo, corda e acústica local.

Outro detalhe é saber se você usa arco. Se transitar muito entre arco e pizz (como eu) as sintéticas em geral se saem melhor também nisso.

AdrianoM_PB
Membro Novato
# 01/out/21 19:07
· votar


Outro detalhe é saber se você usa arco. Se transitar muito entre arco e pizz (como eu) as sintéticas em geral se saem melhor também nisso.
Outro detalhe é saber se você usa arco. Se transitar muito entre arco e pizz (como eu) as sintéticas em geral se saem melhor também nisso.

Rapaz, não penso em arco num primeiro momento... A ideia é punch e sustain e o som aceludado é muito bem vindo. Sou dono de um vertical upright com cordas LaBella que tem essa característica do som aveludado...

O baixo que eu pretendo fazer é o do Tiago Giovanella, o quarter bass, onde o corpo dele é reduzido a 1/4 do tamanho de um rabecão normal (1º quadrante).

Aí eu estou pesquisando preços. Descobri o Grabr, aplicativo que você pede para viajantes comuns trazerem alguma coisa de qualquer lugar do mundo por onde estejam passando. No cálculo eles consideram o imposto da localidade da compra, o daqui, a comissão do aplicativo e uma comissão pra quem traz pra você. Fiz a cotação do Daddario Hybrid endeu uma diferença de aproximadamente 400 reais. Estou bem tentado a pedir...

veja aqui

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a 【FIXO】 Como escolher seu novo baixo [Definitivo]