Projeto Escola sem Partido

Autor Mensagem
brunohardrocker
Veterano
# 20/nov/19 16:21 · Editado por: brunohardrocker
· votar


Estes caras querem que a escola te ensine a apertar parafusos e mais nada. Tal qual os macacos que apertam os botões certos e ganham bananas.

Não é preciso apelar para o absurdo que seria ensinar apenas os tecnicismos, para estarmos conscientes das intenções dos movimentos de esquerda nas universidades de humanas.

Dá pra ser honesto e não rebater absurdo com absurdo. Basta tomar um pouco de vergonha na cara e não desqualificar o debate.

brunohardrocker
Veterano
# 20/nov/19 16:24
· votar


Mas de toda a forma, apertar parafusos faz muito mais sentido do que acreditar que o sexo anal derruba o capital.

entamoeba
Membro Novato
# 20/nov/19 16:53
· votar


Wild Bill Hickok
É o que importa pras partes envolvidas. Se algo alem disso interessar, cria-se mais um nicho afim de atender tal interesse. Qualquer coisa alem disso n passa de achismo e imposição alheia

O interesse sobre a formação das pessoas é coletivo, não é individual. Mercado não sabe regular isso. Interesse coletivo é tipo vacina, saca? Todo mundo tem que tomar, foda-se se quer ou não!

É duro toda vez ter que me deparar com esse papinho de liberal de McDonalds (obrigado, Sallqantay).

Lelo Mig
Membro
# 20/nov/19 17:03
· votar


brunohardrocker

"apertar parafusos faz muito mais sentido do que acreditar que o sexo anal derruba o capital."

Tá se superando no quesito falar merda... o Sall, vulgo Zebreiro, que se cuide.

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 20/nov/19 17:09
· votar


O interesse sobre a formação das pessoas é coletivo, não é individual

Que piada

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 20/nov/19 17:13
· votar


Como eu disse, achismo e imposição alheia baseada em arbitrariedades trajadas de interesse coletivo

brunohardrocker
Veterano
# 20/nov/19 17:27
· votar


Lelo Mig
"apertar parafusos faz muito mais sentido do que acreditar que o sexo anal derruba o capital."
Tá se superando no quesito falar merda... o Sall, vulgo Zebreiro, que se cuide.


Então você discorda?

brunohardrocker
Veterano
# 20/nov/19 17:32
· votar


O entamoeba sempre fala sobre saber lidar com os problemas que nos cercam. Aponta quem não sabe e os métodos incorretos. Mas nunca explicita quem e quais os métodos corretos.

entamoeba
Membro Novato
# 20/nov/19 17:33
· votar


Wild Bill Hickok
achismo
piada

É contraintuitivo, mesmo. Mané não entende!

entamoeba
Membro Novato
# 20/nov/19 17:40
· votar


brunohardrocker
O entamoeba sempre fala sobre saber lidar com os problemas que nos cercam. Aponta quem não sabe e os métodos incorretos. Mas nunca explicita quem e quais os métodos corretos.

Aponto vários caminhos, mas você espera que eu faça um sumário para você, né? Até já criei alguns tópicos para explicar detalhadamente algumas das minhas posições, para não precisar repetir de novo e de novo...

Se você tem alguma dúvida específica, é só fazer uma pergunta clara, ora!

makumbator
Veterano
# 20/nov/19 17:41
· votar


Lelo Mig
Tá se superando no quesito falar merda... o Sall, vulgo Zebreiro, que se cuide.

Você está insinuando que o Sa...quer dizer, Zebreiro fala merda? Pois saiba que ele fala a real. Se você não aguenta a realidade aí já é outra história.

Lelo Mig
Membro
# 20/nov/19 17:41
· votar


brunohardrocker

"Então você discorda?"

Cara, onde alguém falou que "o sexo anal derruba o capital" ou algo parecido? Nada a ver, estávamos falando sobre a educação em geral, não em generalizações como o professor escroto e sua redação sobre sexo anal.

Neguinho viaja na obsessão por questões de cunho anal.

brunohardrocker
Veterano
# 20/nov/19 17:52
· votar


Lelo Mig

Eu fiz uma proposição aqui:
apertar parafusos faz muito mais sentido do que acreditar que o sexo anal derruba o capital.

E você respondeu com isso:
Tá se superando no quesito falar merda... o Sall, vulgo Zebreiro, que se cuide.

Onde é que você enxerga o erro?

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 20/nov/19 17:56
· votar


entamoeba

O interesse sobre a formação das pessoas é coletivo, não é individual

O que é o coletivo se nao um amontoado de individuos? Quem define o que é e o que nao é de interesse das pessoas se nao elas mesmas? Quando voce afirma que determinada pratica nao pode/deve ser regulada a nivel de mercado, isso nao implica automaticamente em uma forma de regulação centralizada?

Lelo Mig
Membro
# 20/nov/19 18:01
· votar


brunohardrocker

"Onde é que você enxerga o erro?"

"acreditar que o sexo anal derruba o capital."

Quem acredita nisso?

makumbator
Veterano
# 20/nov/19 18:08 · Editado por: makumbator
· votar


Lelo Mig
"acreditar que o sexo anal derruba o capital."

Te garanto que tem uma turma de lacradores que acredita nisso, se não de maneira direta, ao menos como agente contestador para gerar mudanças sociais que levariam ao socialismo/comunismo. Pessoal já acreditou até que o flower power iria trazer a paz mundial, então derrubar o capital deve ser moleza para o sexo anal.

entamoeba
Membro Novato
# 20/nov/19 18:21 · Editado por: entamoeba
· votar


Wild Bill Hickok

Boas perguntas, obrigado!


O que é o coletivo se nao um amontoado de individuos?

Uma relação nada trivial entre um amontoado de indivíduos.


Quem define o que é e o que nao é de interesse das pessoas se nao elas mesmas?

Se você tivesse nascido no meio do mato, se fosse criado por algum animal, de modo que conseguisse sobreviver até a idade adulta, você acha que seria muito diferente de um animal?

A cultura existe por causa dos indivíduos (de gerações e gerações deles), contudo, os indivíduos existem (como humanos) por causa da cultura. Sua "individualidade" é bem relativa nesse sentido, não acha?

Grosso modo, o interesse coletivo é alimentar essa cultura, como se alimenta uma cultura de bactérias que faz iogurte!


Quando voce afirma que determinada pratica nao pode/deve ser regulada a nivel de mercado, isso nao implica automaticamente em uma forma de regulação centralizada?

Centralizada? Não.

O mercado parte desse pressuposto individualista, como se os indivíduos não tivessem nada em comum, senão o desejo de ter o que o outro produz.

Quando organizamos os saberes, o que se deve levar em conta é algo que há em comum entre as pessoas. Trata-se de um trabalho mediado pela cooperação, não pela competição.

brunohardrocker
Veterano
# 20/nov/19 18:22
· votar


Lelo Mig
Quem acredita nisso?

A sua ignorância sobre quantas pessoas acreditam nisso, mostra porque você nega que há doutrinação de esquerda nas humanas.

Lelo Mig
Membro
# 20/nov/19 19:42 · Editado por: Lelo Mig
· votar


brunohardrocker

Cara doutrinação de esquerda é uma coisa e não neguei. Pregar a desconstrução de alguns modelos existentes, impostos ou de processo natural, discutir a relação trabalho/empregador, economia e exploração de mão de obra, opressão de minorias e etc, são questões reais, pode-se dizer doutrinação de esquerda, independente de eu achar certo ou errado partes ou o total disso. Mesmo em relação a questão dos negros, homossexuais e "minorias" em geral.

Simbolizar temas complexos com "acreditar que o sexo anal derruba o capital" é de uma imbecilidade absurda.

Mas, de boa, não tenho a vocação do entamoeba para discutir estes reducionismos. Até porque, ele é civilizado, não se irrita e sabe quando estão trollando. Eu não, evito discussões, porque não tenho muita paciência prá essa mania de se fingir de velha surda e dar sentido adulterado ao que foi escrito.

makumbator
Veterano
# 20/nov/19 20:25
· votar


Lelo Mig
Cara doutrinação de esquerda é uma coisa e não neguei.

Então aqui o Entamoeba já vai entrar em desacordo contigo, pois ele não acredita em doutrinação de esquerda (pelo menos eu entendi que ele não acredita nisso). Prepare-se para o debate!

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 20/nov/19 20:53
· votar


entamoeba

Sua "individualidade" é bem relativa nesse sentido, não acha?

Não. Claramente você se refere a indivualidade de uma forma diferente da minha. A indivíduo eu me refiro meramente a alguem que age de modo proposital e consciente, enquanto vc se refere a membro de um determinado grupo ou sociedade civilizada (ou não) - o que sequer entra em questão aqui


Centralizada? Não.

Ora, se não é centralizada, então é livre. Se é livre, está sujeita ao mercado, que nada mais é do que uma interação entre indivíduos.

Como vc pode afirmar que as práticas universitárias não podem ser reguladas a nível de mercado sem que isso implique diretamente em algum tipo de centralização?

Viciado em Guarana
Veterano
# 20/nov/19 21:16
· votar


Vitamina C chinesa.

-Dan
Veterano
# 21/nov/19 11:48
· votar


e ai? Concluiram que o professor depravado era esquerdista ou bolsominion?

entamoeba
Membro Novato
# 21/nov/19 12:27
· votar


Wild Bill Hickok
A indivíduo eu me refiro meramente a alguem que age de modo proposital e consciente

A individualidade que você crê não existe! É uma experiência ilusória! É pior do que achismo, porque existem teorias concretas que tratam do assunto e que você escolhe ignorar. Mais um que não entendeu uma linha do tópico sobre o livre-arbítrio.


mercado, que nada mais é do que uma interação entre indivíduos.

Uma acepção tão larga de mercado é inútil. O pior é que você quer fazer uso dessa acepção quando é conveniente, para depois vir com economicismos. Aliás, fazendo uso de uma acepção tão larga, para que precisaríamos de mercadologia ou economia se já temos a sociologia e a psicologia?


se não é centralizada, então é livre.

Dicotomia tosca, hein?! Só mostra que você faz um péssimo uso das palavras, o que inviabiliza qualquer diálogo.

Bom, quando critico o emprego de uma perspectiva mercadológica no planejamento da educação, critico justamente visões limitadas como a sua, então, tá tudo certo.

brunohardrocker
Veterano
# 21/nov/19 14:19
· votar


Imagina o entamoeba acordar a noite, olhar embaixo da cama, e ver o mercado?

entamoeba
Membro Novato
# 21/nov/19 14:23
· votar


brunohardrocker
Imagina o entamoeba acordar a noite, olhar embaixo da cama, e ver o mercado?

Ligue djá!

makumbator
Veterano
# 21/nov/19 14:35
· votar


entamoeba
Ligue djá!

Morreu esse ano.

Wild Bill Hickok
Membro Novato
# 21/nov/19 17:25
· votar


entamoeba

A individualidade que você crê não existe! É uma experiência ilusória! É pior do que achismo

É um axioma (eu existo, eu ajo)

O pior é que você quer fazer uso dessa acepção quando é conveniente, para depois vir com economicismos

onde foi que eu vim com "economicismos"?

Dicotomia tosca, hein?! Só mostra que você faz um péssimo uso das palavras, o que inviabiliza qualquer diálogo.

Esperava mais de voce do que esse mimimi semantico. Já que voce tem um problema com a palavra "livre" e seus derivados, pode trocar pra "descentralizado", que o sentido continua o mesmo. No final das contas ou a prática é centralizada (independente do grau) ou nao é. Nao existe meio termo.

Dito isto, pergunto novamente: como vc pode afirmar que as práticas universitárias não podem ser reguladas a nível de mercado sem que isso implique diretamente em algum tipo de centralização?

makumbator
Veterano
# 21/nov/19 17:31
· votar


-Dan
e ai? Concluiram que o professor depravado era esquerdista ou bolsominion?

Só olhar a foto do rapaz que dá pra saber que é esquerdista. É Lulla livre.

entamoeba
Membro Novato
# 21/nov/19 18:11
· votar


Wild Bill Hickok
mimimi semantico

O que estou querendo dizer é que catchup não pode ser toboágua, senão cupins terão que contrabandear chumbo para fora da matilha. Veja bem, tomilhos caçam joelhos, de forma que arandelas soam como rins. Assim, nenhuma catapulta expurgará certidões gramíneas ou lâminas aeradas.

Enviar sua resposta para este assunto
        Tablatura   
Responder tópico na versão original
 

Tópicos relacionados a Projeto Escola sem Partido